Portfolio Impressos

  • View
    14.103

  • Download
    2

Embed Size (px)

Transcript

  • 1. AC

2. Rdio em Revista Impressos Realizado na CRIA UFMG Jr. | 2008 Cliente: Departamento de Comunicao Social-UFMG Produto: Projeto Grfico e Capa Justificativa: a Rdio em Revista uma publicao que fala de assuntos ligados ao rdio, seu ouvinte e sua relao com o mun- do. Completando a 4 edio, sentiu-se a necessidade de refor- mulao do projeto grfico para modernizao e normatizao da publicao. 2 3. Impressos Para o projeto grfico, suavidade, clareza e sintonia foram conceitos utilizados para definir o modo de apresentao visual da revista. Para a capa desta edio, utilizou-se a idia de que o rdio feito pelo som, que por sua vez transformado em emoes e em imagens atravs das palavras. Assim, temos um aparelho totalmente composto por tipogra- fia. Trechos dos artigos contidos na revista foram utilizados, bem como uma ambientao familiar e aconchegante.3 4. Fica Vivo! Impressos Realizado na CRIA UFMG Jr. | 2008Cliente: Secretaria de Estado de Defesa Social -Governo de Minas Gerais Produto: Projeto Grfico, Capa e Ilustraes Justificativa: Por ocasio da divulgao do Programa de Controle de homicdos, a Sec- retaria demandou uma revista da Interveno estratgica. O conceito que regeu a criao foi a interveno estratgica fazendo a diferena. A ambien- tao recorre elementos das comunidades onde o projeto se insere. 4 5. Impressos 5 6. Folder institucional CRIA Impressos Realizado na CRIA UFMG Jr.| 2009Cliente: CRIA UFMG Jr. Produto: Folder e Ilustraes Justificativa: A CRIA uma empresa jnior formada por jovens que cursam comuni- cao social na UFMG. Pelas caractersticas do cliente optou-se por um folder que dialogasse com as invenes que mudaram a histria, boas idias que mudaram a hu- manidade. Do mesmo modo, o folder representa que as boas idias da CRIA tambm podem mudar a histria dos seus clientes.O formato difer- enciado e as dobras sugerem o carter inovador da agncia. As ilustra~es foram feitas a partir de formas que lembram o vento, j que ologo da em- presa um catavento. 6 7. Impressos 7 8. Folder RH Jr. Impressos Realizado na CRIA UFMG Jr.| 2009Cliente: RH Jr. Produto: Folder Justificativa: Compreendemos as pessoas de uma organizao como seu recusro mais impor- tante e tambm o mais frgil. Sendo assim, a gesto de pes- soas deve ser feita por pros- sionais. O intuito do folder estimular o pblico a procurar a RH Jr entendendo a necessi- dade desse servio.Quando o assunto gerir pessoas, deixe trabalhar quem conhece do assunto. Qua dei ndo oxe t rab assunalhtar o geque rm c ir pes onshec oas, ed oaQuand ssu o ntodeixe t o assunto . rabalhgar quem erir pessoas,conhece doassunto. 8 9. Impressos servios O recrut de uma amento vaga que a faseinicial paprocesso est em ra o pree TO de seleaberto. ElenchimenO Diagno mxim o e nece d subsditostico Orgao de pessssita de os paracoleta denizacional oas comcriatividao informa um TAMEN processode para conhecer es daseletivo.Para tao perfil de sejado a atrair sua realiempresa, instrumento de detalhada l, deve-se participarorganizadade intcom o intdo cargoeruitnecessro, com pr-requis fazer adescriodoempresr e estipular um pla na, traar o pe o de nalias. io tome co no de an rfiO recrutitos e competncenvolvidanhecimen lise, para l daO diagn amento iass. Visa to de toda que o compreestico stico descobrirRECRU Recrutpode serempresa NALs as dimndido code clim izacio amento feito de dupara ind a situa enses mo um coa orga contratainterno: at as formasdos resu icar solu o presenempregadnhecimennizacionaldo pela em raindo eltados.es adeqte daos tm soto da pepresa paremanejauadas a determ bre seu ORGAN STICO Recrut ndo pessO Diagnrcepo IZACIOamentora outramelhoria inadas ca o grau de que os maexterno: s vagas; oal jstico Orgaracterstsade traba lho. busca de Detecta r possvenizacional organiza o onde icas do am tisfao em rela candidato is fatoretematuam.biente de o s limitant como objetivos:Diagn organizaOrgande Clis no mero; A pesquistrabalho cado Avaliares da efi realizadoa de clim da ccia daa organiza estru de formaacional reconhec tura da e implant interativaum proc DIAGNimor ao de, buscan Analisar ento de suas pote ganizao visan e desem melhoriasdo alternaesso os com ncialidadedo openho do pativas deprodutivi portamen s e dificu s funcion ra o perfeito deaodade notos, a ldades; rios e dasenvolvimpessoas traempresa.entoenvolvida balho e tambm motivao, a Buscar s na orgaa satisfaA seleoalternativ nizao;o das escolher,de pessoasoluesas de s tem a para o m a revelarem entre os candidato finalidadeelhor dese es e implant s recrutcentral dempenhoao derecrutam mais qualificad da empr ALados, aqesa. ento. Emos naueles qudaqueles geral, a triagem e seO Omais apseleoinicial do tos para constituiDE PESS trabalhoSELEde Rel lvimento, classific a execua cada umando-oso de de escolha. conformterminado e o grau Identificar de aptid e localizao dessoaiscandidato r as cara PrticasQuantoexige umctersticaInterpe esdas repe conhecims pessoanegativo inadequad trabalhe mais um rcussesento dais dona sadas podem m em co a atividana repercut e fsica levar a um njunto, m de exige que asde vid deque a ta refa imp tureza humana trabalh o indo incluse emocion relao al dos em impacto vo de trabaais impopessoas a e pess eive na ranSendo as lho queooa queira sim, as es ea finan pregadosinterao apenas se estabe rtante o tipoqualidade tratgias ceira da ,lece. Mes deQualid Desende vida no utilizadas s empresinterpess perifricamo quan um ambie em um pras.oal pode atividado a trabalho ograma frustrase tornarde, a re nte que tm comdeo e assimum motivolao empresa estimule o intuito relevanteafetar to de satisfaalm de e d supoprdessas co rte ao ind omover. Boas re do o tra o ou de estratgia nscientizar a toivduo esucessoe produtlaes inter balho de maneiraprodutividade nos para a garant dos daimpo ividade do pessoais contribuem para A descri trabalho .ia da qu rtncia trabalho.o o de um alidade em enum cargo eerar as taum proc DE CAR Orefas ou mtodos atribuie esso que consistGOS emperiodicida pregados para a DESCR Es que o coempem, Ide e se execuo SEdistinto us objetdas mesosde todoivo mas, suas os ou s, de maneira ANLI organizatros caa torn-lo. Entrergos exo aumento as vantagistentesO treinamda produt ens destnaento e o gicaorganizaividade, a e serviovisto co o dentro manuten , esto A avalia o psico mo estra aperfeioamento de pess lvimentoo do eqo Psicol odas resp do ambie uilbrio da coleta delgica umorganiza tgia code pessoaonsabilida nte empr processoo atra mpetitiva s quvisa melh ando des. esarial edados, estcnico-cicolaboradvs do desenv ento e a defini avaliar - tudos eentfico deores.aprendiza orar ao no s interpret do cont a dinmica entido de analisaTreinam Avalia aes qu ento nuo dedos procr, compre visamcargo at orienta seus um indiv es eender, do paraduo. um sos psicolgicos esclarecer -relacionad ual e buscando melho presenoalaplicada a ferramrepresenas ao deorar habil te, focanem camenta batativos dedo omprocessosempenh idades eoconcurso pos tais stante sigde aprend o imediat capacidad s pblico como pr nificativa, es Treina s, perciasocessosDesenvoizagem. o do ca judiciais,seletivos, lvimento rgo. umdentre ouocupadosde pessoatros.fut scapacidad uramente na orga Foca os cargoses quenizao, a seremprocessose novas ha de aprend ro requeridas.bilidadese izagem.Tambm um9 10. Exercicio - Lber Impressos Realizado para a aula de Anlise Semitica da Publicidade | 2008Cliente: Liber Produto: Anncio para revista Justificativa: A proposta do trabalho da disciplina era criar um anncio para uma cerveja sem lcool por ocasio da lei seca. A cerveja escolhida foi a Lber, sendo ressaltado seu diferencial em relao s con- correntes. A brincadeira com o faa o quatro e os demais nmeros (100 e 0) marcam a pea que ambientada na mesa de um bar. 10 11. Mediao de ConflitosImpressos Realizado na CRIA UFMG Jr. | 2008 Cliente: Secretaria de Desenvolvimento Social - Governo do Es- tado de Minas Gerais Produto: Banner, Ilustrao e Slogan Justificativa: O programa mediao de Conflitos busca solues atravs do dilogo e compreenso. A seta que retorna ao incio mostra um ciclo que no tem fim, representando o contnuo processo da busca por solues amigveis. O slogan ressalta o carter popular e pessoal do programa, que se coloca prximo aos atendidos. A ilustrao busca aproximar os personagens de pessoas comuns, atendendo a requisitos de diversidade de gne- ro e raa.11 12. Zurich Minas Brasil Impressos Realizado na Elevado a3 | 2009Cliente: Zurich Minas Brasil Produto: Papelaria Justificativa: A Seguradora Mi- neira Minas Brasil foi comprada por uma das maiores segura- doras do mundo, se tornando em Zurich Minas Brasil. Todas as peas de utilizao da Minas Brasil necessitaram ser refeitas visando-se adequao ao guideembalagem para cd line da marca Zurich.Ponto-de-venda paracarroscarta de renovao paraclientes12 13. MJM Ambiental Realizado na Elevado a3 | 2009 Impressos Cliente: MJM Ambiental Produto: Folder Institucional/portflio Justificativa: a empresa sentiu a necessidade de um folder que pudesse funcionar como portflio, demostrador de seus servios. O projeto grfico prezou pela harmonia dos elementos, clareza do texto e facilidade para encontrar as informaes. As abas deslocadas dividem o contedo e a pea permanece em formato econmico. As imagens de projetos e o mosaico da capa valori- zam os servios da empresa. 13 14. AforALMAdentro Impressos Realizado para a aula de Artes Grficas B | 2009Cliente: Ana Cludia Nunes Produto: Livro-CD Justificativa: A proposta da aula era produzir um pro- jeto grfico. O Produto feito a partir de fragmentos do meu universo visam revelar e organizar um pouco de meus prprios pensamentos atravs de canes. Por isso denomi- nei de uma viagem afora alma adentro. O projeto marcado por singeleza e pessoalidade. 14 15. AforALMAdentroImpressos15 16. Exerccio - Campanha Glamour Impressos Realizado para o Laboratrio de Criao | 2009 Cliente: MTV Produto:Campanha Publicitria (VT, impresso e ao de gue