of 54/54
DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA E ANATOMIA INTRODUÇÃO A ANATOMIA HUMANA Prof. F co José Aguiar Arruda

1ª Aula Introduão da Anatomia Humana DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA E ANATOMIA

  • View
    271

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of 1ª Aula Introduão da Anatomia Humana DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA E ANATOMIA

  • DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA E ANATOMIA

    INTRODUO A ANATOMIA HUMANA

    Prof. Fco Jos Aguiar Arruda

  • OBJETIVOS ESPECFICOS DO CAPTULOConceituar Anatomia em sentido amplo e restrito;Citar os sistemas e os aparelhos do organismo;Conceituar anatomia normal (padro anatmico), variao anatmica, anomalia e monstruosidade; Citar os fatores gerais de variao anatmica; Definir bitipo; definir longilneo, brevilneo, mediolneo e citar suas caractersticas morfolgicas;

  • OBJETIVOS ESPECFICOS DO CAPTULODefinir Nomenclatura Anatmica usada para designar estruturas do corpo humano, exemplificando;Citar as abreviaturas utilizadas em Anatomia;Citar as partes constituintes do corpo humano;Descrever a Posio de Descrio Anatmica no humano;

  • OBJETIVOS ESPECFICOS DO CAPTULO Descrever os planos de delimitao e seco do corpo humano; Citar os eixos do corpo humano descrevendo seu trajeto; Definir os termos de posio e direo; Demonstrar, com exemplos, que a semetria bilateral apenas aparente;Definir os princpios de construo do corpo humano: estratificao, antimeria, metameria e paquimeria.

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaConsideraes gerais: No seu conceito mais amplo , a Anatomia a cincia que estuda, macro e microscopicamente, a constituio e o desenvolvimento dos seres organizados. Especificamente , a Anatomia traduz-se: ana = em partes; tomein = cortar (dissecar). Macroscopicamente estudada pela dissecao de peas previamente fixadas por solues apropriadas.

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaOrganizao Estrutural Vrios nveis de organizao estrutural compem o corpo humano:Nvel qumico o menor nvel;Nvel atmico Responsvel pela formao de todas as substncias qumicas necessrias para manuteno da vida;

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaOrganizao Estrutural Vrios nveis de organizao estrutural compem o corpo humano:Nvel Molecular Formado pela juno de tomos, ocorrendo de vrias maneiras;Nvel celular Vrias substncias qumicas na forma de molculas so organizadas para form-la.

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaOrganizao Estrutural

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaOrganizao Estrutural Clulas A clula a unidade estrutural e funcional bsica de todo ser humano. Toda parte isolada do corpo, seja msculo, osso, cartilagem, gordura, nervo, pele ou sangue, composta de clulas.

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaOrganizao Estrutural Tecidos Os tecidos so grupos de clulas semelhantes que, juntamente com seu material intercelular, realizam uma funo especfica. Os quatro tipos bsicos de tecidos so:Epitelial;Conjuntivo;MuscularNervoso.

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaOrganizao Estrutural

    rgos Quando vrios tecidos so unidos para realizar uma funo especfica, o resultado um rgo. Os rgos geralmente possuem um formato especfico. Alguns dos rgos do corpo humano so rins, corao, fgado, pulmes, estmago e crebro.

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaOrganizao Estrutural

    Sistema Um sistema consiste em um grupo ou associao de rgos que possuem uma funo semelhante ou comum. O sistema urinrio, composto de rins, ureteres, bexiga e uretra, um exemplo de um sistema orgnico. H dez sistemas orgnicos individuais que compem todo o corpo.

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaOrganizao Estrutural

    Organismo Todos os dez sistemas do corpo funcionando juntos constituem o organismo total um ser vivo.

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaConstituio dos seres vivos

    Compostos orgnicos: Protenas, CHO e lipdeos.

    Compostos inorgnicos: H2O, cidos, bases, sais e eletrlitos.

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaCincias que so ramos da Anatomia

    Histologia;Citologia;Embriologia;Radiologia.

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaSistemas Orgnicos O corpo humano uma unidade estrutural e funcional composta de dez unidades menores denominadas sistemas, so eles:Sistema esqueltico;Sistema circulatrio;Sistema digestivo;Sistema respiratrio;

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaSistemas Orgnicos

    Sistema urinrio;Sistema reprodutor;Sistema nervoso;Sistema muscular;Sistema endcrino;Sistema tegumentar.

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaSistemas Orgnicos

    Sistema urinrio;Sistema reprodutor;Sistema nervoso;Sistema muscular;Sistema endcrino;Sistema tegumentar.

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaVariao Anatmica

    So diferenas morfolgicas entre os indivduos, sem que isto traga prejuzo funcional para o indivduo, podendo ser:Variao anatmica externa: magro, gordo...Variao anatmica interna: visceral - estmago mais verticalizado, horizontalizado...

  • Introduo ao Estudo da Anatomia

    Anomalia: Quando o desvio do padro anatmico perturba a funo. PolidactiliaSindactilismoTalipe, ou p tortoMeningomielocele

  • Introduo ao Estudo da Anatomia

    Monstruosidade: Quando a anomalia for acentuada de modo a deformar profundamente a construo do corpo do indivduo, sendo em geral, incompatvel com a vida, exemplo a agenesia do encfalo (anencefalia) e hidrocefalia. um estufo da Teratologia.

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaFatores gerais de variao anatmica

    Idade

    Fase intra-uterinaOvo quinze primeiros dias.Embrio at o fim do 2 ms.Feto at o 9 ms.

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaFatores gerais de variao anatmicaIdadeb) Fase extra-uterinaRecm-nascido at o 1 ms aps o nascimento.Infante at o fim do 2 ano.Menino at o fim do 10 ano.Pbere dos 12 aos 14 anos.Jovem at os 21 a 25 anos.

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaFatores gerais de variao anatmicaIdadeb) Fase extra-uterinaAdulto at a menopausa 50 anos na mulher e no homem 60 anos.Velho alm dos 60 anos.SexoRaa

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaFatores gerais de variao anatmica

    Bitipo

    # mediolneos # brevilneos # longilneos

  • Introduo ao Estudo da Anatomia

    Nomenclatura Anatmica A anatomia tem linguagem prpria;Hoje reduz-se a pouco mais de 5.000 termos;Em 1895 houve a primeira tentativa de uniformizar e criar uma nomenclatura anatmica internacional;Em 1955, em Paris, foi aprovada oficialmente a Nomenclatura Anatmica;

  • Introduo ao Estudo da Anatomia

    Nomenclatura Anatmica

    A nomenclatura tem carter dinmico, podendo ser sempre criticada e modificada;A lngua oficial adotada o latim (por ser lngua morta);Os epnimos foram abolidos.

  • Introduo ao Estudo da Anatomia

    Abreviaturas dos termos Anatmicos a. artria aa. Artriaslig. - ligamento ligg. ligamentosm. msculo mm. msculosn. nervo nn. nervosr. ramo rr. ramosv. veia vv. veiasfasc. fascculo gl. - glndula

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaDiviso do corpo humano Cabea Pescoo Trax Tronco Abdome Pelve Raiz OmbroCorpo Superiores Brao (torcicos) Parte livre AntebraoHumano MMSS Mo Membros Raiz Quadril Inferiores Coxa (plvicos) Parte livre Perna MMII P

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaPosio AnatmicaTambm chamada de posio padro para o estudo anatmico. Posio na qual o indivduo encontra-se ereto (em p, posio ortosttica ou bpede), com a face voltada para frente, o olhar dirigido para o horizonte, MMSS estendidos, paralelos ao tronco e palmas para frente, MMII unidos, com as pontas dos ps dirigidas para frente.

  • Introduo ao Estudo da Anatomia Planos de Delimitao

    1 - Plano ventral (anterior) 2 - Plano dorsal (posterior)3 - Plano lateral direito4 - Plano lateral esquerdo5 - Plano cranial (superior/ceflico)6 - Plano caudal (inferior/podlico)124356

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaPlanos de Seco (corte)Plano medianoPlano sagital Plano parasagitalPlano frontal ou coronalPlano horizontal/axial/ transversal

  • Planos de Seco (corte)Plano medianoPlano sagital Plano parasagitalPlano frontal ou coronalPlano horizontal/axial/ transversal

  • Planos de corte do encfaloCORTE NO PLANO SAGITALCORTE NO PLANO CORONALCORTE NO PLANO TRANSVERSAL

  • Introduo ao Estudo da Anatomia TERMOS DE MOVIMENTOS Flexo Extenso Hiperextenso Abduo Aduo Rotao medial ou interna Rotao lateral ou externa Inclinao ou lateralizao para esquerda Inclinao ou lateralizao para direita

  • Introduo ao Estudo da Anatomia TERMOS DE MOVIMENTOS Elevao Depresso ou abaixamento Protrao Retrao Flexo plantar Dorso flexo Inverso ou rotao externa/lateral Everso ou rotao interna/medial

  • Introduo ao Estudo da Anatomia TERMOS DE MOVIMENTOS Supinao Pronao Circunduo ou circundao Oponncia

  • TERMOS DE MOVIMENTOS

    RotaoDir./esq.Circunduo

  • TERMOS DE MOVIMENTOS

  • TERMOS DE MOVIMENTOS

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaEixos do corpo humano Eixo sagital, ntero-posterior une o centro do plano ventral ao centro do plano dorsal. Eixo longitudinal, crnio-caudal une o centro do plano cranial ao centro do plano podlico. Eixo transversal, ltero-lateral une o centro do plano lateral direito ao centro do plano lateral esquerdo.

  • Introduo ao Estudo da Anatomia Termos de posio e direo

    - Ventral - Dorsal - Interno - Externo - Proximal - Distal - Medial - Lateral - Linha mdia

  • Termos de posio e direo

  • Termos de Relao e Comparao

    TERMOSIGNIFICADO DO TERMOEXEMPLO DE SEU USOSuperior/cranialMais prximo da cabeaO corao superior ao estmagoInferior/caudal Mais prximo dos psO estmago inferior ao coraoAnterior/ventralMais prximo da frenteO esterno anterior ao corao Posterior/dorsalMais prximo do dorsoOs rins so posteriores ao intestinoMedialMais prximo do plano mediano O quinto dedo est no lado medial da moLateralMais afastado do plano mediano O 1 dedo est na borda lateral da moProximalMais prximo do tronco ou ponto de origemO cotovelo proximal ao punho

  • Termos de Relao e Comparao

    TERMOSIGNIFICADO DO TERMOEXEMPLO DE SEU USODistalMais afastado do tronco O punho distal ao cotoveloSuperficial Mais prximo da ou sobre uma superfcieOs mm. do brao so superficiais ao meroProfundoMais distante da superfcieO mero profundo aos mm. do brao Externo/exteriorEm direo ao ou no exteriorO pavilho da orelha externo orelha mdiaInterno/interiorEm direo ao ou no interior O rgo espiral da audio, interno a orelha mdia CentralMais prximo do ou em direo ao centro A medula espinhal parte do SNC

  • Termos de Relao e Comparao

    TERMOSIGNIFICADO DO TERMOEXEMPLO DE SEU USOPerifricoMais distante ou afastado do centroOs nervos espinhais que se originam na medula espinhal so componentes do SNPParietalPertencente a parede externa de uma cavidade do corpo A pleura parietal forma a parede externa da cavidade pleuralVisceralPertencente cobertura de um rgo A pleura visceral cobre a face externa de um pulmo

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaPrincpios gerais de construo corprea

    Antimeria: um princpio segundo o qual um plano mediano divide o corpo em duas metades, direita e esquerda. Estas metades so denominadas antmeros e so semelhantes, morfolgica e funcionalmente, afirmando o homem ser formado pelo princpio da simetria bilateral. Na realidade, no h simetria perfeita porque no existe correspondncia exata de todos os rgos.

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaPrincpios gerais de construo corprea

    Metameria: Por metameria entende-se a superposio, no sentido longitudinal, de segmentos semelhantes, cada segmento correspondendo a um metmero. A metameria mais evidente que a antimeria na fase embrionria, conservando-se no adulto em algumas estruturas, tais como; coluna vertebral e caixa torcica.

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaPrincpios gerais de construo corprea Paquimeria: o princpio segundo o qual o segmento axial do corpo constitudo, esquematicamente, por dois tubos denominados paqumeros, um ventral e outro dorsal. O primeiro, maior, contm a maioria das vsceras, tambm chamado paqumero visceral, o segundo compreende a cavidade craniana e o canal vertebral denominado paqumero neural.

  • Introduo ao Estudo da AnatomiaPrincpios gerais de construo corprea Estratificao: Defende que o corpo humano construdo por camadas (estratos) que se superpe, reconhecendo-se portanto uma estratimeria ou estratificao. As estruturas que se situam fora da lmina de envoltura dos msculos (fscia muscular) so ditas superficiais; as que se situam para dentro profundas.

  • Organizao das cavidades do corpo

  • Estudo Dirigido - Introduo Anatomia01) Defina anatomia e fisiologia humana:02) Relacione os sistemas que compe o organismo e mencione uma estrutura de cada:03) Defina:a) Variao anatmicab) Anomaliac) Monstruosidade 04) Quais os fatores gerais que influenciam na variao anatmica?05) Informe as principais abreviaturas utilizadas na terminologia anatmica:06) Descreva a posio anatmica:07) Esquematize a diviso do corpo humano:

  • Estudo Dirigido08) Informe os planos de delimitao:09) Relacione e defina os planos de corte ou de seco empregados em anatomia:10) Relacione os termos de movimentos praticados na biomecnica dos movimentos:11) Cite os movimentos possveis nas articulaes abaixo:a) Ombro b) Tornozelo c) cervical (pescoo)d) Punho e) Quadril f) Troncog) Cotovelo h) Joelho12) Informe no mnimo 06 termos de relao e comparao, definindo o significado e citando exemplo apropriado:

  • Instruir-te-ei, e ensinarte-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os meus olhos. SALMO 32:8

    OBRIGADO!!!