Quinta Digital

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Text of Quinta Digital

  • 1. Um novo homem digital?

2. Ou o regresso ao Neanderthal? 3. ltimo quartel do sculo XX

  • revoluo da tecnologia da informao;
  • crise econmica do capitalismo e do estatismo e a consequente re-estruturao de ambos;
  • apogeu de movimentos sociais e culturais: libertarismo, direitos humanos, feminismo e ambientalismo.

4. Utopia que se transforma em realidade

  • ...a Internet nasceu da improvvel interseo da big science, da pesquisa militar e da cultura libertria.Manuel Castells

5. Que novo cosmos surge da interao desses movimentos? a sociedade em rede a economia informacional/global acultura da virtualidade real Uma nova estrutura social dominante Uma nova economia Uma nova cultura 6. Os turistas digitais Os nativos digitais Os migrantes digitais Quem povoa o ciberespao 7. Metamorfose, de Franz Kafka

  • Quando Gregor Samsa despertou uma manh na sua cama de sonhos inquietos, viu-se metamorfoseado num monstruoso inseto ".

8.

  • A origem do pesadelo
  • Migramos de seis milnios de contexto analgico para o contexto digital
  • E at mesmo os nativos digitais ainda no conseguiram apreender sua novarealidade

Tim Berners-Lee Aristteles 9. O grande conflito Os paradigmas que ainda no tm sentido Os paradigmas que perderam o sentido 10. Como nos adaptar ao contextoonde estamos vivendo? 11. Esse contexto s chamado de digitalpor quem no participa do mundo digital! 12. Binmio do antagonismo nonosso mundo digital

  • Disponibilidade de tecnologia NO qualidade de informao.
  • Sem educao a tecnologia no serve para nada.
  • Na realidade, a Internet amplia a mais antiga lacuna social da histria, que o desnvel de educao.

13. Nossa atitude atvica

  • Os fabricantes de comunicao digital no esto nem um pingo preocupados em decodificar as mudanas no universo digital
  • Todo mundo se preocupa com a revoluo tecnolgica.
  • E a revoluo humana?

14. O cerne de minha preocupao

  • De que forma os migrantes e os nativos digitais esto sendo social e culturalmentemanipulados pela gigantesca fora dos donos globais da Comunicao Digital?

15. O dedo na ferida! Cultura comunicao Comunicao linguagem Os limites da minha linguagem so os limites do meu pensamento (Wittgenstein) 16. A Internet um espao digital cheio de sites inteiramente vazios (h quase meia dzia de excees) 17. A estrutura de quatro camadas da cultura da Internet

  • A cultura tecnomeritocrtica
  • A cultura hacker
  • A cultura empresarial
  • A cultura comunitria virtual

18. A cultura tecnomeritocrtica

  • O poder do conhecimento
  • A big science
  • A excelncia cientfica e tecnolgica

19. Apromessa da idegora 20. Exemplos da meritocracia tecnolgica

  • NineSigma, InnovationXchange Network, Eureka Medical, YourEncore, Innovation Relay Centers.
  • No se trata apenas de solution providers mas da prpria forma degerar contedo para a sobrevivncia da espcie humana!

21. A cultura hacker (ars gratia artis)

  • S a capacidade de criar tecnologia e compartilh-la com a comunidade so valores respeitados
  • O substrato bsico no qual esto germinando
    • os birs de solues web;
    • as agncias que se intitulam de webmarketing;
    • os departamentos de solues digitais das agncias;
    • etc.

22. A cultura empresarial

  • Os gigantes empresariais do globo demoraram mas j principiam a tirar partido da sociedade em rede
  • Custaram a entender que Internet no mdia e levaram o maior ferro!
  • As mdias, pequenas e micro-empresas iro falir se no entenderem que a Internet a espinha dorsal de suas vidas( e tudo to mais fcil para elas!!!)

23. Qual o mal subjacente?

  • A nova sociedade, a nova economia e a nova cultura impem a perversidade da excluso.
  • desconectaram as populaes e territrios desprovidos de valor e interesse para a dinmica do capitalismo global

24. A cultura comunitria A cultura comunitria Relembrando! Os limites da minha linguagem so os limites do meu pensamento (Wittgenstein) 25. O texto conversacional

  • A Internet inaugura o bate-papo por escrito
  • Uma dicotomia que gera um texto com caractersticas de oralidade
  • A tentativa de retorno ao oral est conduzindo indigncia e bossalidade verbal

26. Hey gnt...td bom?!UAHAuAUahu! To postano pra bestaa... Ela ta ocupada aki e pediu preu posta intaum to aki!! Pois eh, nem sempr si tem dias iguais ao q foihj...mas ns paamos por cima di td io..pq a uniaum faz a fora!kkkkkkk!Dias como esses das fotux sempri estaraum prsts no coraaum pra gardar! Td mundo sabe q eu amo dimais essa mininaa...ela migona msm! Aiaiaiai...num vo escrever mto naum... to xeia d sono!... vo mimir... aki na ksa damalaaaaa... hauahauauauha... Eh isso... Bjo pra tds!... 27.

  • Ngm merece, ne naum?

28. As redes de relacionamento

  • 1grau, Berktzer,Catster, Colegas, Dogster, Dotnode, Ecademy, Every Ones, Ezboard, Facebook, Flickr, Friendster,Hi5, Icq Universe,Icufriends, Kibop,Lindedln, look, Mediaches, Mell, Meu Amigo, Multiply, MySpace,Muvuca,NetQI, Orkut, Pinoyster, Recomendado, Ryze, Sextut, SixDegrees, Stoodent, Temansters,Tribe,Wallop, Wowfriends, Zorpia

29. Pergunto:

  • Alm de seu objetivo mais patente, que a solido compartilhada, o que a grande maioria dessas redes est produzindo?
  • No est havendo uma imensa confuso entre canal de comunicao e suporte tecnolgico com a prpria comunidade?
  • A que est todo o imensoPERIGO

30. A diversidade de raciocnios inovadores

  • Milhares de mentes centradas na busca pela inovao
  • O mesmo objetivo perseguido por todo mundo pode ter efeito contrrio...
  • resultar na estpida repetio das mesmas tarefas...
  • e a clonagem de um imenso universo de idiotices que no tm nada de criativo.

31. As comunidades virtuais correm o risco de se tornarmeros plgios do formigueiro e da colmia. Uma rotina de 42 milhes de anos! 32. Concluso...

  • A nova sociedade acredita no progresso do ser humano atravs da tecnologia.
  • O que passou a exigir uma reinveno diria do ser humano.
  • Temo que essareinveno esteja abandonando todo o lastro humanstico que a sociedade levou seis milnios para estruturar.

33. Concluso

  • As novas TICs devem ser entendidas e usadas como extenses agregadas nossa criativa capacidade de pensar.
  • Inteligncia capacidade de adaptao situao nova.
  • Mas uma adaptao que no pode abandonar o dom do sopro divino que nos fez imagem e semelhana do Criador.

Obrigado pela ateno de todos vocs! (a)Ado