Click here to load reader

2º Simulado Inédito Exclusivo EsPCEx 1º Dia 2022 ......2º Simulado Inédito EsPCEx ± 1º Dia ± 2022 Estratégia Militares – 20/02/2021 2º Simulado Inédito EsPCEx ± 1º Dia

  • View
    4

  • Download
    1

Embed Size (px)

Text of 2º Simulado Inédito Exclusivo EsPCEx 1º Dia 2022 ......2º Simulado Inédito EsPCEx ± 1º Dia ±...

  • 2º Simulado Inédito Exclusivo EsPCEx – 1º Dia – 2022 Estratégia Militares – 20/02/2020

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022 Estratégia Militares – 20/02/2021

    2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia

    2022

    Estratégia Militares

    INSTRUÇÕES!

    • Esta prova contém 44 questões objetivas, com 5 alternativas cada, e simula o primeiro dia de prova da EsPCEx;

    • Você receberá esta prova via e-mail cadastrado no ato da inscrição ou poderá baixar em um artigo publicado no blog do Estratégia Militares. Baixe-a e imprima-a se preferir;

    • Os participantes terão das 13h às 17h30min (horário de Brasília) para responder às questões e enviar o gabarito com

    as respostas;

    • Somente serão corrigidas as redações de alunos matriculados em nossos cursos regulares. Para ter seu texto corrigido, envie o arquivo da foto da folha pela aba Minhas Redações, na Área do Aluno;

    • Não serão corrigidas as redações de candidatos que não são nossos alunos de pacotes ou curso regulares;

    • Seu gabarito deve ser enviado através de um formulário eletrônico que ficará disponível nesta prova e no blog do

    Estratégia Militares;

    • O Formulário estará disponível para preenchimento durante toda aplicação da prova;

    • A partir das 19h do dia 20 de fevereiro de 2021, será divulgado o gabarito deste simulado;

    • O resultado oficial do simulado com o desempenho dos candidatos será divulgado neste sábado, 20/02, a partir das

    19h (horário de Brasília);

    Cronograma – 20/02/2021

    • Início da prova: às 13h.

    • Fim da prova: às 17h30min.

    • Limite para envio do gabarito: às 17h30min.

    • Divulgação do gabarito: a partir das 19h.

    • Divulgação do ranking: a partir das 19h.

    • Divulgação da correção em PDF: a partir das 19h do dia 23/02 (terça-feira).

    Preencha seu Gabarito!

    https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeqSAqSxYwLlBu2MfNhKhwWqGZnZ6-A70U-FE5PcfyZ2_wC_w/viewform

  • 1º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022 Estratégia Militares – 09/01/2021

    PROVA DE PORTUGUÊS

    Texto I

    O Estatuto do desarmamento deve ser revisto?

    Publicado em 6 de julho de 2016

    Em 2005, o Brasil realizou o primeiro referendo de sua história. A matéria submetida ao referendo era o artigo 35 do Estatuto do Desarmamento, que determinava a proibição da comercialização de armas de fogo e

    munição em território nacional. O referendo foi convocado pelo Congresso Nacional por se tratar da mudança mais significativa que o Estatuto realizaria no país. A resistência a aceitar a proibição do comércio foi grande entre os

    parlamentares, que concordaram em aprovar o Estatuto como um todo, desde que o povo fosse consultado sobre

    essa medida em específico.

    A vitória foi da opção Não, ou seja, a maior parte dos que votaram rejeitavam a proibição do comércio de

    armas. Isso significa que, sob algumas condições, as pessoas poderiam comprar armas. O restante do Estatuto do

    Desarmamento, no entanto, continua em vigor até hoje.

    Essa lei limita a comercialização e o porte de armas de fogo, ainda que não proíba por completo. Ela foi

    criada como uma tentativa de diminuir os altos índices de homicídios e acidentes envolvendo esse tipo de armas. Mas afinal, desarmar ou limitar o acesso da população a armas de fogo é uma boa ideia para combater a criminalidade

    e a violência?

    O Estatuto do Desarmamento surgiu como uma tentativa do governo de diminuir os altos números de mortes

    por arma de fogo no Brasil. Um estudo de 2005 da Unesco revelou que entre 1993 e 2003, a taxa anual de mortes por armas de fogo no Brasil era mais elevada do que uma série de conflitos armados mundo afora. Enquanto a

    Guerra do Golfo registrou 10 mil baixas em um ano de conflitos, em 1991, o Brasil registrou uma média de 32 mil

    mortes por armas de fogo por ano entre 1993 e 2003.

    A mortalidade por conta das armas não apenas era extremamente elevada, como também continuou a

    crescer ao longo dos anos: em 1980, a taxa de óbitos por armas de fogo era de 11,7 por 100 mil habitantes; em 2003, chegou a 46 casos por 100 mil habitantes. Uma comparação feita com dados de 2000 a 2002 da OMS revelou

    que o Brasil tinha uma taxa de óbitos inferior apenas à da Venezuela, em um grupo de 57 países.

    A Lei 10.826 surgiu da convicção de que menos armas em circulação significariam menos homicídios e acidentes com armas de fogo, salvando a vida de milhares de brasileiros. Experiências internacionais de

    desarmamento civil indicavam que essa era uma saída possível para resolver o problema da violência. Além disso, o controle das armas legais, acreditava-se, diminuiria também as armas em posse de bandidos, já que estudos

    revelavam que a maior parte das armas apreendidas pela polícia eram legalmente adquiridas, fabricadas no país e

    que haviam sido roubadas.

    Veja a seguir alguns argumentos contra e a favor do Estatuto do Desarmamento:

    A favor do Estatuto

    • Quanto menos armas em circulação, menores os índices de mortes por armas de fogo e de criminalidade.

    • Segundo estudo recente, estima-se que a aprovação do Estatuto do Desarmamento evitou, entre 2004 e 2015, mais de 160 mil mortes no país. Para chegar a esse número, pesquisadores consideraram que o ritmo

    de crescimento de mortes por arma de fogo diminuiu no país nesse período: entre 1980 e 2003, a taxa

    média era de aumento de 8,1% ao ano, enquanto entre 2004 e 2014 a taxa média de aumento foi de 2,2%.

    • O porte de arma não garante que o cidadão terá condições de se defender em caso de assalto, por exemplo.

    Em geral, o assaltante se utiliza do elemento surpresa para se colocar em vantagem em relação à vítima,

    não havendo margem para que o cidadão possa usar sua arma efetivamente. Além disso, reagir a um assalto aumenta em 180 vezes o risco de morrer, tornando ainda menos aconselhável o uso de uma arma nessa

    situação.

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    • O mercado legal de armas abastece o mercado ilegal. Segundo o relatório da CPI do Tráfico de Armas, de

    2006, 86% das armas apreendidas pela polícia haviam sido fabricadas e vendidas no Brasil.

    • O porte de armas também aumenta as chances de mortes acidentais ou por motivos fúteis, como brigas de

    trânsito, discussões, entre outras.

    Contra o Estatuto

    • O Estatuto do Desarmamento falhou em cumprir seu papel de diminuir a violência no Brasil. Enquanto os

    cidadãos encontram mais dificuldades para possuir armas, os bandidos continuam a ter meios para obtê-las.

    • Uma população armada tende a fazer a criminalidade cair, uma vez que criminosos pensam duas vezes antes de realizar assaltos ou invadir residências: o risco de perderem sua vida é maior. Enquanto no Brasil apenas

    3,5% dos domicílios possuem armas de fogo, em países com baixas taxas de criminalidade há

    proporcionalmente mais domicílios com armas, como Suíça, França e Canadá.

    • As mortes por conta das armas de fogo continuam a crescer no Brasil mesmo após a aprovação do Estatuto. Foram mais de 42 mil homicídios desse tipo apenas no ano de 2012. Isso significa que a menor circulação

    de armas não coibiu a violência.

    • O cidadão deve ter direito à posse e ao porte de arma, uma vez que se trata de um instrumento de legítima

    defesa. Restringir isso significa limitar a liberdade do cidadão para garantir sua própria segurança.

    • Muitas vidas poderiam ter sido salvas nos últimos anos se a população pudesse se defender com uma arma.

    (Disponível em Acesso em 16 fev. 2021)

    (Estratégia Militares 2021 - Questão Inédita - Professor Wagner Santos) Percebe-se, a partir da

    leitura do texto, que

    [A] a legislação sobre a posse de armas é inflexível quanto ao tema.

    [B] a posse de armas é comprovadamente uma solução para a violência.

    [C] a discussão sobre a posse de armas é longa e não apresenta consenso.

    [D] a maior parte da população deseja que as armas sejam completamente proibidas.

    [E] as estatísticas sobre o tema servem para fundamentar a flexibilização da posse de armas.

    (Estratégia Militares 2021 - Questão Inédita - Professor Wagner Santos) A resistência a aceitar a proibição do comércio foi grande entre os parlamentares, que concordaram em aprovar o Estatuto

    como um todo, desde que o povo fosse consultado sobre essa medida em específico.

    Segundo o trecho apresentado, é possível afirmar que

    [A] os parlamentares eram favoráveis ao novo Estatuto.

    [B] a população foi consultada pelos parlamentares sobre o Estatuto.

    [C] a aprovação do Estatuto foi exclusiva dos parlamentares.

    [D] os parlamentares condicionaram a aprovação à vontade popular.

    [E] a especificidade do Estatuto dispensava a opinião popular.

    1

    2

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    (Estratégia Militares 2021 – Questão Inédita – Professor Wagner Santos) Dentre os enunciados

    a seguir, retirados do texto, qual aceita dupla concordância verbal?

    [A] Essa lei limita a comercialização e o porte de armas de fogo, ainda que não proíba por completo.

    [B] A vitória foi da opção “Não”, ou seja, a maior parte dos que votaram rejeitavam a proibição do comércio de

    armas.

    [C] Veja a seguir alguns argumentos contra e a favor do Estatuto do Desarmamento (...)

    [D] A Lei 10.826 surgiu da convicção de que menos armas em circulação significariam menos homicídios e acidentes

    com armas de fogo, salvando a vida de milhares de brasileiros.

    [E] O Estatuto do Desarmamento surgiu como uma tentativa do governo de diminuir os altos números de mortes

    por arma de fogo no Brasil.

    (Estratégia Militares 2021 – Questão Inédita – Professor Wagner Santos) O elemento conectivo

    destacado no trecho a seguir apresenta qual leitura?

    Enquanto a Guerra do Golfo registrou 10 mil baixas em um ano de conflitos, em 1991, o Brasil registrou

    uma média de 32 mil mortes por armas de fogo por ano entre 1993 e 2003.

    [A] Tempo

    [B] Condição

    [C] Causa

    [D] Comparação

    [E] Concomitância

    (Estratégia Militares 2021 – Questão Inédita – Professor Wagner Santos) A transformação da

    oração a seguir para a voz ativa está correta, com manutenção de significados, em qual

    alternativa?

    O referendo foi convocado pelo Congresso Nacional por se tratar da mudança mais significativa que o

    Estatuto realizaria no país.

    [A] O Congresso Nacional foi convocado pelo referendo, por se tratar da mudança mais significativa que o Estatuto

    realizaria no país.

    [B] O Congresso Nacional convocou o referendo, por se tratar da mudança mais significativa que o Estatuto realizaria

    no país.

    [C] Por se tratar da mudança mais significativa que o Estatuto realizaria no país, um referendo deverá ser convocado

    pelo Congresso Nacional.

    [D] O Congresso Nacional convocará o referendo, por se tratar da mudança mais significativa que o Estatuto

    realizaria no país.

    [E] Convocou-se, pelo Congresso Nacional, um referendo, por se tratar da mudança mais significativa que o Estatuto

    realizaria no país.

    3

    4

    5

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    (Estratégia Militares 2021 – Questão Inédita – Professor Wagner Santos) Em qual alternativa

    a seguir, o elemento “que” apresenta-se como elemento coesivo de substituição?

    [A] Isso significa que, sob algumas condições, as pessoas poderiam comprar armas.

    [B] Essa lei limita a comercialização e o porte de armas de fogo, ainda que não proíba por completo.

    [C] Um estudo de 2005 da Unesco revelou que entre 1993 e 2003, a taxa anual de mortes por armas de fogo no

    Brasil era mais elevada do que uma série de conflitos armados mundo afora.

    [D] A Lei 10.826 surgiu da convicção de que menos armas em circulação significariam menos homicídios e acidentes

    com armas de fogo, salvando a vida de milhares de brasileiros.

    [E] A vitória foi da opção “Não”, ou seja, a maior parte dos que votaram rejeitavam a proibição do comércio de

    armas.

    Texto II

    (Disponível em Acesso em 16 fev. 2021)

    Texto III

    Nos EUA, a maioridade só é atingida aos 21 anos e essa é a idade para se poder comprar álcool legalmente. No entanto, na maioria dos estados norte-americanos, é possível comprar um fuzil de estilo militar AR-15 a partir

    dos 18 anos.

    As leis dos EUA têm requisitos de idade mais rigorosos para a compra de armas de mão do que para os fuzis de estilo militar que se têm tornado a arma de escolha para tiroteios em massa, como o que aconteceu esta quarta-

    feira numa escola da Flórida.

    6

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    O limite de idade é menor para armas longas, uma categoria que inclui fuzis de caça tradicionais, espingardas

    e armas de estilo militar que se encaixam na categoria, segundo a lei, de "armas de assalto". Depois de uma proibição federal que incidia sobre armas de assalto ter caducado em 2004, apenas sete estados e o Distrito de Colúmbia - ao

    qual pertence Washington - continuam a proibir esse tipo de armas de fogo.

    (Disponível em Acesso em 16 fev. 2020)

    (Estratégia Militares 2021 – Questão Inédita – Professor Wagner Santos) Assinale, a seguir, a

    alternativa em que o valor da partícula “se” é o mesmo encontrado em

    Nos EUA, a maioridade só é atingida aos 21 anos e essa é a idade para se poder comprar álcool

    legalmente

    [A] Pode-se encontrar muita inconsistência no discurso sobre o assunto.

    [B] Se encontrarmos uma saída viável, faremos de tudo para alcançá-la.

    [C] Precisava-se de muita atenção para a resolução daquelas complicadas questões.

    [D] Passaram-se os meses e eles não puderam comprar o que precisavam.

    [E] Encontraram-se depois de muitos anos separados pela família.

    (Estratégia Militares 2021 – Questão Inédita – Professor Wagner Santos) A utilização do

    conectivo “No entanto”, no primeiro parágrafo, garante uma relação clara de

    [A] incoerência entre as informações.

    [B] adição entre as informações.

    [C] ambiguidade entre as informações.

    [D] oposição leve entre as informações.

    [E] conclusão entre as informações.

    (Estratégia Militares 2021 – Questão Inédita – Professor Wagner Santos) Assinale a alternativa

    em que a classificação respectiva dos elementos destacados no trecho a seguir está correta.

    Depois de uma proibição federal que incidia sobre armas de assalto ter caducado em 2004, apenas sete estados e

    o Distrito de Colúmbia - ao qual pertence Washington - continuam a proibir esse tipo de armas de fogo.

    [A] Pronome relativo, pronome relativo e artigo definido.

    [B] Conjunção subordinativa, conjunção integrante e preposição.

    [C] Pronome relativo, pronome relativo e preposição.

    [D] Pronome relativo, conjunção integrante e artigo definido.

    [E] Conjunção integrante, pronome relativo e preposição.

    Texto IV

    É infértil combater, de forma genérica, a violência, enquanto não refletirmos sobre suas múltiplas manifestações e desnaturalizarmos suas representações, percebendo em nossas ações a violência com a qual,

    teoricamente, nos opomos. Quando eu me manifesto de forma violenta? Como evitar tal manifestação?

    Para diminuir a violência é necessário se atentar sobre como a percebemos e o que caracterizamos de atos

    violentos.

    (...)

    7

    8

    9

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    Contudo, dificilmente, as mesmas pessoas que acreditam combater a violência civil com violência militar consentida, entenderão como ampliação da violência, o aumento de compartilhamento de vídeos de extermínio ou

    de brigas, o aumento de gritos histéricos no trânsito, de humilhação a subordinados, de postagens cheias de fúria

    contra determinados grupos, de agressões às esposas e aos filhos.

    (Disponível em Acesso em 16 fev. 2021)

    (Estratégia Militares 2021 – Questão Inédita – Professor Wagner Santos) A palavra “infértil”,

    utilizada no começo do texto, pode ser substituída, sem prejuízo de significação, no texto, por

    [A] improdutivo.

    [B] conceptivo.

    [C] frutífero.

    [D] feraz.

    [E] abundante.

    (Estratégia Militares 2021 – Questão Inédita – Professor Wagner Santos) Assinale, a seguir, a

    alternativa que pode ser utilizada como um resumo do texto.

    [A] A percepção da violência depende do comportamento das pessoas e, por isso, não podemos combater violência

    com comportamentos violentos.

    [B] O combate à violência deve ser escalonado: primeiro, combate-se a violência armada para, em seguida, lançar-

    se o combate às demais formas de violência.

    [C] As pessoas que pregam o combate à violência são aquelas que apresentam comportamentos violentos e devem

    ser combatidas.

    [D] As violências são múltiplas e, para um combate efetivo desse problema, é necessário que se entenda essa

    multiplicidade de comportamentos violentos.

    [E] A violência dos vídeos e seu compartilhamento deve ser considerada uma violência mais perigosa do que a

    violência armada.

    (Estratégia Militares 2021 – Questão Inédita – Professor Wagner Santos) A conjunção

    “enquanto”, em “enquanto não refletirmos sobre suas múltiplas manifestações e

    desnaturalizarmos suas representações”, apresenta leitura de

    [A] condição.

    [B] concessão.

    [C] tempo.

    [D] proporção.

    [E] causa.

    Texto V

    Vamos falar sobre armas? Esse é um daqueles assuntos que só de ser mencionado já põe as pessoas na

    defensiva. Colocamos os óculos liberais ou conservadores, de esquerda ou de direita, e partimos para a briga.

    Mas será que não é possível conversar de verdade sobre o tema? E se a gente ouvisse os argumentos de

    cada lado tentando compreendê-los, em vez de tentar contra argumentar antes do fim da frase? Talvez ninguém

    mudasse de posição, mas quem sabe conseguimos ao menos avançar o debate.

    10

    11

    10

    12

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    Em primeiro lugar é preciso separar os argumentos baseados em posturas dos baseados em fatos. A pessoa pode ser a favor do armamento da população por defender as liberdades individuais, por exemplo. É uma opinião

    tão válida quanto a de quem é contra por dizer que o uso da força física é prerrogativa do Estado. Não se trata de fatos, mas de posturas; elas devem mostrar a sua força num debate embasando-se apenas em seus princípios e

    ideologias, independentemente dos dados. Argumentar baseado em fatos é diferente. É preciso recolher dados da

    realidade e deles extrair informações comprovando que sua postura é a mais benéfica para a sociedade.

    Hoje, para (tentar) manter o nível do debate, vou buscar me ater a informações sólidas, verificadas, fugindo

    do bate-boca “é verdade! x é mentira!”. Porque ambos os lados na questão das armas têm dados reais para

    apresentar a seu favor.

    (Disponível em Acesso em 16 fev. 2020)

    (Estratégia Militares 2021 – Questão Inédita – Professor Wagner Santos) Segundo o texto,

    podemos entender que

    [A] o debate sobre temas polêmicos deve ser evitado para evitar problemas com relação à violência verbal que pode

    evoluir a física.

    [B] os argumentos contrários não devem ser contrapostos por ninguém, dado que as pessoas buscam fatos que

    sustentem suas ideias.

    [C] o recolhimento de fatos da realidade demonstra que as opiniões contrárias são válidas, construindo-se uma

    relação incoerente.

    [D] os fatos perdem força conforme as opiniões pessoais, sendo necessário garantir a liberdade de pensamento das

    pessoas.

    [E] as opiniões pessoais podem ser consideradas válidas, mas perdem espaço para a apresentação de fatos.

    (Estratégia Militares 2021 – Questão Inédita – Professor Wagner Santos) Assinale, a seguir, a

    alternativa em que há uma construção de oração reduzida destacada.

    [A] Mas será que não é possível conversar de verdade sobre o tema?

    [B] Vamos falar sobre armas?

    [C] A pessoa pode ser a favor do armamento da população por defender as liberdades individuais, por exemplo.

    [D] elas devem mostrar a sua força num debate embasando-se apenas em seus princípios e ideologias,

    independentemente dos dados.

    [E] vou buscar me ater a informações sólidas, verificadas, fugindo do bate-boca “é verdade! x é mentira!”.

    (Estratégia Militares 2021 – Questão Inédita – Professor Wagner Santos) No primeiro

    parágrafo do texto, há, a construção de uma

    [A] personificação.

    [B] catacrese.

    [C] metáfora.

    [D] metonímia.

    [E] ironia.

    13

    14

    15

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    (Estratégia Militares 2021 – Questão Inédita – Professor Wagner Santos) Assinale, a seguir, a

    alternativa em que há palavras que não serão acentuadas.

    [A] Frequência, atraí-la, fôrma, poderá.

    [B] Ímã, tórax, trás, pôde (pretérito).

    [C] Herói, Piauí, parabém, têm (plural).

    [D] Sólida, ninguém, hífen, infrutífero.

    [E] Idéia, heróico, há, lá.

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Professora Luana Signorelli) Leia o texto abaixo para

    responder à questão.

    E não há melhor resposta

    que o espetáculo da vida:

    vê-la desfiar seu fio,

    que também se chama vida,

    ver a fábrica que ela mesma,

    teimosamente, se fabrica,

    vê-la brotar como há pouco

    em nova vida explodida;

    mesmo quando é assim pequena

    a explosão, como a ocorrida;

    como a de há pouco, franzina;

    mesmo quando é a explosão

    de uma vida Severina.

    Quanto ao gênero literário apresentado acima, é possível afirmar que se trata de

    [A] prosa poética.

    [B] poesia prosaica.

    [C] teatro épico.

    [D] verso branco.

    [E] estrofe em oitava.

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Professora Luana Signorelli) Leia o poema abaixo para

    responder à questão.

    E no féretro de montes Inconcusso, imóvel, fito,

    Escurece os horizontes

    O gigante de granito.

    Com soberba indiferença

    Sente extinta a antiga crença

    Dos Tamoios, dos Pajés;

    16

    17

    18

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    Nem vê que duras desgraças,

    Que lutas de novas raças

    Se lhe atropelam aos pés!

    Gonçalves Dias – Últimos Cantos

    Gonçalves Dias – Últimos Cantos

    Obra de 1851, os Últimos Cantos já representam a transição de uma geração romântica para outra. Sobre o poema acima, é correto afirmar que

    [A] já é uma expressão do Romantismo Tardio, pois critica a burguesia.

    [B] é tipicamente uma obra condoreira, a qual retrata a causa abolicionista.

    [C] ainda é um poema ligado à primeira geração indianista, mas já com traços pessimistas.

    [D] se trata de uma obra byronista, pois o ultrarromantismo se verifica na valorização da boemia.

    [E] pode ser classificada como uma obra gongorista, no sentido do sentimento grotesco.

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Professora Luana Signorelli)

    "ERA UMA VEZ uma agulha, que disse a um novelo de linha:

    — Por que está você com esse ar, toda cheia de si, toda enrolada, para fingir que vale alguma coisa

    neste mundo?

    — Deixe-me, senhora."

    No trecho acima, há um exemplo de transposição de características antropomórficas a seres

    inanimados, procedimento que é conhecido como ______, e esse texto pode ser classificado como

    ______.

    [A] prosopopeia / romântico.

    [B] sinestesia / simbolismo.

    [C] hipérbato / barroco.

    [D] personificação / realista.

    [E] pleonasmo / parnasiano.

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Professora Luana Signorell0 "Talvez o que tenha me

    ocorrido seja uma compreensão - e que, para eu ser verdadeira, tenho que continuar a não

    estar a saber, a minha nova ignorância, que é o esquecimento, tornou-se sagrada. Sou a vestal de um

    segredo que não sei mais qual foi".

    No texto clariciano, é comum a presença da epifania, momento quando a personagem cotidiana encontra uma brecha de revelação. Entretanto, na passagem acima, a epifania não se concretiza

    porque

    19

    20

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    [A] não é efetivado o processo de compreensão e a personagem volta a se fechar na ignorância, que para ela é

    sinônimo de esquecimento.

    [B] o autoconhecimento é concluído e a personagem demonstra sentimento de plenitude e satisfação, ao se sentir

    como veste sagrada.

    [C] a protagonista se corrompe em uma sociedade que a deixa alienada, motivo principal para o passado ser

    olvidado.

    [D] existe um choque de realidade na transição do regionalismo para o meio urbano, motivo pelo qual a personagem

    esquece sua origem.

    [E] a personagem se sente desajustada na realidade exterior, ainda que no íntimo sinta a liberdade e o poder de

    uma divindade.

    Final da Prova de Português

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    PROVA DE FÍSICA

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Vinicius Fulconi) Dois corpos A e B partem da mesma posição e tem seus gráficos de velocidades representados abaixo. Qual será a

    diferença entre as posições dos corpos no instante t = 20 segundos?

    [A] 240 m

    [B] 260 m

    [C] 60 m

    [D] 300 m

    [E] 120 m

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Vinicius Fulconi) Considere dois corpos A e B mostrados na figura. O bloco A tem massa M e o bloco B tem massa m. Para uma força

    constante F aplicada no bloco A, o bloco permanece em repouso em relação a A na eminencia

    de se movimentar. Qual é o coeficiente de atrito entre A e B?

    [A] 𝑔(𝑚)

    𝐹

    [B] 𝑔(𝑀)

    𝐹

    [C] 𝑔(𝑀−𝑚)

    𝐹

    [D] 𝑔(𝑀+𝑚)

    𝐹

    [E] 𝑔(𝑀²)

    𝐹𝑚

    10

    20

    −20

    20

    𝑣 (𝑚

    𝑠)

    𝑡(𝑠) 8

    𝐴

    𝐵

    21

    22

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Vinicius Fulconi) Um corpo esférico é pendurado

    por dois fio ideais perpendiculares (1) e (2). Se o corpo está em equilíbrio, qual é razão entre

    as trações no fio 2 e no fio 1?

    [A] √3

    2

    [B] 1

    3

    [C] √3

    3

    [D] 1

    2

    [E] 1

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Vinicius Fulconi) Um recipiente contém um líquido de densidade 𝝆. O recipiente possui uma profundidade h e seu fundo um formato de meia

    esfera de raio h/2. Qual é a força hidrostática resultante sobre o fundo do recipiente? A gravidade local

    vale g.

    23

    24

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    [A] 2𝜌𝑔𝜋ℎ3

    5

    [B] 𝜌𝑔𝜋ℎ3

    4

    [C] 2𝜌𝑔𝜋ℎ3

    3

    [D] 𝜌𝑔𝜋ℎ3

    12

    [E] 𝜌𝑔𝜋ℎ3

    6

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Vinicius Fulconi) Considere um corpo de 4 kg que está se movimentando sobre um solo horizontal. O corpo parte do repouso da posição 𝒙 = 𝟎 sob ação exclusiva de uma força horizontal variável F:

    𝑭 = √𝒙(𝟐𝟎 − 𝒙)

    Em que F é a força em newtons e x é a posição da partícula. Qual é a velocidade da partícula em x =

    20 metros?

    [A] √𝜋 m/s

    [B] 5√𝜋 m/s

    [C] √𝜋

    2 m/s

    [D] 0 m/s

    [E] 5 m/s

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Vinicius Fulconi) Um satélite está orbitando um planeta a uma altura de R/2, em que R é o raio do planeta. Se a densidade do planeta é 𝝆 e a massa do satélite é 4 vezes menor que a do planeta, qual é a energia potencial gravitacional

    desse sistema? Considere os corpos como esféricos e a constante de gravitação como G.

    [A] 𝐺𝜋²𝜌²

    2𝑅7

    [B] −8𝐺𝜋²𝜌²

    9𝑅7

    [C] 𝐺𝜋²𝜌²

    3𝑅7

    [D] - 9𝐺𝜋²𝜌²

    7𝑅7

    [E] 9𝐺𝜋²𝜌²

    8𝑅7

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Vinicius Fulconi) Considere um corpo carregado que está em repouso dentro de um capacitor plano de placas paralelas. Se o módulo da carga

    armazena no capacitor é Q, a energia armazenada é 𝜺 e a distância entre as placas é d, determine a razão massa-carga da partícula e o seu sinal.

    25

    26

    27

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    [A] 2𝜀

    𝑑𝑄𝑔, positiva

    [B] 2𝜀

    𝑑𝑄𝑔, negativa

    [C] 𝜀

    𝑑𝑄𝑔, positiva

    [D] 𝜀

    𝑑𝑄𝑔, negativa

    [E] 𝑑𝑄𝑔

    2𝜀, negativa

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Vinicius Fulconi) Um objeto é posicionado a 50 cm de um espelho esférico. Sua imagem é real, invertida e tem o mesmo tamanho que o objeto.

    Qual é o espelho e sua distância focal?

    [A] Espelho plano, 𝑓 → ∞.

    [B] Espelho côncavo, 𝑓 = 25 𝑐𝑚.

    [C] Espelho convexo, 𝑓 = −50 𝑐𝑚.

    [D] Espelho convexo, 𝑓 = −25 𝑐𝑚

    [E] Espelho côncavo, 𝑓 = 50 𝑐𝑚.

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Vinicius Fulconi) Em um calorímetro ideal, adicionam-se 1 kg de água a 80 °C e 1 kg de gelo a -20 °C. Qual é a temperatura de equilíbrio

    do sistema?

    [A] 0 °C

    [B] 20 °C

    [C] – 10 °C

    [D] 50 °C

    [E] 5 °C

    28

    29

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Vinicius Fulconi) Um refrigerador é ligado em uma

    tomada que fornece uma potência de 5 W por 1 hora. Se esse refrigerador, nessa hora de funcionamento, diminuiu a temperatura dos alimentos em 5 °C, qual é rendimento

    aproximado do refrigerador? A capacidade térmica do total dos alimentos é de 𝟏𝟎𝟎𝟎 𝑱/°𝑪.

    [A] 80 %

    [B] 14 %

    [C] 35 %

    [D] 28 %

    [E] 21 %

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Vinicius Fulconi) A velocidade do som na atmosfera

    de uma planeta é dada pela seguinte expressão:

    𝑉𝑠𝑜𝑚,𝑔á𝑠 = √7𝑅𝑇

    5𝑀

    Em que R é constante dos gases ideias, T é a temperatura e M é a massa molar média do ar atmosférico

    local.

    Considere dois planetas distintos.

    Gás Massa

    molar (g/mol)

    Oxigênio 32

    Nitrogênio 28

    Argônio 40

    Hélio 4

    Assinale a alternativa correta. Para responder, considere que a composição molar do ar atmosférico seco desse planeta é de 80% de 𝑵𝟐 e 20% de 𝑶𝟐.

    [A] Quanto maior a umidade do ar, maior será a velocidade do som na atmosfera A.

    [B] A atmosfera de outro planeta B é composta por 70% de Argônio e 30% de hélio. A velocidade do som nesse

    planeta B é maior que a velocidade do som no planeta A.

    [C] Dois tubos sonoros idênticos são posicionados um em cada planeta. Um mesmo diapasão é posicionado na extremidade aberta de cada um desses tubos. O harmônico gerado no tubo do planeta A é maior que o harmônico

    gerado no tubo do planeta B.

    [D] A umidade do ar não altera a velocidade do som.

    [E] Para um equipamento que gera ondas de mesmo comprimento de onda, um som gerado no planeta A é mais

    agudo que o mesmo som gerado no planeta B.

    Planeta Composição

    atmosférica

    A 80% de 𝑁2 20% de 𝑂2

    B 70% de 𝐴𝑟 30% de 𝐻𝑒

    31

    30

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Vinicius Fulconi) Assinale a alternativa correta em

    relação ao Movimento Circular Uniforme.

    I. A velocidade angular de um corpo depende do raio do movimento.

    II. A força centrípeta é diretamente proporcional ao quadrado da velocidade.

    III. A resultante das forças tangencias sobre o corpo é nula.

    [A] Apenas I é verdadeira.

    [B] Apenas II é verdadeira.

    [C] Apenas III é verdadeira.

    [D] Todas são verdadeiras.

    [E] Todas são falsas.

    32

    Final da Prova de Física

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    PROVA DE QUÍMICA

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Thiago Cardoso) No século V a.C, os filósofos

    gregos Demócrito e Leucipo foram os primeiros a pensar na noção do átomo. Para eles, ao se tentar dividir a matéria em pedaços cada vez menores, chegar-se-ia em partículas indivisíveis,

    conhecidas como átomos.

    Como não somos capazes de ver os átomos, a única forma de saber a sua composição é por meio de

    experimentos. Ao longo dos séculos, vários cientistas propuseram experimentos, entre eles,

    encontram-se os seguintes:

    I – Ao bombardear núcleos de 94Be com partículas alfa (42α), os núcleos de berílio são convertidos em 12

    6C com liberação de uma partícula que possui massa, mas não interage com campos elétricos.

    II – Ao bombar uma fina chapa de ouro com partículas alfa emitidas por polônio, nota-se que a maior

    parte das partículas alfa simplesmente atravessa a chapa, enquanto um percentual muito pequeno

    sofre grandes deflexões.

    III – Ao se queimar magnésio ao ar em recipiente fechado, embora a massa de sólido aumenta, a

    massa total do recipiente se conserva.

    Com relação a esses experimentos, pode-se dizer que:

    [A] O experimento I pode ser explicado com base no modelo atômico de Dalton.

    [B] O resultado do experimento II permitiu concluir a existência partículas neutras no núcleo atômico.

    [C] O resultado do experimento III serviu para invalidar o modelo atômico de Dalton, permitindo a evolução dos

    modelos atômicos.

    [D] O modelo criado com base no experimento II continha um paradoxo, porque uma carga negativa girando em

    torno do núcleo emitiria radiação eletromagnética e não poderia manter uma órbita estacionária.

    [E] O resultado do experimento I foi fundamental para o modelo atômico de Rutherford, pois provou a existência

    de partículas subatômicas.

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Thiago Cardoso) Assinale a alternativa que

    apresenta a temperatura de ebulição de uma solução aquosa contendo 73,5 g de cloreto de

    cálcio di-hidratado (CaCl2.2H2O) dissolvidos em 1 litro de água.

    Dados: KE = 1,86 °C.molal–1;

    [A] 100,93 °C

    [B] 101,86 °C

    [C] 102,79 °C

    [D] 103,72 °C

    [E] 104,65 °C

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Thiago Cardoso) Considere as seguintes

    afirmações sobre as reações nucleares:

    I – A decomposição de materiais radioativos de elevada massa atômica é uma das principais fontes de

    gás hélio na Terra.

    II – As partículas beta possuem poder de penetração superior às partículas alfa.

    III – Do ponto de vista ambiental, os radioisótopos com tempo de meia vida curta são muito mais

    perigosos que os radioisótopos com tempo de meia vida mais longo, porque a taxa de emissão de

    partículas radioativa é maior.

    IV – A série de decaimentos radioativos iniciada no 23592U se esgota no 20782Pb com a emissão de 7

    partículas alfa e 4 partículas beta.

    33

    34

    35

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    Das afirmações acima, está (ão) CORRETA(s):

    [A] Apenas I, II e III.

    [B] Apenas I, II e IV.

    [C] Apenas II e III.

    [D] Apenas II e IV.

    [E] I, II, III e IV.

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Thiago Cardoso) Uma amostra de 10 g de pirita, que consiste em dissulfeto de ferro (FeS2) impuro, pode ser tratada com ácido clorídrico, que

    provocará a liberação de um gás.

    FeS2 (s) + HCl (aq) → FeCl2 + H2S (g)

    Esse gás pode ser absorvido em uma solução aquosa de cloreto de cálcio, formando um precipitado.

    H2S (g) + CaCl2 → CaS (s) + HCl (aq)

    Sabendo que o precipitado foi pesado e a massa obtida foi igual a 3,6 gramas, determine a massa de

    pirita presente na amostra:

    [A] 25%

    [B] 37,5%

    [C] 50%

    [D] 60%

    [E] 75%

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Thiago Cardoso) Considere a reação de oxidação do dióxido de enxofre, que pode ocorrer por dois mecanismos, sendo o mecanismo II mais

    rápido que o mecanismo I.

    Mecanismo I:

    SO3 (g) + NO (g) → SO2 (g) + NO2 (g)

    Mecanismo II:

    SO3 (g) + NO2 (g) → SO2(g) + NO3 (g) lenta

    NO3 (g) + NO (g) → 2 NO (g)

    A respeito dessa reação, são feitas as seguintes afirmações:

    I – O produto NO2 (g) é também um dos catalisadores da reação.

    II – A lei de velocidade da reação catalisada é v = k[SO3][NO2].

    III – A energia de ativação do mecanismo I é maior que a energia de ativação do mecanismo II.

    IV – Com o início da formação de NO2 (g), o mecanismo I deixa de acontecer e a reação segue

    integralmente pelo mecanismo II.

    Das afirmações acima, está (ão) CORRETA(S):

    [A] Apenas I e II.

    [B] Apenas I e III.

    [C] Apenas II e III.

    [D] Apenas II e IV.

    [E] Apenas IV.

    36

    37

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Thiago Cardoso) O peróxido de hidrogênio se

    decompõe liberando água e gás oxigênio, por meio da seguinte reação, que é catalisada por

    íons iodeto.

    2 H2O2 (aq) → 2 H2O (l) + O2 (g)

    Assinale a alternativa que indica o volume aproximado de gás liberado por 100 mL de uma solução

    40,8 g/L de peróxido de hidrogênio.

    Dados: Volume molar nas CNTP = 22,4 L.mol–1.

    [A] 1,12 L

    [B] 1,34 L

    [C] 1,68 L

    [D] 1,85 L

    [E] 2,00 L

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Thiago Cardoso) A pesquisa de fontes de energia

    renovável é uma das principais preocupações da humanidade, tendo em vista que elas são repostas pelos processos naturais. A respeito de algumas fontes de energia, são feitas as

    seguintes afirmações:

    I – A fissão nuclear do urânio é uma fonte de energia renovável e libera grandes quantidades de

    energia.

    II – Uma das vantagens do biodiesel é que ele não emite gases responsáveis pelo efeito estufa.

    III – A reação de transesterificação com etanol produz o biodiesel, que é uma fonte de energia

    renovável.

    IV – O etanol pode ser obtido pela fermentação aeróbica da glicose realizada por microrganismos. Essa

    reação requer a presença de oxigênio.

    Das afirmações acima, está (ão) ERRADA (S):

    [A] Apenas I, II e IV.

    [B] Apenas I, III e IV.

    [C] Apenas II e III.

    [D] Apenas I e IV.

    [E] Apenas II, III e IV.

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Thiago Cardoso) Uma técnica para a produção de

    gás hidrogênio consiste na eletrólise de uma solução aquosa eletrolítica. O gás hidrogênio assim produzido é coletado em um recipiente de 450 mL. Para isso, utilizou-se uma bateria

    com capacidade de geração de corrente igual a 0,965 A.

    A respeito dessa reação, são feitas as seguintes afirmações:

    I – Um possível eletrólito para a produção de gás hidrogênio é o hidróxido de sódio.

    II – O hidrogênio é produzido no polo positivo da célula eletrolítica.

    III – No intervalo de uma hora, a pressão parcial de hidrogênio produzida é inferior a 1 atm.

    IV – Durante a eletrólise de uma solução de cloreto de sódio, haverá aumento de pH.

    38

    39

    40

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    Das afirmações acima, está (ão) CORRETA (S):

    [A] Apenas I, II e III.

    [B] Apenas I, II e IV

    [C] Apenas I, III e IV.

    [D] Apenas II, III e IV.

    [E] I, II, III e IV.

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Thiago Cardoso) Os corais obtém seus macronutrientes essenciais diretamente da água salgada. Entre outras reações, eles são

    capazes de produzir o seu esqueleto calcário por meio da reação entre os íons cálcio e

    bicarbonatos presentes na água.

    Ca2+ (aq) + 2 HCO3–(aq) → CaCO3 (s) + H2O (l) + CO2 (g)

    Um aquário de 400 litros tem o consumo diário de 10 mL de uma solução 16,8 g/L de bicarbonato de sódio. Assinale a alternativa que indica a concentração adequada de uma solução de cloreto de cálcio,

    de modo que o consumo diário dessa solução seja também igual a 10 mL.

    [A] 1,11 g/L

    [B] 2,22 g/L

    [C] 5,55 g/L

    [D] 11,1 g/L

    [E] 22,2 g/L

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Thiago Cardoso) O gás natural é um combustível

    bastante econômico que é utilizado por alguns veículos. Ele é proveniente do petróleo, sendo

    constituído principalmente por metano (CH4).

    O cilindro de um veículo movido a gás natural tem volume interno de 65 L e capacidade para armazenar o equivalente 13 m³ de gás natural nas CNTP. Sendo conhecidos os calores padrão de formação das

    substâncias envolvidas na combustão do gás natural:

    ΔHf0 (kJ.mol–1) –213 –394 –242

    Substância CH4 (g) CO2 (g) H2O (g)

    Sabe-se, ainda, que a reação de combustão do metano acontece em um compartimento isobárico, com

    pressão igual a 10 atm.

    A respeito dessa situação, são feitas as seguintes afirmações:

    I – A pressão interna no cilindro é igual a 200 atm.

    II – A energia liberada pela combustão do metano é igual a 665 kJ/mol.

    III – A combustão completa do cilindro libera mais de 380.000 kJ.

    IV – Durante a combustão, não ocorre expansão de gases.

    Dados: Volume Molar nas CNTP = 22,41 L.mol–1

    41

    42

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    Das afirmações acima, está (ão) CORRETA(s):

    [A] Apenas I e III.

    [B] Apenas I, II e IV.

    [C] Apenas II e III.

    [D] Apenas I, III e IV.

    [E] I, II, III e IV.

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Thiago Cardoso) O etanol pode ser oxidado a ácido

    acético diante de permanganato de potássio, por meio da seguinte reação não balanceada.

    C2H6O (aq) + MnO4– (aq) + H+ (aq) → C2H4O2 (aq) + Mn2+ (aq) + H2O

    A soma dos menores coeficientes estequiométricos que tornam a equação balanceada e o

    agente redutor da reação é:

    [A] 32 e etanol

    [B] 32 e permanganato

    [C] 41 e etanol

    [D] 41 e permanganato

    [E] 50 e etanol

    (Estratégia Militares 2021 – Inédita – Prof. Thiago Cardoso) A chuva ácida é causada pela emissão de óxidos ácidos por indústrias, como o dióxido de enxofre, trióxido de enxofre e o

    dióxido de nitrogênio.

    Sabendo que, mesmo na ausência de fábricas, o ar contém dióxido de carbono, julgue as seguintes

    afirmações:

    I – A chuva é naturalmente devido à dissolução do CO2 na água.

    II – O dióxido de enxofre, o dióxido de nitrogênio e o dióxido de carbono possuem a mesma geometria.

    III – O trióxido de enxofre e o dióxido de enxofre são apolares.

    IV – Os gases emitidos pelas chaminés de indústrias são capazes de dissolver uma rocha calcária.

    Das afirmações acima, está (ão) CORRETA (S):

    [A] Apenas I, II e IV.

    [B] Apenas I e III.

    [C] Apenas I e IV.

    [D] Apenas II, III e IV.

    [E] I, II, III e IV.

    43

    44

    Final da Prova de Química

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    PROVA DE REDAÇÃO

    Texto I

    O Estatuto do desarmamento deve ser revisto?

    Publicado em 6 de julho de 2016

    Em 2005, o Brasil realizou o primeiro referendo de sua história. A matéria submetida ao referendo era o artigo 35 do Estatuto do Desarmamento, que determinava a proibição da comercialização de armas de fogo e

    munição em território nacional. O referendo foi convocado pelo Congresso Nacional por se tratar da mudança mais significativa que o Estatuto realizaria no país. A resistência a aceitar a proibição do comércio foi grande entre os

    parlamentares, que concordaram em aprovar o Estatuto como um todo, desde que o povo fosse consultado sobre

    essa medida em específico.

    A vitória foi da opção Não, ou seja, a maior parte dos que votaram rejeitavam a proibição do comércio de

    armas. Isso significa que, sob algumas condições, as pessoas poderiam comprar armas. O restante do Estatuto do

    Desarmamento, no entanto, continua em vigor até hoje.

    Essa lei limita a comercialização e o porte de armas de fogo, ainda que não proíba por completo. Ela foi criada como uma tentativa de diminuir os altos índices de homicídios e acidentes envolvendo esse tipo de armas.

    Mas afinal, desarmar ou limitar o acesso da população a armas de fogo é uma boa ideia para combater a criminalidade

    e a violência?

    O Estatuto do Desarmamento surgiu como uma tentativa do governo de dimimuir os altos números de mortes

    por arma de fogo no Brasil. Um estudo de 2005 da Unesco revelou que entre 1993 e 2003, a taxa anual de mortes por armas de fogo no Brasil era mais elevada do que uma série de conflitos armados mundo afora. Enquanto a

    Guerra do Golfo registrou 10 mil baixas em um ano de conflitos, em 1991, o Brasil registrou uma média de 32 mil

    mortes por armas de fogo por ano entre 1993 e 2003.

    A mortalidade por conta das armas não apenas era extremamente elevada, como também continuou a

    crescer ao longo dos anos: em 1980, a taxa de óbitos por armas de fogo era de 11,7 por 100 mil habitantes; em 2003, chegou a 46 casos por 100 mil habitantes. Uma comparação feita com dados de 2000 a 2002 da OMS revelou

    que o Brasil tinha uma taxa de óbitos inferior apenas à da Venezuela, em um grupo de 57 países.

    A Lei 10.826 surgiu da convicção de que menos armas em circulação significariam menos homicídios e

    acidentes com armas de fogo, salvando a vida de milhares de brasileiros. Experiências internacionais de

    desarmamento civil indicavam que essa era uma saída possível para resolver o problema da violência. Além disso, o controle das armas legais, acreditava-se, diminuiria também as armas em posse de bandidos, já que estudos

    revelavam que a maior parte das armas apreendidas pela polícia eram legalmente adquiridas, fabricadas no país e

    que haviam sido roubadas.

    Veja a seguir alguns argumentos contra e a favor do Estatuto do Desarmamento:

    A favor do Estatuto

    • Quanto menos armas em circulação, menores os índices de mortes por armas de fogo e de criminalidade.

    • Segundo estudo recente, estima-se que a aprovação do Estatuto do Desarmamento evitou, entre 2004 e

    2015, mais de 160 mil mortes no país. Para chegar a esse número, pesquisadores consideraram que o ritmo

    de crescimento de mortes por arma de fogo diminuiu no país nesse período: entre 1980 e 2003, a taxa

    média era de aumento de 8,1% ao ano, enquanto entre 2004 e 2014 a taxa média de aumento foi de 2,2%.

    • O porte de arma não garante que o cidadão terá condições de se defender em caso de assalto, por exemplo.

    Em geral, o assaltante se utiliza do elemento surpresa para se colocar em vantagem em relação à vítima, não havendo margem para que o cidadão possa usar sua arma efetivamente. Além disso, reagir a um assalto

    aumenta em 180 vezes o risco de morrer, tornando ainda menos aconselhável o uso de uma arma nessa

    situação.

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    • O mercado legal de armas abastece o mercado ilegal. Segundo o relatório da CPI do Tráfico de Armas, de

    2006, 86% das armas apreendidas pela polícia haviam sido fabricadas e vendidas no Brasil.

    • O porte de armas também aumenta as chances de mortes acidentais ou por motivos fúteis, como brigas de

    trânsito, discussões, entre outras.

    Contra o Estatuto

    • O Estatuto do Desarmamento falhou em cumprir seu papel de diminuir a violência no Brasil. Enquanto os

    cidadãos encontram mais dificuldades para possuir armas, os bandidos continuam a ter meios para obtê-las.

    • Uma população armada tende a fazer a criminalidade cair, uma vez que criminosos pensam duas vezes antes

    de realizar assaltos ou invadir residências: o risco de perderem sua vida é maior. Enquanto no Brasil apenas 3,5% dos domicílios possuem armas de fogo, em países com baixas taxas de criminalidade há

    proporcionalmente mais domicílios com armas, como Suíça, França e Canadá.

    • As mortes por conta das armas de fogo continuam a crescer no Brasil mesmo após a aprovação do Estatuto.

    Foram mais de 42 mil homicídios desse tipo apenas no ano de 2012. Isso significa que a menor circulação

    de armas não coibiu a violência.

    • O cidadão deve ter direito à posse e ao porte de arma, uma vez que se trata de um instrumento de legítima

    defesa. Restringir isso significa limitar a liberdade do cidadão para garantir sua própria segurança.

    • Muitas vidas poderiam ter sido salvas nos últimos anos se a população pudesse se defender com uma arma.

    (Disponível em Acesso em 16 fev. 2021)

    Texto II

    (Disponível em Acesso em 16 fev. 2021)

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    Texto III

    Nos EUA, a maioridade só é atingida aos 21 anos e essa é a idade para se poder comprar álcool legalmente. No entanto, na maioria dos estados norte-americanos, é possível comprar um fuzil de estilo militar AR-15 a partir

    dos 18 anos.

    As leis dos EUA têm requisitos de idade mais rigorosos para a compra de armas de mão do que para os fuzis de estilo militar que se têm tornado a arma de escolha para tiroteios em massa, como o que aconteceu esta quarta-

    feira numa escola da Florida.

    O limite de idade é menor para armas longas, uma categoria que inclui fuzis de caça tradicionais, espingardas

    e armas de estilo militar que encaixam na categoria, segundo a lei, de "armas de assalto". Depois de uma proibição federal que incidia sobre armas de assalto ter caducado em 2004, apenas sete estados e o Distrito de Colúmbia - ao

    qual pertence Washington - continuam a proibir esse tipo de armas de fogo.

    (Disponível em Acesso em 16 fev. 2020)

    Texto V

    É infértil combater, de forma genérica, a violência, enquanto não refletirmos sobre suas múltiplas

    manifestações e desnaturalizarmos suas representações, percebendo em nossas ações a violência com a qual,

    teoricamente, nos opomos. Quando eu me manifesto de forma violenta? Como evitar tal manifestação?

    Para diminuir a violência é necessário se atentar sobre como a percebemos e o que caracterizamos de atos

    violentos.

    (...)

    Contudo, dificilmente, as mesmas pessoas que acreditam combater a violência civil com violência militar consentida, entenderão como ampliação da violência, o aumento de compartilhamento de vídeos de extermínio ou

    de brigas, o aumento de gritos histéricos no trânsito, de humilhação a subordinados, de postagens cheias de fúria

    contra determinados grupos, de agressões às esposas e aos filhos.

    (Disponível em Acesso em 16 fev. 2021)

    Texto V

    Vamos falar sobre armas? Esse é um daqueles assuntos que só de ser mencionado já põe as pessoas na

    defensiva. Colocamos os óculos liberais ou conservadores, de esquerda ou de direita, e partimos para a briga.

    Mas será que não é possível conversar de verdade sobre o tema? E se a gente ouvisse os argumentos de

    cada lado tentando compreendê-los, em vez de tentar contra argumentar antes do fim da frase? Talvez ninguém

    mudasse de posição, mas quem sabe conseguimos ao menos avançar o debate.

    Em primeiro lugar é preciso separar os argumentos baseados em posturas dos baseados em fatos. A pessoa pode ser a favor do armamento da população por defender as liberdades individuais, por exemplo. É uma opinião

    tão válida quanto a de quem é contra por dizer que o uso da força física é prerrogativa do Estado. Não se trata de

    fatos, mas de posturas; elas devem mostrar a sua força num debate embasando-se apenas em seus princípios e ideologias, independentemente dos dados. Argumentar baseado em fatos é diferente. É preciso recolher dados da

    realidade e deles extrair informações comprovando que sua postura é a mais benéfica para a sociedade.

    Hoje, para (tentar) manter o nível do debate, vou buscar me ater a informações sólidas, verificadas, fugindo do bate-

    boca “é verdade! x é mentira!”. Porque ambos os lados na questão das armas têm dados reais para apresentar a

    seu favor.

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

    (Disponível em Acesso em 16

    fev. 2020)

    Redação

    Com base nos textos de apoio, nos textos da prova e em seus conhecimentos gerais, construa um texto dissertativo-

    argumentativo, em terceira pessoa, de 25 (vinte e cinco) a 30 (trinta) linhas, sobre o tema:

    “A posse e o porte de armas no Brasil hoje”

    OBSERVAÇÕES:

    1. Aborde o tema sem se restringir a casos particulares ou específicos ou a uma determinada pessoa.

    2. Formule uma opinião sobre o assunto e apresente argumentos que defendam seu ponto de vista, sem transcrever

    literalmente trechos dos textos de apoio.

    3. Não se esqueça de atribuir um título ao texto.

    4. A redação será considerada inválida (grau zero) nos seguintes casos:

    – texto com qualquer marca que possa identificar o candidato;

    – modalidade diferente da dissertativa;

    – insuficiência vocabular, excesso de oralidade e/ou graves erros gramaticais;

    – constituída de frases soltas, sem o emprego adequado de elementos coesivos;

    – fuga do tema proposto;

    – texto ilegível;

    – em forma de poema ou outra que não em prosa;

    – linguagem incompreensível ou vulgar;

    – texto em branco ou com menos de 17 (dezessete) ou mais de 38 (trinta e oito) linhas; e

    - uso de lápis ou caneta de tinta diferente da cor azul ou preta.

    5. Se sua redação tiver entre 17 (dezessete) e 24 (vinte e quatro) linhas, inclusive, ou entre 31 (trinta e uma) e 38

    (trinta e oito) linhas, também inclusive, sua nota será diminuída, mas não implicará grau zero.

  • 2º Simulado Inédito EsPCEx – 1º Dia – 2022

    Estratégia Militares – 20/02/2021

  • 2º Simulado Inédito Exclusivo EsPCEx – 1º Dia – 2022 Estratégia Militares – 20/02/2021

    PREENCHA O GABARITO E CONQUISTE DESCONTOS

    ATENÇÃO: O aluno conquistará desconto nos percentuais a seguir indicados somente se participar e preencher o gabarito

    com suas respostas dentro do prazo de aplicação da prova simulada:

    ✓ Premiação por desempenho (faixa única): acima dos 80% de acerto – 100% de desconto.

    Preencha seu Gabarito!

    Conheça o Estratégia Militares!

    RECEBA MATERIAIS GRATUITOS

    GRUPO Link do Grupo

    Estratégia Militares https://t.me/estrategiamilitares

    Estratégia Vestibulares https://t.me/estrategiavestibulares

    https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeqSAqSxYwLlBu2MfNhKhwWqGZnZ6-A70U-FE5PcfyZ2_wC_w/viewformhttps://www.estrategiamilitares.com.br/https://t.me/estrategiamilitareshttps://t.me/estrategiavestibulareshttps://www.instagram.com/estrategiamilitares/https://www.facebook.com/EstrategiaMilitares/https://www.youtube.com/channel/UCRG_9hakCqXxnj_8TqCdgTA