Manaual de reparação cambio automatico - http://unidadeinjetora.blogspot.com.br

  • View
    6.241

  • Download
    8

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Text of Manaual de reparação cambio automatico - http://unidadeinjetora.blogspot.com.br

  • 1. nTRANSMISSO AUTOMTICA Dez., 2004Assistncia Tcnica TOYOTA DO BRASIL LTDA.IMPRESSO NO BRASILPubl. N DR175EA340E,A340F,A343E, A343F A340E,A340F,A343E, A343FMANUAL DE REPARAES

2. PREFCIO Este manual de reparaes foi elaborado para fornecer informaes gerais de procedimentos de Desmontagem, Inspeo e Montagem para a seguinte Transmisso Automtica: Transmisso Automtica: A340E, A340F, A343E, A343F Para servio no veculo (Inspeo, Ajuste, Diagnstico, Remoo e Instalao) da Transmisso Manual, consulte o manual de reparaes aplicvel ao modelo do veculo. Todas as informaes contidas neste manual esto baseadas nas mais recentes informaes sobre o produto, na poca de sua publicao. Entretanto, as especificaes e os procedimentos esto sujeitos a mudanas sem aviso prvio. Caso encontre algum erro neste manual, solicitamos que nos informe, por gentileza, usando o formulrio na prxima pgina.TOYOTA MOTOR CORPORATION2004 TOYOTA MOTOR CORPORATION Todos os direitos reservados. Este manual no pode ser copiado, total ou parcialmente, sem o consentimento por escrito da Toyota do Brasil Ltda. 3. Relatrio de Qualidade do Manual de Reparaes Att: Gerente de Servios, Seu DistribuidorN da PublicaoData da PublicaoNome da ConcessionriaNome do RelatorAssuntoDescrio do ProblemaProposta de Correo 4. ATENO Este manual foi planejado para ser utilizado por mecnicos qualificados, no contendo, portanto, todas as informaes relativas aos servios de inspeo, manuteno e reparos do veculo. Os servios executados por pessoas no qualificadas, sem ferramentas ou equipamentos adequados, utilizando somente este manual, podem ser perigosos para o mecnico e pessoas ao redor e causar danos ao veculo do cliente. Para evitar tais situaes, leia e siga as instrues abaixo. Leia este manual do incio ao fim. de fundamental importncia uma boa compreenso de todos os tpicos descritos na seo PRECAUES, no captulo INTRODUO.Os mtodos de servio e reparos descritos so muito eficientes. Ao efetuar os servios seguindo os procedimentos deste manual, certifique-se de utilizar as ferramentas especificadas e recomendadas. Nos casos onde seja necessrio utilizar outros mtodos ou ferramentas, certifique-se de que esses no sejam perigosos para o mecnico e pessoas ao redor, nem danifiquem o veculo do cliente.Quando necessrio, substitua uma pea por outra com o mesmo nmero de cdigo ou equivalente. Nunca utilize peas de qualidade inferior. importante notar que este manual contm vrias Atenes e Notas, as quais devem ser cuidadosamente seguidas para diminuir o risco de acidentes. Caso contrrio, podem acarretar ferimentos graves s pessoas ao redor ou danos ao veculo. Essas observaes no devem ser desprezadas, pois possuem informaes importantes sobre o que pode ocorrer, caso suas instrues no sejam cuidadosamente observadas. 5. INTRODUO PREPARAO ESPECIFICAES DE SERVIO TRANSMISSO AUTOMTICA NDICE ALFABTICO1 2 3 41 00 6. INTRODUO COMO UTILIZAR ESTE MANUAL ...........................01-1INFORMAES GERAIS .............................................01-1INSTRUES PARA REPAROS ............................01-3PRECAUES .............................................................01-3TERMINOLOGIA ......................................................01-5ABREVIAES UTILIZADAS NESTE MANUAL ..........01-5GLOSSRIO DE TERMINOLOGIA SAE E TOYOTA ............................................................01-61 7. 1 8. 01-1INTRODUO Como Utilizar este ManualCOMO UTILIZAR ESTE MANUAL INFORMAES GERAIS 1. DESCRIO GERAL (a) Este manual est de acordo com a norma SAE J2008. (b) Os procedimentos de reparo podem ser divididos principalmente em trs processos: 1. Diagnstico 2. Remoo/Instalao, Substituio, Desmontagem/Instalao e Verificao, Ajuste 3. Inspeo Final (c) Este manual explica os procedimentos de (2). Os procedimentos de (1) e (3) so omitidos. (d) Os seguintes procedimentos essenciais no foram descritos neste manual, mas eles devem ser efetuados. (1) Procedimento com macaco ou elevador (2) Limpeza de uma pea removida (3) Inspeo visual 2. NDICE (a) No final do manual, apresentado um NDICE alfabtico, como um captulo, para ajud-lo a encontrar o item a ser reparado. 3. PREPARAO (a) Pode ser necessrio utilizar as ferramentas especiais de servio (SST) e os materiais especiais de servio (SSM), dependendo das condies de reparo. Certifique-se de utilizar as SST e os SSM quando necessrios e seguir corretamente os procedimentos de servio. Uma lista de SST e SSM pode ser encontrada no captulo Preparao. 4. PROCEDIMENTOS DE REPARO (a) O desenho do componente est localizado na seo Componentes. (b) As peas no-reutilizveis, peas lubrificadas, peas pr-revestidas e o torque de aperto so especificados no desenho dos componentes. Exemplo:Conjunto do Eixo do EstatorAnis de Vedao de leoEngrenagem Motora da Bomba de leo!"Retentor de leox 1310 (100, 7) Engrenagem Movida da Bomba de leo ! Anel O N.m (kgf.cm, lbf.p) : Torque especificado ! Pea no-reutilizvelD256971 9. 01-21INTRODUO Como Utilizar este Manual(c) Nos procedimentos so apresentados o torque de aperto, pontos de lubrificao e peas no-reutilizveis. NOTA: H casos em que os itens acima podem ser indicados somente atravs de uma ilustrao. Nesses casos, toda a informao relativa ao torque, lubrificao, etc. estar descrita na ilustrao. (d) Somente os itens-chave so descritos no procedimento. O que fazer e outros detalhes so mostrados na ilustrao. Nas explicaes e nas ilustraes so apresentados os valores-padro e as notas. (e) Em alguns casos, as ilustraes podem ser utilizadas em comum com modelos similares. Portanto, os detalhes podem ser diferentes do veculo real. (f) Os procedimentos so apresentados no formato passo-a-passo: (1) As ilustraes mostram o que fazer e onde fazer. (2) O ttulo da tarefa diz o que fazer. (3) O texto detalhado explica como efetuar a tarefa e fornece outras informaes, tais como especificaes e advertncias. Exemplo: Ttulo da tarefa: o que fazerIlustrao: o que e onde fazerSSTC8073387. INSTALE O ROLAMENTO CNICO DIANTEIRO DA CAIXA DO DIFERENCIAL DIANTEIRO (a) Utilizando a SST e uma prensa, instale a pista interna dianteira do rolamento cnico dianteiro na caixa do diferencial dianteiro. SST 09316-60011 (09316-00011) Texto detalhado: como efetuar a tarefa N do conjunto da pea Cdigo da pea D27528RECOMENDAO: Este formato permite a um tcnico experiente o ACESSO RPIDO s informaes necessrias. Os ttulos das tarefas, em caixa alta, permitem a leitura a um simples olhar, quando necessrio, e o texto que se segue fornece as informaes detalhadas. Advertncias e informaes importantes so sempre apresentadas em negrito. 5. ESPECIFICAES DE SERVIO (a) As especificaes so apresentadas em negrito. Nunca ser preciso deixar os procedimentos para consultar as especificaes. Para uma referncia rpida, as especificaes tambm so encontradas no captulo Especificaes de Servio. 6. DEFINIO DE TERMOS ATENO NOTA RECOMENDAOIndica que existe a possibilidade de ferimentos pessoais ao mecnico ou pessoas ao redor. Indica a possibilidade de danos aos componentes que esto sendo reparados. Fornece informaes adicionais para aumentar a eficincia do reparo.7. UNIDADE SI (a) As UNIDADES apresentadas neste manual so expressas, primeiramente, de acordo com as UNIDADES SI (Unidades do Sistema Internacional) e, alternativamente, nos sistemas mtrico e ingls. Exemplo: Torque: 30 N.m (310 kgf.cm, 22 Ibf.p) 10. INTRODUO Instrues para Reparos01-3INSTRUES PARA REPAROS PRECAUES 1.RECOMENDAO BSICA DE REPAROTrava QumicaZ11554(a) PEAS PR-REVESTIDAS (1) As peas pr-revestidas so porcas, parafusos, etc., recobertas na fbrica com trava qumica. (2) Caso uma pea pr-revestida seja apertada novamente ou removida, essa dever ser recoberta com a trava qumica especificada. (3) Ao reutilizar peas pr-revestidas, retire a trava qumica antiga e seque as peas com ar comprimido. Em seguida, aplique a trava qumica especificada na pea.(4) Dependendo da trava qumica a ser aplicada, pode ser necessrio deix-la endurecer por um determinado tempo. (b) JUNTAS Quando necessrio, utilize um vedador nas juntas para evitar vazamentos. (c) PARAFUSOS E PORCAS Observe cuidadosamente todas as especificaes de torque de aperto dos parafusos. Utilize sempre um torqumetro. NOTA: Efetue a verificao de torque com o valor limite mais baixo da tolerncia de torque. 11. 01-4INTRODUO Instrues para Reparos(d) Aperto utilizando uma ferramenta de extenso com torqumetro ou SST (1) Use a frmula abaixo para calcular valores de torque especiais para situaes em que uma SST ou ferramenta de extenso utilizada em conjunto com o torqumetro. Frmula: T = T x L2/(L1 + L2) D02612T T L1 L2Leitura do torqumetro {N.m (kgf.cm, lbf.p)} Torque {N.m (kgf.cm, lbf.p)} Comprimento da SST ou ferramenta (cm) Comprimento do torqumetro (cm)NOTA Se a ferramenta de extenso ou SST forem utilizadas em conjunto com o torqumetro e este for apertado no torque especificado neste manual, o torque real ser excessivo e as peas sero danificadas.D01201D01202 12. 01-5INTRODUO TerminologiaTERMINOLOGIA ABREVIAES UTILIZADAS NESTE MANUAL AbreviaesSignificadoASSYConjuntoATFFluido da Transmisso AutomticaB0Freio da SobremarchaB2Freio da 2c/ComC0Embreagem da SobremarchaC2Embreagem DiretaDDiscoFFlangeFIPGJunta Moldada no LocalMPMultiusoO/DSobremarchaSSeparadors/SemSSMMateriais Especiais de ServioSSTFerramentas Especiais de ServioTATransmisso Automtica 13. 01-6INTRODUO TerminologiaGLOSSRIO DE TERMINOLOGIA SAE E TOYOTA Este glossrio lista todos os termos e abreviaes da norma SAEJ1930 utilizados neste manual de acordo com as recomendaes SAE, bem como seus equivalentes TOYOTA. Abreviaes SAE A/C ACL AIR AP B+ BARO CAC CARB CFI CKP CL CMP CPP CTOX CTP DFI DI DLC3 DTC DTM ECL ECM ECTTerminologia SAE Ar-condicionado Filtro de Ar Injeo Secundria de Ar Pedal do Acelerador Tenso Positiva da Bateria Presso Baromtrica Resfriador de Ar de Carga Carburador Injeo Contnua de Combustvel Posio da rvore de Manivelas Ciclo Fechado Posio da rvore de Comando Posio do Pedal da Embreagem Coletor Oxidante Contnuo Posio