Agrupamento de Escolas Miguel Torga - Bragança PROJETO ... Educativo Miguel... · Escolas Miguel Torga

  • View
    219

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Agrupamento de Escolas Miguel Torga - Bragança PROJETO ... Educativo Miguel... · Escolas Miguel...

Agrupamento de Escolas Miguel Torga - Bragana

PROJETO EDUCATIVO 2013-17

Agrupamento de Escolas Miguel Torga

Projeto Educativo 2013/2017

Pg. 2/39

NDICE

ndice 2 Prembulo 3

1. Da caracterizao construo da matriz identitria do Agrupamento de Escolas Miguel Torga 4

2. A viso 5 3. A misso 6 4. A oferta formativa 6 5. O diagnstico 7

5.1. O contexto socioeconmico de origem dos alunos/ndices de escolarizao dos Pais/Encarregados de Educao 7

5.2. Resultados da avaliao externa e da autoavaliao da organizao 7 5.3. Resultados escolares dos alunos 8 6. O enquadramento da ao futura 11 6.1. Os objetivos gerais 11 6.2. As metas 11 7. O plano de ao estratgica 12 7.1. O organograma 13

7.2. A concretizao/gesto do currculo 13 Medidas de Promoo do sucesso escolar 14 Aulas Previstas = Aulas dadas 15

7.3 Os recursos humanos 16

7.4

Os servios de apoio e os espaos/equipamentos educativos 18 Gabinete de Apoio ao Aluno (GAA) 18 O gabinete de Sade escolar 18 O apoio social aos alunos e famlias 18 As bibliotecas escolares 19 Os laboratrios 20 Os espaos desportivos 20 Os refeitrios e bares 20 O Espao Cultural Miguel Torga 21 Sala de Estudo Orientado 21 Sala de Prolongamento de Horrio 21

7.5. Programas, projetos e atividades 21 7.6. A internacionalizao do AEMT 23 7.7. Envolvimento da comunidade e parcerias 24 8. A avaliao mbito, modelos, processos e referenciais 25 8.1 A avaliao do AEMT 25 8.2. A avaliao das bibliotecas escolares (especfica) 25 8.2 A avaliao do pessoal docente 26 8.3 A avaliao dos alunos 27 A avaliao dos no docentes 27 8.4 A avaliao do projeto educativo 28

9. A divulgao, a monitorizao, a atualizao e a vigncia do projeto educativo 28

10. Anexos: Formao Especficas; Plano de Desenvolvimento Europeu; Critrios de Avaliao Aprovados 29

Agrupamento de Escolas Miguel Torga

Projeto Educativo 2013/2017

Pg. 3/39

PREMBULO

O projeto educativo constitui um documento objetivo, conciso e

rigoroso, tendo em vista a clarificao e comunicao da misso e das metas da escola no quadro da sua autonomia pedaggica, curricular, cultural, administrativa e patrimonial, assim como a sua apropriao individual e coletiva.

Decreto-Lei n. 75/2008, de 22 de abril, atualizado pelo Decreto-Lei n.

137/2012 de 2 de julho. E de novo se rasgam horizontes, se procura ir mais alm, porque o

conquistado, na etapa que se fecha, dilata a experincia, sedimenta o conhecimento e impulsiona a firmeza da resposta a constantes desafios.

O caminho grantico na sua escultrica solidez educativa, lavrado

pela sensibilidade que o traa, pela determinao que o mantm aberto, pela reflexo que o interpreta e pela cooperao que o sustenta.

Cada pilar deste empreendimento reforado na perseverana e na

confiana que genuinamente o poeta evoca:

Confiana O que bonito neste mundo, e anima, ver que na vindima De cada sonho Fica a cepa a sonhar outra aventura E que a doura Que se no prova Se transfigura Numa doura Muito mais pura E muito mais nova

Miguel Torga

Agrupamento de Escolas Miguel Torga

Projeto Educativo 2013/2017

Pg. 4/39

1. Da caracterizao

construo da matriz identitria do Agrupamento de Escolas Miguel Torga

Em 1986, por imperativo da crescente populao escolar, criada, em Bragana, a terceira escola secundria com 3 ciclo do ensino bsico a futura Escola Secundria de Miguel Torga, inaugurada em 19 de maro de 1987.

Instalada na zona histrica da cidade, em poucos anos, afirma a sua centralidade no meio educativo, em comunho com a grandeza da monumentalidade prxima que, conjuntamente com a escolha do Patrono, parece ter sido inspiradora no que respeita construo da sua prpria histria.

O vigor da alternativa que foi capaz de edificar, consolidou-se ao ponto de se tornar uma escola de referncia para a comunidade local.

A Escola Miguel Torga aprimorou a sua dinmica estratgica na rutura paradigmtica proclamada nos anos 80, quer ao nvel dos modelos de ensino e aprendizagem, quer na dimenso social e cultural.

No incio da dcada de 90, a Escola Miguel Torga j havia conquistado um lugar de destaque pela via da proximidade relacional, pela humanidade na ao que desenvolvia, pela competncia e cooperao dos seus recursos humanos, pelas prticas inovadoras em articulao com uma multiplicidade de projetos distintos, pela inovao tecnolgica e pela capacidade inclusiva.

Acolhedora de uma populao escolar heterognea alunos oriundos de agregados familiares letrados, de classe mdia-alta e outros pertencentes a meios socioecnomicos desfavorecidos , a escola prosseguia uma estratgia de sucesso para todos, atravs da ateno aturada diferena, da ao solidria e colaborativa, do dilogo com as famlias e restantes membros da comunidade e da mobilizao de vontades e meios atravs de protocolos e parcerias estratgicas.

Nesta base, foi perspetivado, desde cedo, o crescimento da instituio, desgnio que se consolidou na recente constituio do Agrupamento de Escolas Miguel Torga (AEMT).

A constituio do AEMT e a consequente oferta e articulao de todos os nveis de ensino, desde o Pr-Escolar ao final do Secundrio, e o acompanhamento, apoio e educao dos alunos, desde a nascena entrada na vida ativa ou no ensino superior, configura a concretizao de uma ideia mobilizadora e o passo definitivo para a assuno integral da funo educativa ao servio da total incluso e da abertura a todos.

A criao do AEMT, prevista na Carta Educativa do Concelho de Bragana, deveu-se a uma deciso conjunta da Cmara Municipal de Bragana e da DREN que, associando a Escola Secundria Miguel Torga EB de Quintanilha, ao JI de Gimonde e ao Centro Escolar de Santa Maria, deu luz verde a um projeto globalizante e integrador que veio permitir:

a) Um percurso escolar integrado nas diversas modalidades de ensino (o pr-

escolar, os trs ciclos do ensino bsico e o ensino secundrio), e tambm um percurso educativo com continuidade de projetos e atividades de enriquecimento curricular, do ensino experimental e das novas tecnologias;

b) Uma transio harmoniosa e devidamente acompanhada entre nveis e ciclos de ensino, uma relao prxima entre o agrupamento e as famlias num espao temporal mais alargado;

c) A articulao curricular entre os nveis e ciclos educativos, tendo como base um projeto educativo comum e uma gesto partilhada focados no sucesso escolar e educativo;

d) A unio de duas escolas construdas em terrenos confinantes e com acesso interno que possibilita, por um lado, a partilha da cantina, do ginsio e dos espaos de recreio e, por outro, do pessoal docente e no docente;

e) O reforo da preveno e da luta contra a excluso social e escolar, atravs de protocolos j existentes e outros que apoiem os alunos das famlias mais carenciadas;

Agrupamento de Escolas Miguel Torga

Projeto Educativo 2013/2017

Pg. 5/39

f) O aumento da segurana dos alunos e das instalaes com uma gesto articulada da vigilncia;

g) A maior dinamizao da zona histrica potenciando o desenvolvimento harmonioso da cidade;

Com a existncia de um ano apenas, o AEMT, constitudo pela Escola Bsica e

Secundria Miguel Torga, a Escola Bsica de Santa Maria, a Escola Bsica de Quintanilha e o Jardim de Infncia de Gimonde, assimilou as caractersticas que constituem a matriz identitria original uma instituio marcadamente humanista, onde se destaca a capacidade inclusiva, a valorizao pessoal, a ateno solidria, o respeito pela singularidade individual, o esprito de partilha, a responsabilidade coletiva e a mobilizao contnua, tendo em vista o sucesso da sua comunidade.

Constituio do AEMT no ano letivo de 2013/14:

Escolas Docentes Alunos Assistentes Operacionais

/Tcnicos

Tcnicos Superiores

J. I. de Gimonde E. B. de Santa Maria E.B. de Quintanilha E.B.S. Miguel Torga

104

758

44

1

2. A viso

O Agrupamento de Escolas Miguel Torga assume, com orgulho e sentido de

pertena, o seu projeto de escola pluridimensional e inclusivo e o avaliar muito positivamente a forma de ser e de estar muito prpria que se traduz no trabalho desenvolvido em prol do sucesso educativo e escolar dos alunos, das famlias, dos docentes e dos funcionrios e em prol de Bragana.

Quer continuar, em parceria com a cidade, um passo frente a caminho do futuro no desenvolvimento de um projeto renovado que merea da comunidade uma confiana certificada tambm no que somos:

Uma Escola com forte sentido de servio pblico que presta especial ateno aos mais carenciados, vivendo intimamente o conceito de incluso, sem diferenciar credos, ideais polticos, raas ou estatutos sociais;

Uma Escola que olha os seus alunos como filhos queridos, crescendo com orgulho de serem transmontanos e cidados do mundo;

Uma Escola que procura a excelncia abraada ao Humanismo, a eficcia na senda de melhores resultados aliada formao de pessoas livres e democratas;

Uma Escola em que os rgos constitudos cooperam, com respeito entre si, assumindo as competncias prprias definidas na lei e nos normativos internos;

Uma Escola que, naturalmente, se abre comunidade, estabelecendo relaes biunvocas em prol do desenvolvimento mtuo, da promoo do desporto, da sade, da arte, da cultura e da defesa ambiental;

Uma Escola onde cada um se reveja e possa dar o melhor de si; Uma Escola que considera a liberdade uma conquista essencial, onde cada

um apresenta crticas e sugestes que so acolhidas, e tendo sempre como prioridades uma melhor e mais eficaz organizao e o bem estar e s