MAVAM Brasil 8a. Edicao 27/06/2011

  • View
    2.761

  • Download
    3

Embed Size (px)

DESCRIPTION

O MAVAM Brasil, em sua 8a. edição, aponta que os serviços de Valor Adicionado das Operadoras de Telefonia Móvel crescem 31% e chega a R$ 2,141 bilhões no 1T11. Valor representa 18% das vendas líquidas O presente relatório tem como foco especial o mercado de banda larga móvel.

Text of MAVAM Brasil 8a. Edicao 27/06/2011

  • MAVAMMonitor Acision de Valor Adicionado Mvel

    Monitor Acision de VAS Mvel

    8a EDIO

    Copyright Acision Junho 2011

    Realizada por

    BRASIL

  • MAVAM | Monitor Acision de Valor Adicionado Mvel

    H 18 meses, Acision lanou o MAVAM para brindar a indstria de telefonia mvel com uma

    ferramenta peridica sobre a evoluo do setor de servios adicionados no Brasil. A iniciativa seestendeu e passou a incluir mais pases da Amrica Latina: hoje contamos com o MAVAMArgentina e o MAVAM Mxico, este com sua prxima edio a ocorrer no final de junho/2011.

    O MAVAM j percorreu um longo caminho, tanto adicionando pases como ampliando otamanho da amostragem para a realizao das pesquisas, alm de gerar dados que permitem

    comparar semelhanas e diferenas da demanda de servios de valor adicionado. A cadaedio, reforamos o compromisso com o maior entendimento do comportamento dousurio e mais informaes sobre o volume de negcios de valor adicionado.

    Devemos destacar alguns pontos-chave desses quase dois anos. O Brasil superou a marca de

    100% de penetrao de telefones mveis, os servios de valor adicionado VAS (sigla em

    ingls de value added services) cresceram 60% na contribuio de receitas das operadoras, erepresentam hoje 18% das vendas lquidas de servios mveis.

    O mercado de SMS passou de 10 SMS por usurio para 22, em mdia, no primeiro

    trimestre de 2011. Estima-se que o mercado seguir crescendo devido ao esforo dasoperadoras, que esto se concentrando na gerao de ofertas atrativas que estimulem aadoo desses servios, os quais, em muitos pases, so to expressivo quanto o de voz.

    A internet mvel representa 48% das receitas lquidas de VAS no Brasil, um caso particularna regio, onde, exceo do Chile e Colmbia, a maior contribuio de VAS provm dosservios de mensagens SMS e MMS. O volume de vendas lquidas de internet no primeirotrimestre foi de US$ 615 milhes, e coloca o Brasil como o responsvel por 45% do negciode internet mvel na Amrica Latina. No Brasil existem 6,8 milhes de minimodens, dosquais 4,8 milhes so 3G, o que torna o pas responsvel por 47% do parque deminimodens na Amrica Latina. Ademais, o crescimento das vendas dos smartphones quechegam ao mercado com preos cada vez mais acessveis ao consumidor juntamente compacotes de dados das operadoras, posicionam o Brasil como o mercado mais importante para

    o desenvolvimento da banda larga mvel. Por esse motivo, o tema principal desta edio do

    MAVAM Banda Larga Mvel.

    Ns, da Acision, estamos muito felizes em poder dispor essa ferramenta que permiteconhecer melhor o mercado de servios de valor adicionado, que, mantido o ritmo decrescimento atual, representar 50% das vendas na Amrica Latina, em 2015.

    Boa Leitura!

    | 2 |

    Editorial

    Rafael Steinhauser

    Acision

    Presidente para Amrica Latina

  • MAVAM | Monitor Acision de Valor Adicionado Mvel

    | 3 |

    2 Editorial

    5 1. Introduo

    6 1.1. Servios de valor adicionado no mundo

    10 1.2. Servios de valor adicionado na Amrica Latina

    14 1.3. Os servios de valor adicionado (VAS) no Brasil

    20 2. MAVAM (Monitor Acision de VAS Mvel)

    22 3. Tema especial: Banda Larga Mvel

    23 3.1. A banda larga mvel no Brasil

    26 3.2. Internet mvel (pelo telefone)

    29 3.3. Banda larga mvel (por meio de donglepara conectar netbook/notebook ou utilizando o telefone como modem)

    31 3.4. Concluses

    32 4. MAVAM Brasil

    32 4.1. Servios de mensagens 33 4.1.1. SMS 35 4.1.2. MMS 37 4.1.3. Instant Messaging (IM) 38 4.1.4. Voice Mail39 4.1.5. e-mail

    Indice

  • MAVAM | Monitor Acision de Valor Adicionado Mvel

    39 4.2. Entretenimento 41 4.2.1. Games (Uso e downloads) 42 4.2.2. Msica (downloads) 43 4.2.3. Ringtones (downloads) 44 4.2.4. Imagens (download) 45 4.2.5. Vdeos (downloads) 45 4.2.6. Mobile TV (visualizao)

    46 4.3. Redes Sociais

    48 4.4 Mobile Marketing

    49 4.5 Mobile Banking

    49 4.6 GPS e Mapas

    50 5. Consideraes Finais

    51 6. Glossrio

    54 7. Ficha tcnica

    55 8. Equipe de trabalho

    | 4 |

  • No final do primeiro trimestre de 2011existiam no mundo 5,6 bilhes de conexes1, das quais581,5 milhes na Amrica Latina. Ainda existe mundialmente um grande volume de pessoaspara serem conectadas pela telefonia mvel. Players desse mercado prevm que, em 2015,haver um terminal por habitante.

    Nota-se que a banda larga mvel vem assumindo um papel cada vez mais importante. Nofechamento deste relatrio, a Wireless Intelligence estimava que, no ms de junho de 2011, as

    conexes HSPA (3G) superaram os 500 milhes, e as conexes LTE, logo aps um ano delanamento das primeiras redes comerciais, j alcanavam o primeiro milho de conexes.

    Simultaneamente, o IDC estimava que, para 2011, os fabricantes de terminais distribuiro no mundo 472 milhes de smartphones(54% a mais que em 2010). A mesma consultoria estima que, a partir de 2015, sero comercializados 1 bilho de telefones

    inteligentes por ano, a nvel mundial. Os smartphones representam algo em torno de 26% dos telefones comercializados no mundo no primeiro trimestre de 2011, foram vendidos mais telefones inteligentes do que computadores.

    Em paralelo ao crescimento dos terminais e das conexes de dados, cresce o percentual de contribuio dos servios de valor adicionado- VAS (value added services) nas receitas totais das operadoras. Estima-se que atualmente, a nvel global, essa contribuio representemais de 29%2 para algumas operadoras, como, por exemplo, a NTT Docomo, onde os VAS respondem por 54% de sua receita total.

    O crescimento das conexes de dados, somado necessidade dos operadores em aumentar suas receitas provenientes dos servios de

    valor adicionado, est acelerando discusses e processos sobre novas atribuies de espectro em praticamente todo o mundo. Almdisso, os governos vm acelerando os planos de reduo da lacuna digital, incluindo as redes mveis como infraestrutura relevante paracumprir seus objetivos.

    Os tablets invadiram o mercado, o qual espera para ver qual ser o uso desses dispositivos,assim como qual ser sua real demanda. Reconhecidamente trata-se de um novo dispositivo,cujo uso talvez no se assemelhe ao de dispositivos j testados.

    A todos esses dados positivos, que projetam um crescimento dos servios de valor adicionado edo consumo de dados, se soma o HTML 5, que facilitar a criao de aplicaes e o interessede outras indstrias como a financeira, que analisa os servios mveis como ferramenta para

    incluir mais pessoas ao sistema financeiro, assim como a indstria da sade, pensando emsolues de mobilidade que ajudem a melhorar a qualidade de vida dos pacientes, a prevenir ediagnosticar, a distncia, chegando a zonas no atendidas, ou ainda a indstria de energia,incorporando chips nos medidores para gerenciar o consumo, entre outras aes.

    Concluindo, a indstria est na trilha do crescimento do valor adicionado, que agrupa mais

    pessoas, aumenta o uso dos VAS e incorpora novos dispositivos a serem conectados.

    MAVAM | 1. Introduo

    | 5 |

    Introduo 1

    1 Fonte: Wireless Intelligence

    2 Fonte: PyramidResearch - 2010

  • Para poder ilustrar o impacto global dos servios de valor agregado na telefonia mvel foi

    selecionada uma mostra de sete operadoras com atuao em diversos pases (Ver grfico 2);em cada uma das empresas selecionadas foi analisada a evoluo da receita total e da receitaespecfica oriunda de servios de valor agregado (VAS), entre o o primeiro trimestre de2010 e o mesmo perodo de 2011.

    Os servios de valor adicionado (VAS) incluem basicamente: SMS e MMS (mensagens),

    msica, vdeos, jogos, ringtones (entretenimento), pagamentos e transaes com dinheiroatravs do celular (mobile money), banda larga e internet mvel, redes sociais emarketing/publicidade mvel.

    | 6 |

    1. Servios de Valor Adicionado no mundo 1

    Grfico 2.

    Operadoras analisadas

    Amrica Mvil - Amrica Latina

    AT&T - Estados Unidos

    France Telecom

    France Telecom Frana

    NTT Docomo - Japo

    Telefnica

    Telefnica Espanha

    Telefnica Irlanda

    Telefnica Latino Amrica

    Verizon Estados Unidos

    Vodafone

    Vodafone Reino Unido

    Vodafone Alemanha

    Vodafone ndia

    MAVAM | 1. Introduo

  • Variao entre receitas de Voz vs. VAS

    Durante o primeiro trimestre de 2011, para o grupo de operadoras analisadas, observou-se atendncia queda da contribuio da receita proveniente do uso de voz e o aumento dareceita gerada pelos dos servios de valor adicionado. Nessa seleo de operadoras, osservios de voz vm reduzindo sua contribuio para o ARPU total entre 19% (TelefnicaIrlanda) e 2% (Verizon USA). A nica exceo foi o Vodafone ndia, que aumentou o

    ARPU de Voz em 3%, situao considerada coerente para um mercado que registra 60% depenetrao de linhas mveis sobre um volume populacional que ainda oferece espao para ocrescimento de novos assinantes.

    A queda da contribuio ARPU nos servios de voz particularmente alta no Japo (NTT

    DOCOMO -15%) e na Irlanda (Telefnica Irlanda -19%), chegando a registrar ndices de

    dois dgitos.

    As receitas de VAS, em alguns casos, j compensam as quedas de receita de voz. Porexemplo, no caso da empresa Vodafone, a companhia destaca em seu balano que essa aprimeira vez que o aumento da receita de servios de dados supera a queda de receita de

    servios de voz1.

    | 7 |

    Grfico 3.

    Variao da contribuiodas vendas de

    Voz e VAST12010 - T12011

    Fonte: Convergencia Research

    com base nos relatrios financeiros

    das operadoras

    MAVAM | 1. Introduo

    1 Vodafone Preliminary Results 31/1/2011

    page 9: First year that Group data revenue

    increase exceeds voice revenue