ADAPTAÇÃO E IMPLANTAÇÃO OPERACIONAL DO ALGORITMO DIGITAL PARA rqueimadas/Projeto_MMA_GIZ/20150920... ·

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of ADAPTAÇÃO E IMPLANTAÇÃO OPERACIONAL DO ALGORITMO DIGITAL PARA...

1

Terceiro Produto

Setembro de 2015

ADAPTAO E IMPLANTAO OPERACIONAL DO

ALGORITMO DIGITAL PARA O MAPEAMENTO AUTOMTICO DE

REAS QUEIMADAS EM IMAGENS DE MDIA RESOLUO DO

SATLITE LANDSAT-8 SENSOR OLI NA

DIVISO DE GERAO DE IMAGENS NO INPE

2

Arturo Emiliano Melchiori, Engo. Consultor

ADAPTAO E IMPLANTAO OPERACIONAL DO ALGORITMO DIGITAL PARA O

MAPEAMENTO AUTOMTICO DE REAS QUEIMADAS EM IMAGENS DE MDIA

RESOLUO DO SATLITE LANDSAT-8 SENSOR OLI NA DIVISO DE GERAO DE

IMAGENS NO INPE - TERCEIRO PRODUTO

Elaborao de manuais do usurio e publicaes

com descrio detalhada da metodologia utilizada e

consolidao das informaes geradas para futura

evoluo - terceiro produto do termo de referncia PN

11.9035.4-001.00, contrato GIZ 83193538, de

02/Fev/2015, desenvolvido no INPE.

So Jos dos Campos, Setembro de 2015.

________________________________ ________________________________

De acordo: Dr. Alberto W. Setzer Consultor: Arturo Emiliano Melchiori

3

SUMRIO

1 RESUMO EXECUTIVO. ................................................................................................ 4

2 INTRODUO. ............................................................................................................. 5

3 SISTEMA OPERACIONAL DE MAPEAMENTO DE REAS QUEIMADAS ................... 6

4 MDULOS DO SISTEMA OPERACIONAL ................................................................... 8

5 USO DO SISTEMA OPERACIONAL ............................................................................. 9

5.1 Instalao dos pacotes necessrios. ...................................................................... 9

5.2 Scripts do Sistema. ................................................................................................ 9

5.3 Criao das Tabelas no Banco de Dados. ............................................................. 9

5.4 Atualizao do Banco de Imagens e Processamento. .......................................... 10

5.5 Landsat Util .......................................................................................................... 11

5.6 Resumo da configurao do sistema. .................................................................. 14

6 BANCO DE DADOS GEOGRFICO. .......................................................................... 15

6.1 Desenho das tabelas no banco de dados. ............................................................ 15

6.2 Partio de tabelas............................................................................................... 16

7 PUBLICAES. .......................................................................................................... 19

8 PERSPECTIVAS FUTURAS. ...................................................................................... 20

9 BIBLIOGRAFIA ........................................................................................................... 21

SUMRIO DE IMAGENS

Figura 1. Mapa do Cerrado Brasileiro com a indicao das 112 rbitas/ponto ..................... 7

Figura 2. Fluxograma do Sistema Operacional de Mapeamento de rea Queimada ........... 8

Figura 3. Desenho das tabelas do banco de dados ........................................................... 16

file://vboxsrv/Dropbox/areaquemada/docs/Relatorios/2015/Relatorio03/20150908_Relatorio_Produto_03_GIZ_Emiliano_Melchiori.docx%23_Toc429557128file://vboxsrv/Dropbox/areaquemada/docs/Relatorios/2015/Relatorio03/20150908_Relatorio_Produto_03_GIZ_Emiliano_Melchiori.docx%23_Toc429557129file://vboxsrv/Dropbox/areaquemada/docs/Relatorios/2015/Relatorio03/20150908_Relatorio_Produto_03_GIZ_Emiliano_Melchiori.docx%23_Toc429557130

4

1 RESUMO EXECUTIVO.

O presente documento descreve o terceiro produto do Termo de Referncia PN 11.9035.4-

001.00, Contrato GIZ 83193538, de 02/Fev/2015, realizado junto ao Programa Queimadas do

INPE, So Jos dos Campos, SP, referente ao desenvolvimento de ferramentas digitais

operacionais para o mapeamento automtico de cicatrizes de rea queimada no Bioma Cerrado

Contnuo Brasileiro utilizando imagens de mdia resoluo espacial.

Est resumida a execuo do passo 6 do presente TdR, elaborao de manuais do usurio

e publicaes com descrio detalhada da metodologia utilizada e consolidao das informaes

geradas para evoluo futura, realizadas pelo consultor at 09/Setembro/2015.

apresentada uma breve discusso sobre as mudanas que foram realizadas no desenho

original com o resultado dos testes de desempenho do sistema at o momento.

5

2 INTRODUO.

O presente relatrio refere-se ao terceiro produto do Termo de Referncia PN 11.9035.4-

001.00, contrato GIZ vigente de 02 de Fevereiro de 2015 a 08 de Setembro de 2015, cujo objetivo

dar continuidade produo de dados de rea queimada na regio do Cerrado Brasileiro com a

anlise de imagens de mdia resoluo (30 metros), apoiando os desenvolvimentos que o INPE

esta realizando no Projeto GIZ-MMA Preveno, controle e monitoramento de queimadas e

incndios florestais no Cerrado.

As fases do contrato em andamento para a Adaptao e implantao operacional do

algoritmo digital para o mapeamento automtico de reas queimadas em imagens de mdia

resoluo do Satlite Landsat-8 sensor OLI na Diviso de Gerao de Imagens no INPE se

dividem em: 1) Projeto e implementao dos mdulos de cadastro, processamento e integrao,

2) Projeto e implementao dos mdulos de log e gravao dos resultados obtidos em bacdo de

dados geogrfico e 3) Relatrio sucinto do trabalho e dos testes desenvolvidos e, publicaes.

Foram previstos os seguintes passos:

1) Mdulo para cadastro (incluso, modificao e excluso) de limiares dinmicos que

so objeto do TdR de outro consultor para as 112 rbitas/ponto do Cerrado Brasileiro;

2) Mdulo de processamento, onde sero feitas adaptaes para utilizar os limiares

especficos dos filtros de cada rbita/ponto (OP), ano, ms, etc;

3) Mdulo de integrao, para executar a comunicao com o sistema de controle da

DGI/INPE, responsvel pela gesto dos processos de recepo e ingesto das

imagens Landsat, para determinar quando cada processamento dever iniciar;

4) Mdulo de log, onde sero registradas todas as etapas do processamento, de emisso

de avisos de ateno e alertas de problemas durante a execuo do sistema;

5) Mdulo de gravao dos resultados, que ser desenvolvido para gravar os dados

diretamente em um Banco de Dados Geogrficos alm de gerar os arquivos shapefile;

6) Elaborao de documentos de manuais do usurio e publicaes com descrio

detalhada da metodologia utilizada e consolidao das informaes geradas para

evoluo futura.

O presente relatrio corresponde execuo do passo 6, elaborao de documentos de

manuais do usurio e publicaes com descrio detalhada da metodologia utilizada e

consolidao das informaes geradas para evoluo futura.

No presente relatrio apresentado o modo de uso do sistema de mapeamento de rea

queimada e os aspectos da configurao para seu funcionamento em modo automtico. So

apresentadas as ltimas mudanas que foram implementadas no sistema para melhorar o

desempenho do banco de dados.

6

3 SISTEMA OPERACIONAL DE MAPEAMENTO DE REAS QUEIMADAS

Um Sistema Operacional de Mapeamento de rea Queimada (SOMAQ) um conjunto de

programas executados de maneira autnoma em um computador, ou conjunto de computadores,

sem assistncia de um operador, e que realiza todas as tarefas necessrias na classificao e

extrao das cicatrizes de rea queimada utilizando imagens de sensoriamento remoto orbital

como dados de entrada.

Considerando as atividades que podem ser atribudas a um sistema de processamento

operacional possvel mencionar: obteno das imagens, atualizao do acervo de imagens

brutas, processamento, atualizao do acervo de produtos e publicao de dados.

O INPE-DGI possui, na sede de Cuiab, MT, as antenas de recepo para a descarga das

imagens diretamente do satlite Landsat 8/OLI, e em Cachoeira Paulista, SP, as estaes de

trabalho para produzir dados utilizados pelo pblico geral. O sistema operacional desenhado,

segundo os requerimentos do atual TdR, deve ser configurado para utilizar esses dados

produzidos localmente, sempre que sua qualidade seja adequada para processos automticos

[Melchiori, 2014 a)]. Na realidade, o sistema operacional de recepo de imagens Landsat-8 e

produo de produtos no INPE-DGI de Cachoeira Paulista encontra-se em fase de implementao

e avaliao por parte da USGS para garantir a qualidade dos dados adquiridos e dos sub-

produtos e produtos gerados pelo sistema.

Com o objetivo de avaliar a estrutura computacional preparada em INPE-DGI de Cachoeira

Paulista, foi colocada em funcionamento uma verso adaptada do Sistema Operacional de

Monitoramento de rea Queimada. A adaptao consiste em descarregar as imagens des

servidores na Internet e criar um acervo de imagens para processar no lugar de utilizar o acervo

de imagens recebidas pela estao de recepo do INPE em Cuiaba, MT.

O SOMAQ foi implementado para obter, de maneira automtica, as cicatrizes de

queimadas no Cerrado Brasileiro para o ano 2015, com um total de 112