01 relacao sociedade_x_natureza1_ano_compact_56125076666

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Relação sociedade-natureza: do meio natural ao meio técnico-científico informacional.

Text of 01 relacao sociedade_x_natureza1_ano_compact_56125076666

  • 1. GEOGRAFIAProf. Orlando Castro

2. Relao sociedade-natureza:do meio natural ao meio tcnico-cientfico informacional.PROF. ORLANDO CASTRO 3. Para no esquecer Segundo Milton Santos a histria das chamadas relaes entre a sociedade e natureza ,em todas os lugares habitados, a da substituio de um meio natural, dado a uma determinada sociedade, por um meio cada vez mais artificia- lizado. 4. A histria da incorporaodas tcnicasnoespaogeogrfico passou por trsetapas distintas:1.O meio natural.2.O meio tcnico.3.O meio tcnico-cientfico informacional. 5. 1.Meio natural:Tempo: dos primrdios da humanidade at o sculo XVIII com a Revoluo Industrial.Espao: reas rurais.Caractersticas: - Absoluta predominncia das formas da natureza.- Os seres humanos pouco modificavam a natureza, pois viviam da coleta, da caa e da pesca.- Forte harmonia entre sociedade e natureza - A humanidade estava subordinada s condies naturais, a tal ponto que em geral era nmade. 6. O quadro revela o modo de vida em uma sociedadeprimitiva. Observa-se que as mulheres e as crianas providenciam o alimento, plantando ou manipulandoprodutos naturais. Os homens vo caa e realizam as tarefas mais pesadas. 7. - O surgimento da agricultura e da pecuriapor ocasio da revoluo neoltica.- o homem deixou de ser nmade, pois sefixou a terra e, assim, tornou-se sedentrio.- As sociedades locais como criadoras dastcnicas utilizadas. 8. Imagem do Meio Natural. 9. 2-Meio tcnico:Tempo: a partir da revoluo industrial at a segundaguerra mundial. O espao: reas urbanas. Caractersticas:- Perodo que v a emergncia do espaomecanizado. Ex: Estrada de ferro, de rodagem,linhas telefnicas, barragens, etc.- Fenmeno limitado a poucas pases e regies emque o processo tcnico pode se instalar.- Os objetos que formam o meio no so apenasobjetos culturais: so objetos culturais e tcnicos aomesmo tempo. 10. O espao geogrfico se tornoumaquinizado e crescentemente artificial 11. - O mercado depende cada vez mais dos sistemas tcnicos eficazes.- A D.I.T. e a diviso social do trabalho aumentou exponencialmente.- Aniquilamento do tempo de percurso entre os espaos.- Maior especializao do trabalhador. - Surgimento de novos equipamentos. 12. 3.Meio tcnico-cientficoinformacionalTempo: Comea praticamente no ps-guerra,mas sua afirmao acontece nos anos 70,vigorando at o atual perodo histrico,tambm visto como movimento . Espao: reas urbanas-rurais.Carctersticas:- Profunda interao da cincia, da tcnica(tecnocincia) e da informao, que seestabelece pela gide do mercado. - O mercado graas cincia e a tcnicatorna-se mercado global. 13. - Os objetos espaciais so tcnicos e ao mesmo tempo informacionais.- A informao torna-se o vetor fundamental da circulao.- Moderna rede telemtica (cabos de fibra pticas e satlites conectados a computadores ligados a internet).- Maior necessidade de movimento e de fluxos. Modernas infra-estruturas de transportes.- Modernizao agropecuria agrobusines.- A partir de avanos da biotecnologia e da qumica, descobriu-se novos equipamentos modernos, alimentos geneticamente modificados (transgnicos), animais clonados, rebanhos monitorados via satlites, fertilizantes, pesticidas, etc. 14. Imagem do MTCI 15. - Maior produo em menor tempo e em menor espao.- Bancos e empresas informatizadas, indstrias automatizadas (robotizadas), edifcios, casas inteligentes, sistema econmico e financeiro on line com bolsas de valores.- Cientificizao e tecnicizao da paisagem.- Exigncia fora de trabalho qualificada.- Surgimento do tempo tcnico, a partir do complexo tcnico existente num lugar, pode-se denominar uma outra temporalidade, diferente da cronolgica. 16. *Trabalhador flexvel-qualificado,adequado as novas tecnologias demercado, pronto para exercer variasfunes- (ver just in time) 17. O Caso de Essen na Alemanha. 18. Concluso