Click here to load reader

Fotojornalismo II - Aula 7 - Elementos da composição fotográfica II

  • View
    124

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Fotojornalismo II - Aula 7 - Elementos da composição fotográfica II

Fotojornalismo II

Fotojornalismo IIAula 7Profa. Julia Dantas de Oliveira Penteado12/05/2016FAAC UNESP/BAURU

ELEMENTOS DA COMPOSIO FOTOGRFICA IIo ponto de viso, a razo urea, a regra dos teros e o equilbrio da imagem. O enquadramento e a construo de planos fotogrficos

Assuntos de hojeRegra dos terosPlanos fotogrficos Pontos de vista

Preparem-se: fotografando o campus Todos os alunos devero produzir 4 fotos:1 foto composta seguindo a regra dos teros 1 foto com informaes complementares em dois ou mais planos fotogrficos 2 fotos da mesma cena, mas com efeitos de sentido diferentes por meio de dois pontos de vista diferentes

Razo urea (ou proporo urea)1:1,618 (nmero de Phi) = equilbrio ideal encontrada em muitos elementos da natureza e em elementos associados belezaNo h beleza e deleite sem proporo, e a proporo encontra-se em primeiro lugar nos nmeros (Bonaventura, sculo XIII filsofo)Todas as coisas conhecidas tm um nmero: sem nmero no seria possvel conhecer ou pensar qualquer coisa (Filolau de Crotona, sculo V a.C.) uma ferramenta, no regra usar a proporo urea no significa que o resultado vai ser bonito

Retngulo de ouro

Da Vinci

Na fotografia: regra dos terosO centro da foto no o melhor lugar para descansar o olhar: coloque o objeto de interesse em um dos quatro pontos convergentes

Mltiplos pontos de interesse em pontos diversos.

Para retratos, posicione os olhos nos dois pontos superiores.

Posicione o horizonte no tero inferior ou superior, nunca no centro.

Julia Dantas (JD) -

Posicione o horizonte no tero inferior ou superior, nunca no centro.

Planos de enquadramento

Planos fotogrficos: recurso para passar mais informaoAlgumas fotografias so chapadas, enquanto outras podem ter informaes de primeiro, segundo, terceiro e at quarto planosQuanto mais voc trabalha as informaes em cada plano, mais voc d recursos para o olhar descansar

Protesto no Largo da Ordem, centro histrico de Curitiba

Protesto no Largo da Ordem, centro histrico de Curitiba

Pontos de vistaDepende da posio onde o fotgrafo escolhe estar na hora de tirar a fotoO ponto de vista o controle mais importante a ser exercido pelo fotgrafo; as menores mudanas podem ter consequncias surpreendentes no equilbrio da fotografiangulo da foto d efeito de sentido:Normal: cmera na altura dos olhos. Passa a sensao de objetividade, estabilidade, tranquilidadePlonge: cmera posicionada de cima para baixo, acima do nvel dos olhos. Sensao de opresso, fragilidade, intimidaoContra-plonge: cmera posicionada de baixo para cima, abaixo do nvel dos olhos. Sensao de imponncia, grandeza, alongamento

Foto bem equilibrada: pescador e casa na interseco dos teros

Posio do fotgrafo idntica primeira foto, mas com ngulo baixo: comprime os elementos no plano de fundo

Fotgrafo mais prximo ao pescador, mas situando-se acima dele: a cena conserva a profundidade, mas torna-se mais compacta com o aumento da figura masculina

Ponto de vista rebaixado: homem torna-se dominante; diminui-se a importncia do rio

Fotgrafo atrs: equilbrio reestabelecido entre os elementos, mas posio deles est invertida

Foto tirada da margem oposta: muda-se a nfase - o rio separa os dois elementos

ngulo normal

ngulo Plonge

ngulo Contra-plonge

Fotografando o campus II Todos os alunos devero produzir 4 fotos:

1 foto composta seguindo a regra dos teros 1 foto com informaes complementares em dois ou mais planos fotogrficos 2 fotos da mesma cena, mas com efeitos de sentido diferentes por meio de dois pontos de vista diferentes

Search related