20/2018 BATATA - SINOPSE VIRTUAL 20/ ?· 20/2018 BATATA - SINOPSE VIRTUAL 20/2018 Batata: Preços fecham…

Embed Size (px)

Text of 20/2018 BATATA - SINOPSE VIRTUAL 20/ ?· 20/2018 BATATA - SINOPSE VIRTUAL 20/2018 Batata: Preços...

20/2018

BATATA - SINOPSE VIRTUAL 20/2018

Batata: Preos fecham novembro em queda

Data: 04/12/2018 Disponvel em: https://www.noticiasagricolas.com.br/noticias/hortifruti/226237-batata-precos-fecham-novembro-em-queda.html#.XBOZX1VKjcd Na ltima semana do ms (de 26 a 30 de novembro), a batata padro gata especial se desvalorizou no atacado de So Paulo (SP) e em Belo Horizonte (MG), onde foi vendida a R$ 87,17/sc de 50 kg (-7,22%) e a R$ 64,03/sc (-7,39%), respectivamente. Conforme indicam pesquisadores do Cepea, a maior oferta, devido ao incio da safra das guas do Paran, e a qualidade insatisfatria nas regies em final da temporada de inverno, alm da menor demanda no fim de ms pressionaram os valores. A amplitude dos valores foi grande durante a semana: de R$ 30,00 a R$ 120,00/sc. De modo geral, as cotaes mais baixas so de batatas do Sul e Cerrado de Minas, que esto midas e com pele escura.

20/2018

Tomate e batata pressionam, e cesta bsica da Capital sobe

Data: 06/12/2018 Disponvel em: https://www.bemparana.com.br/noticia/tomate-e-batata-pressionam-e-cesta-basica-da-capital-sobe Em novembro de 2018, a Cesta Bsica de Curitiba calculada pelo Departamento Intersindical de Estatstica e Estudos socioeconmicos (Dieese) apresentou variao de 2,46%. Os produtos que mais pressionaram foram o tomate e a batata. Os mesmos itens j haviam sido os que mais fizeram a cesta subir em outubro, quando a alta foi de 4,91%. A cesta de Curitiba passou de R$ 406,42 para R$ 416,41. Deste modo, a capital paranaense teve o stimo maior valor entre as capitais pesquisadas. Em 12 meses (comparao de novembro de 2018 com novembro de 2017), a variao foi de 9,22% e no ano de 2018 (janeiro a novembro) acumula alta de 11,08%. No acumulado do ano, a cesta bsica de Curitiba apresenta uma variao de 11,06% sendo o sexto maior aumento entre as dezoito capitais que tiveram elevao de preos. Na comparao anual (mesmo ms do ano anterior), a cesta bsica de Curitiba teve alta de 9,22%, sendo a oitava maior alta entre as dezoito capitais que tiveram aumento. Dos 13 produtos pesquisados, sete registraram aumento em novembro de 2018 em relao a outubro de 2018: o tomate (24,24%), a batata (7,54%), o feijo preto (3,17%), o acar (1,87%), a farinha de trigo (1,54%), a carne (1,23%) e o leo de soja (0,77%). Por outro lado, seis itens tiveram reduo: a banana (-9,07%), o leite (-4,39%), o arroz (-1,57%), a manteiga (-1,04%), o po francs (-0,68%) e o caf (-0,47%).

20/2018

Portugal - Produo de batata dever cair 15% enquanto a do azeite

aumenta Data: 13/12/2018 Disponvel em: https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/agricultura-e-pescas/detalhe/producao-de-batata-devera-cair-15-enquanto-a-do-azeite-aumenta As condies climatricas e algumas doenas vo ditar desempenhos diferentes na produo agrcola. H menos batatas e mais azeite. O vinho, tal como j tinha sido revelado, dever registar a menor produo dos ltimos 20 anos.

A produo agrcola vai ter desempenhos distintos consoante os produtos, num ano marcado por um aumento do rendimento agrcola. Haver menos batata, e o preo dever subir na mesma proporo, mas mais azeite e uma quebra pronunciada da produo de vinho. A concluso geral aponta para que, "em 2018, a produo vegetal tenha aumentado 0,9% em valor" mas o volume ter diminudo 3,1%, revela o Instituto Nacional de Estatstica (INE). J os preos devero ter aumentado 4,1%. Destaque para a quebra de 15% do volume de produo da batata, "devido a doenas (nomeadamente mldio) e diminuio da rea originada pelo encharcamento dos solos", explica o INE. Este desempenho dever provocar um aumento de 14,7% dos preos no produto, acrescenta a mesma fonte.

20/2018

O vinho tambm dever registar uma queda aparatosa (20%), tal como j tinha sido revelado anteriormente. As previses apontam mesmo para "a menor produo de vinho em quantidade dos ltimos vinte anos", confirmando assim as previses divulgadas em Novembro. Do lado oposto est o azeite, cujo volume de produo dever crescer 8,7%. Apesar do maior volume, previsto um aumento de preos no produtor de 0,3%. O INE destaca ainda a produo do leite, que dever contar com um aumento de 1,3%, enquanto se prev que o preo cresa 3,4%.

Talher de plstico de batata substitui

os usados por fast-foods Data: 07/12/2018 Disponvel em: https://catracalivre.com.br/parceiros-catraca/as-melhores-solucoes-sustentaveis/talher-de-plastico-de-batata-substitui-os-usados-por-fast-foods/ O designer sueco Pontus Trnqvist inventou uma opo a garfos, colheres e facas tradicionais, com a vantagem de se decompor em at dois meses.

Crdito: Reproduo/James Dyson Award

O talher de plstico de batata ganhou um prmio de design

Ao vencedor as batatas, escreveu Machado de Assis em seu Memrias pstumas de Brs Cubas. Pois o designer sueco Pontus Trnqvist inverteu a ordem desse processo. Foi o tubrculo, na verdade,

20/2018

que o levou a ser premiado. E nada mais merecido. Afinal, ele criou um talher de plstico de batata, que se decompe em menos de dois meses. O mais inusitado dessa histria que esse ingrediente da receita surgiu meio que por acaso. Trnqvist conta que seu objetivo inicial era justamente combater a poluio ambiental causada pelos talheres de plstico utilizados em fastfoods. Enquanto, em mdia, seu perodo de uso de 20 minutos, o de sua durao na natureza chega a 450 anos. Assim, em seu projeto de concluso de curso, o designer passou a fazer experimentos com algas marinhas. Nos testes com elas, usava uma pasta feita de amido de batata e gua. Certa vez derramei acidentalmente um pouco desse fluido e percebi que ele havia secado formando um filme plstico, conta. Foi a deixa para abandonar as algas e focar na fcula de batata. E havia uma razo para isso: concentrar-se na produo local. Fazia todo o sentido: a produo de batata abundante na Sucia. E ela pode ser substituda por outros tipos de amido, como o de milho, no processo, de acordo com as caractersticas do cultivo agrcola do pas em que o talher for fabricado. Para aprimorar ainda mais seu invento, Trnqvist passou um tempo nas dependncias do Material Design Lab, em Copenhague, Dinamarca. Trata-se de um laboratrio propcio para o estudo de novos materiais. L, adicionei um ingrediente natural para tornar o plstico de batata ainda mais flexvel, afirma. Assim, posso fazer com ele outros produtos, como bolsas e sacolas. Com esse desenvolvimento e o seu talher de plstico de batata, Trnqvist ganhou o James Dyson Award, prmio voltado para inovaes de design do mundo todo.

A Batata na Identidade Data: 07/12/2018 Disponvel em: http://www.azoresdigital.com/colunistas/ver.php?id=3369

20/2018

Uma batata um tubrculo, com origem na cordilheira dos Andes. Cultivada, segundo os investigadores, h pelo menos 8 mil anos, foi um grande suporte alimentar do Imprio Inca. Espalhada pelo mundo inteiro pelos colonizadores europeus , actualmente, o quarto alimento mais consumido, do Mundo. Um texto acerca da ilha Terceira e dos Aores, inscrito num atlas de Ortelius, de 1604, refere que a gente come uma coisa a que chamam patata, isto em finais do sculo XVI. Ainda no consegui saber se seria doce ou da terra, pois sabe-se que j havia plantio de batata, em Inglaterra, em 1597, mas o certo que a patata j andava por c. Com a revoluo industrial a batata revelou-se um alimento fundamental para ultrapassar as crises cerealferas na Europa, adquirindo, definitivamente o peso que hoje tem. Enfim, o ano de 2008 foi celebrado como o Ano Internacional da Batata, pelas Naes Unidas. Trago todo este relambrio, aqui a estas pginas, porque se continua a insistir em usar batata de mistura com Alcatra! Ora a Alcatra, o clebre prato tpico da ilha Terceira, que agora se vai espalhando por algumas outras, gosto meu de partilhar, mas esperando que isso no signifique o desaparecimento da variada culinria, ligada poca e s festividades do Espirito Santo, no tem batata. Ponto! A Alcatra, como vrias vezes tenho tido oportunidade de conversar com o meu amigo Gro-mestre da respectiva Confraria, (ele fala da sua querida Alcatra, eu do meu querido Verdelho dos Aores e dos Biscoitos, e partilhamos alegrias e agruras) tem origem diferente, europeia do Sul, e no se consta que tenha sido acompanhada, alguma vez, com outra coisa que no po. Um po especial que, em boa verdade, fica a meio caminho entre a massa cevada e o po de gua e se chama po-de-leite. que a Alcatra no um prato qualquer. um prato identitrio, um prato comemorativo, de um momento especial na comunidade, a poca do Esprito Santo, uma das poucas ocasies em que podiam, ao menos uma vez por ano, meter o dente em carne e saborear po de trigo. Porque as alternativas, desde o po de milho, s castanhas, s favas, ao feijo, s batatas era disso que comiam o resto do tempo. Quando, sem terem culpa disso, turistas e pessoas menos informadas, pedem batata e salada, para acompanhar, custa muito, muitssimo mesmo, ver os nossos restaurantes a curvarem a espinha, solcitos, e a albardar a coitada vontade do cliente, sem, pelo menos, explicarem a razo pela qual, se querem Alcatra com batata, ento peam carne

20/2018

guisada ou assada, com todas as batatas que entenderem, e ficamos todo felizes. Experimentem ir a uma dessas outras terras e a fazer tropelias dessas com alguma comida especial que eles nos quiserem dar! Mandam-nos dar uma volta, explicam que ali assim e, com o maior sorriso do mundo estampado no rosto, esperam que a gente coma e goste. Aqui devia ser o mesmo! Porque a nossa identidade no uma batata! Post Scriptum: Batata tambm pode querer dizer mentira, na linguagem comum.

China envia sonda Lua para testar

plantao de batatas Data: 07/12/2018 Disponvel em: https://ionline.sapo.pt/637583

A misso pretende confirmar se as batatas e as plantas Arabidopsis thaliana crescem em ambien