A Análise das Demonstrações Contábeis e sua Importância ...docs.· Estrutura das Demonstrações

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of A Análise das Demonstrações Contábeis e sua Importância ...docs.· Estrutura das...

  • Revista Eletrnica Gesto e Negcios Volume 1 n 1 - 2010

    1

    A Anlise das Demonstraes Contbeis e sua Importncia

    para Evidenciar a Situao Econmica e Financeira das Organizaes

    Alessandro Aristides de Oliveira

    1

    Andria Regina da Silva Solange Maria de Paula Zuccari

    Ricardo Pereira Rios 2

    Resumo Este artigo trata sobre a Anlise das Demonstraes Contbeis e Sua Importncia para Evidenciar a Situao Econmica e Financeira das Organizaes. Tem como objetivo estudar e descrever de que forma so efetuadas as Anlises das Demonstraes Contbeis. A anlise das demonstraes contbeis agrega valor s informaes e com isso, possibilita confrontar elementos patrimoniais, indicando fatos ocorridos, determinando a situao atual e permitindo uma viso das tendncias futuras, por isso sua importncia nas organizaes.

    Palavras-chave: Demonstraes contbeis, ndices econmicos e financeiros, importncia da anlise.

    1. Os Usurios da Informao Contbil

    Sob a tica contbil, usurios so as pessoas fsicas, jurdicas, rgos

    governamentais e demais entidades, que utilizam a Contabilidade para obter

    informaes, se interessam pela situao da empresa e buscam nos instrumentos

    contbeis suas respostas.

    Os usurios das informaes contbeis podem ser subdivididos em dois

    grupos distintos: usurios internos e usurios externos.

    1 Alunos de Contabilidade da Faculdade de Administrao e Cincias Contbeis de So Roque, FAC.

    2 Graduado em Cincias Contbeis pela Faculdade de Administrao e Cincias Contbeis de So

    Roque; Ps-graduado em Gesto Empresarial pela Universidade Nove de Julho Uninove; Mestrando em Cincias Contbeis pela Pontifcia Universidade Catlica de So Paulo Puc/SP; Professor titular da Faculdade de Administrao e Cincias Contbeis de So Roque - Fac So Roque; Scio das Empresas : Sorios Solues Empresariais Ltda, Infoque Informatica Prod. Serv. Ltda e Ras Reviri Empresa de Contabilidade e Computao Ltda.

  • Revista Eletrnica Gesto e Negcios Volume 1 n 1 - 2010

    2

    A informao contbil deve ser revestida de qualidade sendo objetiva, clara,

    concisa, permitindo que o usurio possa avaliar a situao econmica e financeira

    da organizao, bem como fazer inferncias sobre a tendncia futura, de forma a

    atender sempre os prprios objetivos da entidade empresarial.

    O usurio interno, alm das informaes contidas nas demonstraes

    contbeis divulgadas pela entidade, tambm tem acesso a dados histricos mais

    precisos e a informaes internas e, portanto, est numa posio privilegiada em

    relao ao analista externo. So todas as pessoas ou grupos de pessoas

    relacionadas com a empresa e que tm facilidade de acesso s informaes

    contbeis, como: gestores, empregados, scios, entre outros. Sob o ponto de vista

    do usurio interno, quanto mais a anlise se detiver na constatao do passado e do

    presente, mais acrescer e avolumar a sua importncia como instrumento de

    avaliao de performance da entidade.

    O usurio externo aquele que ir trabalhar com as demonstraes contbeis

    tradicionais divulgadas pela entidade. Muitas vezes, alm das demonstraes

    contbeis, so solicitadas informaes adicionais que facilitam o relacionamento do

    usurio com a entidade analisada e tambm uma melhor compreenso das

    operaes. So todas as pessoas ou grupos de pessoas sem facilidade de acesso

    direto s informaes, mas que as recebem de publicaes das demonstraes pela

    entidade, tais como acionistas, credores, entidades governamentais, entidades

    sindicais, entre outros. Sob o ponto de vista do usurio externo, quanto mais as

    demonstraes contbeis se referirem explorao de tendncias futuras, maior

    ser a sua utilizao.

    2. Estrutura das Demonstraes Contbeis

    O Comit de Pronunciamentos Contbeis define o objetivo das

    demonstraes contbeis como segue:

    O objetivo das demonstraes contbeis fornecer informaes sobre a posio patrimonial e financeira, o desempenho e as mudanas na posio financeira da entidade, que sejam teis a um grande nmero de usurios em suas avaliaes e tomadas de deciso econmica. (ESTRUTURA CONCEITUAL CPC 00, 2008, p.7)

  • Revista Eletrnica Gesto e Negcios Volume 1 n 1 - 2010

    3

    Demonstraes contbeis preparadas segundo a Estrutura Conceitual

    objetivam fornecer informaes que sejam teis na tomada de decises e avaliaes

    por parte dos usurios em geral.

    As demonstraes contbeis so parte integrante das informaes financeiras

    divulgadas por uma entidade. O conjunto completo de demonstraes contbeis

    inclui, normalmente, o balano patrimonial, a demonstrao do resultado do

    exerccio, demonstrao do valor adicionado, demonstrao dos fluxos de caixa,

    demonstrao das mutaes do patrimnio lquido, notas explicativas e outras

    demonstraes e material explicativo que so parte integrante das demonstraes

    contbeis.

    3. Introduo a Anlise das Demonstraes Contbeis

    A anlise das demonstraes contbeis, amplamente aceita no meio

    acadmico e empresarial, dividida em duas categorias distintas:

    Anlise Financeira, que possibilita a interpretao da sade financeira da

    empresa, seu grau de liquidez e capacidade se solvncia.

    Anlise Econmica, que possibilita a interpretao das variaes do

    patrimnio e da riqueza gerada por sua movimentao.

    Tanto a anlise financeira quanto a econmica so elaboradas e avaliadas

    sob vrios pontos de vistas distintos, conforme a necessidade e amplitude de cada

    usurio.

    3.1. Analise horizontal e vertical

    A finalidade principal da anlise horizontal apontar a variao de itens das

    Demonstraes Contbeis atravs de perodos, a fim de caracterizar tendncias.

    Trata-se de discernir o ritmo de crescimento dos vrios itens. A anlise horizontal

    tambm conhecida como anlise de tendncia ou anlise de evoluo.

    Este tipo de anlise importante para avaliar a estrutura de composio de

    itens e sua evoluo no tempo.

    A anlise vertical tambm conhecida por anlise de estrutura. Sua tcnica

    bastante simples, pois consiste em dividir todos os elementos do ativo pelo valor do

    total desse mesmo ativo e todos os valores do passivo pelo total desse passivo,

  • Revista Eletrnica Gesto e Negcios Volume 1 n 1 - 2010

    4

    obtendo-se assim, o percentual que cada elemento representa do todo. Na

    demonstrao de resultados, o elemento que ser o divisor dos demais itens a

    receita lquida, e os percentuais vo indicar o quanto cada elemento do resultado

    representa em relao a essa receita lquida. Justamente por possuir essa

    capacidade de mostrar o quanto cada elemento representa do todo que a anlise

    vertical chamada de anlise estrutural. Este tipo de anlise importante para

    avaliar a estrutura de composio de itens e sua evoluo no tempo.

    O exemplo da anlise vertical, ela possui uma sistemtica de clculo bastante

    simples, uma vez que consiste em fixar um perodo contbil como 100% e dividir os

    itens patrimoniais e de resultado dos demais perodos por esse perodo-base.

    3.2. Anlise por ndices

    A anlise das demonstraes contbeis por ndices consiste na confrontao

    entre os diversos grupos ou contas patrimoniais e de resultado de forma que se

    estabelea uma relao lgica que possibilite a mensurao da situao econmica

    e financeira da empresa.

    Para a obteno de ndices confiveis, so necessrias algumas precaues

    que levem em conta a qualidade e a padronizao dos mtodos utilizados para a

    elaborao das demonstraes contbeis que podem envolver at a necessidade de

    reclassificao de alguns itens.

    Ressalta-se que o ndice obtido no a anlise em si. Esta se dar a partir da

    obteno de um conjunto de ndices suficientes para se fazer juzo da demonstrao

    analisada.

    Os ndices so divididos em Financeiros e Econmicos.

    Os ndices Financeiros so aqueles que evidenciam a situao financeira da

    empresa e esto subdivididos em:

    a) ndices de Liquidez: tm como objetivo apurar a capacidade de a

    empresa saldar suas obrigaes com terceiros, ou seja, pagar seus passivos. Esto

    subdivididos em:

    * ndice de Liquidez Imediata

    Este ndice representa o valor de quanto se dispe imediatamente para saldar

    as dvidas de curto prazo.

  • Revista Eletrnica Gesto e Negcios Volume 1 n 1 - 2010

    5

    Tambm pode ser chamado de ndice de liquidez absoluta ou instantnea.

    ainda mais restritivo do que o ndice de liquidez seca, pois confronta apenas as

    disponibilidades (Caixa, Bancos e Aplicaes Financeiras de resgate imediato) com

    o total do passivo circulante.

    * ndice de Liquidez Corrente

    Este ndice relaciona quantos reais dispem-se, imediatamente e conversveis

    em curto prazo em dinheiro, com relao s dvidas de curto prazo.

    De acordo com Carleto e Souza (s/d, p.86) Leva em considerao apenas os

    ativos e passivos de curto prazo (circulante) e estabelece a capacidade de

    pagamento no perodo de um ano, sendo portanto mais preciso que o ndice de

    liquidez geral.

    * ndice de Liquidez Seca

    Esta