Click here to load reader

A PLANILHA DE FORMAÇÃO DOS PREÇOS DA IN Nº 02/08 · PDF file O modelo da planilha de custos da IN nº 02/08 é referência para o estudo sobre a formação dos preços dos serviços

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of A PLANILHA DE FORMAÇÃO DOS PREÇOS DA IN Nº 02/08 · PDF file O...

SEMINRIO NACIONAL

A PLANILHA DE FORMAO DOS PREOS DA IN N 02/08 COM AS ALTERAES DA PORTARIA N 07/11 PARA A CONTRATAO DOS SERVIOS CONTNUOS

Polmicas do planejamento e do julgamento da licitao e entendimentos do TCU

Exerccio com memorial de clculo Aspectos trabalhistas, previdencirios e tributrios

Adoo da conta vinculada e repercusses na planilha

17 A 19 DE SETEMBRO DE 2012 BRASLIA/DF

1

O SEMINRIO

A formao dos custos e do preo dos servios contnuos tema que gera muitas polmicas e discusses em funo da multidisciplinaridade que envolve: regime das licitaes e direitos trabalhistas, previdencirios e tributrios.

A Znite reconhecida no mercado pela qualidade e inovao na capacitao e no aperfeioa-mento sobre a terceirizao de servios e a IN n 02/08 SLTI/MPOG. Com base nessa experi-ncia, estruturou este Seminrio, cujo objetivo detalhar e discutir a formao dos preos e a planilha de custos, destacando as mudanas provocadas pela Portaria n 07/11.

Conhecer a composio dos custos trabalhistas, previdencirios e tributrios, assim como os entendimentos do TCU e dos tribunais trabalhistas fundamental para o planejamento efi-ciente e o julgamento responsvel da licitao. O modelo da planilha de custos da IN n 02/08 referncia para o estudo sobre a formao dos preos dos servios contnuos mesmo para quem no est obrigado sua observncia.

DESTAQUES DO CONTEDO

Exerccio com memorial de clculo da nova planilha de custos da Portaria n 07/11 Aspectos trabalhistas, previdencirios e tributrios

Conta vinculada Demonstrativo dos itens na planilha

Jornada de trabalho

2

Intervalo intrajornada

Impactos das alteraes da Lei n 12.506/11 (aviso-prvio) na planilha de preos

Regimes de tributao e composio da planilha

Ingerncias indevidas na formao dos preos privados

Discusso da retirada da reserva tcnica, do IRPJ e da CSLL da planilha

Encargos variveis O que pode ser exigido e como julgar a planilha do licitante

Salrio e benefcios dos empregados envolvidos na prestao dos servios Regra de edital X Piso da categoria X Direitos previstos em conveno coletiva

Anlise de exequibilidade dos preos no julgamento da licitao O que fixo e o que pode variar

Erros na planilha Como e o que sanear

Principais entendimentos do TCU sobre o tema

OBJETIVOS

Analisar as principais polmicas relacionadas ao planejamento e ao julgamento da licitao com foco na composio dos preos, elaborao e anlise da planilha de custos.

Exercitar o memorial de clculo com o preenchimento da planilha de custos e formao de preos da IN n 02/08, com as alteraes da Portaria n 07/11, observando os aspectos previ-dencirios, trabalhistas e tributrios.

PBLICO-ALVO

Pregoeiros e membros de equipes de apoio, membros de comisses de licitao, assessores e procuradores jurdicos, advogados, auditores, gestores de contratos, profissionais de controles interno e externo e demais agentes pblicos envolvidos nos procedimentos de terceirizao de servios da Administrao Pblica.

3

17 DE SETEMBRO DE 2012 SEGUNDA

Anadricea Vicente de AlmeidaAdvogada. Consultora jurdica na rea de licitaes e contratos. Especialista em Direito Administrativo pela Faculdade de Direito de Curitiba. Vice-Presidente e Diretora de Capacitao e Aperfeioamento da Znite. Autora de diversos artigos jurdicos.

ASPECTOS PONTUAIS DO PLANEJAMENTO E DO JULGAMENTO DA LICITAO E COMPOSIO DOS CUSTOS NOS SERVIOS

CONTNUOS PRINCIPAIS ORIENTAES DO TCU

IMPORTNCIA DO PLANEJAMENTO E DA DEFINIO DO ENCARGO E IMPACTO NA FORMAO DO PREO

a Relao entre planejamento, julgamento e contrato

a Como as exigncias e decises do planejamento influenciam na formao do preo dos servios

A RESPONSABILIDADE TRABALHISTA SUBSIDIRIA, A NOVA REDAO DA SMULA N 331 DO TST E AS REPERCUSSES NAS CONTRATAES DE TERCEIRIZAO DE SERVIOS

ESTIMATIVA DOS VALORES DA CONTRATAO ELABORAO DA PLANILHA DE CUSTOS E FORMAO DE PREOS

Pesquisa de Preos no mercado e elaborao da Planilha Pela administrao

a Como pesquisar os preos

a Onde pesquisar

a Resultados discrepantes e procedimento a ser adotado

a Elaborao da planilha pela Administrao Faculdade ou dever

a Entendimentos do TCU

contratos com e sem dedicao exclusiva de mo de obra rePercusses na for-mao dos Preos e na elaborao da Planilha

a Planilhas que devem instruir o processo de contratao

a Planilha preenchida como anexo do edital

a Necessidade de conhecer o documento laboral que rege a categoria profissional

a Entendimentos do TCU

4

custos que devem ser considerados na formao dos Preos de acordo com as regras da in n 02/08, alterada Pela Portaria n 07/11, e entendimentos do tcu

a Ingerncias indevidas na formao dos preos privados

a Exigncia de custos mnimos Custos fixos X Custos variveis

a Custos inseridos na planilha pelo licitante O que pode ou no ser aceito no julgamento da licitao?

a Salrio dos empregados envolvidos na prestao dos servios Regra de edital X Piso da categoria

a Benefcios e valores concedidos aos empregados Regra de edital X Direitos previstos em conveno coletiva

a Treinamentos O que pode ser exigido e como julgar a planilha do licitante

a Reserva tcnica Excluso da planilha pela Portaria n 07/11 X Repercusses no plane-jamento e no julgamento

a IRPJ e CSLL

a Disposies de acordos ou convenes coletivas que no tratam de matria trabalhista e dever de cumprimento pela Administrao Insumos e percentuais de encargos sociais

a Custos que decorrem de determinao legal e custos que decorrem da realidade empre-sarial Repercusses no planejamento e no julgamento

a Entendimentos do TCU

valores estimado e mximo

a Diferena entre preo estimado e preo mximo

a Como definir os preos estimado e mximo

a Definio de preos mximos global e unitrios

JULGAMENTO DA LICITAO ANLISE DE EXEQUIBILIDADE DOS PREOS

momento Para aPresentao e anlise da Planilha no Prego

anlise de exequibilidade dos Preos o que exequvel ou inexequvel?

a Planilha da Administrao X Planilha do licitante

a Custos que podem ser alterados e custos que decorrem de imposio legal Quais podem variar?

a Cautelas na anlise da planilha do licitante

a Observncia de regras trabalhistas e tributrias na anlise e no julgamento da planilha

a Erros no contedo das planilhas Saneamento X Desclassificao e polmica no TCU

a Desclassificao das propostas

a Realizao de diligncias

a Entendimentos do TCU

5

18 E 19 DE SETEMBRO DE 2012 TERA E QUARTA

Isis Chamma DoetzerMestre pela UniFAE. Advogada. Consultora jurdica. Instrutora de cursos. Professora da UniFAE, da Escola Superior de Advocacia, da Ps-Graduao da UniCuritiba e da ESIC do Paran e de Santa Catarina. Autora da monografia Sucesso de empregadores, publicada na obra Transformaes do direito do trabalho Estudos em homenagem ao Professor Doutor Joo Rgis Fassbender Teixeira. Juru, 2000. Autora de diversos artigos jurdicos.

Marcos Paulo SosaBacharel em Cincias Contbeis pela FAE Business School. Ps-graduado em Controladoria pela FAE-CDE. Experincia de 11 anos em consultorias tributria e contbil.

ASPECTOS TRABALHISTAS, PREVIDENCIRIOS E TRIBUTRIOS NA ELABORAO DA PLANILHA DE CUSTOS E FORMAO DE PREOS

CONTEXTUALIZAO

a Relao entre o Direito do Trabalho e a elaborao/o julgamento da planilha de preos

PROVISIONAMENTO DE VERBAS TRABALHISTAS

a Criao da conta vinculada especfica e seus impactos na elaborao da planilha

ELABORAO DA PLANILHA DE CUSTOS E FORMAO DE PREOS

Ser apresentado o memorial dos clculos por meio de exerccio com preenchimento da planilha de custos e formao de preos conforme a Portaria n 07/11, que alterou a IN n 02/08, compre-endendo mo de obra, encargos sociais, insumos, tributos e outros componentes de formao dos preos de acordo com os regimes de tributao Lucro Real, Lucro Presumido e Simples Nacional.

Os itens provisionados na conta vinculada sero apresentados de forma destacada na formao da planilha.

MDULO 1 COMPOSIO DA REMUNERAO

a Salrio-base

a Adicional de periculosidade

a Adicional de insalubridade

a Adicional noturno

a Hora noturna adicional

a Adicional de hora extra

a Intervalo intrajornada

a Outros (especificar)

6

MDULO 2 BENEFCIOS MENSAIS E DIRIOS

a Transporte

a Auxlio-alimentao (vales, cesta bsica, etc.)

a Assistncia mdica e familiar

a Auxlio-creche

a Seguro de vida, invalidez e funeral

a Outros (especificar)

MDULO 3 INSUMOS DIVERSOS

a Uniformes

a Materiais

a Equipamentos

a Outros (especificar)

MDULO 4 ENCARGOS SOCIAIS E TRABALHISTAS

submdulo 4.1 encargos Previdencirios e fgts

a INSS

a SESI ou SESC

a SENAI ou SENAC

a INCRA

a Salrio-educao

a FGTS

a Seguro acidente do trabalho

a SEBRAE

submdulo 4.2 13 salrio e adicional de frias

a 13 salrio

a Adicional de frias

a Incidncia do Submdulo 4.1 sobre 13 salrio e adicional de frias

submdulo 4.3 afastamento maternidade

a Afastamento maternidade

a Incidncia do Submdulo 4.1 sobre afastamento maternidade

submdulo 4.4 Proviso Para resciso

a Aviso-prvio indenizado

a Incidncia do FGTS sobre aviso-prvio indenizado

7

a Multa do FGTS do aviso-prvio indenizado

a Aviso-prvio trabalhado