A BICO DE PENA

  • View
    2.881

  • Download
    4

Embed Size (px)

Text of A BICO DE PENA

Ttulo original da obra: As se dibuja a la pluma Jos M. Parramn Vilasal

Traduo de Jos Stefanino Vega. Capa realizada pelo artista Mariano Fortuny, Sirven, Gran Va, 754 - Barcelona Depsito Legal: B-26.681-87 ISBN: 84.342.0095-3

NDICE

CARACTERSTICAS GERAIS DO DESENHO A BICO DE PENA Tcnicas e estilos do desenho a bico de pena Estilo linear Estilo sombreado artstico Bicos de pena com tramas mecnicas Bicos de pena para desenhos de histrias em quadrinhos Bicos de pena por massas ou chapados O DESENHO A BICO DE PENA NA PRTICA Grisados e degradaes desenhando a bico de pena Desenho a pincel e tinta nanquim, estilo linear Desenho a pincel e tinta nanquim, estilo por massas Desenho a bico de cana Grisados e degradaes mecnicas Desenho a bico de pena, estilo Chapado Desenho a bico de pena, estilo ingls

CARACTERSTICAS GERAIS DO DESENHO A BICO DE PENA Entendemos por desenho a bico de pena, de modo geral, qualquer obra desenhada com um negro absoluto sobre uma superfcie branca, ou seja, um desenho no qual no existem meios-tons, cinzas, degradaes, ou tons intermedirios entre o branco e o negro. O meio mais representativo de um desenho a bico de pena a tinta nanquim preta. Como o nome indica, a tinta nanquim procedia antigamente da China, onde era fabricada em barras ou cubinhos slidos que para serem usados eram dissolvidos em gua. Atualmente a tinta nanquim um composto lquido de negro de fumo em suspenso coloidal, isto , desagregado em partculas extremamente pequenas. A tinta nanquim fornece um negro intenso e indelvel (que no pode ser apagado), cobre bem e ao mesmo tempo fluida, permitindo o desenho de traos finssimos. Diluda em gua destilada ou gua fervida, permite obter uma extensa gama de grises (cinzentos) de excelente tom e finura. Existem no mercado diversas marcas de tinta nanquim, destacando-se a marca Pelikan da empresa Gunther Wagner, de boa aceitao e usada, em geral, por todos os profissionais do desenho a bico de pena. A tinta Pelikan fornecida em vidros de diferentes capacidades, sendo aconselhvel a aquisio dos maiores quando existe uma continuidade de trabalhos deste tipo. Como substituto da tinta nanquim e para a obteno de determinadas feituras ou estilos, cabe tambm o uso da tinta tmpera ou guache negro. Por analogia, podemos tambm incluir, dentro das tcnicas e processos do desenho a bico de pena, as obras realizadas com esferogrfica negra e ainda com caneta-tinteiro carregada com tinta preta ou azul-preta. Cabe citar tambm, o uso de processos especiais, como a colagem de tramas, o desenho mediante Craftint, a reduo por meios qumico-fotogrficos, etc., capazes de proporcionar tambm obras artsticas ou publicitrias que por suas caractersticas e resoluo em preto-e-branco, so consideradas e includas dentro do termo geral desenho a bico de pena . O utenslio caracterstico para realizar um desenho a bico de pena, a pena de desenho, conhecida como tal pelo seu pequeno tamanho e a sua ponta flexvel e afiada, capaz de desenhar traos muito grossos ou muito finos, conforme a necessidade. Entre as marcas mais conheci das de penas para desenho destacam-se a Guillot, a Soenecken e a Perry, esta ltima fabricada na Inglaterra. Naturalmente a pena de desenho colocada num cabo ou haste, de tamanho comum ou um pouco menor que o comum. Outro utenslio usado para a realizao de um desenho a bico de pena de grande aceitao iuiltimamente, especialmente no campo da ilustrao criadora o pincel. Empregam-se pincis de plo de marta ou de plo de mangusto dos nmeros 2, 4 ou 6. A diferena essencial entre um pincel de plo de marta e um de mangusto reside na cor e na resistncia do plo. O de marta de cor siena ou bege claro e de textura suave; o de mangusto cinzento e mais resistente. Ambos so de excelente qualidade. Pessoalmente sempre usei os de mangusto por ser mais agradvel a meu ver essa ligeira resistncia ou dureza do plo.

Para a realizao de desenhos a bico de pena destinados ao campo da publicidade, em determinados casos usa-se tinta tmpera de cor branca, destinada ao retoque de pequenos defeitos, afinado de linhas e contornos e ao desenho de pequenas formas ou de rotulao sobre fundo negro. A tinta tmpera est constituda basicamente por terras muito refinadas, misturadas com substncias lquidas que permitem a sua aderncia a qualquer tipo de superfcie. Dilui-se em gua comum, trabalhando-se algo espessa; muito fluida e cobre bem. Na praa podem ser encontradas diversas marcas nacionais e estrangeiras. Outrossim, para os trabalhos de tipo publicitrio ou de arte comercial, o desenho a bico de pena exige em muitos casos o uso de rgua e esquadros, tira-linhas e compasso de mola. No descrevemos estes utenslios por serem por demais conhecidos, mencionando unicamente que o compasso de mola no outra coisa que um compasso de preciso de pequenas dimenses, prprio para desenhar pequenos crculos ou semicrculos. Um desenho a bico de pena pode ser realizado tambm com um simples pedao de cana preparado para esse fim, recebendo ento o nome de desenho a bico de cana. A cana, que faz s vezes de pena, obtm-se simplesmente de uma cana comum, como as de cabo de vassoura, cortando um pedao ou astilha de uns 15 centmetros de longitude e dando a um dos extremos a forma de uma pena, com o auxlio de uma faca ou canivete. Para que este extremo terminado em ponta retenha melhor a tinta nanquim, conveniente fazer um corte ou inciso tal qual o que apresentam as penas metlicas comuns. _________________________________________________________________________

Eis um sistema bem simples para assegurar a estabilidade do vidro de tinta nanquim. Consiste em recortar um quadrado de papelo grosso, desenhando a continuao no centro um outro quadrado cuja medida corresponda base do vidro. Depois desenha-se dentro deste ltimo quadrado duas diagonais e cortam-se de forma que dobrando os quatro tringulos resultantes para fora e introduzindo o vidro pela parte inferior, fica ele seguro, tendo por base o quadrado de papelo que impede que o tinteiro vire. _________________________________________________________________________ Existe, por ltimo, a modalidade de desenho chamada imitao da xilogravura, que consiste em pintar de negro, com tinta nanquim, a superfcie de um papel especialmente preparado, desenhando ento com uma lanceta de forma idntica s usadas para vacinar, raspando com essa lanceta e obtendo com ela traos ou manchas brancas sobre fundo negro, ou seja, desenhando em negativo, tal como se faz quando se confecciona uma gravura sobre madeira. O papel tipo Canson de pouco gro (preferivelmente Canson legtimo), o papel Marca Mayor e a cartolina Bristol de boa qualidade, so as superfcies mais apropriadas para realizar desenhos a bico de pena. A preferncia entre um papel mais ou menos liso, ou com gro mais ou menos perceptvel, depender em ltimo caso, da tcnica empregada e dos efeitos que o artista quiser conseguir. Para desenhar com a pena necessrio um papel de muito boa qualidade, muito bem engomado e acetinado, que no levante pelinhos ao passar e repassar com a pena. Para desenhar com pincel pode-se trabalhar indistintamente com um destes papis ou com um papel mais granulado se quiserem conseguir efeitos de traos inacabados maneira de passadas superficiais sobre a superfcie granulada. A tcnica do desenho a bico de cana poder exigir tambm um papel granulado para obter efeitos semelhantes. O desenho imitao de xilogravura exige imprescindivelmente um papel especial, espcie de cartolina couch, por uma s face, na qual o fabricante depositou uma grossa camada de talco ou kaolim e barita, formando uma espcie de gesso slido sobre o qual possvel pintar de negro e raspar ou fender depois com a lanceta j mencionada, fazendo reaparecer o branco da citada composio qumica. Dentro das limitaes impostas pelo meio, ou seja, pensando que s possvel desenhar com negros francos e absolutos, o desenho a bico de pena oferece um campo extraordinrio de possibilidades, tanto na realizao e criao de tcnicas e estilos, como na sua aplicao a temas artsticos, ilustrativos, comerciais ou publicitrios. No campo artstico, pode-se dizer que no existe um pintor que no tenha alguma vez desenhado a bico de pena, umas vezes desenhando figura, outras vezes paisagem, em ocasies desenhando um esboo genial, outras um estudo preliminar no qual o artista demonstra o seu profundo conhecimento da forma. Lembrando apenas uns poucos destes artistas, podemos citar a Miguel Angelo, Leonardo de Vinci, Rafael, Botticelli... Fortuny, Corot, Rodin, Maliol, Van Gogh, Gimeno, Nonell, Dali, Picasso, etc. No campo da ilustrao criativa o desenho a bico de pena constitui o principal meio de expresso, pela sua facilidade e economia de reproduo e impresso, sendo aplicado em ilustraes para livros, romances, contos, muito especialmente em revistas infantis ou gibis (os comics como so chamados na Amrica), dos quais s no Brasil editam-se mensal mente centenas de colees diferentes. Passando ao terreno da Arte Comercial e Publicitria, o desenho a bico de pena representa, sem dvida, um dos meios mais utilizados para a posterior reproduo de

anncios na imprensa, em revistas, folhetos, embalagens, catlogos e inclusive cartazes. Pode-se afirmar a respeito que no possvel trabalhar neste campo sem ter um amplo e perfeito conhecimento das tcnicas e estilos a empregar para a resoluo de um desenho a bico de pena. _________________________________________________________________________ Os trs grandes da Renascena, Rafael Sanzio, Michelangelo Buonarroti e Leonardo da Vinci, praticaram como todos os artistas clebres, o desenho a bico de pena. Nestas gravuras vemos:

uma Madona, de Rafael;

Davi, de Michelangelo

e um projeto para uma esttua equestre, de Leonardo da Vinci.

_________________________________________________________________________

Podemos dizer que todos os artistas modernos desenharam uma ou outra vez paisagens a bico de pena. Vince