ACV & Sustentabilidade uma Abordagem Automotiva

  • Published on
    05-Dec-2014

  • View
    453

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Oferecer e demonstrar o uso e conceitos da ferramenta de avaliao de potenciais impactos ambientais (ACV) e desenvolver o conceito de life cycle thinking ou seja o pensamento voltado para que a vida do produto tenha uma consistncia e seja sustentvel

Transcript

  • 1. Workshop Sustentabilidade Avaliao do Ciclo de Vida do Produto & Sustentabilidade Uma Abordagem Automotiva 03 de fevereiro de 2011 1 Esse material de propriedade da Polilab Consultoria - Reproduzir somente com permisso
  • 2. Oportunidades e necessidades Oferecer os servios da Polilab e demonstrar o uso e conceitos da ferramenta de avaliao de potenciais impactos ambientais (ACV) e desenvolver o conceito de life cycle thinking ou seja o pensamento voltado para que a vida do produto tenha uma consistncia e seja sustentvel, para isso ns necessitamos "pensar" no contexto completo do ciclo de vida ao projet-lo e usa-lo, pois causam, nas diversas reas, diferentes impactos durante os diversos estgios do seu ciclo de vida, no caso com implicaes na indstria automotiva. 2 Esse material de propriedade da Polilab Consultoria - Reproduzir somente com permisso
  • 3. Tendncias no mercado automotivo Manufatura Design & Desenvolvimento Utilizao de material Utiliza reciclado Produto verde fonte renovvel renov Reduo de custo Redu Projetos orientados para ecodesign e reciclagem Manufatura limpa Energia limpa Avaliao do ciclo de vida Avalia Minimizar erros crticos cr Recuperao Recupera Uso Monomaterial Marketing verde Reduo emisses Redu Reduo de peso Redu Reduo dos recursos na Redu distribuio distribui Despoluio Despolui Aplicao reciclagem Aplica Minimizar impactos potenciais Avaliao do ciclo de vida Avalia O mercado automotivo o principal motivador para inovao quando se refere a tecnologia, energia, materiais inova plsticos e suas aplicaes. As exigncias de reduo de emisses, reduo de peso e reduo de custo, bem como pl aplica redu redu redu a utilizao de materiais produzidos a partir de fontes renovveis e de material reciclado delineiam o caminho para utiliza renov o desenvolvimento sustentvel e responsvel. sustent respons A oportunidade de auxiliar na capacitao da empresa a partir da experincia, tanto em mercado automotivo como capacita automotivo na ferramenta ACV o diferencial da Polilab Consultoria. 3 Esse material de propriedade da Polilab Consultoria - Reproduzir somente com permisso
  • 4. Ecodesign Ecodesign o termo que evidencia para a arquitetura, engenharia e design que o objetivo principal projetar lugares, produtos e servios que de alguma forma reduzam e/ou substituam o uso de recursos no-renovveis e/ou ainda minimizem os impactos ambientais. O Ecodesign uma ferramenta necessria para atingir a sustentabilidade. 4 Esse material de propriedade da Polilab Consultoria - Reproduzir somente com permisso
  • 5. Ecodesign Karlsson e Luttropp (2006) definiram ecodesign como um mtodo m de desenvolvimento de produtos que objetiva a reduo do impacto ambiental e usa redu a criatividade para gerar produtos e processos mais eficientes sob o ponto de vista sob da sustentabilidade. Johansson (2006) props a integrao de requisitos de integra aspectos ambientais aos requisitos usuais do projeto de produto em que predominavam, essencialmente, os aspectos tcnicos e econmicos. Kazazian predominavam, t econmicos. (2005) difundiu o conceito de eco-concepo de produtos leves: antes, durante e eco- concep aps o uso, a manuteno do equilbrio do produto com o meio ambiente to ap manuten equil importante quanto a exeqibilidade tcnica, o controle de custos e a demanda de exeq t mercado relativa ao mesmo. 5 Esse material de propriedade da Polilab Consultoria - Reproduzir somente com permisso
  • 6. Ecodesign Em um projeto de produto, as aes do designer podem incluir a aplicao de princpios como a minimizao de recursos, escolha de recursos de baixo impacto, extenso da vida dos materiais, otimizao da vida dos materiais, facilidade de montagem/desmontagem e o planejamento para reciclagem. 6 Esse material de propriedade da Polilab Consultoria - Reproduzir somente com permisso
  • 7. Princpios do Ecodesign Escolha de materiais: Materiais de baixo impacto ambiental e menos poluentes, menos no-txicos ou de produo sustentvel ou reciclados, ou que requerem menos noprodu sustent energia na fabricao, utilizar material nico para uso em reciclagem; fabrica Eficincia energtica: Utilizar processos de fabricao com menos energia; energ fabrica Qualidade e durabilidade: Produzir produtos que durem mais tempo e funcionem melhor a fim de gerar menos lixo; Modularidade: Criar objetos cujas peas possam ser trocadas em caso de defeito, pe pois assim no todo o produto que substitudo, o que tambm gera menos lixo; substitu tamb Reutilizao/Reaproveitamento: Propor objetos feitos a partir da reutilizao ou Reutiliza reutiliza reaproveitamento de outros objetos; projetar o objeto para sobreviver seu ciclo sobreviver de vida, criar ciclos fechados. 7 Esse material de propriedade da Polilab Consultoria - Reproduzir somente com permisso
  • 8. Integrao dos aspectos ambientais no Ecodesign Utilizao da ferramenta da Avaliao do Ciclo de Vida - ACV Utilizao de indicadores especficos - Emisses; NVH; VOC Minimizar o uso de materiais, projetos limpos, fontes renovveis Facilitar a reciclagem, monomaterial, logstica reversa Uso de materiais reciclados No subestimar a energia consumida durante a vida til do produto Aumentar a vida til do produto, minimizar auto-obsolescncia Servios ao invs de produtos Perguntar porque e no aceitar sempre fizemos assim e deu certo... 8 Esse material de propriedade da Polilab Consultoria - Reproduzir somente com permisso
  • 9. Design for recycling Selecionar materiais em funo da sua melhor tendncia a reciclabilidade e proteo ambiental - ACV Basear-se em uma Positiv List para seleo do material Descrever no projeto a destinao do reciclado, principalmente nos componentes eltricos e de acabamento Desmontagem no destrutiva - Design for disassembly Minimizar o uso de componentes diferenciados Prever em projeto a proporo de reciclado e recuperado Identificar facilmente a pea, exemplo - Leis ambientais internacionais - (Directive 2000/53/EC - The "ELV Directive Directive http://eur-lex.europa.eu/LexUriServ/LexUriServ.do?uri=OJ:L:2000:269:0034:0042:PT:PDF http://eur- lex.europa.eu/LexUriServ/LexUriServ.do?uri=OJ:L:2000:269:0034:0042:PT:PDF 9 Leis ambientais nacionais - (Poltica Nacional de Resduos Slidos Lei 12.305/2010) (Pol Res S Esse material de propriedade da Polilab Consultoria - Reproduzir somente com permisso
  • 10. Design for recycling - Mensurao Se voc pode medir voc pode gerenciar Tipo de materiais - Propriedades, caractersticas Massa Uso de energia ndice de toxidez Contedo reciclvel Reciclabilidade Tempo de uso - Time for Disassembly Valorao do tempo de vida ... 10 Esse material de propriedade da Polilab Consultoria - Reproduzir somente com permisso
  • 11. Design for recycling Os aspectos importantes em cada estgio do ciclo de vida: O que esta implcito? Aspectos econmicos e funcionais 11 Esse material de propriedade da Polilab Consultoria - Reproduzir somente com permisso
  • 12. Design for recycling 12 Esse material de propriedade da Polilab Consultoria - Reproduzir somente com permisso
  • 13. Positiv List 13 Esse material de propriedade da Polilab Consultoria - Reproduzir somente com permisso
  • 14. Gesto da Reciclagem Reciclagem Ps-Consumo Aes/Incentivos Integrar catador ou fornecedor no processo Palestras Programas Seminrios Semin Capacitao... Capacita Ps-Consumo Cooperativas & Sociedades Catadores X Sucateiros Disposio Aterro Aes: Evitar mo obra infantil 14 Aes: Minimizar ao a do sucateiro Recicladores (Tooling) Tooling) Ao Social Aes: Gesto e Controle Produto Reciclado Aes: Mapeamento de volume, mercado, capacitao, capacita gesto da qualidade, logstica.. log Esse material de propriedade da Polilab Consultoria - Reproduzir somente com permisso
  • 15. Poltica Nacional de Resduos Slidos Depois de tramitar no Congresso por 19 anos, a PNRS Poltica Nacional de Resduos Slidos foi aprovada em julho de 2010, e sancionada pelo presidente Lula, e dever estar sancionada at o final do ano de 2010. 15 Esse material de propriedade da Polilab Consultoria - Reproduzir somente com permisso
  • 16. Poltica Nacional de Resduos Slidos A partir de agora, ser feita a distino entre o conceito de resduos que podem ser reaproveitados ou reciclados e rejeitos que no podem ser reaproveitados e devem ser encaminhados a aterros sanitrios. Nesses locais, no ser permitido morar ou catar lixo. Tambm fica proibida a existncia de lixes. 16 Esse material de propriedade da Polilab Consultoria - Reproduzir somente com permisso
  • 17. Poltica Nacional de Resduos Slidos Com a lei, passa a valer a idia da responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos. Isso significa que fabricantes, importadores, distribuidores, comerciantes, consumidores e os servios de limpeza urbana e manejo de resduos slidos so igualmente responsveis por dar um destino correto a todos os materiais. 17 Esse material de propriedade da Polilab Consultoria - Reproduzir somente com permisso
  • 18. Poltica Nacional de Resduos Slidos Assim, fica implementada tambm a logstica reversa, ou seja, os fabricantes dos produtos vo precisar recolh-los aps o uso dos consumidores, para reaproveit-los na fabricao de novos produtos ou envi-los para a reciclagem quando isso no for possvel. 18 Esse material de propriedade da Polilab Consultoria - Reproduzir somente com permisso
  • 19. Poltica Nacional de Resduos Slidos A lei prev que haja cooperao tcnica e financeira entre o setor pblico e o privado para o desenvolvimento de pesquisas que facilitem a reutilizao, a reciclagem e o tratamento de resduos e a destinao correta dos rejeitos 19 Esse material de propriedade da Polilab Consultoria - Reproduzir somente com permisso
  • 20. http://www.polilab.com.br 20 Esse material de propriedade da Polilab Consultoria - Reproduzir somente com permisso
  • 21. Perfil Fernando Jos Novaes brasileiro, 55 anos, Engenheiro Qumico pela Escola de Jos Qu Engenharia de Lorena - USP, com Especializao em Polmeros pela Universidade Federal Especializa Pol de So Carlos, possui cursos de aperfeioamento no Brasil, Estados Unidos e Holanda. aperfei Em 1985 ingressou na Volkswagen Planta de Taubat, onde foi Supervisor do Laboratrio Taubat Laborat de Materiais e da Auditoria da Qualidade. Em 1996, iniciou a Polilab Consultoria com xito em trabalhos de Polilab desenvolvimento de materiais, pesquisa, gesto de mercado e implantao de sistemas da qualidade. Foi professor implanta convidado da cadeira de materiais polimricos na ento Faculdade Estadual de Engenharia Qumica de Lorena, em polim Qu 1995/96. No perodo de 1998 a 2001, novamente na Volkswagen, em So Bernardo do Campo na Engenharia do per Produto, exerceu a responsabilidade de conceituar, em materiais polimricos, os projetos de peas plsticas e polim pe pl liderar objetivos Ambientais da Tecnologia do Produto. Consultor, possui vrios anos de experincia concentradas Consultor, v em desenvolvimento do produto, qualidade e produo, sustentabilidade e reciclagem nos segmentos automotivo, produ petroqumico e produo seriada. petroqu produ 21 Esse material de propriedade da Polilab Consultoria - Reproduzir somente com permisso
  • 22. Minha experincia em sustentabilidade Portflio dos Trabalhos em Sustentabilidade Portf 2009 - 2010 - Desenvolvimento da Gesto de Processos, Qualidade, Formulaes e Desenvolvimento de Produto Formula para reciclagem de plsticos na Summa Polmeros Materiais Recuperados; pl Pol 2008 - 2009 - Desenvolvimento e atualizao dos estudos de ACV nas 3 Plantas da Quattor Petroqumica; atualiza Petroqu 2003 - 2007 - Desenvolvimento do estudo de ACV , gate-to-gate, nas 3 Plantas da Quattor Petroqumica; gate- to- gate, Petroqu Desenvolvimento dos estudos de Gesto da Reciclagem na Quattor Petroqumica; Reciclagem Petroqu 1999 - 2002 - Responsvel na Volkswagen do Brasil pelos objetivos ambientais da Tecnologia do Produto; Respons Tecnologia 1985 - 1995 - Homolog...