Click here to load reader

A PAISAGEM NA CONFIGURAÇÃO DA ARQUITETURA DOS · PDF file4O COLÓQUIO IBERO-AMERICANO PAISAGEM CULTURAL, PATRIMÔNIO E PROJETO Belo Horizonte, de 26 a 28 de setembro de 2016 Para

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of A PAISAGEM NA CONFIGURAÇÃO DA ARQUITETURA DOS · PDF file4O COLÓQUIO...

  • A PAISAGEM NA CONFIGURAO DA ARQUITETURA DOS CONDOMNIOS RESIDENCIAIS DE NOVA LIMA, MINAS GERAIS1

    ANDRADE, ULISSES MORATO

    Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa. Doutorando em Arquitetura

    rea de especialidade: Teoria e Prtica do Projeto [email protected]

    RESUMO

    A formao de condomnios residenciais horizontais fechados em torno das cidades contemporneas um fenmeno urbano percebido em escala global. Na regio metropolitana de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, os condomnios se desenvolveram de maneira importante no territrio suburbano de Nova Lima, cidade que faz divisa com a capital. tendncia, entre os analistas destes empreendimentos, associ-los a conceitos indesejveis de urbanizao: ilhas no urbanas, segregao socioespacial, monofuno, pastiche arquitetnico, reduto de privilgios, entre outros. No entanto, para alm do reconhecimento dos seus traos indesejveis, o estudo aqui desenvolvido buscou outras leituras desses redutos residenciais. Abordando os principais componentes da arquitetura dos condomnios fechados de Nova Lima, o traado, o logradouro, o edifcio e os planos marginais, detectamos aspectos urbansticos que se descolam dos esteretipos morfolgicos habitualmente encontrados nesses assentamentos. Identificamos na paisagem local os elementos determinantes da qualificao esttica, urbana e arquitetnica dos condomnios fechados. Assim, pretende-se com este estudo, alargar o campo de anlise do tema, trazendo subsdios interpretativos que permitam destacar os fatores que contriburam para a qualificao do meio ambiente construdo desses empreendimentos.

    Palavras-chave: Paisagem; condomnios fechados; arquitetura, esttica urbana.

    1 Este trabalho faz parte da pesquisa de doutorado Arquitetura da casa contempornea e o lugar: estratgias de

    projeto nas regies metropolitanas de Lisboa e Belo Horizonte em desenvolvimento na Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa.

  • 4O COLQUIO IBERO-AMERICANO PAISAGEM CULTURAL, PATRIMNIO E PROJETO Belo Horizonte, de 26 a 28 de setembro de 2016

    Introduo

    Neste trabalho abordamos o fenmeno dos condminos residenciais horizontais fechados

    (CRHFs) situados no municpio de Nova Lima, pertencente regio metropolitana de Belo

    Horizonte, Minas Gerais.

    Figura 01 Mapa da regio metropolitana de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais. No crculo vermelho, destaque para o municpio de Nova Lima, onde esto localizados os CRHFs

    analisados neste trabalho.

    Fonte: Editora Abril. Adaptado pelo autor. Disponvel em: http://goo.gl/6KlWWD, acesso em 21/08/2016.

    Os condomnios residenciais horizontais fechados, de prevalncia suburbana e ocorrncia

    em escala global, conformam um fenmeno importante para os estudos em arquitetura e

    urbanismo das cidades a partir do final do sculo XX. Nesse sentido, a reflexo sobre a

    maneira como estes se relacionam com os contextos locais merece ateno, segundo Teresa

    Madeira da Silva:

    Actualmente, as questes acerca dos lugares adquiriram uma certa relevncia, seja porque as cidades se alargaram de forma repentina, seja pela tomada de posio de alguns investigadores, segundo os quais o processo de globalizao poderia pr em perigo a diversidade cultural no mundo e a identidade de contextos locais e respectivos lugares. (MADEIRA DA SILVA, 2011, p. 129)

  • 4O COLQUIO IBERO-AMERICANO PAISAGEM CULTURAL, PATRIMNIO E PROJETO Belo Horizonte, de 26 a 28 de setembro de 2016

    Para alm da questo da perda de identidade local, outras vicissitudes tm vindo tona em

    estudos sobre os CRHFs, tanto no Brasil quanto no exterior.

    Modo geral, os apontamentos relacionam o fenmeno segregao socioespacial,

    acirramento das diferenas socioeconmicas das populaes, bem como ao aumento da

    criminalidade nas metrpoles. Essas reas residncias especficas so arroladas como ilhas

    no urbanas no territrio das cidades, onde as classes mais privilegiadas buscam o resguardo

    da violncia urbana, status social, e a fuga das adversidades da vida metropolitana.

    Segundo Zaida Mux (2004), o fenmeno da formao de condomnios residenciais fechados

    uma plataforma perversa da globalizao 2 que dilata o territrio das cidades

    contemporneas. Conforme a categorizao da autora, esses parasos anti-urbanos" so:

    Las formas que la globalizacin aplica en las reas residenciales son islas no urbanas, con una configuracin interior que utiliza el tpico de lo tradicional. Se expanden por todo el mundo proponiendo una segregacin gradual que intenta legitimarse con fuertes campaas publicitarias cuyo argumento es un falso discurso de relacin con el lugar (MUX, 2004, p. 61, grifo nosso).

    Tereza Pires do Rio Caldeira (2003) afirma que estes espaos se configuram como enclaves

    fortificados que se opem peremptoriamente a vida em espao pblico, no sentido da

    segregao espacial e homogeneizao social. Tal conformao, segundo a autora,

    expresso contraditria das prticas sociais, onde, de fato, o pblico e o privado se

    sobrepem. Aqui, percebe-se que h uma posio que relativiza a dicotomia rgida entre as

    esferas pblica e privada, geralmente presente nos estudos sobre o tema doa CRHFs.

    Os pesquisadores Karina Landman e Martin Schnteich (2002) em estudo comparativo entre

    CRHFs da frica do Sul e Brasil apontam que estes so alternativas privadas incapacidade

    dos Estados em responder s altas taxas de criminalidade urbana, e por isso se apresentam

    como soluo segurana pblica via segregao espacial.

    Na mesma linha de ponderao, Setha Low (2006), abordando a formao dos CRHFs, nos

    Estados Unidos da Amrica, China e Amrica Latina, percebe no medo do crime e a na

    intensificao da heterogeneidade social os fatores comuns geradores das segregaes

    urbanas. Assim como Mux, o autor assevera que o nutriente desses apartados de cidade se

    encontra no rescaldo do capitalismo globalizado:

    2 O sentido de globalizao dado pela autora remete s foras de mercado em escalas transnacionais, alienao

    do estado s foras de mercado enquanto mediadora das demandas da sociedade; primazia dos setores de servios sobre os setores produtivos, tpicos das sociedades ps-industriais.

  • 4O COLQUIO IBERO-AMERICANO PAISAGEM CULTURAL, PATRIMNIO E PROJETO Belo Horizonte, de 26 a 28 de setembro de 2016

    Com o aprofundamento do fosso entre ricos e pobres, todos se sentem mais inseguros, e medida que aumenta o anseio de status e de classe, o mesmo acontece com o desejo de viver em um lugar homogneo e socialmente previsvel. (LOW, 2006, traduo nossa).

    Em anlise especifica do fenmeno em Nova Lima, Costa e Rezende (2004), alinhando-se

    aos enunciados dos autores aqui apresentados, asseveram que um dos grandes

    empreendimentos da regio, o Condomnio Alphaville Lagoa dos Ingleses, apesar de

    transcender a monofuno residencial, se assemelha aos demais em termos de impacto

    regional, na medida em que o caracterizam como um [...] polo concentrador de riqueza,

    smbolo de status social, reproduzindo, por um lado, o isolamento dos setores elitizados da

    populao da metrpole em questionveis redomas de luxo e sofisticao. (COSTA;

    REZENDE, 2004, p. 21 e 22).

    Percebe-se, portanto, que grosso modo, as anlises dos CRHFs tanto no Brasil quanto no

    exterior, focam nos aspectos indesejveis de urbanidade que estas reas estabelecem com

    os territrios locais.

    No entanto, face anlise encetada neste estudo que confronta a morfologia urbana dos

    CRHFs de Nova Lima com a paisagem local (relevo e vegetao natural), percebe-se que

    podemos extrair aspectos profcuos do desenho urbano e de parte do parque edificado.

    Abordando os principais componentes da arquitetura dos CRHFs de Nova Lima, o traado, o

    logradouro, o edifcio e os planos marginais, detectamos aspectos urbansticos que se

    descolam do lugar-comum em termos estticos e espaciais.

    Pretende-se neste trabalho, a partir da morfologia urbana, investigar a produo

    contempornea da arquitetura dos CRHFs de Nova Lima, considerando suas respostas ao

    lugar. Arquitetura dos condomnios, aqui enquadrada no sentido lato construdo por Aldo

    Rossi (2001), ou seja, aquele que a considera os fenmenos da constituio das cidades

    como parte de uma grande manufatura influenciada por fatos urbanos, onde as

    preexistncias so preponderantes na lgica de desenvolvimentos dos lugares ao longo do

    tempo.

    Nesse enquadramento terico, a paisagem, natural e cultural, enquanto preexistncia

    determinante do ambiente construdo o elemento fundamental na parametrizao da

    corrente anlise.

  • 4O COLQUIO IBERO-AMERICANO PAISAGEM CULTURAL, PATRIMNIO E PROJETO Belo Horizonte, de 26 a 28 de setembro de 2016

    Portanto, este estudo, ao trazer elementos interpretativos que permitem destacar fatores

    ambientais cruciais qualificao da arquitetura e urbanismo desses empreendimentos,

    trabalha pelo alargamento da forma de perquirir esse fenmeno urbano contemporneo.

    Entre a estrada, a cidade racional, a cidade espontnea e a paisagem

    No Brasil, de um modo geral, a formao dos CRHFs se verifica nas franjas das cidades,

    impulsionados pelas migraes intrametropolitanas das classes mdia e alta em busca de

    habitao associada segurana, relao com a natureza, status e descentralizao

    (COSTA; REZENDE, 2004; SOUZA, 2005).

    Os CRHFs de Nova Lima se enquadram nessa lgica de expanso urbana. Esse tipo de

    ocupao na fronteira sul da capital mineira se intensificou a partir dos anos de 1980, e hoje

    constitui um dos seus vetores de alargamento territorial (COSTA; REZENDE, 2004; SOUZA,

Search related