A Circulação Atmosférica

  • View
    465

  • Download
    2

Embed Size (px)

Transcript

A Circulao Atmosfrica

Climatologia II Prof. Dr. Jodir Pereira da Silva

Escala dos Movimentos Atmosfricos

Movimentos atmosfricos: soma de dois componentes principais: Movimento em relao superfcie da Terra (vento); Movimento da Terra (atmosfera + hidrosfera + litosfera) em torno de seu eixo.

Escala dos Movimentos Atmosfricos

Dimenses do movimento em relao superfcie: Horizontal; Vertical.

Causas dos movimentos: Balano da radiao; Diferenas de umidade; Momentum (inrcia mede acelerao ou desacelerao):

Entre baixas e altas latitudes; Entre superfcie terrestre e atmosfera.

Topografia; Distribuio de continentes e massas dgua; Correntes ocenicas.

Classificao da circulao

Circulaes:

Primria: circulao geral da atmosfera, em larga escala (globais) de vento e presso (anual ou sazonal) determina o clima do mundo; Secundria: sistemas de durao relativamente breve e movem-se rapidamente, como depresses, anticiclones em latitudes mdias e perturbaes tropicais; Terciria: sistemas locais, como brisas terrestres e martimas, ondas de sotavento, ventos catabticos e anabticos. So controlados por fatores locais, tm durao mais curta dentre os trs.

Leis do movimento horizontal

Fatores que controlam o movimento prximo superfcie: Fora do gradiente de presso; Fora Coriolis; Acelerao centrpeta; Fora de frico.

Leis do movimento horizontal

Fatores que controlam o movimento prximo superfcie: Fora do gradiente de presso: p: densidade do ar dp/dn: gradiente de presso horizontal Menor espaamento de isbaras:

Maior o gradiente de presso; Maior a velocidade do vento.

Leis do movimento horizontal

Fatores que controlam o movimento prximo superfcie: Fora Coriolis: -2w V sen, onde: w: velocidade angular de rotao da Terra em torno de seu eixo (15 por hora ou 7,29 x 10-5 rad/s); V: velocidade da massa; : latitude. *OBS.: sen 0 = 0 e sen 90 = 1, portanto: A Fora de Coriolis mxima nos plos e mnima no Equador. Sentido horrio (HN) ou anti-horrio (HS).

Leis do movimento horizontal

Fatores que controlam o movimento prximo superfcie: Acelerao centrpeta: m: massa em movimento; V: velocidade da referida massa; r: raio da curvatura.

Leis do movimento horizontal

Fatores que controlam o movimento prximo superfcie: Fora de frico. *OBS.: Obstculos que a superfcie da Terra oferece ao ar. Atua contra o vento e reduz sua velocidade, causando diminuio da influncia da Fora Coriolis (depende da velocidade) Vento Geostrfico

Velocidade do Vg inversamente proporcional latitude. Em baixas latitudes o Vg aproxima-se muito do observado na atmosfera livre

Leis do movimento horizontal

Fatores que controlam o movimento prximo superfcie: Fora de frico. Valores maiores a at 5001000m de altitude. O vento sopra atravs das isbaras na direo do gradiente de presso. O ngulo do vento aumenta com efeito de frico (1020 no mar e 25-35 no continente)

Leis do movimento horizontal

Fatores que controlam o movimento prximo superfcie: Fora de frico. Valores maiores a at 500-1000m de altitude.

Leis do movimento horizontal

Padres de fluxo do ar derivam do equilbrio de foras: HN: Sistemas de baixa presso:Fluxo equilibrado mantido em trajetria curva (fora excessiva do gradiente de presso sobre Fora de Coriolis), dando acelerao centrpeta lquida (vento de gradiente)

Leis do movimento horizontal

Padres de fluxo do ar derivam do equilbrio de foras: HN: Sistemas de alta presso:Acelerao para o centro (Fora Coriolis maior de Fora do gradiente de presso). Velocidade do vento na baixa presso subgeostrfica e na alta presso supergeostrfica (vento sopra atravs das isbaras, diminuindo suas velocidades).

Movimentos Verticais em Larga Escala

Movimentos Verticais em Larga Escala

Influncia: Fatores dinmicos; Em ventos geostrficos no h mudanas em movimentos verticais em larga escala; Topografia.

Momento angular:

Aspectos Gerais de Circulao Atmosfrica

Mximo no Equador e mnimo nos plos. Pela conservao do movimento angular, portanto um volume de ar indo em direo ao plo adquire maiores velocidades a leste.

Latitudes: Baixas: ventos alseos; Altas: ventos de oeste.

Modelos de Circulao Geral da Atmosfera

Modelos de Circulao Geral da Atmosfera

Modelos de Circulao Geral da Atmosfera

Modelos de Circulao Geral da Atmosfera

Modelos de Circulao Geral da Atmosfera

Fluxo Zonal para Padro Meridional

Variaes Sazonais de Circulao Atmosfrica

No vero: Continentes: baixa presso; Oceanos: alta presso (relativamente frios).

No inverno: oposto Inverso sazonal do vento Mones.

Variaes Diurnas na Circulao Atmosfrica

Ventos diurnos: Brisas:

Terrestres; Martimas. Montanha (catabticos); Vale (anabticos).

De Altitude:

Circulao de Mono Africana

Variaes Diurnas na Circulao Atmosfrica

Continentes: aquecimento mais rpido; Oceanos ou grandes corpos dgua: aquecimento mais lento e menor perda de calor

Variaes Diurnas na Circulao Atmosfrica

Ventos diurnos: De Altitude:

Montanha (catabticos) vertentes mais expostas a aquecimento; Vale (anabticos) vertentes menos expostas.