ACV do transporte rodovirio de carga: impacto das emissµes do

  • View
    237

  • Download
    5

Embed Size (px)

Text of ACV do transporte rodovirio de carga: impacto das emissµes do

  • UNIVERSIDADE DE BRASLIA

    CENTRO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTVEL

    ACV do transporte rodovirio de carga: impacto das emisses do

    transporte de veculos ciclomotores na rota Belm-Goinia

    Tain Labrea Ferreira

    Orientador: Armando de Azevedo Caldeira-Pires

    Dissertao de Mestrado

    Braslia - DF, junho/2014

  • FERREIRA, Tain Labrea ACV do Transporte Rodovirio de Cargas: impacto das

    emisses do transporte de veculos ciclomotores na rota Belm-Goinia. Tain Labrea Ferreira.

    Braslia 2014. 177 p. :Il.

    Dissertao de Mestrado. Centro de Desenvolvimento Sustentvel. Universidade de Braslia. Braslia.

    1. Transporte rodovirio de cargas. 2. Impacto ambiental. 3. Avaliao do ciclo de vida. 4. DALY

    concedida Universidade de Braslia permisso para reproduzir cpias desta dissertao e emprestar ou vender tais cpias, somente para propsitos acadmicos e cientficos. O (a) autor (a) reserva outros direitos de publicao e nenhuma parte desta dissertao de mestrado pode ser reproduzida sem a autorizao por escrito do(a) autor(a).

    __________________________

    Assinatura

  • UNIVERSIDADE DE BRASLIA

    CENTRO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTVEL

    ACV do transporte rodovirio de carga: impacto das emisses do transporte de

    veculos ciclomotores na rota Belm-Goinia

    Tain Labrea Ferreira

    Dissertao de Mestrado submetida ao Centro de Desenvolvimento Sustentvel da

    Universidade de Braslia, como parte dos requisitos necessrios para a obteno do Grau

    de Mestre em Desenvolvimento Sustentvel, rea de concentrao em Poltica e Gesto da

    Sustentabilidade.

    Aprovado por:

    _____________________________

    Armando de Azevedo Caldeira-Pires, Doutor, (CDS-UnB)

    _____________________________

    Maurcio de Carvalho Amazonas, Doutor, (CDS-UnB)

    _____________________________

    Cludio Albuquerque Frate, Doutor, (FT EnM UnB)

    Braslia - DF, 09 de maio de 2014

  • Dedico este trabalho minha esposa Ludmila, que acreditou em mim e aceitou uma nova empreitada em Braslia, deixando tudo mais para trs, me dando todo apoio necessrio.

  • AGRADECIMENTOS Agradeo a Comisso de Apoio a Pessoal de Nvel Superior, do Ministrio da Educao (CAPES-MEC) pela bolsa de estudos, que permitiu minha vinda para Braslia. Aos mestres do Centro de Desenvolvimento Sustentvel da Universidade de Braslia (CDS-UnB) pelos conhecimentos, pelo amor a cincia, pela recepo e o acolhimento. Agradeo aos membros da banca de qualificao e de dissertao Cludio Frate e Maurcio Amazonas pela ateno e pelas importantes contribuies que auxiliaram a percorrer os caminhos. Agradeo ao meu orientador Armando de Azevedo Caldeira-Pires, que me guiou e teve pacincia para orientar sempre de forma construtiva, compreendendo minha pouca experincia e ansiedade. Aos companheiros do mestrado e do doutorado, que contriburam com os debates e compartilharam cervejas, esperanas e desesperos. Agradeo aos novos amigos Miguel, Brbara, Lia, Pablo, Raiza, Paulo, Andrea que nos ajudaram a chamar a cidade de Braslia de casa. Agradeo aos meus familiares de Braslia, Dindo e Dinda, meu irmo Guilherme (com quem passei menos tempo que esperada na terra candanga), ao Grande Mar, tia Sandra e incrvel famlia pelo carinho de sempre, apoio na nossa instalao em Braslia e pelo corao grande, sempre aberto quando precisamos. s incrveis mulheres Mame, Jadica e vzinha Iriema pelo apoio e carinho antes do mestrado, durante e depois, e em todos os momentos de forma incondicional. Agradeo, agradeo e agradeo a minha esposa Ludmila, companheira, cozinheira, revisora textual, mapeadora, motorista, servio-de-entrega, orientadora-esprita, organizadora de casamentos, boa ouvinte, amada, paciente, carinhosa, e linda-linda, que segurou minhas faltas, compreendeu minha baguna com os livros, os estresses e os cansaos, que me apoiou e acompanhou na nova empreitada em Braslia, que aceitou se casar comigo e formar uma famlia. Muito obrigado.

  • RESUMO O transporte rodovirio de cargas impacta todas as cadeias produtivas, especialmente no Brasil. As polticas de desenvolvimento territorial afastaram os locais de produo e os locais de consumo, ampliando distncias, exigindo assim a criao de eixos rodovirios como o Belm-Goinia, que comunica o Plo Industrial de Manaus com a regio Centro-Sul. O objetivo deste estudo mensurar atravs da metodologia de Avaliao do Ciclo de Vida (ACV) o impacto ambiental do transporte rodovirio de motocicletas neste eixo rodovirio. O estudo contempla as emisses de poluentes da fase de transporte e da fase de produo dos principais insumos, considerando principalmente aqueles nocivos sade humana. A adoo da metodologia ACV permitiu sistematizar a cadeia de distribuio fsica e a emisso de cada fase, relacionando a unidade funcional de consumo com o dano sade gerado. Os resultados apontam que a tecnologia do caminho, a qualidade da infraestrutura e as urbanidades apresentam relao direta com a emisso de poluentes, podendo variar 23%, mas a varivel mais representativa a distncia. Dentre os insumos, a produo de pneus apresentou 60% mais danos sade por quilograma de insumo do que a produo de diesel, mas no total a produo de diesel se manteve mais poluente, pois seu consumo 62 vezes maior. O principal resultado apontou que as emisses que causam maiores danos sade humana esto concentrados na fase de produo, enquanto as emisses que causam maior potencial de aquecimento global esto concentradas na fase de transporte. Por isso, ressalta-se a importncia de que os estudos sobre o impacto do transporte no ciclo de vida dos produtos sejam considerados nas pesquisas de ACV e nas decises poltico-econmicas, seja no planejamento territorial ou nas medidas mitigatrias e compensatrias.

    Palavras-Chave: transporte rodovirio de cargas; avaliao de ciclo de vida; impacto ambiental; sade humana;

  • ABSTRACT The road transport impacts all supply chains, especially in Brazil. Territorial development policies distanced production from consumption, increasing distances, creating the Belem - Goiania road axis, which communicates the Industrial Pole of Manaus with the South Central region. This study main goal is to measure through Life Cycle Assessment (LCA) the environmental impact from road transport of motorcycles at this road axis. The study contemplates the pollutant emissions from transport phase and from production phase of key inputs, especially those considered harmful to human health. The adoption of LCA methodology allowed the systematization of the chain of physical distribution and issuance of each stage, linking functional unit of consumption with generated health damage. The results show that the technology of the truck, the quality of infrastructure and urbanities have direct relation to the emission of pollutants, may vary 23%, but the most representative variable is the distance. Amongst the inputs, the production of tires had 60% more damage to health per kilogram of income than diesel production, but total production of diesel remained more pollutant because its consumption is 62 times higher. The main results showed that the emissions that cause more damage to human health are concentrated in the production phase, while emissions that cause higher global warming potential are concentrated in the transport phase. Therefore, it is emphasized the importance of studies on the impact of transportation on the product life cycle to be considered in LCA studies and political-economic decisions, whether in territorial planning and the mitigation and compensation measures.

    Key-words: Road freight transportation; life cycle assessment; environmental impact; human health.

  • LISTA DE FIGURAS

    01 Evoluo da frota estimada de veculos do ciclo Diesel por fase do PROCONVE 33

    02 Emisses estimadas de CO por categoria de veculos 34

    03 Emisses estimadas de hidrocarbonetos no metano NMHC por categoria de veculos

    34

    04 Emisses estimadas de NOx por categoria de veculo 35

    05 Emisses estimadas de materiais particulados (MP) por categoria de veculo 36

    06 Efeitos dos contaminantes comumente presentes no ar 40

    07 Cenrio 2009-2020 de produo de diesel pela Petrobrs 44

    08 Grfico da evoluo do teor de enxofre mdio do diesel comercial no Brasil 45

    09 Ciclo de reaes para a formao de oznio troposfrico 47

    10 Grfico de emisses globais de gases de efeito estufa de origem antropognica 49

    11 Grfico de fontes de rudo gerados pelo trfego de veculos 52

    12 Cadeia de distribuio fsica de motocicletas no Brasil 58

    13 Grfico da evoluo da frota estimada de veculos pesados por categoria, Brasil 60

    14 Mapa dos pontos de pesagem 61

    15 Grfico do nmero de veculos emplacados por Grandes Regies 63

    16 Grfico do nmero de motocicletas emplacadas por Grande Regies, classificadas em braos logsticos, em 2011, Brasil (uni)

    64

    17 Grfico do nmero de motocicletas emplacadas por Grande Regies, classificadas em braos logsticos, em 2012, Brasil (uni)

    65

    18 Srie histrica de emplacamento de motocicletas ms a ms, 1997-2012, Brasil 66

    19 Percentual regional de emplacamentos mensais, 2012, Brasil 67

    20 Estrutura de alimentao de dados utilizada para a construo do LCI e LCIA 69

    21 Estrutura das etapas e aplicaes de uma ACV 71

    22 Limites do sistema avaliado (escopo) 74

    23 Modelo tecnolgico da fase de transporte rodovirio do ciclo de vida de motocicletas 78

    24 Estrutura de avaliao do impacto do ciclo de vida na sade humana 81

    25 Esquema da formao do oznio fotoqumico at causar danos sade humana 87

    26 Principais fatores que influenciam o efeito estufa 89

    27 Esquema do impacto da emisso de gases de efeito estufa 91

    28 Ca