Click here to load reader

Administração japonesa

  • View
    7.526

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Text of Administração japonesa

  • 1. Administrao Japonesa(Toyotismo)Racionalizao da Fora de Trabalho
    Keila Cristina da Silva Teixeira
    1

2. Com o final da II Grande Guerra em 1945, a Toyota retomou os seus planos de tornar-se uma grande montadora de veculos. No entanto, qualquer anlise menos pretensiosa indicava que a distncia que a separava dos grandes competidores americanos era simplesmente monstruosa. Costumava-se dizer, h esta poca, que a produtividade dos trabalhadores americanos era aproximadamente dez vezes superior produtividade da mo-de-obra japonesa. Esta constatao serviu para acordar e motivar os japoneses a alcanar a indstria americana, o que de fato aconteceu anos mais tarde. O Sistema Toyota de Produo, tambm chamado de Produo Enxuta, surgiu no Japo, na fbrica de automveis Toyota, nesta poca a indstria japonesa tinha uma produtividade muito baixa e uma enorme falta de recursos, o que naturalmente a imediata de adotar o modelo de produo em massa.A criao do sistema se deve a trs pessoas: ofundador da Toyota e mestre de invenes, ToyodaSakichi, seu filho ToyodaKiichiro e o principal executivo e engenheiro TaiichiOhno. Sistema objetiva aumentar a eficincia da produo pela eliminao contnua de desperdcios.O Sistema de Produo em Massa desenvolvido por Frederick Taylor e Henry Ford no incio do sculo XX, predominou no mundo na dcada de 90. Procurava reduzir os custos unitrios dos produtos atravs da produo em larga escala, especializao e diviso do trabalho. Entretanto este sistema tinha que operar com estoques e lotes de produo elevados. No incio no havia grande preocupao com a qualidade do produto. J no Sistema Toyota de Produo os lotes de produo so pequenos, permitindo uma maior variedade de produtos. Os trabalhadores so multifuncionais, ou seja, desenvolvem mais do que uma nica tarefa e operam mais do que uma nica mquina., a preocupao com qualidade do produto extrema. Foram desenvolvidas diversas tcnicas simplesmas extremamente eficientes para proporcionar os resultados esperados.
Keila Cristina da Silva Teixeira
2
3. Administrao Japonesa
Final da Segunda Guerra Mundial 1945
ProduoemMassa
Fordista
Produo Japonesa
Baixa
Produo Americana Alta
No Havia Produoem Massa
Engenheiro Chefe da Toyota, fazvisita a fbrica da Ford,e nota que preciso fazer melhorias e reparos no Sistema Ford de Produo.
Falta de Recursos
Keila Cristina da Silva Teixeira
3
4. Toyotismo

  • Modelo Japons de Administrao que surgiu na Toyota MotorCo.;

5. Seu principal idealizador foi Taiichi Ohno (Engenheiro da Toyota); 6. O Sistema Toyota de Produo, tem por finalidade organizar o raciocnio e a discusso sobre as causas de um problema prioritrio de qualidade; CausasEfeito
Mtodos de Trabalho
Materiais
Qualidade
Medidas de Desempenho
Equipamentos
Keila Cristina da Silva Teixeira
4
7.

  • Surge o elemento bsico do Sistema: Eliminao de Desperdcios;

8. Deste elemento, partem quatro idias principais para eliminao das atividades que no agregam valor ao produto:-Racionalizao da Fora de Trabalho;
- Just-in-time;
- Kanbam;
- Produo Flexvel;
Tendo como a base de sustentao do Sistema Toyota de Produo a eliminao de desperdcio, consequentemente, visado uma boa produo de qualidade.
Keila Cristina da Silva Teixeira
5
9. Resumindo...
Qualidade superior, custo menor e prazo de entrega reduzido, eliminando a perda de tempo e de atividades.
Just-in-time
Kanbam
Produo Flexvel
Fabricao com Qualidade
Eliminao de Desperdcios
Keila Cristina da Silva Teixeira
6
10. Viso Estratgica e Anlise do Negcio
Keila Cristina da Silva Teixeira
7
11. Racionalizao da Fora de Trabalho
A Racionalizao da Fora de Trabalho nada mais que a interao dos profissionais com a rotina de trabalho, realizando suas atribuies com dinmica.
Lder em vez de um supervisor
Keila Cristina da Silva Teixeira
8
12. A Toyota agrupou os operrios em equipes, coordenados por um lder, que deveria trabalhar junto com o grupo e coorden-lo, substituindo qualquer trabalhador que faltasse.
Sendo assim, como o objetivo coletivo prevalece sobre o individual, uma tpica viso pode ser assim colocada:
Keila Cristina da Silva Teixeira
9
13.

  • Aperfeioamento das pessoas como primeiro passo;

14. Concentrao do esforo dessas pessoas; 15. As pessoas trabalhando nos processos e buscam continuamente os aperfeioar; 16. Processos aperfeioados fornecem os melhores resultados; 17. Melhores resultados geram satisfao dos clientes;A racionalizao algo que entendida como algo que satisfaz a todas as exigncias da razo, que corresponde ao interesse do operrio, do patro e do consumidor.

Keila Cristina da Silva Teixeira
10
18. Raciocinando...
Sistema Toyota
de Produo
em Alta
Sistema de Produo em Massa de Declnio
Keila Cristina da Silva Teixeira
11
19. Os Grandes Precursores da Administrao
Frederick TaylorTaiichiOhno Henry Fayol
Elton MaioHenry Ford
Keila Cristina da Silva Teixeira
12
20. Concluso
Com isso podemos concluir que apesar das inmeras teorias surgidas ao longo das ltimas dcadas, as organizaes ainda se estruturam no modelo de Taylor, Ford, Maio, Fayol e TaiichiOhno, embora j se tenha uma outra viso do homem, a de ser um ser produtivo e que tambm espera recompensas sociais alm das financeiras.
Keila Cristina da Silva Teixeira
13
21. perguntas
?
Keila Cristina da Silva Teixeira
14
22. Referncias Bibliogrficas
http://www.artigonal.com
http://www.cursosnocd.com.br
Keila Cristina da Silva Teixeira
15