Click here to load reader

5 - Administração de Redes - SAMBA

  • View
    66

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of 5 - Administração de Redes - SAMBA

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

Laboratrio de Administrao de Redes

SAMBA

Msc Dinailton J. da Silva

1

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

SAMBA: Objetivo: O Samba um "software servidor"para Linux que tem como funo principal o compartilhamento de arquivos e impressoras para redes formadas por computadores com o Windows.

O principal objetivo da equipe que desenvolveu o Samba que ele apresente todas as funcionalidades de um servidor Windows 200x ou uma estao Microsoft.Msc Dinailton J. da Silva

2

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

SAMBA: Histria:

O Samba uma criao de Andrew Tridgell. Tridgell precisava montar um espao em disco em seu PC para um servidor Unix. Esse PC rodava o sistema operacional DOS e, inicialmente, foi utilizado o sistema de arquivos NFS (Network File System) para o acesso. Porm, um aplicativo precisava de suporte ao protocolo NetBIOS (no suportado pelo NFS). A soluo encontrada por Tridgell no foi to simples: ele escreveu um sniffer que permitisse analisar o trfego de dados gerado pelo protocolo NetBIOS, fez engenharia reversa no protocolo SMB (Server Message Block) e o implementou no Unix. Isso fez com que o servidor Unix aparecesse como um servidor de arquivos Windows em seu PC com DOS.Msc Dinailton J. da Silva

3

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

SAMBA: Histria:Esse cdigo foi disponibilizado publicamentepor Tridgell em 1992. Porm, tempos depois, o projeto foi posto de lado at que um determinado dia Tridgell decidiu conectar o PC de sua esposa ao seu computador com Linux. Porm, no encontrou nenhum meio melhor que seu cdigo para fazer isso e assim o utilizou.

Msc Dinailton J. da Silva

4

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

SAMBA: Histria:Atravs de contatos feitos por e-mail, Tridgelldescobriu que as documentaes dos protocolos SMB e NetBIOS estavam atualizadas e assim voltou a dedicar-se ao projeto. Porm, uma empresa entrou em contato com ele reivindicando os direitos sobre o nome usado no software at ento. Diante disso, Andrew Tridgell teve a idia de procurar em um dicionrio uma palavra que tivesse as letras s, m e b (de SMB) e acabou encontrando o termo "samba". A partir da o projeto Samba cresceu e hoje Andrew Tridgell conta com uma excelente equipe de programadores e com milhares de usurios de sua soluo espalhados pelo mundo.Msc Dinailton J. da Silva

5

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

Domnio Windows:Um domnio um conjunto de computadores que reside na mesma sub-rede e pertence ao mesmo grupo de trabalho, e um deles atua como controlador de domnio. SAM (Security Account Manager Gerenciador de segurana de contas): um banco de dados que contm informaes sobre os usurios do domnio Windows e as suas respectivas senhas.

Msc Dinailton J. da Silva

6

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

Servidores e Clientes:O Samba um sistema cliente/servidor. O servidor composto de trs daemons smbd, nmbd e winbindd. smbd responsvel por compartilhar arquivos, diretrios, servios de impresso e autenticao de usurios para clientes windows. nmdb responsvel por responder a requisio do NetBIOS e utilizado pelos protocolos de navegao do ambiente de rede do Windows Winbindd resolve informaes de usurios e grupos de um servidor Windows e as torna compreensveis para sistemas Linux.

Msc Dinailton J. da Silva

7

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

PDC (Primary Domain Controller Controlador de Domnio Primrio): um computador que contm o banco de dados SAM utilizado para autenticar os usurios do domnio. O PDC atualiza o banco de dados SAM dos BDCs.

BDC (Backup Domain Controller Controlador de Domnio Reserva):Recebe o banco de dados SAM e suas atualizaes do PDC e autentica os usurios do domnio.

Msc Dinailton J. da Silva

8

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

Clientes:

O cliente Windows um computador que faz uso dos servios de um PDC ou BDC. O Samba pode atuar como cliente Windows.

Msc Dinailton J. da Silva

9

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

Browsing (navegao): Permite navegar pelos computadores que esto disponveis na sub-

rede e acessar seus recursos compartilhados. Local Master browser ( browse list - computador eleito para tal fim) Broadcast com informaes sobre si mesmo: Verso do protocolo utilizado SO Tempo em que o cliente est conectado na rede Nome do cliente

Msc Dinailton J. da Silva

10

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

WINS (Windows Internet Name Service Servio de Nomes Windows Internet): uma implementao Microsoft do servidor de nomes NetBIOS. Dinmico: na inicializao envia o nome, endereo e grupo de

trabalho

Msc Dinailton J. da Silva

11

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

Nveis de autenticao SAMBA: Share: Utilizado para autenticao de cada compartilhamento. User: Nvel de auttenticao de usurio. Necessrio possuir conta no

servidor Samba. Domain: Nvel de auttenticao de usurio. O samba possui uma conta de confiana de segurana de domnio

Msc Dinailton J. da Silva

12

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

O que o SAMBA capaz de fazer? Servidor de arquivo. Servidor de impresso Autenticao de usurios Windows PDC BDC de um PDC Samba Servidor membro de um ADS Servidor WINS Primrio Local Master Browser Domain Master Browser

Msc Dinailton J. da Silva

13

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

O que o SAMBA NO capaz de fazer? BDC de um PDC Windows Servidor WINS Secundrio Local Backup Browser

Msc Dinailton J. da Silva

14

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

Arquivos e diretrios do SAMBA:Arquivo/Diretrio /var/lib/samba /etc/samba/smb.conf /etc/samba/smbpasswd /etc/samba/smbusers Descrio Banco de dados do Samba Configurao do Samba Usurios do Samba e suas senhas criptografadas Lista de usurios Unix e seus correspondentes no Samba.

Msc Dinailton J. da Silva

15

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

Daemons e scripts de inicializao do SAMBA:Daemon Smbd Descrio Fornece servios de compartilhamento de arquivos, impressora, autenticao e bloqueio de recursos Entende e replica requisies de servios de nome NetBios. Faz o mapeamento de usurios e grupos do Windows em usurios e grupos do Linux Inicializa os daemons smbd e nmbd.

Nmbd Winbindd /etc/init.d/samba

/etc/init.d/winbind

Inicializa o daemon winbindd

Msc Dinailton J. da Silva

16

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

Comandos do SAMBA:Daemon Findsmb Net Nmblookup Pdbedit Smbtar Smbtatus Testparm Wbinfo Descrio Exibe informaes sobre os computadores da rede. Semelhante ao comando net do Windows e MSDOS. Traduz nomes NetBios para endereos IP Gerencia contas de usurios no banco SAM Faz backup de arquivos e diretrios em compartilhamentos Samba Exibe as conexes atuais para o servidor Samba Testa o arquivo de configurao do Samba Exibe inforames do daemon winbindd

Msc Dinailton J. da Silva

17

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

Arquivo de configuraoParmetro Workgroup Netbios name Server string Security Log file Smb passwd file Descrio Grupo de trabalho

(/etc/samba/smb.conf):

Nome netbios do computador Comentrio sobre o computador Tipo de acesso. Pode ser share, user, server, domain e ads Caminho do arquivo de log Caminho do arquivo de senhas criptografadas do Samba.

Msc Dinailton J. da Silva

18

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

Compartilhando um diretrio Linux com Windows:

Acesso leitura permitido a todos usurios /etc/samba/smb.conf [public] comment = Itens Pblicos /*Comentrio */ available = yes /*disponibiliza ou no o recurso */ browseable = yes /*permite ou no a visualizao */ path = /var/samba/share /*diretrio compartilhado */ # acesso de leitura permitido para todos. read only = yes /* somente leitura * public = yes /*no ser solicitado senha */ Crie o diretrio /var/samba/share (mkdir p) Altere as permisses do diretrio: # chmod 777 /var/samba/share

Msc Dinailton J. da Silva

19

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

Compartilhando um diretrio Linux com Windows:

Acesso leitura permitido a alguns usurios /etc/samba/smb.conf [public] comment = Itens Pblicos available = yes browseable = yes path = /var/samba/share # acesso de leitura negado, exceto para grupo users e o usuario dinailton. read only = yes write list = @users, dinailton Crie o diretrio /var/samba/share (mkdir p) Altere as permisses do diretrio: # chmod 777 /var/samba/shareMsc Dinailton J. da Silva

20

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

Compartilhando um diretrio Linux com Windows:

Acesso de gravao permitido a todos usurios /etc/samba/smb.conf [public] comment = Itens Pblicos available = yes browseable = yes path = /var/samba/share # acesso de gravao permitido a todos. writable = yes public = yes Crie o diretrio /var/samba/share (mkdir p) Altere as permisses do diretrio: # chmod 777 /var/samba/share

Msc Dinailton J. da Silva

21

LAB. ADMINISTRAO DE REDES

Compartilhando um diretrio Linux com Windows:

Acesso de gravao permitido a alguns usurios /etc/samba/smb.conf [public] comment = Itens Pblicos available = yes browseable = yes path = /var/samba/share # acesso de gravao negado, exceto writable = no Write list= @users, dinailton Crie o diretrio /var/samba/share (mkdir p) Altere as permisses do diretrio: # chmod 777 /var/samba/share

Msc Dinailton J. da Silva

22