2 procedimento de fiscalização de extintores de incêndio inmetro

  • Published on
    21-Jun-2015

  • View
    517

  • Download
    15

Embed Size (px)

Transcript

<ul><li> 1. Maro/2012 - Pgina 1 MINISTRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDSTRIA E COMRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA- INMETRO Diretoria da Qualidade Dqual Diviso de Fiscalizao e Verificao da Conformidade - Divec PROCEDIMENTO DE FISCALIZAO DE EXTINTORES DE INCNDIO Portarias Inmetro 206/2011, 05/2011, 486/2010 e 500/2011 Cdigos 3295 / 3310 / 3311 1. DEFINIES 1.1. Extintor de incndio: Equipamento de acionamento manual, porttil ou sobre rodas, constitudo de recipientes e componentes, contendo agente extintor destinado a combater princpios de incndio. Nota: Para aplicao deste procedimento entende-se como extintores de alta performance aqueles que necessitam de condies especiais para a inspeo tcnica e manuteno, por requererem equipamentos ou procedimentos especficos definidos pelos manuais tcnicos dos fabricantes. O termo alta performance est associado ao alto desempenho ao fogo, ou seja, alto grau de capacidade extintora. 1.2. Extintor recarregvel: Extintor de incndio que permite a operao de recarga, cujo ensaio hidrosttico peridico obrigatrio (item 3.16 da NBR 15808). 1.3. Extintor descartvel: Extintor de incndio de pressurizao direta do tipo p, que no pode ser recarregado e no pode ser realizado ensaio hidrosttico, devendo ser descartado aps o uso vencimento da validade (item 3.17 da NBR 10721). Nota: Extintores de incndio do tipo p com capacidade nominal de carga de at 1 kg, inclusive, podem ser descartveis. Todo extintor de incndio com capacidade nominal de carga superior a 1 kg deve ser recarregvel conforme o (Nota 2 do Captulo 1 do RTQ aprovado pela Portaria Inmetro 05/2011). 1.4. Tipo de extintor de incndio: Classificao de um extintor de incndio conforme definido nas normas tcnicas brasileiras, segundo o tipo do agente extintor contido no seu interior, isto , p para extino de incndio, base de gua, dixido de carbono, halogenado e espuma mecnica. Nota: Para efeito deste procedimento, em conformidade com o RTQ, o extintor de incndio fabricado com P para extino de incndio classe BC ser considerado um tipo diferente do extintor de incndio fabricado com P ABC. 2. REFERNCIAS 2.1. Portaria Inmetro n. 486/2010 Aprova o Regulamento de Avaliao da Conformidade (RAC) para a fabricao ou importao de extintores de incndio e ratifica a compulsoriedade da certificao no mbito do Sistema Brasileiro de Avaliao da Conformidade; 2.2. Portaria Inmetro n. 500/2011 Altera a redao dos artigos 4 e 5 da Portaria Inmetro 486/2010 e cientifica que os extintores de incndio sero objeto de registro no Inmetro, conforme Resoluo Conmetro n 05/2008 e Portaria Inmetro n 491/2010. 2.3. Portaria Inmetro n. 206/2011 Aprova o Regulamento de Avaliao da Conformidade (RAC) para registro de Empresas de Servios de Inspeo Tcnica e Manuteno em Extintores de Incndio; </li></ul><p> 2. Alterado por AR / abril/2013 - Pgina 2 2.4. Portaria Inmetro n. 05/2011 Aprova o Regulamento Tcnico da Qualidade (RTQ) para os servios de inspeo tcnica e manuteno em extintores de incndio; 2.5. Portaria Inmetro n. 1/2007 Aprova o Regulamento Geral de Declarao da Conformidade do Fornecedor. 2.6. Resoluo Conmetro n 05/2008 Dispe sobre a aprovao do Regulamento para o Registro de Objeto com Conformidade Avaliada Compulsria, atravs de Programa Coordenado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalizao e Qualidade Industrial Inmetro 2.7. Portaria Inmetro n 491/2010 Aprovar o procedimento para concesso, manuteno e renovao do Registro de Objeto. 6.13 NBR 15808 - Extintores de incndio portteis; 6.14 NBR 15809 - Extintores de incndio sobre rodas; 6.15 NBR 12962 - Inspeo, manuteno e recarga em extintores de incndio 6.16 NBR 13485 - Manuteno de terceiro nvel (vistoria) em extintores de incndio; 3. CONDIES GERAIS 3.1. Este procedimento se aplica a todos os locais de armazenamento, transporte, exposio ou venda de extintores de incndios novos ou que passaram por servios de inspeo e/ou manuteno (artigo 6 da Lei 9933); 4. METODOLOGIA 4.1. Registro e Certificao de Empresas 4.1.1. Empresa que no possui Registro no Inmetro 4.1.1.1. Apreender cautelarmente selos, quadros de instrues e os extintores; 4.1.1.2. Lavrar Auto de Infrao para a empresa fiscalizada. Nota: Os extintores que pertencerem a terceiros, devem ser devolvidos aos legtimos proprietrios sem execuo de qualquer tipo de servio. 4.1.2. Empresa com Registro no Inmetro vencido 4.1.2.1. Notificar para que a empresa renove o registro no Inmetro; 4.1.2.2. Lavrar Auto de Infrao para a empresa fiscalizada. 4.2. Verificao visual dos extintores que passaram por servios de inspeo tcnica e/ou manuteno 4.2.1. Selo incorreto Notificar a empresa fiscalizada para apresentar o documento fiscal da empresa de manuteno; 4.2.2. Apresentado o documento fiscal, autuar a empresa de manuteno; 4.2.2.1. Quando possvel, apreender cautelarmente o estoque de selos incorretos na empresa de manuteno; 4.2.3. No apresentado o documento fiscal, lavrar o Auto de Infrao para a empresa fiscalizada, por assumir inteira responsabilidade pela comercializao indevida dos extintores. 4.2.2. Selo correto 4.2.2.1. Proceder verificao visual dos itens abaixo, satisfeitas todas as exigncias, liberar para comercializao. a) Anel de identificao Externa de Manuteno: Verificar se o anel de identificao externa de manuteno contm as seguintes informaes (item D.6 Anexo D do RTQ): a.1) identificao da empresa de manuteno, podendo ser usado o nome ou o logotipo da empresa; 3. Alterado por AR / abril/2013 - Pgina 3 a.2) ano da realizao da manuteno; Nota: S podero ser colocados anis nos extintores sobre rodas com pressurizao indireta. (itens D.8 e D.9 do RTQ). b) Compatibilidade das dimenses do anel de identificao externa de manuteno: Verificar se as dimenses do anel de identificao externa de manuteno so compatveis com o modelo do extintor. O Anel de Identificao de Manuteno para os extintores de incndio de CO2 que contenham vlvula de 3/4 de polegadas deve obrigatoriamente ter o dimetro interno de 28 mm 1mm. c) Reutilizao do anel de identificao externa de manuteno: Verificar se o anel de identificao externa de manuteno apresenta indcios de reutilizao. Ex. anel cortado, marca de chave de fenda, etc. (item D.4 do anexo D do RTQ) No permitida a reutilizao do Anel de Identificao da Manuteno quando a empresa realizar servios de manuteno de segundo ou terceiro nvel. d) Anel de identificao externa de manuteno em alto ou baixo relevo: Verificar se as identificaes do anel de identificao externa de manuteno encontram-se em alto ou baixo relevo. (item D.7 do anexo D do RTQ); Toda identificao no Anel de Identificao da Manuteno deve ser de forma visvel, legvel e indelvel, em alto ou baixo relevo. Observao: Verificar na etiqueta de manuteno o tipo do servio realizado se for 1 nvel, o selo de conformidade e o anel devero ser os mesmos da manuteno anterior, se for 2 ou 3 nvel, o selo e o anel de identificao devero coincidir com a etiqueta de identificao do servio realizado. e) Indicaes no extintor de incndio (Teste hidrosttico): Verificar se o teste hidrosttico encontra-se ressaltado em cor contrastante ao do extintor: (item 4.2.4.9 e 4.2.4.9.1 do RTQ). Antes de ser ensaiado, o recipiente ou cilindro deve receber a identificao do ensaio hidrosttico, que deve conter as seguintes informaes: a) Logotipo ou marca da empresa prestadora do servio; b) Ano da execuo do ensaio hidrosttico; f) Sistema de Trava e Lacrao: Verificar se o extintor encontra-se travado e lacrado (item 4.2.3.1 letra t do RTQ); Colocao da trava e lacre; g) Indicaes no extintor de incndio: Verificar se o extintor de incndio contm as seguintes informaes, por meio de etiqueta auto-adesiva: (Anexo H do RAC); g.1) Identificao da empresa que realizou o servio (razo social, nome fantasia e CNPJ); g.2) Tipo do servio executado de acordo com as normas pertinentes; g.3) Declarao e condies da garantia; g.4) Ms e ano para a prxima inspeo e manuteno de 2 nvel e somente o ano para a prxima manuteno de 3 nvel, de acordo com o estabelecido na legislao, nas normas tcnicas brasileiras, no manual tcnico do equipamento ou no Regulamento Tcnico da Qualidade, emitido pelo Inmetro; Nota: nos extintores automotivos at 2 kg, as informaes exigidas no item g.4 acima podero ser apresentadas por trimestre, em substituio ao ms, sendo que no caso dos servios realizados no ltimo ms do trimestre, a marcao poder indicar o trimestre seguinte. 4. Alterado por AR / abril/2013 - Pgina 4 h) Servio de inspeo tcnica ou manuteno de 1 nvel: Verificar se o servio de inspeo tcnica ou manuteno de 1 nvel foi realizado pela mesma empresa que realizou o servio de manuteno de 2 ou 3 nvel (item 9.1.21 do RAC). Somente realizar a inspeo tcnica e manuteno de primeiro nvel caso tenha realizado os servios anteriores de manuteno de segundo ou terceiro nvel. i) Servio de manuteno de 3 nvel: Verificar se os extintores de incndio foram submetidos ao ensaio hidrosttico em um intervalo mximo de 5 (cinco) anos, contados partir de sua data de fabricao ou da realizao do ltimo ensaio hidrosttico, (item 4.2.4.2 do RTQ); Os recipientes e cilindros de extintores de incndio devem ser submetidos ao ensaio hidrosttico em um intervalo mximo de 5 (cinco) anos, observado o prescrito em 4.2.4.3, contados a partir de sua data de fabricao ou da realizao do ltimo ensaio hidrosttico. Verificar se a empresa que realizou o servio de manuteno de 2 nvel durante o ano limite para a realizao do ensaio hidrosttico (manuteno de 3 nvel), tambm realizou o servio de manuteno de 3 nvel (item 4.2.4.4 do RTQ); Quando a empresa realizar manuteno em extintores de incndio durante o ano limite para a realizao do ensaio hidrosttico, a empresa deve obrigatoriamente realizar a manuteno de terceiro nvel. j) Prazo para servio de manuteno de 2 nvel superior a 12 (dozes) meses: Verificar se o prazo para servio de manuteno de 2 nvel igual ou inferior a 12 meses (item 4.2.3.5 e 4.2.3.5.1 do RTQ). A manuteno de segundo nvel, por consistir em procedimento de carter preventivo e corretivo, dever ser executada a cada 12 meses, observado o descrito em 4.2.3.5.1. Quando o extintor de incndio estiver submetido a condies adversas ou severas, ou ainda se for indicado por uma inspeo tcnica, o intervalo de manuteno pode ser reduzido. 4.2.3.5.1 A primeira manuteno de segundo nvel, desde que o extintor de incndio no tenha sido utilizado e no esteja submetido a condies adversas ou severas, dever ser executada aps 12 meses da data de sua fabricao ou ao final da garantia dada pelo fabricante do extintor, o que for maior. Nota: Fica a critrio e responsabilidade da Empresa de Inspeo Tcnica e Manuteno de Extintores de Incndio a realizao da recarga de extintores com carga de Dixido de Carbono a cada 12 (doze) meses. Entretanto, deve ser respeitado o prazo mximo de 5 (cinco) anos para a recarga. Porm, se houver perda superior a 10% da carga nominal declarada, a recarga necessariamente deve ser efetuada. l) Indicaes no extintor de incndio (Teste hidrosttico): Verificar se o teste hidrosttico foi realizado a menos de 5 anos e se constam as seguintes informaes: (item 4.2.4.9 do RTQ) a) Logotipo ou marca da empresa prestadora do servio; b) Ano da execuo do ensaio hidrosttico. m) Impedimento de realizao de servios de 2 nvel e de 3 nvel (ensaio hidrosttico): Verificar se foi realizado o servio de manuteno de 2 nvel e 3 nvel (ensaio hidrosttico) em extintores e cilindros de gs expelente que no possuam identificao do fabricante, nmero do recipiente ou cilindro, data de fabricao e norma de fabricao (item 4.2.1.3 do RTQ); Ficam impedidos de serem submetidos manuteno os recipientes dos extintores de incndio de baixa presso, os cilindros dos extintores de incndio de alta presso e os cilindros para o gs expelente que no possuam as seguintes marcaes puno: Identificao do fabricante; Nmero do recipiente ou cilindro; Data de fabricao; Norma de fabricao; 5. Alterado por AR / abril/2013 - Pgina 5 Cdigo de projeto (para os extintores com fabricao a partir de 2006). n) Quadro de Instrues: Verificar se o quadro de instrues consta no mnimo as seguintes informaes descritas abaixo: (Anexo C do RTQ). Tipo e a carga nominal de agente extintor; Valor (em kg ou litros) da carga nominal de agente extintor; Classe de fogo; Norma de fabricao; Capacidade extintora, se esta tiver sido declarada pelo fabricante do extintor de incndio. Instrues de operao (tamanho das letras no inferior a 5mm); Faixa de temperatura de operao; Presso normal de carregamento para extintores de pressurizao direta; Descrio do gs expelente e sua quantidade, para extintores de pressurizao indireta (para N2, informar presso e carga nominal em litros; para CO 2 , carga nominal em kg); Termo recarregar, quando aplicvel, imediatamente aps o uso ou ao trmino da garantia; Expresso carga para baixa temperatura, quando aplicvel; Declarao de uso de aditivo anticongelante ou anticorrosivo, quando aplicvel; Informaes complementares ao consumidor; Razo social; CNPJ; Endereo da empresa registrada prestadora do servio. O quadro de instrues deve ser aplicado pela empresa que realizou a ltima manuteno de 2 ou 3 nvel, no sendo permitida sobreposio a outro j fixado, a exceo dos quadros de instrues impressos no recipiente ou cilindro pelo fabricante de extintor de incndio pelo processo de silk- screen, caso em que a empresa de manuteno poder fazer a opo entre sobrepor novo quadro de instruo ou manter o quadro de instruo do fabricante; 4.2.2.2. Na falta de alguma das informaes exigidas acima, notificar o estabelecimento para apresentar o(s) documento(s) fiscal (is) que comprove(m) a aquisio dos extintores. 4.2.2.3. Apresentado o documento fiscal, lavrar Auto de Infrao para a empresa de manuteno; 4.2.2.4. No apresentado o documento fiscal, lavrar o Auto de Infrao para a empresa fiscalizada, por assumir inteira responsabilidade pela comercializao irregular dos extintores. 4.3. Realizao de servios em local no autorizao (item 6.1.5.3 do RAC); O Registro concedido exclusivo para a unidade que teve a infraestrutura avaliada, constante do alvar de localizao e CNPJ, no sendo extensivo s outras unidades ou filiais. 4.3.1. Interditar cautelarmente os selos e notificar a empresa de manuteno para apresentar a autorizao do Inmetro referente transferncia de local; 4.3.2. Evidenciada a autorizao, liberar os selos; 4.3.3. No evidenciada a autorizao, apreender os selos e lavrar Auto de Infrao na sede do rgo para a empresa de manuteno; Nota: Esta irregularidade poder ser constatada atravs da comparao do local em que est sendo realizada a fiscalizao com o endereo afixado no selo de identificao da conformidade. 4.4. Ensaio de funcionamento para Verificao do Desempenho do Extintor de Incndio. 6. Alterado por AR / abril/2013 - Pgina 6 4.4.1. Se o ensaio de funcionamento de desempenho do extintor for insatisfatrio, lavrar o Auto de Infrao para empresa de manuteno; Nota: Para realizao dos ensaios de desempenho o fiscal dever selecionar apenas uma unidade de cada tipo de agente extintor e no dever oper-lo. 4.5. Uso indevido de...</p>

Recommended

View more >