85349, Lecture 2. - web.fe.up.pt tavares/ensino/CFAC/Downloads/Apontamentos/...‚ ‚ CFAC: Visual Basic: I - Introduƒ§ƒ£o ƒ  Programaƒ§ƒ£o e

  • View
    216

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of 85349, Lecture 2. - web.fe.up.pt tavares/ensino/CFAC/Downloads/Apontamentos/...‚ ‚...

  • Visual Basic

    I Introduo Programao e ao Visual Basic

    Joo Manuel R. S. Tavares

    CFAC Concepo e Fabrico Assistidos por Computador

  • @2009 - Joo Manuel R. S. Tavares CFAC: Visual Basic: I - Introduo Programao e ao Visual Basic 2

    Sumrio

    1. Ciclo de desenvolvimento de um programa;

    2. Descrio de algoritmos;

    3. Desenvolvimento modular de programas;

    4. Estruturas de controlo de um programa;

    5. Introduo ao Visual Basic: Controlos, Mtodos, Eventos, Ambiente de Programao.

  • @2009 - Joo Manuel R. S. Tavares CFAC: Visual Basic: I - Introduo Programao e ao Visual Basic 3

    Execuo de uma tarefa no computador

    Passos at escrever as instrues (codificao) para executar uma determinada tarefa:

    1 - Determinar qual deve ser a sada;2 - Identificar os dados, ou entrada, necessria para obter a

    sada;3 - Determinar como processar a entrada para obter a sada

    desejada.

    Entrada Processamento Sada

  • @2009 - Joo Manuel R. S. Tavares CFAC: Visual Basic: I - Introduo Programao e ao Visual Basic 4

    Execuo de uma tarefa no computador

    Exemplos de execuo de tarefas:

    1 - Um exemplo do dia a dia: fazer um bolo de maSada: bolo de maa;Entrada: ingredientes e respectivas quantidades;

    Os ingredientes e quantidades so determinados por aquilo que se quer fazer;

    Processamento: a receita indica como proceder.

    2 - Um problema de clculo: determinar o valor do selo de uma cartaSada: valor do selo;Entrada: peso da carta, escales de peso, custo/escalo;Processamento: o algoritmo indica como proceder.

  • @2009 - Joo Manuel R. S. Tavares CFAC: Visual Basic: I - Introduo Programao e ao Visual Basic 5

    Ciclo de desenvolvimento de um programa

    1. Analisar o problema;

    2. Planear a soluo;

    3. Escolher a interface;

    4. Codificar;

    5. Testar e corrigir erros;

    6. Completar a documentao.

  • @2009 - Joo Manuel R. S. Tavares CFAC: Visual Basic: I - Introduo Programao e ao Visual Basic 6

    1 - Analisar o problema

    Compreender o que o programa deve fazer, qual deve ser a sada;

    Ter uma ideia clara de que dados (entrada) so fornecidos;

    Perceber muito bem qual a relao entre a entrada e a sada desejada.

  • @2009 - Joo Manuel R. S. Tavares CFAC: Visual Basic: I - Introduo Programao e ao Visual Basic 7

    2 - Planear a soluoEncontrar uma sequncia lgica e precisa de passos para resolver o problema.

    Tal sequncia de passos chamada um algoritmo;O algoritmo deve incluir todos os passos, mesmo aqueles que parecem bvios;Existem vrios mtodos de especificar o algoritmo:diagramas de fluxo ou fluxogramas;pseudocdigo;diagramas top-down.

    O planeamento tambm envolve um teste manual do algoritmo, usando dados representativos.

  • @2009 - Joo Manuel R. S. Tavares CFAC: Visual Basic: I - Introduo Programao e ao Visual Basic 8

    3 - Escolher a interface

    Determinar como que a entrada ser obtida (dados de entrada) e como que a sada ser apresentada (resultados).

    Por exemplo, em Visual Basic:

    Criar objectos para receber a entrada e apresentar a sada;

    Criar botes de comando apropriados para que o utilizador possa controlar o programa (eventos).

  • @2009 - Joo Manuel R. S. Tavares CFAC: Visual Basic: I - Introduo Programao e ao Visual Basic 9

    4 - Codificar

    Traduzir o algoritmo para uma linguagem de programao (ex.: Visual Basic) obtendo-se assim o programa pretendido;

    Introduzir o programa no computador.

  • @2009 - Joo Manuel R. S. Tavares CFAC: Visual Basic: I - Introduo Programao e ao Visual Basic 10

    5 - Testar o programa e corrigir erros (debugging / depurao)

    Localizar e remover eventuais erros do programa:

    Os erros sintcticos resultam do facto de o utilizador no ter escrito o programa de acordo com as regras da gramtica da linguagem de programao utilizada; so detectados pelo compilador/interpretador da linguagem.O computador no executar nenhuma instruo sintacticamente incorrecta.

    Os erros semnticos resultam do facto de o programador no ter expressado correctamente, atravs da linguagem de programao, a sequncia de aces a ser executada.Estes erros tm de ser detectados pelo programador atravs de testes exaustivos com dados variados para os quais a sada perfeitamente conhecida.

  • @2009 - Joo Manuel R. S. Tavares CFAC: Visual Basic: I - Introduo Programao e ao Visual Basic 11

    6 - Completar a documentaoA documentao serve para que outra pessoa ou o prprio programador, mais tarde, entenda o programa.A documentao consiste em incluir comentrios no programa que especificam:

    o objectivo do programa;como usar o programa;a funo das variveis;a natureza dos dados guardados nos ficheiros;as tarefas executadas em certas partes do programa;

    Em programas comerciais, a documentao inclui, normalmente, um manual de instrues.Outros tipos de documentao: fluxograma, pseudocdigo, diagrama top-down.

  • @2009 - Joo Manuel R. S. Tavares CFAC: Visual Basic: I - Introduo Programao e ao Visual Basic 12

    Descrio de algoritmosDuas formas utilizadas:

    PseudocdigoDescreve a sequncia de passos usando uma linguagem parecida com a linguagem comum (Ingls, Portugus, ) mas usando frases com construes prximas das que so aceites por muitas linguagens de programao.

    Exemplos de construes:

    1 - Se condio ento fazer aces seno fazer aces

    2 - Repetir aces at que condio

    Fluxograma ou diagrama de fluxoDescreve graficamente a sequncia de passos a executar para resolver um determinado problema e como os passos esto interligados. constitudo por um conjunto de smbolos geomtricos ligados por setas.

  • @2009 - Joo Manuel R. S. Tavares CFAC: Visual Basic: I - Introduo Programao e ao Visual Basic 13

    Smbolos ANSI usados em fluxogramas

    Linha de fluxo - usado para ligar os outros smbolosindicando a sequncia de operaes

    Terminal - usado para representaro incio ou o fim de uma tarefa

    Entrada/Sada - usado para operaes de entrada/sadatais como ler ou imprimir(os dados a ler/escrever so indicados no interior)

    Processamento - usado para operaes de manipulaodos dados ou operaes aritmticas

    Deciso - usado para indicar operaes de teste;tem uma entrada e duas sadas correspondentes aoresultado do teste ser verdadeiro ou falso

  • @2009 - Joo Manuel R. S. Tavares CFAC: Visual Basic: I - Introduo Programao e ao Visual Basic 14

    Smbolos ANSI usados em fluxogramas

    Processo - usado para representar um grupo depr-definido operaes que constituem uma tarefa

    Conector - usado para ligar diferentes linhas de fluxo

    Conector para - usado para indicar que fora da pgina o fluxograma continua noutra pgina

    Comentrio - usado para fornecer informao adicionalacerca de outro smbolo do fluxograma

  • @2009 - Joo Manuel R. S. Tavares CFAC: Visual Basic: I - Introduo Programao e ao Visual Basic 15

    Exemplo - PseudocdigoPROBLEMA:Calcular as razes reais de uma equao do 2 grau.

    equao : Ax2+Bx+C = 0razes : x = (-B B2- 4AC ) / (2A)

    Pseudocdigo- Ler (A, B, C) ;- Calcular D = B2- 4*A*C ;- Se D >= 0 ento

    { Calcular R1 = (-B + D) / (2*A) ;Calcular R2 =( -B - D) / (2*A) ; Escrever ( R1, R2) ; }

    SenoEscrever (no tem razes reais) ;

    - Fim

  • @2009 - Joo Manuel R. S. Tavares CFAC: Visual Basic: I - Introduo Programao e ao Visual Basic 16

    Exemplo - FluxogramaIncio

    Fim

    Ler A, B, C

    D = B2-4*A*C

    D >= 0

    R1 = (-B+ D )/ (2*A)

    R2 = (-B- D) / (2*A)

    EscreverR1, R2

    Escreverno h razes reais

    SN

    Fluxograma

  • @2009 - Joo Manuel R. S. Tavares CFAC: Visual Basic: I - Introduo Programao e ao Visual Basic 17

    Descrio da estrutura de um programa A estrutura de um programa pode ser descrita atravs de um diagrama de estrutura, diagrama hierrquico ou diagrama top-downque descreve a organizao do programa, mas omite os pormenores das operaes;

    Ele descreve o que cada parte ou mdulo do programa faz e mostra como os diferentes mdulos esto relacionados entre si;

    O diagrama l-se do topo para baixo (top-down) e da esquerda para a direita;

    Cada mdulo pode estar dividido em submdulos e assim sucessivamente;

    Estes diagramas so teis no planeamento inicial do programa e ajudam a escrever programas bem estruturados.

  • @2009 - Joo Manuel R. S. Tavares CFAC: Visual Basic: I - Introduo Programao e ao Visual Basic 18

    Desenvolvimento modular de programas

    Mtodo usado para lidar com problemas de programao complexos;Comea-se por dividir a tarefa inicial em sub-tarefas algumas das quais podero ser de grande complexidade;Cada uma destas sub-tarefas , por sua vez, dividida em sub-tarefas mais simples e assim sucessivamente, at que todas as tarefas estejam descritas de forma suficientemente elementar para poderem ser facilmente codificadas na linguagem de programao escolhida; Vantagens do desenvolvimento modular:

    um mdulo pode ser facilmente reutilizado;facilita a deteco e correco de erros (analisando os sintomas de um erro mais fcil reduzir a causa desse erro a um determinado mdulo).

  • @2009 - Joo Manuel R. S. Tavares CFAC: Visual Basic: I - Introduo Programao e ao Visual Basic 19

    Exemplo - Diagrama top-downPROBLEMA:Calcular a rea de um tringulo, dadas as coordenadas dos vrtices, usando a frmula de Heron :

    AREA = S * (S-A) * (S-B) * (S-C)em que S = semipermetro = ( A + B + C ) / 2

    A, B e C = comprimentos dos lados

    Ler coord. dos vrtices(V1, V2, V3)

    Calcular a reaEscrever rea

    Calcular comprimentodos lados

    Calcular S Calcular REA(aplicar frmula)

Recommended

View more >