A MEDICINA TRADICIONAL CHINESA NA FORMAÇÃO DO .A MTC consolida-se como disciplina formal do curso

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of A MEDICINA TRADICIONAL CHINESA NA FORMAÇÃO DO .A MTC consolida-se como disciplina formal do curso

  • A MEDICINA TRADICIONAL CHINESA NA FORMAO DO PROFISSIONAL

    NATURLOGO

    Monografia apresentada ao Centro Integrado

    de Estudos e Pesquisas do Homem como

    requisito parcial para obteno do grau de

    Especialista em Acupuntura.

    Florianpolis, agosto de 2010

  • CENTRO INTEGRADO DE ESTUDOS E PESQUISAS DO HOMEM

    PS-GRADUAO PROFISSIONAL EM ACUPUNTURA

    A MEDICINA TRADICIONAL CHINESA NA FORMAO DO PROFISSIONAL

    NATURLOGO

    Elaborado por

    LETCIA LENZI

    COMISSO EXAMINADORA:

    _______________________________ Profa. Ms. Lusa Regina Pericolo Erwig

    Orientador / Presidente de Banca

    _______________________________ Prof. Marcelo Fabin Oliva

    Membro de Banca

    _______________________________ Profa. Analyce Claudino dos Santos

    Membro de Banca

    Florianpolis, agosto de 2010

  • RESUMO

    Ttulo: A Medicina Tradicional Chinesa na formao do profissional Naturlogo Autor: LENZI, Letcia Orientador: Profa. Ms. Lusa Regina Pericolo Erwig Esta pesquisa tem por objetivo analisar os paralelos entre os pressupostos epistemolgicos e metodolgicos da naturologia e da medicina tradicional chinesa, permitindo compreender o campo de atuao deste profissional e a relevncia dos estudos da tradio mdica chinesa na sua formao. O naturlogo trabalha de forma complementar, utilizando recursos e prticas naturais para a manipulao constante da sade dando nfase na escuta acolhedora, no desenvolvimento do vnculo teraputico e na integrao do ser humano com o meio ambiente e a sociedade. A MTC consolida-se como disciplina formal do curso de naturologia. Entretanto, a necessidade de aprofundamento neste conhecimento para saber utiliz-los como fundamento para a aplicao das prticas naturais, levam os naturlogos a ingressarem principalmente em cursos de especializao em acupuntura e massoterapia chinesa. Ao lado da Medicina Ayurvdica e da Medicina Xamnica, a MTC assim um dos pilares da naturologia, preconizando um olhar holstico, a educao em sade e a atuao focada no campo energtico para a promoo da sade e da qualidade de vida dos seres humanos. Palavras-chave: Naturologia, Medicina Tradicional Chinesa, Prticas Naturais.

  • ABSTRACT

    Title: The Traditional Chinese Medicine in the Natural Therapist career. Author: LENZI, Letcia Supervisor: Profa. Ms. Lusa Regina Pericolo Erwig

    This research aims to examine the parallels between the epistemological and methodological assumptions of Naturology and TCM, enabling to understand the relevance of the studies of the Chinese medical tradition for the career of the natural therapist. The Natural therapist works in a complementary way, using natural resources and practices for handling constant health with emphasis on listening, welcoming, in developing the therapeutic relationship and the integration of humans with the environment and society. TCM is consolidated as a formal discipline in the Naturology major course. However, the need to deepen this knowledge to learn to use them as grounds for the application of natural practices, have led the therapists to join in specialized courses of acupuncture and Chinese massage therapy. Beside of Ayurvedic Medicine and Shamanic Medicine, TCM is thus one of the pillars of Naturology, through the holistic look, health education and the therapeutic action focused on the energy field to promote health and quality of life for human beings.

    Key-words: Naturology, Tradicional Chinese Medicine, Natural Therapies.

  • LISTA DE ILUSTRAES

    Ilustrao 01 Ideograma do Qi................................................................................21

    Ilustrao 02 A pirmide biolgica...........................................................................22

  • SUMRIO

    1 INTRODUO .............................................................................................. 1

    1.1 Objetivo geral ......................................................................................... 3

    1.2 Objetivos especficos .............................................................................. 3

    1.3 Metodologia ........................................................................................... 3

    2 A NATUROLOGIA APLICADA ....................................................................... 3

    2.1 Naturologia como conhecimento Transdisciplinar...................................... 9

    2.2 O profissional naturlogo na rea da sade ............................................ 11

    3 A MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E A NATUROLOGIA ........................ 13

    3.1 Bases epistemolgicas da MTC e a Naturologia ..................................... 14

    3.2 MTC e a Naturologia como prtica do Cuidado. ...................................... 17

    4 FUNDAMENTOS DA BIOENERGTICA E AS PRTICAS NATURAIS ........... 21

    5 CONCLUSO ............................................................................................. 25

    6 REFERENCIAS BILBIOGRFICAS .............................................................. 26

  • Dedico este trabalho aos meus queridos pais, Liliane e Alceu Lenzi, pelo suporte e amor incondicional.

  • AGRADECIMENTOS

    Agradeo aos meus amigos por tornarem minha vida mais feliz, por redobrarem

    minhas alegrias, cortarem os males pela metade, pelo consolo, pelo alento, pelas

    risadas. Agradeo aos meus amigos por me fazerem sentir a vida leve, por fazerem

    senti-la por inteiro, por permitirem Ser quem realmente eu Sou. Muito obrigada.

  • Se todos ns, todos os europeus, ocidentais, modernos, no seguimos a natureza, talvez o outro, o estrangeiro, o no europeu, o oriental, nos oriente. Mas com isso, tudo que logramos no perceber que junto de ns h vrios caminhos distintos de cincia, talvez mais rigorosos, aos quais, em funo de um tabu, no nos atentamos. Em que medida eu poderia naturalmente seguir o rumo da minha existncia sem com isso cruzar o caminho dos outros? Com que poder poderamos dividir eu de outro? A natureza uma casa onde todos so hspedes. Naturalmente tudo est abarcado na mesma naturalidade. Importa no tanto a coisa natureza, mas a qualidade de ser natural das coisas.

    Fernando Maurcio da Silva

  • 1

    1 INTRODUO

    A naturologia aplicada, atravs de um projeto transformador na rea da

    sade, procura estabelecer um novo campo de conhecimento e pesquisa,

    priorizando o estudo rigoroso de prticas e mtodos de higienizao, isto , de

    tcnicas de manipulao constante da sade. O objetivo do curso visa desenvolver

    uma nova conscincia para programas preventivos, articulando saberes produzidos

    pelas cincias e culturas tradicionais, contribuindo para prevenir, restabelecer e

    promover a sade integral1 do ser humano.

    Nesta perspectiva, a estrutura do curso compreende uma srie de disciplinas

    que perpassam as reas biolgicas, humanas e da sade, proponde-se a uma

    atuao baseada em trs pilares: na Medicina Tradicional Chinesa,2 Medicina

    Tradicional Ayurveda3 e na Medicina Tradicional Xamnica4. O estudo sistemtico

    destas tradies visa resgatar a viso do ser humano como um todo, como um

    organismo complexo e dinmico com aspectos fsicos, bioqumicos, psicolgicos e

    energticos inter-relacionados e integrados com o meio externo que devem estar em

    harmonia para que o ser humano goze de boa sade. As tcnicas teraputicas

    desenvolvidas por estas tradies buscam manipular a sade continuamente, prtica

    esta renegada no ocidente nos ltimos sculos, que deteve sua ateno

    exclusivamente a uma manipulao traumtica da doena.

    Aps finalizar o curso de graduao em naturologia aplicada iniciei meus

    estudos de especializao em acupuntura, quando tive a oportunidade de conviver

    com diversos profissionais da rea da sade, como enfermeiros, farmacuticos,

    mdicos, psiclogos, educadores fsicos, nutricionistas e fisioterapeutas. Ao interagir

    com estes profissionais, percebi que h grande dvida a respeito do que a

    naturologia e a clareza sobre seu campo de atuao dentro da rea da sade. Alm

    1 Promoo sade define-se tradicionalmente de maneira bem mais ampla que preveno, pois refere-se a medidas que no se dirigem a uma determinada doena ou desordem, mas servem para aumentar a sade e o bem-estar gerais. (CZERESNIA, 1999). 2 Corpo de conhecimento emprico-filosfico e teraputico que envolve prticas corporais, acupuntura, dietoterapia, fitoterapia e massoterapia. A partir daqui, usarei a sigla MTC para abreviar tal termo. 3 Segundo Edde (2002), Ayurveda em snscrito significa conhecimento da vida humana. A Medicina Ayurvdica parte da cincia vdica e utiliza na sua abordagem teraputica: plantas medicinais, dieta, exerccios fsicos, meditao, yoga, massagem, aromaterapia, gemoterapia, entre outros. 4 O Xamanismo, de acordo com Eliade (1998), um fenmeno religioso, complexo, que pode ser presente em diversas regies do mundo. De acordo com Capra (1982), as terapias xamanisticas destacam a recuperao da harmonia, ou do equilbrio, dentro da natureza, nas relaes humanas e nas relaes com o mundo sagrado.

  • 2

    disso, muitas vezes era questionada qual a relao entre naturologia e medicina

    chinesa no s por ser uma disciplina de grande destaque dentro da grade curricular

    do curso, mas tambm pela grande procura de cursos de especializao em

    acupuntura e massoterapia chinesa pelos profissionais naturlogos.

    Desta forma, esta pesquisa nasceu do interesse em afirmar o lugar e valor da

    naturologia enquanto projeto inovador e complementar dentro da rea da sade,

    tendo como h