Click here to load reader

Geraldo de barros slides sv

  • View
    573

  • Download
    1

Embed Size (px)

Text of Geraldo de barros slides sv

  • Geral

    do de

    Barro

    s

  • Integrantes Amanda OliveiraJuliana Souza

    Larissa SarmentoMarta Almeida

    Raquel CarvalhoRaquel OliveiraRuan Conceio

  • SumrioBiografia

    a.Qual foi sua contribuio para a arte?b.Qual foi sua contribuio para a fotografi a?

    Bibliografia

    Portflioa.Fotoformas

    b.Sobras

    VdeoReleituras

  • Geraldo de Barros Quem foi?Geraldo de Barros (Chavantes, 1923 So Paulo, 1998) foi um pintor e fotgrafo brasileiro. Alm da fotogra a e da pintura, sua obra se estende tambm gravura, s artes grficas e ao desenho industrial.

    BiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografiaBiografia

  • Fotografia Pintura

  • Gravura Artes Grficas

  • Unilabor

    Desenho Industrial

    Hobjeto

  • Iniciou sua carreira dedicando-se pintura de gura e paisa-gens, mas tornou-se conhecido ao estabelecer vnculos com a

    arte experimental. Foi um dos pioneiros da fotografia abstrata e do

    modernismo no Brasil tambm considerado um dos mais importantes artistas do movimento concretista brasileiro.

    para a arte?Qual foi sua contribuioFoi fundador e membro de grandes e importantes movimentos e associaes artsticas como:

    Grupo 15

    Galeria Rex a produo artstica desse grupo teve im-portncia de levantar questes a respeito do mercado e da prpria arte.

    Grupo Ruptura objetivo de introduzir e receber o re-conhecimento do movimento da arte abstrata e concreta como arte. Grupo FormInform um dos primeiros escritrios de Design do Brasil.

    Cooperativa de produo de mveis Unilabor

    Indstria de mveis Hobjeto

  • Arte Experimental Fotografia Abstrata

    ...ele aprende a fazer composies com vrias fotos no mesmo negati-vo, virando a c-mera em posies diferentes, porm a foto j tinha sido feita na cabea...

    Fabiana de Barros, filha de Geraldo de Barros

  • Modernismo no Brasil Movimento Concretista Brasileiro

  • Formas geomtricas

    GestaltImagens sobrepostas

    Imagens espelhadas

    trs tons de cor: preto, branco e cinza

    recorte e colagem

    abstracionismo

    concretismo geometrismoExperimentao

    Luz e sombra

    Ao entrar em contato com a fotogra a se apaixona, seu olhar se agua, passa a criar interferncias, recriar a imagem. So-frendo in uncias do movimento construtivista

    e da arte concreta, muda sua viso de represen-tao da realidade e lhe aplica novas regras

    Qual foi sua contribuio

    a fotografia?paraQual foi sua contribuio paraQual foi sua contribuio a fotografia?paraa fotografia?

    Caractersticas Estticas

  • Ex:A psicologia da Gestalt um movimento que atua na rea da teoria da forma.As imagens de Geraldo de Barros se formam a partir da desconstruo. O efme-ro, o fragmento, o tempo, o descontnuo, a ao esto presentes em suas obras. A partir da reordenao de elementos, cria uma nova composio. Em seus trabalhos esto sempre presentes as questes sociais e urbanas, alm da inquietude diante

    da relao entre a arte e a sociedade. nesta foto de Geraldo vemos a Lei

    da Gestalt , proximidade, aplicada a fotogra a.

    Caractersticas Conceituais

  • FotoformasSuas fotoformas representam uma nova era no processo de fotografia no Brasil, d a ela novas possibilidades, onde esta deixa o campo da mera representao e passa a ser considera-da uma nova linguagem artstica. Explora ao mximo todas as possibilidades de manipulao do negativo. A fotografia lhe permitia a possibilidade do erro, e para Geraldo era importante errar.

  • SobrasGeraldo por alguns anos abandonou a fotografia e dedicou-se a outras artes e ao design, porm na fase final de sua vida, com a sade extremamente comprometida, Geraldo retoma seu trabalho de interveno da fotografia. O que mais tarde viria a ser chamado de Sobras surgiu a partir do momento em que, segundo sua filha Fabiana de Barros, ao vasculhar algumas ga-vetas ela encontra uma grande gama de fotografias realizadas pelo pai. Em maior parte estas imagens e negativos eram de registros familiares de viagens e paisagens. As composies so geometricamente estruturadas, porm, com um toque de um li-rismo, bem parecidas com as brincadeiras de recorte e colagem feitas pelas crianas.

  • Releituras

  • Amanda Oliveira

  • Juliana Souza

  • Larissa Sarmento

  • Marta Almeida

  • Raquel Carvalho

  • Raquel Oliveira

  • Ruan Conceio

  • Bibliografia http://www.geraldodebarros.com

    https://www.youtube.com/watch?v=bqXhYROHiAE

    http://www.suapesquisa.com/artesliteratura/concretismo.htm

    https://www.youtube.com/watch?v=PyW9s50SoEo

    http://chocoladesign.com/o-que-e-gestalt