Manual de identidade visual

  • Published on
    15-Nov-2014

  • View
    2.076

  • Download
    4

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Transcript

<ul><li> 1. ParqueVillaLobos Manual de Identidade Visual</li></ul><p> 2. parque villa lobosmanual de identidade Visual 3. sumrio06 Apresentao07 Introduo08 Pesquisa11 Aplicaes12 Marca13 Aplicao vertical e horizontal14 Tipografia15 Malha de contruo16 Redues17 Campo de proteo18 Aplicao de cores19 Aplicaco negativa e monocromtica20 Aplicao em fundos diversos22 Aplicaes vetadas23 Aplicaes com marcas adjuntas25 Papelaria26 Carto de Visita27 Assinatura de email28 Envelope A429 Envelope Oficio30 Pasta31 Papel timbrado32 Crach33 Uniforme34 Caneca37 Sinalizao38 Pictograma39 Modelo de totem40 Placas de direcionamento41 Placas de identificao43 Placas de advertncia 4. ApresentaoIntroduoA Identidade Visual de uma empresa um de Seguindo o contexto histrico do parque Villa portante proteger o meio ambiente, pro-seus principais patrimnios. por meio dela Lobos, podemos perceber que a msica par- jetos como Criana Ecolgica e o espaoque uma instituio transmite visualmentete fundamental da formao do parque, poisVilla Ambiental que destaca se por abor-seus valores, sua filosofia, torna-se visvel ealm do nome ser uma homenagem ao Ma- dar todas as agendas ambientais - azuis, ver-reconhecida pelo pblico.estro Villa-Lobos, seu primeiro projeto era ser des, cinzas e amarelas em atividades diver- Este manual pretende estabelecer um con-construda a cidade da msica, com viveiro tidas e educativas.junto de normas, para que a aplicao e usopara pssaros, ilha musical, passeio Uirapu-Por ser de rea plana, tem uma grande varie- ru, auditrios, Teatro de pera e Centro de dade de atividades que podem ser feitas nodos elementos de Identidade Visual do Parque Convivncia Musical. O projeto tambm pre-parque, como andar de bicicleta, skate, pa-Villa Lobos sejam estabelecidos de maneira via a construo de um prdio de exposies tins. E reas reservadas para jogar basquete,uniforme e coerente. e edifcios para Escolas de Bal e Msica, comtnis e futebol, o que muito representativo Resultado de um intenso trabalho de pesqui- salas de aulas para oficinas e apoio, inclu-para a marca do parque.sa e desenvolvimento, o presente documento sive para fabricar e consertar instrumentos.tem como finalidade informar e servir de baseObservando isto, fundamental que a marcapara a constituio e consolidao da marcatenha caractersticas do maestro e da msica.do Parque. O uso coerente e sistemtico das O parque Villa Lobos tem projetos que denormas contidas neste manual ajudaro a re-forma criativa estimula e ensina o quo im-forar a imagem da instituio.Manual de identidade | 6 7 | Manual de identidade 5. PesquisaA histria do parque Villa-Lobos um poucoacerto das elevaes existentes. O crrego Bo-diferente da de outros parques. Antes de 1989, aava, que passava pela rea, foi canalizado.a rea onde est hoje destoava muito dos ar- O projeto original, elaborado pelo Arquitetoredores da regio de Alto de Pinheiros. Na sua Dcio Tozzi, previa uma cidade da msica. Oporo mais a oeste havia um depsito de lixolocal teria viveiro para pssaros, ilha musical,da Companhia de Entrepostos e Armazns Ge- passeio Uirapuru, auditrios, Teatro de pe-rais do Estado de So Paulo (CEAGESP), ondera e Centro de Convivncia Musical. O proje-cerca de oitenta famlias recolhiam alimentosto tambm previa a construo de um prdioe embalagens. Na parte leste, vizinha ao atual de exposies e edifcios para Escolas de BalShopping Villa-Lobos, era depositado materiale Msica, com salas de aulas para oficinas edragado do Rio Pinheiros e na poro central apoio, inclusive para fabricar e consertar ins-o antigo proprietrio permitia o depsito de trumentos.entulho da construo civil. Em janeiro de 2004, a administrao do par-Em 1987, ano de comemorao do centen-que foi transferida para a Secretaria do Meiorio de nascimento de Heitor Villa-Lobos, foram Ambiente do Estado de So Paulo (SMA) peloapresentados os primeiros estudos visandoDecreto Estadual 48.441. No mesmo ano, foi implantao de um parque temtico con- iniciada a execuo de intervenes emergen-temporneo na rea. Os Decretos Estaduaisciais para solucionar problemas de manuten-28.335 e 28.336/88 destinavam os 732 mil o existentes no local. Tambm comeou am implantao de um parque de lazer, cul-elaborao de projetos executivos para a reatura e esporte. Os moradores da regio rece-de expanso do parque, adequados legisla-beram bem a proposta, principalmente por eli-o atual e ao terreno, com base no projetominar os problemas causados pelos usos que original. A Resoluo SMA 20, de 7 de marona poca a rea apresentava. de 2004, criou o Conselho de Orientao doEm 1989, o parque Villa-Lobos comeou aParque Villa-Lobos, que assegura o gerencia-ser implantado pelo Departamento de guasmento participativo e integrado da sociedadee Energia Eltrica DAEE. Foram removidas ascivil.famlias que viviam no local e o entulho paraManual de identidade | 8 9 | Manual de identidade 6. aplicaesMarca Aplicao vertical e horizontalTipografia Malha de contruo Redues Campo de proteoAplicao de coresAplicaco negativa e monocromticaAplicao em fundos diversosAplicaes vetadasAplicaes com marcas adjuntasManual de identidade | 10 11 | Manual de identidade 7. MarcaAplicao vertical e horizontalNa criao da identidade visual, alm de to- mentos principais uma clave de sol, para O logo tem duas formas de serem utilizadas,dos os princpios e bases para uma comunica- representar a msica e a homenagem ao ma-a verso vertical e horizontal, sendo priorita-o efetiva, buscou-se a criao de uma ima- estro Heitor Villa Lobos. E na parte de baixo oria a verso vertical, e a horizontal apenasgem nova e contempornea, mas que aindaredesenho de uma folha, para marcar todo o quando for necessriosim apresenta-se todo o valor histrico e cul- meio ambiente presente no parque.tural que o parque possui. As cores escolhidas foram pensadas na na- Sob esta perspectiva, a msica e o meio tureza, no meio ambiente e na tranquilidadeambiente foi o ponto de partido para a cons- que o parque traz; o azul e o verde.truo da marca. O smbolo tem como ele-ParqueVillaLobosParqueVillaLobosManual de identidade | 12 13 | Manual de identidade 8. Tipografia malha de construoO projeto se baseia em duas grandes famlias fia principal. Futura Bk BT deve ser utilizada A malha de construo representa a base dastipogrficas: Trajan Pro e Futura Bk BT. como tipografia auxiliar, em textos longos (do-propores e alinhamentos da marca que A regra de uso dessas duas famlias muito cumentos, publicaes, etc). precisam ser seguidos caso seja necessriosimples. Trajan Pro a base de toda a iden-seu redesenho ou reproduo sem a possibili-tidade, devendo ser utilizada como tipogra- dade de seus originais digitais.FuturaregularAaBbCcDdEeFfGgHhIiJjKkLlMmNnOoPpQqRrSsTtUuVvWwXxYyZzitlicoAaBbCcDdEeFfGgHhIiJjKkLlMmNnOoPpQqRrSsTtUuVvWwXxYyZzlightAaBbCcDdEeFfGgHhIiJjKkLlMmNnOoPpQqRrSsTtUuVvWwXxYyZzmediumAaBbCcDdEeFfGgHhIiJjKkLlMmNnOoPpQqRrSsTtUuVvWwXxYyZzbold Parque VillaLobosAaBbCcDdEeFfGgHhIiJjKkLlMmNnOoPpQqRrSsTtUuVvWwXxYyZz Parquenumerais1234567890,.:;?!-_^~{}[]()@#$%&amp;*|/Trajan ProregularVillaLobosABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZBOLDABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZVERSALATEAaBbCcDdEeFfGgHhIiJjKkLlMmNnOoPpQqRrSsTtUuVvWwXxYyZznumerais1234567890,.;:?!@#$%&amp;*()_-{}[]`^~/|Manual de identidade | 14 15 | Manual de identidade 9. ReduesCAMPO DE PROTEOPara no comprometer a legibilidade, a mar-O campo de proteo a margem de segu-ca do Parque Villa Lobos no deve exceder arana, para que no haja interferncias dereduo mxima de 2 cm para a marca prio-outros elementos junto marca.ritria e 3 cm para a marca horizontal.Essa margem de proteo deve ser referen- te a letra v da tipografia utilizada para a marca, a Trajan Pro. 3 cmV 2 cmParqueParqueVillaLobosVillaLobos VParque VVillaLobosVVV Parque V VillaLobosV Manual de identidade | 16 17 | Manual de identidade 10. Aplicaes em cores Aplicao negativa e monocromticaQuando no for possvel a utilizao de co-res institucionais, o logo pode ser utilizado emduas verses, negativa (branco) e monocro-mtica (preto).Pantone 550UC. 55% R. 118 Hexadecimal #76B0B0Pantone 5493C M. 15% G. 176Y. 31% B. 176K. 0%Pantone 374UC. 42% R. 160 Hexadecimal #A0C64APantone 375CM. 3%G. 198Y. 91% B. 74K. 0%Parque ParqueVillaLobos VillaLobosPantone 179-10U C. 49% R. 118 Hexadecimal #767B7DPantone 169-11C M. 38% G. 123Y. 38% B. 125K. 19%Manual de identidade | 18 19 | Manual de identidade 11. Aplicao em fundos diversosAplicao fundos diversos Quando for necessrio aplicar a marca sobre Quando for necessrio aplicar a marca so- fundos heterogneos, indispensvel o usobre fundos coloridos, claros e escuros indis- de um crculo branco em volta do logo.Quan- pensvel o uso de um crculo branco em volta do aplicados em fundos mais claros pode-sedo logo. Quando aplicados em fundos claros usar o logotipo em preto, para fundos escuros devem usar o logotipo em preto, para fundos devem ser aplicados em branco, para preser- escuros e coloridos devem ser aplicados em var sua leiturabilidade.branco, para preservar sua leiturabilidade. Parque VillaLobosParque Parque ParqueVillaLobos VillaLobos VillaLobosParqueVillaLobos Manual de identidade | 20 21 | Manual de identidade 12. Aplicaes vetadasAplicaes com marcas adjuntas De acordo com a regra no altere os elemen-Quando for necessrio o uso de outras mar- tos que compe o logotipo. cas junto com a marca do Parque Villa Lobos,dever seguir as regras de distanciamento ede alinhamento.Entre o logo e a marca adjunta ser colocadoa letra V do VillaLobos multiplicado por doisParqueconforme o exemplo abaixo: Parque VillaParqueParque VillaLobos LobosVillaLobosVillaLobosNo altere a composioNo altere a composioNo altere as cores do logoNo altere as cores do logotipografica do logotipografica do logoX X Parque VillaLobosVV ParqueParqueParque Parque VillaLobos VillaLobos VillaLobos VillaLobosNo altere a tipografia do No altere a tipografia do No altere a proporo doNo altere a proporo dologo logo logo nem de seus elemen- logo nem de seus elemen-tostosManual de identidade | 22 23 | Manual de identidade 13. papelaria Carto de Visita Assinatura de emailEnvelope A4 Envelope OficioPapel timbradoPastaCrachUniformeCanecaManual de identidade | 24 25 | Manual de identidade 14. Carto de visita Assinatura de email Tamanho: 8,5 cm x 5 cmTamanho: 324px X 144 px Papel usado: Couch 300 g Tipografia usada: Trajan Pro, Futura BK BT, Tipo de impresso: ofsset, 4x4Futura BK BT Italic, Futura BK BT bold Tipografia usada: Trajan Pro, Futura BK BT, Futura BK BT Italic Augusto carrara Augusto Carrara gerentegerente parquevls.augustocarrara@gmail.com11 4513.4189 ParqueParqueVillaLobos 11 3023.0316 11 3023.2229 parquevls.augustocarrara@gmail.com VillaLobos Av. Professor Fonseca Rodrigues, 2001 So Paulo | SP | CEP 05461-010 Manual de identidade | 26 27 | Manual de identidade 15. envelope ofcioEnvelope A4Tamanho: 24 cm x 11,5 cmTamanho: 25 cm x 35,5 cmPapel usado: Papel offiset 160 gPapel usado: Papel offiset 160 gTipo de impresso: ofsset, 4x4Tipo de impresso: ofsset, 4x4Tipografia usada: Trajan Pro, Futura BK BTTipografia usada: Trajan Pro, Futura BK BTFaca especial: aba do envelopeFaca especial: aba do envelopeParqueVillaLobosAv. Professor Fonseca Rodrigues,2001 | So Paulo | SP | CEP: 05461-010 Tel: 11 3023.0316 / 30 Parque VillaLobosAv. Professor Fonseca Rodrigues,2001 | So Paulo | SP | CEP: 05461-010Tel: 11 3023.0316 / 30Av. Professor Fonseca Rodrigues,2001 | So Paulo | SP | CEP: 05461-010 Tel: 11 3023.0316 / 3023.2229Av. Professor Fonseca Rodrigues,2001 | So Paulo | SP | CEP: 05461-010 Tel: 11 3023.0316 / 3023.2229Destinatriowww.parquevillalobos.com.brManual de identidade | 28 29 | Manual de identidade 16. PastaPapel timbrado Tamanho: 22x31Tamanho: 21 cm x 29, 7 cm Papel usado: Papel triplex 300 gPapel usado: Papel reciclvel 100 g Tipo de impresso: ofsset, 4x4Tipo de impresso: ofsset. 4x4 Tipografia usada: Trajan ProTipografia usada: Trajan Pro, Futura BK BTParqueVillaLobosParqu e22/10/12VillaLobosCARO VISITANTE,22/10/12CARO VI O parque se localiza no bairro de Alto dos Pinheiros, na regioISTANTE,O parqueSudoeste da capital, um dos bairros mais antigos de So Paulo, se locali Sudoesteza no bairro de Altcomeada capit al, um o dos Pinheiros, nacomeando a ser habitada por aldeias indgenas e algumas fundadasndo a sedos bairr r habitad os maisregiopela prov a por aldantigostrabalha idenciado padr eias indgenas ede SoPaulo,pela providencia do padre Jos de Anchieta, para quem muitos ndios vam. Aoe Jos dealgumas decorre Anchieta, fundadacapites que ma is exigiamr do tem po devidpara qu em muitoss ndiostrabalhavam. Ao decorrer do tempo devido m administrao dospoucosdos nativ o m sendo de adminis spovoada os que da trao do cidade deSo Paulo. Apenas em 1930 vam a cidade fois capites que mais exigiam dos nativos que davam a cidade foi aos massa quo bairro, com o aose chegavpassoucrescimecentro Co mercial.am com a intena ser ha bitado por uma grnto dapoucos sendo despovoada. Apenas em 1930, com o crescimento dao de reaande Dentre todlizar compnmeroas as ra de japonas quehabitaramras no grandecidade de So Paulo o bairro passou a ser habitado por uma grande de Pombeses e se no bairr us desceo se desta em queal expulso u os Jes utas dandentes . Quandoca o grandemassa que chegavam com a inteno de realizar compras no grande eles habit regio poa Lei dostios, de avam for r volta de Marqus As quaisparticula res.am leiloa das, da ndo orige 1770, aterracentro Comercial. foram ad ns a chc Pinheiroquiridas aras e s havia grande pela Cia.Cit , em Dentre todas as raas que habitaram no bairro se destaca o grande avenida reas liv 1913.Nrotat riares ondeesta parteque se inscentraisnas avenpira na foram coarquitetur nstrudodesua princnmero de japoneses e seus descendentes. Quando a Lei do Marqus Pinheiro idas e ca a europe ipals, no disladas ve ia, pra rdes, daresidenc ial das cla trito de Alto de Pinheiro ndo origem ao ba as, cante iros de Pombal expulsou os Jesutas da regio por volta de 1770, a terra sses m s, constituirro Alto dia e alt indo sede a da so ciedadeem rea em que eles habitavam foram leiloadas, dando origens a chcaras e Parque paulista na.stios, de particulares.As quais foram adquiridas pela Cia. City, em 1913.Nesta parte deAv. Professor Fonse ca RodriTel: 11gues,2001 VillaLobos Pinheiros havia grande reas livres onde foram construdo sua principal 3023.03 | So Paulo | SP 16 / 30 23.2229 | CEP: 05461-010avenida rotatria que se inspira na arquitetura europeia, praas, canteiroscentrais nas avenidas e caladas verdes, dando origem ao bairro Alto dePinheiros, no distrito de Alto de Pinheiros, constituindo-se em rearesidencial das classes mdia e alta da sociedade paulistana.Dentro Fora Av. Professor Fonseca Rodrigues,2001 | So Paulo | SP | CEP: 05461-010Tel: 11 3023.0316 / 3023.2229 Manual de identidade | 30 31 | Manual de identidade 17. CrachUniforme Tamanho: 7 cm x 10 cm Camisa polo Material usado: PVC Tecido: malha Tipo de impresso: Sik ,4x4 Tamanhos: P M, G , Tipografia usada: Trajan Pro, Futura BK BT Cantos arredondados Furo para presilha ja...</p>