of 24 /24
Informática Educativa II :Objeto de Aprendizagem Título: LAGUNA DE ARARUAMA: Atividades econômicas e esporte Nome do Aluno: Paula da Silva Castro

Tarefa 7 - Informática Educativa II

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Título: LAGUNA DE ARARUAMA: Atividades econômicas e esporte

Text of Tarefa 7 - Informática Educativa II

  • 1. Ttulo: LAGUNA DE ARARUAMA: Atividades econmicas e esporte Nome do Aluno: Paula da Silva Castro

2. Disciplina e anos envolvidos Este objeto de aprendizagem referente Laguna deAraruama, destinado a complementao do projeto daprendizagem para estudantes do ensino mdio queestejam cursando o 2 ano e tenham idade entre 15 e 18anos. 3. Objetivo Desenvolver um objeto de aprendizagem que vise valorizao da Lagoa de Araruama em suas atividadeseconmicas principais e no esporte. 4. Desenvolvimento Lagoa de gua salgada, que banha as cidades de Araruama, Iguaba Grande, So Pedro da Aldeia, Cabo Frio e Arraial do Cabo. A Lagoa de Araruama localiza-se na Regio dos Lagos do estado do Rio de Janeiro, no Brasil. Possui um grande corpo d'gua com sada para o mar, banhando os municpios de Araruama, Iguaba Grande, Saquarema, So Pedro D'Aldeia, Cabo Frio e Arraial do Cabo. separada do Oceano Atlntico por extensos cordes litorneos, compondo a restinga de Massambaba. A sua histria econmica est relacionada extrao de sal (pela elevada salinidade de suas guas) e pesca (principalmente tainha, carapeba, carapicu e camares). considerada uma das melhores raias de vento do pas, sendo procurada para a prtica de esportes nuticos, como o windsurf e o kitesurf. 5. EXTRAO DE SAL As Salinas j foram a principal economia de Araruama 6. O vento sempre frequente e o sol, so os grandes parceiros das salinas na cristalizao do sal em seus quadros. 7. Os Moinhos so os responsveis pelo bombeamento da gua com alto teor de sal da Lagoa de Araruama, para os tanques das salinas. 8. A evaporao ocorre em toda a Salina. A gua bombeada para o grande tanque onde logo adquire um "grau" de salinidade maior do que o da Lagoa de Araruama. 9. Aps algum tempo essa gua repassada para um tanque menor, adjacente, e onde o "grau" se salinidade continua a se elevar. 10. Assim se segue at chegar aos pequenos quadros cristalizadores, onde a gua muito viscosa e possui um grau de salinidade altssimo, e onde enfim haver a cristalizao do sal no fundo dos quadros. 11. O sal puxado para cima dos passeios com rodos e depois removidos com carrinho de mo para os armazns. A produo das salinas normalmente se estende de agosto at maro, perodo de maior calor e de maiorintensidade de ventos. Passando ento o restante do ano em manuteno 12. PESCAA pesca na Lagoa de Araruama a mais antiga atividade econmica, remontando h cerca de 5 mil anos, conforme evidenciado pelas investigaes arqueolgicas realizadas pelo Museu Nacional no sambaqui da praia do Forte. At o presente, a pesca se desenvolve em moldes artesanais, empregando artes de captura que perduram na regio h sculos. Os recursos mais capturados so o camaro, a tainha, a carapeba, a saba e o carapicu. H tambm especial interesse na captura do perumbeba. As carapebas e os perumbebas so os peixes que atingem maior valor comercial.A maior investigao sobre a pesca na lagoa de Araruama foi realizada pelo Instituto cqua, em 1996, no mbito do Programa Prolagos. A ONG Viva Lagoa tem realizado estudos visando atualizar as informaes. Um achado importante desta ONG foi a localizao de uma armadilha de pesca construda com pedras, feita, provavelmente, pelos ndios. As colnias e associaes de pescadores atuantes na laguna concentram-se em Araruama, Iguaba Grande, So Pedro da Aldeia, Baixo Grande e praia do Siqueira. As principais artes de pesca empregadas so tarrafas, pus, ganchos, rede de arrasto de calo, tria, cerco e rede de espera ( ou mijuada ). Destes, o gancho, o cerco e a mijuada mostram-se os mais comuns.As embarcaes, em geral, so canoas ( vela ) e barcos ( com motor, em mdia, de 10 a 8 HP ) de madeira com mais de 80 anos, no havendo mais pessoas que as construam na regio. Eram feitas de um tronco s, retirado das matas. O quadro a seguir resume as caractersticas das artes de pesca utilizadas na lagoa de Araruama. As artes de pesca empregadas adquam s caractersticas do ecossistema e da espcie dominante em cada setor. Esta variao nas caractersticas da pesca permite dividir a lagoa em trs unidades, descritas a seguir: 13. Tainha,Carapeba, Saba e Carapicu um crecado que apresenta currais nas duas pontas, divididos por setores chamados enganos, com uma rede estendida horizontalmente nas bordas chamadas trimbob, onde a tainha fica presa aps saltar at 1 metro tentando escapar. Esta arte de pesca construda na rea 2, onde a tainha capturada quando est indo para o mar desovar. Esta pesca ocorre de abril a agosto e o produto mais valioso a ova da fmea, que alm de ser muito saborosa, tem grande valor comercial. O carapicu tambm pescado com gancho, porm, sem o trimbob, montado de novembro a abril nas reas 2 e 3. Este tipo de pescaria utilizada tanto para a tainha, quanto para a carapeba e feita com barcos e canoas. Os pescadores lanam redes de malha 45mm ao redor do cardume, aps terem-no avistado, realizando um cerco. Esta pesca s pode ser realizada na rea 3 da lagoa. A saba tambm pescada desta maneira, porm, a malha das redes utilizadas de 35mm, porque este peixe um pouco menor que os outros. Nesta pescaria, o pescador deixa sua rede dentro da lagoa, estendida verticalmente, e aps algumas horas retorna para retir-la ( tainha, carapeba, saba, cocoroca e outros ). A malha de pesca desta rede de 45mm. O carapicu tambm pescado desta maneira, porm a malha utilizada de 25mm, devido ao seu reduzido tamanho 14. PerumbebaA malha da rede de 90mm. O mtodo de captura igual ao da mijuada, porm, nas pontas da rede prepara- se um curral. 15. Camaro Espcie de arrasto bem grande, com dois cales nas pontas onde os pescadores puxam a rede durante 15 minutos e depois colocam-na dentro da lagoa. Esta pesca realizada na rea 2, com redes de malha de 12mm. O camaro tambm pescado com gancho ( parecido com o do carapicu ), somente na rea 3. Na rea 1, utilizada a pesca de correnteza para a captura do camaro. Os pescadores fixam uma rede de arrasto de funil em estacas presas no fundo e o camaro que vem com a correnteza capturado pela rede. 16. A maior investigao sobre a pesca na lagoa de Araruama foi realizada pelo Instituto cqua, em 1996, no mbito do Programa Prolagos. A ONG Viva Lagoa tem realizado estudos visando atualizar as informaes. Um achado importante desta ONG foi a localizao de uma armadilha de pesca construda com pedras, feita, provavelmente, pelos ndios. As colniaseassociaes de pescadores atuantes na laguna concentram-se em Araruama, Iguaba Grande, So Pedro da Aldeia, Baixo Grande e praia do Siqueira. As principais artes de pesca empregadas so tarrafas, pus, ganchos, rede de arrasto de calo, tria, cerco e rede de espera ( ou mijuada ). Destes, o gancho, o cerco e a mijuada mostram-se os mais comuns. 17. As embarcaes, em geral, so canoas ( vela ) e barcos ( com motor, em mdia,de 10 a 8 HP ) de madeira com mais de 80 anos, no havendo mais pessoas que as construam na regio. Eram feitas de um tronco s, retirado das matas. O quadro a seguir resume as caractersticas das artes de pesca utilizadas na lagoa de Araruama. As artes de pesca empregadas adquam s caractersticas do ecossistema e da espcie dominante em cada setor. 18. ESPORTES NUTICOS Dois fatores garantem lagoa de Araruama ser considerada a segunda melhor raia do mundo para a prtica de esportes nuticos: a imensido do espelho d'gua, com 220 quilmetros quadrados; e os ventos fortes e constantes. Durante todo o ano, a rea freqentada por adeptos do windsurf, do kitesurf e do iatismo. 19. A pouca profundidade (varivel de 1 a 3 metros) e a conseqente evaporao das guas, aliadas ao baixo ndice pluviomtrico e pequena descarga de gua doce na lagoa, torna as ondas da lagoa insignificantes, criando um ambiente calmo e seguro para a prtica de esportes nuticos. 20. Windsurf praticado com umaprancha idntica prancha de surf e com uma vela entre 2 e 5 metros de altura e consiste em planar sobre agua utilizando a fora do vento. 21. KitesurfO Kitesurf, um desporto aqutico que utiliza uma pipa (tambmconhecida como papagaio) e uma pranchacomuma estrutura de suporte para osps.A pessoa, com a pipa presa cintura, coloca-se em cima da prancha e, sobre a gua, impulsionada pelo vento que atinge pipa. 22. IatismoO iatismo um esporte nutico, praticado com barcos vela, que competem em regatas ou emcruzeiros, podendo, igualmente, serem utilizadas para competies e para navegao de recreio das mais variadas formas. 23. Concluses Fonte de recursos naturais para a economia do Municpio, localizando-se em suas margens vrias indstrias de extrao de sal . Apresenta alto teor de salinidade em conseqncia de sua vasta superfcie e sua pouca profundidade (varivel de 1 3 metros) considerado o maior atrativo natural da regio, e a segunda melhor raia do mundo para a prtica de esportes nuticos. Diante do exposto, foi importante desenvolver um objeto de aprendizagem que valorize as riquezas locais, despertando no educando a capacidade de investigar, conhecer, valorizar e transformar o pensamento dos cidados em relao a proteo ao meio ambiente como forma de proporcionar uma qualidade de vida para todos os envolvidos no processo. 24. Referncia Bibliogrfica ARAJO, Paulo Roberto. Algas provocam mortandade de peixes na Lagoa de Araruama. O Globo, Rio de Janeiro, 24/01/2009. Disponvel em: Acesso em: 29 Mai. 2009. ARTZCOZ, F. Lagoa de Araruama. Desafio poltico e conflitos ambientais. Rio de Janeiro: Aspergillus, 2000. Consrcio Intermunicipal Lagos So Joo. Disponvel em . Acesso em: 24 Mai. 2009.