Click here to load reader

06 Memoria

  • View
    216

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

apostilsas de TI

Text of 06 Memoria

  • Sua Oficina Virtual

    http://sites.uol.com.br/waytech Atualizao da apostila freqente.

    Visite sempre.

    = APOSTILA = FREEWARE

  • Sua Oficina Virtual http://sites.uol.com.br/waytech Atualizado em Junho/2000 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    2

    OUTRAS APOSTILAS PARA DOWNLOAD 01 - INTRODUO - Aqueles que esto comeando a usar o computador e no sabem o que arquivo, RAM, sistema operacional, disquete, etc. 02 - ESTTICA E MANUSEIO DE EQUIPAMENTOS - Usurios ou tcnicos inexperiente podem, ao invs de consertar, estragar mais o PC se no o manusearem corretamente. 03 - GABINETE - Surgiram algumas modernidade em relao AT, como o painel de LEDs e botes, o display digital, o formato torre, mas a funo interna e a disposio mecnica das placas e driver era a mesma dos PCs antigos. 04 - MICROPROSSEDORES - Este componente o principal responsvel pelo desempenho de um microcomputador, encontraremos diversos termos tcnicos relacionados com os microprocessadores. 05 - PLACAS DE CPU E BARRAMENTOS PLACA ME - Um dos upgrades que voc certamente ir fazer o da placa de CPU. medida em que o tempo passa e so criados novos softwares, cada vez mais poderosos, sofisticados e exigentes em recursos de hardware. 06 - MEMRIA - Como expandir a memria, em PCs. 07 - DISCO -Todos ns sabemos que dados sejam eles partes de programas ou dados propriamente dito, como um texto ou uma planilha devem ser armazenados em um sistema de memria de massa, j que a memria (RAM) do micro apagada quando desligamos o computador. 08 - VDEO - Placas de vdeos e monitores 09 - MODEM - Abordaremos a instalao de modem. Ser dada nfase aos chamados "modem internos", ou seja, placas de modem, por serem muito mais usados que os modelos externos. 10 - CD-ROM - Quase todos os PCs venda atualmente para uso domstico recebem o nome de "PC Multimdia". O que esses PCs possuem de especial em termos de hardware uma placa de som (ex: Sound Blaster) e um drive de CD-ROM, alm de alguns acessrios que acompanham esses dispositivos (caixas de som, microfone, etc.) e softwares relacionados com udio e vdeo. 11 - MONTAGEM - Nem sempre uma expanso de hardware consiste em encaixar uma placa em um slot livre e instalar um driver. 12 - MANUTENO - Manuteno da CPU, mouse, teclado e configurao.

  • Sua Oficina Virtual http://sites.uol.com.br/waytech Atualizado em Junho/2000 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    3

    Expandindo a memria

    Como expandir a memria, em PCs baseados no 386, 486, 586, Pentium e similares, bem como Pentium Pro, Pentium MMX, K6 e Pentium II.

    O que deve ser levado em conta na expanso de memria

    Lembre-se de que em um PC existem vrios tipos de memrias, localizadas em diversas placas:

    Memria DRAM

    Memria Cache

    ROM BIOS

    Memria de vdeo

    Quando escutamos algum falando sobre expandir a memria, 99% provvel que esteja se referindo DRAM. Entretanto, existem alguns casos menos comuns, como a expanso da memria cache e da memria de vdeo. Aqui faremos somente sobre "expanso de memria", estaremos sempre nos referindo DRAM, a menos que seja especificado o contrrio.

    Uma vez decidido que a memria ser expandida, alguns fatores tcnicos devem ser levados em conta, para que seja comprado o tipo correto de memria:

    Local para instalao de novas memrias

    Encapsulamento

    Capacidade

    Tempo de acesso

    Tipo: FPM, EDO, SDRAM, etc.

    Paridade

    Fabricante

    Para esta escolha, o manual da placa de CPU traz informaes muito teis. Isto no significa que sempre ser necessrio consultar o manual da placa de CPU para fazer uma expanso de memria. Na maioria das placas, basta simplesmente encaixar um mdulo de memria no soquete apropriado, e estar pronta a expanso. Entretanto, para que o usurio fique 100% seguro de que est fazendo a coisa certa (e o mais importante ainda, comprando a memria certa), preciso consultar o manual da placa de CPU.

  • Sua Oficina Virtual http://sites.uol.com.br/waytech Atualizado em Junho/2000 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    4

    Faamos a seguir uma breve anlise dos pontos que devem ser levados em conta em uma expanso de memria.

    Local para instalao de novas memrias

    Felizmente, este um tipo de questo que raramente causa problemas nas placas de CPU modernas, e mesmo em outras mais antigas, a partir do 386DX. Todas as placas de CPU, modernas ou antigas, so projetadas para aceitar uma quantidade mxima de memria. Ocorre que h anos atrs, este limite era muito pequeno. Por exemplo, muitas placas de CPU 286 aceitavam um mximo de 2 MB. Aquelas placas aceitavam, por exemplo, uma expanso de 1 MB para 2 MB, atravs da instalao de 1 MB adicional. Chegavam ento ao fim da linha, no sendo possvel aumentar mais a memria. Usurios muito exigentes que precisassem de mais memria deveriam adquirir uma placa especial, chamada de "placa de expanso de memria". Tratava-se de uma placa ISA (16 bits), na qual poderiam ser instalados at 16 MB de DRAM. Placas como esta ainda existem, mas muito difcil encontr-las. Placas deste tipo no so uma opo recomendvel para os PCs atuais, pois pelo fato de usarem o barramento ISA, operam com 16 bits e 8 MHz, muito abaixo do utilizado pelos modernos PCs baseados no Pentium e no 486:

    Levando em conta esses fatores, conclumos que as antigas placas de expanso de memria so at 10 vezes mais lentas que o exigido pelo 486, e at 32 vezes mais lentas que o exigido pelo Pentium. Placas de CPU 486 e Pentium no precisam utilizar placas de expanso de memria ISA, pois possuem local para instalao de mdulos de memria SIMM, chegando a capacidades que satisfazem at o mais exigente dos usurios.

    Nas placas de CPU fabricadas a partir de 1992, encontramos vrios bancos de memria. Alguns desses bancos estaro em uso, e outros provavelmente estaro livres para a instalao de novas memrias. A figura 1 mostra os bancos de memria de uma certa placa de CPU 386DX. Nesta placa, cada banco formado por 4 mdulos SIMM de 30 pinos. Como podemos ver, um banco est preenchido com esses mdulos, e o outro banco, constitudo dos 4 soquetes vazios, est disponvel para expanso.

    Figura 1 - Bancos de memria de uma placa de CPU 386DX. Dos dois bancos, um est ocupado e o outro est livre para expanso.

  • Sua Oficina Virtual http://sites.uol.com.br/waytech Atualizado em Junho/2000 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    5

    Na figura 2 vemos os bancos de memria de uma placa de CPU 486 que aceita, tanto mdulos SIMM de 30 como de 72 pinos. Podemos observar que ainda existem soquetes vazios, o que normalmente indica que pode ser feita uma expanso. Entretanto, no caso especfico de placas que aceitam ambos os tipos de mdulo, o fato de existir um banco vazio nem sempre indica que pode ser usado, pois um dos bancos de 72 pinos no pode ser usado simultaneamente com o banco de 30 pinos. Teremos que analisar este caso com mais detalhes.

    Figura 2 - Bancos de memria de uma placa de CPU 486 que aceita, tanto mdulos de 30 como de 72 pinos.

    Placas de CPU 486 de fabricao mais recente aboliram totalmente os mdulos SIMM de 30 pinos. Possuem normalmente 4 bancos, cada um deles formado por um mdulo SIMM de 72 pinos. Na placa da figura 3 vemos que um dos bancos est ocupado, e os outros trs esto livres para expanso.

    Figura 3 - Bancos de memria de uma placa de CPU 486 de fabricao mais recente.

    Nas placas de CPU Pentium, so usados mdulos SIMM de 72 pinos. Cada um dos seus bancos formado por dois mdulos (lembre-se que o Pentium exige uma memria de 64 bits, e cada mdulo de 72 pinos fornece 32 bits, sendo portanto necessrios 2 mdulos para formar um banco de 64 bits). Normalmente essas placas possuem 2 bancos (4 soquetes), mas possvel encontrar algumas com 3 e at 4 bancos (6 e 8 soquetes, respectivamente). Na figura 4 vemos os bancos de memria de uma certa placa de CPU Pentium. Observe que

  • Sua Oficina Virtual http://sites.uol.com.br/waytech Atualizado em Junho/2000 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    6

    existem 2 bancos (4 soquetes). Um desses bancos est ocupado por dois mdulos, e o outro banco est livre para uma expanso.

    Quase sempre, as placas de CPU modernas possuem bancos livres para expanso, a menos que esses bancos no tenham sido preenchidos da forma mais inteligente. Por exemplo, podemos preencher os 2 bancos da figura 4 de duas formas, visando completar 16 MB:

    Primeiro banco: 2 mdulos de 8 MB; Segundo banco: Vazio

    Primeiro banco: 2 mdulos de 4 MB; Segundo banco: 2 mdulos de 4 MB

    A opo (a) a melhor, pois deixa livre um banco para uma futura expanso. Podemos ento fazer uma expanso aproveitando os mdulos j existentes, e apenas instalando mdulos adicionais no banco que est livre. A opo (b) no a mais recomendada, pois ocupa desnecessariamente todos os bancos disponveis. Nesse caso, para realizar uma expanso, precisaremos remover os mdulos j instalados, substituindo-os por outros de maior capacidade.

    Figura 4 - Bancos de memria de uma placa de CPU Pentium.

    Encapsulamento das memrias

    Sem dvida este um item com o qual todos os usurios se preocupam antes de comprar memrias para uma expanso. Nas placas de CPU posteriores a 1992, so usados mdulos SIMM de 30 pinos, e nas posteriores a 1994, so mais comuns os mdulos SIMM de 72 pinos. Tambm as placas que utilizam mdulos de 168 pinos, chamados de DIMM (Double In-line Memory Module). Os trs tipos de mdul