of 22 /22
ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA ALAVANCAGEM FINANCEIRA Professor: Kleber Mantovanelli Barbosa Fonte: Análise de Balanços – Sérgio de Iudícibus

Alavancagem Financeira - AFO

Embed Size (px)

Text of Alavancagem Financeira - AFO

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

ALAVANCAGEM FINANCEIRAProfessor: Kleber Mantovanelli Barbosa

Fonte: Anlise de Balanos Srgio de Iudcibus

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

Em fsica alavancagem traduz o efeito da alavanca para mover ou levantar um objeto ou volume pesado, empregando uma fora reduzida. Neste sentido, alavancar significa mover ou levantar algo com auxlio de alavanca. Alavancagem , ento, o ato ou efeito de alavancar.

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

Num contexto empresarial alavancagem o mtodo de utilizar recursos de terceiros com vista a aumentar a taxa de lucros sobre o capital prprio. Sendo assim, o estudo da alavancagem procura evidenciar a importncia relativa dos recursos de terceiros, na estrutura de capital da empresa. Alavancagem a capacidade que uma empresa possui para utilizar recursos de terceiros visando maximizar o lucro dos seus scios.

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

Imagine duas empresas distintas: A empresa A somente se utiliza de capital prprio para financiar seu ativo. Consegue obter um retorno de 20% sobre este ativo. O retorno sobre o patrimnio lquido ser de 20% tambm, pois todo o lado direito do balano formado pelo patrimnio lquido, que assim igual ao ativo.

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

A empresa B por seu lado, obtm o mesmo retorno de 20% sobre o ativo, mas recorrendo a recursos de terceiros consegue dobrar seu investimento em ativo. Vejamos o que ocorreria em trs situaes distintas:

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

1. Custo de emprstimo: igual taxa de retorno sobre o Ativo.EMPRESA A Ativo Passivo Patrimnio Lquido Lucro antes dos juros (retorno do ativo) Despesas de Juros Lucro Aps os Juros 100 0 100 20 0 20 EMPRESA B 200 100 100 40 20 20

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

Verifica-se que o retorno sobre o patrimnio lquido idntico, igual a 20%. Nenhum benefcio ou prejuzo adicional se transferiu aos acionistas, como conseqncia do emprstimo.

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

2. Custo do emprstimo: inferior taxa de retorno sobre o Ativo. Considere o custo do emprstimo de 10%.

EMPRESA A Ativo Passivo Patrimnio Lquido Lucro antes dos juros (retorno do ativo) Despesas de Juros Lucro Aps os Juros 100 0 100 20 0 20

EMPRESA B 200 100 100 40 10 30

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

Neste segundo caso, a empresa A obteve um retorno de 20% sobre patrimnio Lquido e a empresa B , recorrendo a endividamento, teve um retorno de 30% (clculos sobre o patrimnio lquido inicial). Nota-se que os valores colocados para o ativo nas duas empresas so apenas os iniciais. Na verdade, a receita seria adicionada ao ativo inicial, subtraindo-se os juros (se estes forem pagos) ou adicionando estes ltimos ao passivo. O patrimnio Lquido final ficaria alterado pela diferena entre receita e despesas.

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

3. Custo do emprstimo: superior taxa de retorno sobre o Ativo (digamos, de 30%).EMPRESA A Ativo Passivo Patrimnio Lquido Lucro antes dos juros (retorno do ativo) Despesas de Juros Lucro Aps os Juros 100 0 100 20 0 20 EMPRESA B 200 100 100 40 30 10

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

Verifica-se que neste caso foi desvantagem a obteno de endividamento, pois obtivemos um lucro final menor. A empresa A obteve um retorno de 20% e a empresa B de apenas 10% (sobre o patrimnio Lquido). O que pode-se analisar do trs exemplos? que o fator fundamental reside na comparao entre taxa de retorno do ativo e o custo da dvida.

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

Desde que a taxa de custo da dvida seja inferior ao retorno obtido pelo emprego e giro no ativo dos recursos obtidos por emprstimo, o endividamento acarreta benefcios aos acionistas. Se a situao se inverter, o retorno para os acionistas seria maior se obtivssemos os recursos adicionais com capitais de risco. Se as taxas forem iguais, o resultado do endividamento neutro (pelo menos a curto prazo), dependendo a deciso de endividar ou no de outros fatores, tais como disponibilidade de capitais de risco etc.

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

O EFEITO ALAVANCAGEM FINANCEIRA Efeito de tomar recursos de terceiros a determinado custo, aplicando-os nos ativos com uma outra taxa de retorno. O significado da alavancagem Financeira est correlacionado ao exemplos anteriores apresentados. Quando a alavancagem ou o grau de alavancagem maior do que 1 o endividamento tem um efeito de alavanca sobre o lucro que levado para o acionista. Puxa para cima a taxa de retorno dos acionistas.

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

Uma das frmulas, utilizadas, na prtica, para o clculo da alavancagem, a seguinte: Lucro Lquido Grau de alavancagem = Patrimnio Lquido Mdio Lucro Lquido + Despesas Financeiras Ativo Mdio

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

Verifica-se portanto, que se trata de um quociente entre dois quocientes. Pode ser expresso tambm da seguinte forma:Taxa de Retorno sobre Grau de Alavancagem = O Ativo Mdio X 1- Exigvel Total Mdio Ativo Total Mdio

Ativo Total Mdio Lucro lquido + Desp. Financeiras

TRA = Lucro Disponveis para acionistas ordinrios Ativo Total

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

Exemplos (utilizando a frmula):

ATIVO INICIAL Patrimnio Lquido Inicial Lucro Lquido Despesas Financeiras

100.000,00 50.000,00 30.000,00 10.000,00

Aplicando a frmula sobre os valores iniciais (para facilitar)

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

Grau de alavancagem =

Lucro Lquido Patrimnio Lquido Mdio Lucro Lquido + Despesas Financeiras Ativo Mdio

GA =

Lucro Lquido / Patrimnio Lquido (Lucro lquido + Despesas Financeiras) / Ativo 30.000,00 / 50.000,00 (30.000,00 + 10.000,00) / 100.000,00

GA =

GA = 0,60 = 1,5 0,40

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

Utilizando outra frmula:Taxa de Retorno sobre Grau de Alavancagem = O Ativo Mdio X 1- Exigvel Total Mdio Ativo Total Mdio TRA = Lucro Disponveis para acionistas ordinrios Ativo Total TRA = 30.000,00 = 0,30 100.000,00

Ativo Total Mdio Lucro lquido + Desp. Financeiras

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

GA = 1

0,30 x 50.000,00 100.000,00

100.000,00 = 0,30 x 2,5 = 0,60 x 2,5 = 1,5 40.000,00 0,50

Note-se que a taxa de retorno sobre o ativo que estamos utilizando em GA no o que teria sido obtido se tivssemos contado somente com capital prprio, mas a efetivamente obtida, isto , dividindo-se o lucro lquido (30.000,00) pelo ativo (100.000,00). Por outro lado, o exigvel total financiou, neste exemplo, 50% do ativo. O ativo total, por sua vez, igual a 2,5 vezes o lucro lquido adicionado s despesas financeiras.

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

Obviamente, se as despesas financeiras, no exemplo apresentado, tivessem somado $ 15.000,00 e no 10.000,00, o lucro lquido seria de apenas de $ 25.000,00. A alavancagem mudaria, pois o retorno sobre o patrimnio lquido seria de: 25.000,00/50.000,00 = 0,50 e no de 0,60. O lucro lquido mais as despesas financeiras divididos pelo ativo continuariam em 40%. A alavancagem seria de apenas 0,50/0,40 = 1,25, no mais 1,5.

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

Exemplo 2:ATIVO INICIAL Patrimnio Lquido Inicial Lucro Lquido Despesas FinanceirasGrau de alavancagem =

2.350.000,00 900.000,00 180.000,00 290.000,00

Lucro Lquido Patrimnio Lquido Mdio Lucro Lquido + Despesas Financeiras Ativo Mdio

ADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA

GA = 180.000,00 900.000,00

x

2.350.000,00 = 470.000,00

Grau de Alavancagem = 0,20 x 5 = 1