Agenda Almada Nº 134 - novembro 2013

  • View
    233

  • Download
    5

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Publicação Municipal Mensal - Distribuição Gratuita

Text of Agenda Almada Nº 134 - novembro 2013

  • NOVEMBRO 2013 | 134

    17 EdioMOSTRA DE TEATRO MS dA FoToGRAFiA ENTRE oS CUS E A TERRAMERCAdo BioLGiCo dE ALMAdAdoARiA E MARioNETAS No SoLAR

  • Um homem que cultiva o seu jardim, como queria

    Voltaire.

    O que agradece que na terra haja msica.

    O que descobre com prazer uma etimologia.

    Dois empregados que num caf do Sul jogam um

    silencioso xadrez.

    O ceramista que premedita uma cor e uma forma.

    O tipgrafo que compe bem esta pgina, que talvez no

    lhe agrade.

    Uma mulher e um homem que lem os tercetos finais de

    certo canto.

    O que acarinha um animal adormecido.

    O que justifica ou quer justificar um mal que lhe fizeram.

    O que agradece que na terra haja Stevenson.

    O que prefere que os outros tenham razo.

    Essas pessoas, que se ignoram, esto a salvar o mundo.

    OS JUSTOSJorge Luis Borges, in A Cifra

  • AG

    EN

    DA

    ALM

    AD

    A N

    OVE

    MB

    RO

    201

    3 E

    DIT

    OR

    IAL

    3

    Uma dcada aps a inaugurao

    do Museu da Cidade, e no ano

    em que se comemoram os 500

    anos de Foral Manuelino e os

    40 anos da Cidade de Almada, a

    exposio central renova-se neste

    espao cultural de excelncia. So

    imagens, vozes, peas, estruturas, luzes e maquetas que evocam as memrias

    da vida do nosso Concelho, testemunhos da sua histria ancestral. Fica o convite,

    a partir de 16 de novembro venha Ver Almada crescer no Museu da Cidade.

    O olhar e a sensibilidade dos fotgrafos tambm merecem destaque,

    neste que o Ms da Fotografia. Por vrios espaos celebramos a arte

    de captar diferentes realidades, agora mostradas em dez exposies.

    Ainda este ms, a Biblioteca Municipal de Almada est de parabns. Para celebrarmos

    o seu 16 aniversrio, preparmos uma Festa Monstruosa para toda a famlia. No

    Solar dos Zagallos, e porque o Natal est porta, tm incio os acolhedores ateliers

    de doaria e decorao de bolos, assim como as criativas oficinas de marionetas.

    A Companhia de Teatro de Almada leva tambm cena uma das suas mais importantes

    produes: Em direo aos cus, em palco durante todo o ms.

    E, porque a nossa Cidade tambm vive do Desporto, damos-

    -lhe a conhecer um jovem atleta da SFUAP que participa em

    provas de natao em guas abertas e , ao mesmo tempo,

    estudante de Medicina. Quer saber de quem falamos? De um

    Jovem Talento de Almada: Vasco Gaspar.

    Novembro um ms de agenda preenchida. Venha olhar e

    sentir os dias, aqui em Almada!

    ALMADA, CIDADE DE CULTURA QUE SOMOS, ORGULHA-SE DO TEATRO AMADOR E PROFISSIONAL QUE AQUI SE FAZ. POR ISSO QUE, EM NOVEMBRO, MAIS UMA VEZ, OS PALCOS DO CONCELHO RECEBEM A MOSTRA DE TEATRO.

    Antnio MatosVereador dos Servios Municipais de Desenvolvimento Social, Informao e Relaes Pblicas

    O OLHAR DOS DIAS

  • 4POEMA 02Jorge Lus Borges Os Justos

    EDITORIAL 03Antnio Matos O Olhar dos Dias

    CAPA 06Mostra de Teatro de Almada 17 Edio

    ZOOM 14Museu da Cidade A casa das Histrias de Almada

    ENTREVISTA 22Vasco Gaspar "O empenho e o mrito devem ser sempre premiados"

    OLHARES 28Ms da Fotografia Celebrar a Arte de Fotografar

    EM CENA 34Entre os Cus e a Terra Teatro Municipal Joaquim Benite

    COMPASSOS 37A tua voz tem talento? Festival da Cano Infantil e Juvenil "Musicalmadense"

    APRENDER 40Dana Contempornea Workshop Passeio

    MEXA-SE 45Caparica Power 2013 Circuito de Surf na Costa da Caparica

    CELEBRAR 57Estufa Casa da Cerca, 20 Anos

    SEM PRESSAS 58Tem salada para o jantar? Mercado Biolgico de Almada

    CRIANAS E JOVENS 63Um Livro Manifesto Oficina de escrita, ilustrao e cidadania

    7 ARTE 75Nana Pelos direitos das crianas

    PATRIMNIO 80Um templo perto do Tejo Cacilhas

    CIRANDANDO 82Pedalar entre a chuva Ciclovia Cacilhas-Parque da Paz

    CONTACTOS TEIS 88Venha, a porta est aberta Desfrute plenamente a sua Agenda e traga um amigo tambm

    MULTIMDIA 98Outono das Artes Leia, veja, escute e navegue

  • AG

    EN

    DA

    ALM

    AD

    A N

    OVE

    MB

    RO

    201

    3

    5

    # 134

    A programao pode ser alterada por motivos alheios a esta publicao. | A informao includa nesta agenda da exclusiva responsabilidade das entidades que a fornecem. | Edio de dezembro: receo de informao at dia 8 de novembro| Propriedade da Cmara Municipal de Almada: Largo Lus de Cames 2800-158 Almada | Diretor: Vereador Antnio Matos | Recolha e tratamento da infor mao: Departamento de Comunicao - DCOM [T] 21 272 45 10 [F] 21 727 99 99 | jfigueira@cma.m-almada.pt | Capa: Mostra de Teatro de Almada | Eventos Frum Municipal Romeu Correia: Frum Municipal Romeu Correia | Eventos Biblioteca Municipal Jos Saramago: Biblioteca Jos Saramago | Eventos Museu da Cidade: Museu da Cidade | Exposies na Casa da Cerca: Casa da Cerca | Redao: Departamento de Comunicao - DCOM | Design: Henrique Cayatte Design | Paginao: Departamento de Comunicao - DCOM | Impresso: Sogapal | Tiragem: 37.000 exemplares | Distribuio gratuita | Depsito Legal 305174/10 | Textos redigidos ao abrigo do novo acordo ortogrfico | www.m-almada.pt

    Mostra de Teatro de Almada

  • 6CAPA

    TEATROMOSTRA-SE

    07 a 24 DOMINGOMOstra De teatrO De alMaDaVrios locais

    Catorze companhias e grupos de teatro apresentam a 17 Mostra de teatro de almada (Mta), com 19 espetculos, entre os quais 8 estreias nacionais. Dirigida a pblicos de todas as idades, esta edio aposta num programa que pe em cena criaes originais, bem como obras de autores to diversos quanto salomo, Herberto Helder, ral Brando, lvaro Cunhal, Jacinto lucas Pires,

    sarah adamopoulos, Javier tomeo, Georg Bchner, Frances Goodrich, albert Hackett e anton tchekhov.a programao inclui tambm um espao para tertlia, mostra.reescritas, nesta edio sobre o tema da Dramaturgia e um espao de convvio entre o pblico e os artistas, mostra.ponto de encontro, que acontece aps os espetculos. a Mta organizada pela

  • aG

    eN

    Da

    alM

    aD

    a N

    OVE

    MB

    RO

    201

    3 C

    aPa

    7

    Cmara Municipal de almada, em parceria com os grupos do concelho, e assume-se como uma oportunidade para dar a conhecer a diversidade da criao teatral produzida ao longo do ano por grupos amadores e profissionais almadenses. Participam nesta edio: a Menina dos Meus Olhos, artes e engenhos, Cnico da Incrvel almadense, GItt - Grupo de

    Iniciao teatral da trafaria, Grupo de teatro do Beira Mar, Grupo de teatro da Manuel da Fonseca, Ninho de Vboras, NNt Novo Ncleo de teatro, O Grito, Produes acidentais, teatro aBC.PI, teatro de areia, teatro & teatro e o teatro extremo. Os palcos espalham-se pelo concelho, levando-nos a visitar o teatro Municipal Joaquim Benite, o auditrio Fernando lopes-Graa no

    Frum romeu Correia, o teatro extremo, o Cine-Incrvel na sociedade Filarmnica Incrvel almadense, a Casa Municipal da Juventude de Cacilhas, o auditrio da Pluricoop no Pragal e os recreios Desportivos da trafaria.

  • 807 QUINta PartIr estreIa De saraH aDaMOPOUlOs teatrO De areIa O MUNDO DO esPetCUlOaUDiTrio MUnicipal FErnanDo lopEs-Graa 21h30O texto foca-se no medo como motor da partida, a que contrape o mais irrealista idealismo, na duplicidade da voz interior de uma mesma pessoa que assiste ao desmoronamento de um lugar devastado pela misria explica a autora da pea, Sarah Adamopoulos. Maiores de 12 anos.

    09 sBaDOaUtO Da BarCa DO INFerNO DO sC. xxI De eUGNIa CONCeIO CNICO Da INCrVel alMaDeNse incrVEl alMaDEnsE, salo DE FEsTas16hA pea apresenta uma reciclagem do Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente, com roupagem do Sc. XXI, procurando estabelecer um paralelismo entre a sociedade de ento e a atual, de forma divertida e com alguns aspetos nada convencionais, como o caso do anjo e do diabo que fogem ideia pr- -concebida que se tem dessas figuras.Maiores de 6 anos.

    09 sBaDODeaMBUlaes OU POssVeIs reGressOs estreIa De NCleO NOVO teatrOcasa MUnicipal Da JUVEnTUDE DE cacilHas21h30Pea a partir de excertos de Hmus de Ral Brando, reescrito por Herberto Helder.Hmus um ponto de partida. tambm um fim. ainda um regresso, um eterno regresso. Diz--se que pode mudar a vida de uma pessoa. um livro deixado para trs numa aldeia, palmado por mos ressequidas de velhice. Quem sabe se no mudou j a vida de uma pessoa? Recomeo, este o ponto de partida para Deambulaes ou Possveis Regressos. Conversa com o pblico no final do espetculo.Maiores de 12 anos.

    10 DOMINGOOs BarrIGas e Os MaGrIOs, De lVarO CUNHal TEaTro ExTrEMo11hAtravs de poderosas imagens, lvaro Cunhal conta s crianas a luta travada pelos Magrios por uma vida liberta da opresso dos Barrigas e a revolta dos Magrios, que levou ao derrube dos Barrigas em 25 de Abril de 1974. Este espetculo uma parceria entre o Teatro Extremo e o Teatro Frum de Moura, integrado nas Comemoraes do Centenrio do Nascimento de lvaro Cunhal e apresenta-se precisamente cem anos aps o nascimento de lvaro Cunhal, a 10 de novembro de 1913.Conversa com o pblico no final do espetculo.Maiores de 6 anos.

  • aG

    eN

    Da

    alM

    aD

    a N

    OVE

    MB

    RO

    201

    3 C

    aPa

    9

    10 DOMINGOUNIVersOs e FrIGOrFICOs De JaCINtO lUCas PIres teatrO & teatrO O MUNDO DO esPetCUlO aUDiTrio MUnicipal FErnanDo lopEs-Graa 16hUm banco num jardim com um rapaz, depois um velho que conta histrias de universos e frigorficos, uma rapariga e um msico louco. Uma sala