Máscaras Africanas!

  • View
    1.024

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Um pouco da arte da África!

Text of Máscaras Africanas!

  • 1. Mscaras AfricanasMscara. Arte fang. Museu doHomem, Paris.

2. As mscaras sempre foram asprotagonistas indiscutveis da arteafricana. A crena de quepossuam determinadas virtudesmgicas transformou-as no centrodas pesquisas. O fato que, paraos africanos, a mscararepresentava um disfarce msticocom o qual poderiam absorverforas mgicas dos espritos eassim utiliz-las em benefcio dacomunidade: na cura de doentes,em rituais fnebres, cerimnias deiniciao, casamentos enascimentos. Serviam tambmpara identificar os membros decertas sociedades secretas.Mscara de boi com mandbulamvel. Arte ibibia. Museu doHomem, Paris. 3. Em geral, o material mais utilizado foi a madeira verde, embora existam tambm peas singulares de marfim, bronze e terracota. Antes de comear a entalhar, o arteso realizava uma srie de rituais no bosque, onde normalmente desenvolvia o trabalho, longe da aldeia e usando ele prprio uma mscara no rosto. A mscara era criada com total liberdade, dispensando esboo e cumprindo sua funo. A madeira era modelada com uma faca afiada. As peas iam do mais puro figurativismo at a abstrao completa.Mscara de dana. Arte ioruba-nag. Museu do Homem, Paris. 4. Quanto sua interpretao, a tarefa difcil, na medida em que no seconhece sua funo, ou seja, o ritualpara o qual foram concebidas. Oscolonizadores nunca valorizaram essaspeas, consideradas apenas curiosidadede um povo primitivo e infiel.Paradoxalmente, a maior parte dasobras africanas encontra-se em museusdo Ocidente, onde recentemente, emmeados do sculo XX, tentou-seclassific-las. Na verdade, oshistoriadores africanos viram-seobrigados a estudar a arte de seusantepassados nos museus da Europa.Mscara. Arte pend. Museu dafrica Central, Tervuren. 5. O auge da arte africana na Europasurgiu com as primeiras vanguardas,especificamente os fauvistas e osexpressionistas. Estes, alm dereconhecer os valores artsticos daspeas africanas, tentaram imit-las,embora sempre sob a tica de suasprprias interpretaes, algo quecolaborou em muitos casos, para adistoro do verdadeiro sentido dasobras. Entre as peas mais valorizadasatualmente esto, apenas para citaralgumas, as esculturas de arte dasculturas fon, fang, ioruba e bini, e as deLuba. Rosto de uma cabea de duas faces.Arte ibibia. Coleo Hlne Kamer, Paris. 6. O fato de os primeiros colonizadoresterem subestimado essas culturas econsiderado essas obras merascuriosidades exticas, provocou umsaque sem sentido na herana culturaldesse continente. Recentemente, nosculo XX, foi possvel, graas antropologia de campo e aosespecialistas em arte africana,organizar as colees dos museuseuropeus. Mas o dano j estava feito.Muitos objetos ficaram semclassificao, no se conhecendo assimseu lugar de origem ou simplesmenteignorando-se sua funo.Fonte:www.meusestudos.com