Direitos humanos aula demo

  • View
    9

  • Download
    3

Embed Size (px)

Transcript

  1. 1. CURSO DE DIREITOS HUMANOS teoria e questes comentadas Aula 00 Ricardo Torques ricardotorques@concurseiro24horas.com.br www.concurseiro24horas.com.br 1/71 APRESENTAO DO CURSO Iniciamos hoje nosso Curso Completo de Direitos Humanos, abrangendo teoria e questes, com objetivo de prepar-los para o prximo concurso de Auditor Fiscal do Trabalho (AFT). Em 2009 a banca escolhida foi a ESAF, com uma prova que no comtemplava Direitos Humanos propriamente. J em 2013 a banca escolhida foi o CESPE e Direitos Humanos figurou de maneira expressa. Acredita-se que mesmo que a prova volte a ser elaborada pela ESAF a nossa disciplina dever estar presente, seja pela correlao com o trabalho de um auditor, seja pela importncia que foi conferida disciplina na ltima prova. Vejamos: A fase objetiva do concurso contemplou 220 itens para serem julgados como CERTO/ERRADO, dos quais 22 foram da nossa disciplina. Logo, 10% de toda a prova objetiva. Ademais, na prova de conhecimentos bsicos (Lngua Portuguesa, Raciocnio Lgico, Direitos Humanos, Administrao Pblica e Geral e Informtica) o percentual, em termos proporcionais, foi ainda maior: 22% da prova, ou seja, 22 das 100 assertivas. Se no bastassem essas constataes, na prova de 2009 j podemos observar certa preocupao do examinador com a temtica do direito internacional do trabalho, aproximando-se dos direitos humanos. Expliquemos: Vejamos parte da ementa de Direito do Trabalho do concurso de 2009, realizado pela ESAF: 11. Do Direito Internacional do Trabalho: Declarao Universal dos Direitos Humanos (Resoluo Assembleia ONU de 10/12/1948); Conveno Americana sobre Direitos Humanos (Pacto de San Jos da Costa Rica, aprovada pelo Decreto Legislativo n 27, em 25/9/1992 e promulgada pelo Decreto n 678, de 6/11/1992); Convenes da Organizao Internacional do Trabalho OIT, ratificadas pelo Brasil: 29, 81, 138, 182, 105, 111, 132, 148, 154, 155, 158, 159 e 161.12. Programa Nacional de Direitos Humanos (Decreto n. 7.037, de 21/12/2009 Eixo Orientador III). Todos esses assuntos foram retomados e ampliados na prova de 2013, com a cobrana especfica da disciplina Direitos Humanos. Vejamos a ementa do edital CESPE: 1 Teoria geral dos direitos humanos. 1.1 Conceito, terminologia, estrutura normativa, fundamentao. 2 Afirmao histrica dos direitos humanos. 3 Direitos humanos e a responsabilidade do Estado. 4 Direitos humanos na Constituio Federal. 5 Documentos histricos brasileiros. 6 Institucionalizao dos direitos e garantias fundamentais. 7 Poltica nacional de direitos humanos. 8 Programas nacionais de direitos humanos. 9 Globalizao e direitos humanos. 10 A proteo internacional dos direitos humanos. 11 Fundamentos dos direitos humanos. 12 Caractersticas dos direitos humanos no direito internacional. 13 Interpretao e aplicao dos tratados internacionais de proteo aos direitos humanos. 14 As trs vertentes da proteo internacional da pessoa humana. 14.1 Direitos humanos, direito humanitrio e direito dos refugiados. 15 A interligao entre o direito internacional e o direito interno na proteo dos direitos humanos. 16 A Constituio brasileira e os
  2. 2. CURSO DE DIREITOS HUMANOS teoria e questes comentadas Aula 00 Ricardo Torques ricardotorques@concurseiro24horas.com.br www.concurseiro24horas.com.br 2/71 tratados internacionais de direitos humanos. 17 Sistema internacional de proteo dos direitos humanos. 18 Universalismo e relativismo cultural. 18.1 Precedentes histricos. 19 O sistema da liga das naes. 20 A Organizao Internacional do Trabalho (OIT). 21 Instrumentos internacionais de direitos humanos. 22 O ncleo de direito internacional dos direitos humanos. 22.1 Carta das Naes Unidas. 22.2 Declarao universal de direitos humanos. 22.3 Pacto internacional de direitos civis e polticos. 22.4 Pacto internacional de direitos econmicos, sociais e culturais. 22.5 Conveno internacional sobre a eliminao de todas as formas de discriminao racial. 22.6 Conveno sobre a eliminao de todas as formas de discriminao contra a mulher. 22.7 Conveno contra a tortura e outros tratamentos ou penas cruis, desumanos ou degradantes. 22.8 Conveno sobre os direitos da criana. 22.9 Conveno internacional sobre a proteo de direitos de todos os migrantes trabalhadores e membros de suas famlias. 23 Os limites dos direitos humanos na ordem internacional. 24 A natureza objetiva da proteo internacional dos direitos humanos. 25 Mecanismos de proteo contra as violaes de direitos humanos. 26 Responsabilidade internacional em matria de direitos humanos. 27 Regra do esgotamento dos recursos internos na proteo dos direitos humanos. 28 Mecanismo unilateral e mecanismo institucional ou coletivo. 29 A proteo dos direitos humanos na ONU. 29.1 Sistemas convencional e extraconvencional da ONU. 30 Sistema europeu de direitos humanos. 31 Sistema interamericano de direitos humanos. 31.1 Comisso interamericana de direitos humanos e corte interamericana de direitos humanos. 31.2 Proteo dos direitos humanos no Mercosul. 32 Responsabilidade internacional dos estados por violaes de direitos sociais, econmicos e culturais. 33 Mecanismos coletivos e afirmao do indivduo como sujeito de direito internacional. 34 Implementao das decises de responsabilizao internacional do Estado por violao de direitos humanos. 35 Instrumentos e Normas Internacionais de Direitos Humanos. 35.1 Declarao Universal dos Direitos Humanos (Resoluo Assembleia ONU de 10.12.1948). 35.2 Conveno Americana sobre Direitos Humanos (Pacto de San Jos de Costa Rica, aprovada pelo Decreto Legislativo n 27, em 25.09.1992 e promulgada pelo Decreto n 678, de 06.11.1992). 36 A Auditoria Fiscal do Trabalho como agente de proteo e concretizao dos direitos fundamentais dos trabalhadores. 36.1 Segurana e Sade no Trabalho. 36.2 Combate reduo anloga ao trabalho escravo. 36.3 Discriminao e aes afirmativas. 36.4 Direitos da mulher, da Criana, do Adolescente e do Idoso. 36.5 Direito das Pessoas com Deficincia. 37 Programa Nacional de Direitos Humanos (Decreto n 7.037/2009 Eixos Orientadores II e III). Portanto, h clara tendncia de cobrana da disciplina no concurso de AFT, o que acreditamos que ir se manter no concurso vindouro. Explicada a importncia da disciplina para o concurso, vejamos sobre a metodologia do curso. Em razo do enorme relevo da matria no contexto desse concurso e considerando a extenso das ementas acima citadas, fundamental um estudo correto e dirigido para a prova. Esse o nosso objetivo! O edital acima um dos mais abrangentes na rea de concurso pblico. Apenas para se ter uma ideia, embora a temtica de Direitos Humanos seja comum em provas para as defensorias pblicas, nestes concursos a disciplina no to abrangente quanto foi no concurso de AFT. Alm disso, no concurso passado o CESPE nos trouxe algumas surpresas na hora da prova, bem como importantes diretrizes que devem servir para orientar nossos estudos. Explicando:
  3. 3. CURSO DE DIREITOS HUMANOS teoria e questes comentadas Aula 00 Ricardo Torques ricardotorques@concurseiro24horas.com.br www.concurseiro24horas.com.br 3/71 Os contedos da prova foram assim distribudos: PROVA AFT 2013 OIT 5 assertivas 22,7% Trabalho Forado 4 assertivas 18,1% Proteo da Criana no Trabalho 3 assertivas 13,6% PNDH III 2 assertivas 9% Proteo s Pessoas Portadoras de Necessidades Especiais 3 assertivas 13, 6% Direitos Humanos no MERCOSUL 2 assertivas 9% Proteo aos Direitos Humanos dos Trabalhadores Migrantes 3 assertivas 13,6% (i) Da distribuio acima podemos perceber que a banca conferiu especial importncia aos documentos de direito internacional quando abordou, por exemplo, o trabalho forado, a proteo da criana no trabalho, a proteo das pessoas portadoras de necessidades especiais e a proteo aos direitos humanos dos trabalhadores migrantes. Logo, daremos especial nfase aos tratados internacionais de Direitos Humanos tal como fizemos no curso passado, com referncia ao texto, destaque dos assuntos importantes, com grficos e esquemas para auxiliar a fixao da matria. (ii) Para alm dessa constatao possvel observar que foi dada importncia especial s Convenes da OIT, algumas at no mencionadas expressamente no edital. Numa rpida anlise da prova, 6 das 22 assertivas referiram-se expressamente Convenes Internacionais da OIT. Assim, trataremos das principais Convenes da OIT, com referncia ao texto, destaque dos assuntos importantes, grficos e esquemas, tudo com a finalidade de bem fixar esses assuntos. Frise-se que o edital do concurso em 2009, cobrou na disciplina de Direito do Trabalho diversas Convenes da OIT. (iii) Houve grande preocupao com os direitos humanos assegurados na rbita internacional, de modo que, trataremos minuciosamente dos principais direitos assegurados. No houve, por outro lado, preocupao com os mecanismos e procedimentos contra as violaes a direitos humanos, razo pela qual o trato desses assuntos ser objetivo e direto. (iv) Vamos estender o trato dos Direitos Humanos e o Mercosul, uma vez que a prova passada trouxe questes sobre a matria. Como vocs podem perceber, a nossa inteno aqui no um curso doutrinrio e acadmico de Direitos Humanos, mas um Curso de Direitos Humanos focado e objetivo, voltado para questes objetivas e concurso pblico. Queremos e este o principal objetivo de um curso regular conferir segurana e tranquilidade para uma preparao completa, sem necessidade de recurso a outros materiais didticos. Como se trata de um curso regular, pr-edital, importante que o aluno possua um acompanhamento permanente. Diante disso, e com o intuito de acompanhar nossos alunos at a prxima prova, disponibilizaremos canais
  4. 4. CURSO DE DIREITOS HUMANOS teoria e questes comentadas Aula 00 Ricardo Torques ricardotorques@concurseiro24horas.com.br www.concurseiro24horas.com.br 4/71 de comunicao (e-mail e Facebook) pelos quais vamos manter contato at a data da prxima prova, seja ela em 2015, seja ela em 2016. Ademais, firmamos parceria com o C24H para o Curso de Direito do Trabalho, que compor os Mdulos II e III do pacote regul