5 dicas previdencia

  • View
    218

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of 5 dicas previdencia

  • 7/25/2019 5 dicas previdencia

    1/81

    1

  • 7/25/2019 5 dicas previdencia

    2/81

    Esta obra

    uma realizao

    RamosPrev um escritrio especializado em Assessoria Previdenciria etem por objetivo a concesso de benefcios no mbito da Previdncia Social(INSS), para pessoas fsicas cobertas pelo RGPS (Regime Geral de Previ-dncia Social) previsto na Constituio Federal, artigo 201, bem como naLei 8.213/91 e o Decreto Regulamentador 3.048/99.

    Realizamos pareceres, prestamos assessoria e contamos com profissio-nais da rea jurdica para atuar em aes na Justia Estadual e Federal,inerentes aos seguintes benefcios da Previdncia Social: Aposentadoriapor Tempo de Contribuio; Aposentadoria por Idade; Aposentadoria por

    Invalidez; Penso por Morte; Benefcio Assistencial ao Idoso (LOAS); Auxlio-Acidente; e Aposentadoria Especial.

    Prestamos tambm assessoria para pessoas fsicas e servidores titulares decargos efetivos da Unio, Estados e Municpios, vinculadas ao Regime Prpriode Previdncia constante no artigo 40 da Constituio Federal, apenas e tosomente para os benefcios de Aposentadoria por Tempo de Contribuio ePenso por Morte.

    Possumos uma estrutura gil e dinmica, pois contamos com profissio-nais especializados e capacitados de diversas reas estrategicamentelocalizados na Cidade de So Paulo.

    Estamos preparados para responder rapidamente s dvidas de nossosclientes, solucionando com eficincia os problemas a ns apresentados.

  • 7/25/2019 5 dicas previdencia

    3/81

    Sumrio

    Introduo

    Concluso

    05

    10

    53

    65

    71

    77

    28

    Dica 01Verificar os requisitos do

    benefcio a ser requerido

    Dica 03Agendar o protocolo dobenefcio no INSS

    Dica 05Como buscar uma assessoriapara ajudar a conceder o

    benefcio que foi negado pelo INSS

    Dica 02Separar e organizar

    os documentos

    Dica 04Acompanhar o processo

    administrativo no INSS

  • 7/25/2019 5 dicas previdencia

    4/81

  • 7/25/2019 5 dicas previdencia

    5/81

    Introduo

  • 7/25/2019 5 dicas previdencia

    6/81

    6

    Apresente obra nasceu de uma necessidade de escla-recer de forma simples mas ao mesmo tempo clara e obje-

    tiva os mecanismos e providncias para se obter o benefcio

    previdencirio de aposentadoria por tempo de contribuio,

    aposentadoria por idade, aposentadoria por invalidez, pen-

    so por morte, auxlio-doena e auxlio-acidente.

    Nestes dez anos de experincia na rea previdenciria cons-

    tatamos que as dvidas e dificuldades dos segurados so

    idnticas, quando o assunto reunir os documentos e pre-parar o protocolo do benefcio pretendido.

    A principal preocupao do segurado concluir com a maior brevi-

    dade possvel a concluso do requerimento do benefcio e respec-

    tivamente o resultado com a concesso do to desejado benefcio.

  • 7/25/2019 5 dicas previdencia

    7/81

    7

    Muitas vezes, o benefcio requerido indeferido pelo INSS

    porque o segurado no toma o cuidado de providenciar com

    pacincia toda a documentao necessria, assim como, porvezes, diversos documentos ou perodos trabalhados no

    so aceitos pelo INSS por falta de provas, documentos e for-

    mulrios adequados.

    Diante da dificuldade acima anunciada, achamos por bemescrever estas consideraes para conduzir o segurado a to-

    mar algumas providncias antes de requerer o benefcio.

    So inmeras providncias necessrias para preparar a

    concesso do benefcio pretendido, seja aposentadoria portempo, idade ou invalidez, seja penso por morte ou auxlio-

    doena.

    A presente obra objetiva conduzir o leitor a seguir as cinco

    dicas essenciais que o segurado do INSS deve seguir paraobter a concesso do benefcio previdencirio. A primeira

    dica trata dos requisitos dos principais benefcios previstos

    na Lei 8.213/1991, pois a primeira providncia a ser tomada

    a verificao dos requisitos do benefcio a ser requerido pelo

    segurado do INSS.

  • 7/25/2019 5 dicas previdencia

    8/81

    8

    A segunda dica de grande importncia, pois observamos

    quais os principais documentos necessrios para preparar orequerimento de benefcio junto ao INSS. Providenciar a do-

    cumentao necessria e correta muitas vezes evita o inde-

    ferimento do benefcio e a emisso de exigncias, gerando,

    consequentemente, maio celeridade na anlise do requeri-

    mento com a consequente concesso.

    Utilizamos a terceira dica para demonstrar como utilizar o

    portal na internet da Previdncia Social, passando pelo agen-

    damento do requerimento de benefcio e os procedimentos

    para protocolar o benefcio pessoalmente ou por intermdio

    de procurador.

    A quarta dica focamos no acompanhamento do protocolo

    do benefcio realizado, explicando o tempo necessrio para

    concluso da anlise do pedido de benefcio, bem como as

    providncias a serem tomadas quando da emisso de cartade exigncia pelo INSS e o acompanhamento do resultado do

    pedido na internet e no posto do INSS.

    Finalmente na quinta dica tratamos de informaes ineren-

    tes prestao de servios de terceiros para assessorar o

  • 7/25/2019 5 dicas previdencia

    9/81

    9

    segurado que teve o requerimento de benefcio negado pelo

    INSS. Neste item tambm abordamos os documentos que

    so necessrios para realizao de anlise e o procedimentoadministrativo e judicial para obteno do benefcio que foi

    negado pelo INSS.

  • 7/25/2019 5 dicas previdencia

    10/81

    10

    Dica01

    Verifi

    caro

    srequisi

    tosdo

    benefci

    oaserreq

    uerid

    o

  • 7/25/2019 5 dicas previdencia

    11/81

    11

    Aprimeira etapa para pensar em requerer um benefcio,seja ele qual for, fazer o levantamento dos requisitos exigi-

    dos na lei para a concesso.

    Em sntese, as principais normas que regulam a concesso

    de benefcios previdencirios esto inseridas nos seguintes

    textos legislativos:

    Cnsii Fdal, aig 201;

    Li 8.213/1991;

    Dc 3.048/99;

    Ins Naia INSS 45.

  • 7/25/2019 5 dicas previdencia

    12/81

    12

    Os benefcios previstos no Regime Geral de Previdncia So-

    cial - RGPS - esto quase que em sua totalidade regulamen-

    tados pelos textos normativos acima apresentados.

    Vamos abordar, de forma resumida, os requisitos legais dos

    seguintes benefcios: Aposentadoria por Tempo de Contri-

    buio; Aposentadoria por Idade; Aposentadoria por Invali-

    dez; Penso por Morte; Auxlio-Doena, Auxlio-Acidente eBenefcio Assistencial LOAS.

    Para simplificar os esclarecimentos, vamos demonstrar os

    requisitos necessrios de cada benefcio, tomando por base

    a seguinte sequncia: a) Previso legal; b) Requisitos; c) Ca-rncia; d) Salrio de benefcio; e) Renda mensal inicial.

  • 7/25/2019 5 dicas previdencia

    13/81

    13

    ApoSeNtADorIA por tempoDe CoNtrIbuIo/ServIo

    pis Lgal

    Constituio Federal, artigo 201, 7, I, estabelece que as-

    segurada aposentadoria no regime geral de previdncia so-

    cial, nos termos da lei, para o segurado homem que possuir35 anos de contribuio e para mulher que possuir 30 anos

    de contribuio.

    No caso de professores que se dedicam exclusivamente ao

    ensino infantil, fundamental e mdio, o tempo de contribui-o reduzido em 5 anos, sendo necessrio para o professor

    30 anos de contribuio e para professora 25 anos de contri-

    buio.

    O artigo 52 da Lei 8.213/1991, tambm trata da aposentado-ria por tempo de servio, e o Decreto 3.048/99, em seu artigo

    56, da mesma forma trata do benefcio de aposentadoria por

    tempo de contribuio.

  • 7/25/2019 5 dicas previdencia

    14/81

    14

    rqisis

    Mulher necessrio 30 anos de contribuio;

    Homem necessrio 35 anos de contribuio;

    Professor necessrio 30 anos de contribuio;

    Professora necessrio 25 anos de contribuio.

    Cancia

    Necessrio ter no mnimo 180 contribuies mensais para

    requerer o benefcio.

    Sali d bnfciO clculo do benefcio realizado com base na mdia arit-

    mtica simples dos maiores salrios de contribuio cor-

    respondentes a 80% do perodo contributivo compreendido

    entre julho/1994 at a data de requerimento do benefcio,

    multiplicada pelo fator previdencirio.

    rnda mnsal Inicial

    Para obter o valor da Renda Mensal Inicial, realizado o cal-

    culado do percentual de 100% sobre o valor apurado no Sa-

    lrio de Benefcio.

  • 7/25/2019 5 dicas previdencia

    15/81

    15

    ApoSeNtADorIA por IDADe

    pis Lgal

    Constituio Federal, artigo 201, 7, II, estabelece que as-

    segurada aposentadoria por idade, para o segurado homem

    que possuir 65 anos de idade, e para mulher que possuir 60anos de Idade.

    No caso de trabalhadores rurais, a idade necessria para ob-

    ter a aposentadoria reduzida em 5 anos, sendo necessrio

    para o trabalhador rural homem 60 anos de idade, e paramulher 55 anos de idade.

    O artigo 48 da Lei 8.213/1991, tambm trata da aposenta-

    doria por idade, e o Decreto 3.048/99, em seu artigo 51, da

    mesma forma trata do benefcio.

    rqisis

    Alm da idade mnima no item anterior tratado, necessrio

    possuir na data do requerimento do benefcio 180 meses de

  • 7/25/2019 5 dicas previdencia

    16/81

    16

    contribuio ou 15 anos. Assim, so necessrios dois requi-

    sitos, a idade e os 15 anos de contribuio.

    Cancia

    A regra geral da carncia para aposentadoria por idade so

    de 180 contribuies, porm, para quem se filiou ou com