Alec News dez2010

  • View
    214

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Notícias sobre empresas locadoras para construção civil

Text of Alec News dez2010

  • Mala Direta Postal

    CORREIOS

    CORREIOS

    DEVOLUOGARANTIDAAssociao Brasileira das Empresas Locadoras de Bens Mveis

    Avenida Mandaqui, 67 - Bairro do Limo - So Paulo - SP - Tel: 11 3965-9819

    INFORMATIVO INTERNO DA ALEC - DEZEMBRO/2010

    ASSOCIAO DE LOCADORAS

    2010 foi excelente! 2011 pode ser inesquecvel, prepare-se!

    Diretoria Executiva

    Presidente: Durval C. GasparettiVice-presidente: Fernando ForjazDiretor Tesoureiro: Stavros E. RoussoglouDiretor Secretrio: Paulo Cesar ChiomentoDiretor de Sede: Seiji IkedaDiretor de Relaes Sociais: Carlos Arasanz

    ALEC News - DEZEMBRO 2010

    Projeto Grf ico: Multifoco Comunicao Jornalista: Marot Gandolf iImpresso: Grafcopy Grf ica e EditoraTiragem: 2200 unidades

    A ALEC no se responsabiliza pelas matrias assinadas por seus colaboradores.

    ANUNCIE NO ALEC NEWS (verso impressa e eletrnica)

    Contate Adalber to, gerente da ALEC, atravs do tel. (11) 3965-9819 ou envie

    um e-mail para grs@alec.org.br

    CADASTRE-SE PARA RECEBER NOSSAS NOTCIAS

    Para receber nosso newsletter eletrnico, envie seus dados

    (nome, empresa, telefone e e-mail) para mkt@alec.org.br ou ligue

    para 11 3965-9819.

    Mais um ano est terminando. No foi um ano como os outros para o nosso segmento. Foi um ano excepcional que deixou claro quanto ns precisamos investir em nossa capacitao e no aprimoramento de nossas equipes para podermos colher mais para frente os frutos dos investimentos que sero feitos a partir do prximo ano no Brasil.

    2010 foi um ano de muito trabalho e no ser diferente em 2011!

    A ALEC est pronta para novos desafios no prximo ano, j tem suas metas estabelecidas, mas para alcan-las precisa da colaborao e unio de seus associados.

    Ningum faz nada sozinho. Juntos, podemos multiplicar nossas idias e nossos conceitos!

    Esperamos que voc, sua famlia e sua empresa tenham um excelente Natal e que voltem com toda a energia e disposio em 2011! A batalha vai ser grande, mas extremamente positiva!

    Boas festas!

  • Palavra do PresidenteGostaria de iniciar este bate-papo, abordando o ALUGAR BRASIL 2010 e FELOC2010, que foram um sucesso tanto de pblico, quanto de resultados. Esse sucesso s foi possvel graas a um alto grau de integrao entre fornecedores e locadores. Do lado dos fornecedores, contamos 26 deles distribudos nos 30 estandes da FELOC2010, e do lado dos locadores, contamos com a presena de centenas nos dois dias do evento.

    Outro ponto a abordarmos, j que chegamos ao f inal de dezembro, realizar um balano de 2010. Em um de nossos objetivos, o de oferecer treinamentos aos prof issionais das locadoras, atuamos como facilitadores, disponibilizando em nossa sede uma sala com capacidade

    para 50 pessoas, com total infraestrutura.Temos coordenado os cursos fornecidos pelos fabricantes, tanto em nossa sede como em seus centros de treinamentos. Agora comeamos a ampliar para diversas regies do pas, onde tenhamos grupos de associados que possam sediar o treinamento.

    Seguindo a estratgia de realizar uma maior integrao com as locadoras e promover uma maior capacitao de suas equipes, realizamos durante o ano de 2010, o ALUGAR LITORAL, em Santos, litoral de So Paulo, ALUGAR INTERIOR, em Bauru, interior de So Paulo e o ALUGAR NORTE, em Belm do Par. Nestes eventos so realizadas palestras de grande interesse para locadoras tais como: mercado da construo civil, gesto de locadoras, segurana de equipamentos, entre outros. Em paralelo, acontece uma exposio com diversos fabricantes, que possibilita um contato mais prximo entre locadoras e fabricantes. Ainda apoiamos e par ticipamos do ALUGAR NORDESTE, realizado pelo Sindileq-Pernambuco, em Recife.

    A ALEC tem como meta para 2011 triplicar o nmero de eventos ALUGAR REGIONAL emrelao ao nmero realizado em 2010. Desta forma, ampliar a divulgao de informaes e promover a integrao entre a Associao e locadoras de todo o Brasil.

    Em 2010, foram 19 cursos tcnicos e 3 edies do ALUGAR REGIONAL, num total de 279 horas, envolvendo 381 profissionais.

    Para marcar nossa presena institucional, par ticipamos de feiras de grande expresso no segmento em que atuamos.

    uma estratgia ef icaz que nos possibilita uma maior divulgao do trabalho da ALEC e ampliar nossa representatividade. Em 2010, par ticipamos da 5 EXPOMQUINAS em Por to Alegre e da CONCRETE SHOW em So Paulo.

    Para 2011, pretendemos par ticipar da M&T Peas e Servios, Concrete Show, Expomquinas, entre outras.

    Na rea da comunicao com seus associados e com o mercado, enviamos periodicamente para mais de 2.200 locadoras no Brasil, o ALEC NEWS, na verso impressa e eletrnica.

    Seguindo as inovaes tecnolgicas crescentes da Internet, estamos investindo num Por tal totalmente novo, interativo, que atende a dois pblicos: nossos associados e construtoras, que so os clientes de nosso quadro associativo.

    Com o objetivo de promover a divulgao do conceito de LOCAO e suas vantagens, anunciamos em duas publicaes de grande penetrao no mercado, revista Manuteno & Tecnologia e Guia da Construo.

    Enf im, 2010 foi um ano produtivo para todos ns, e para 2011 temos muitos planos que nos levaro ainda mais longe.

    UM FELIZ NATAL E UM MARAVILHOSO 2011 PARA TODOS NS!

    Durval C. Gasparetti

  • Equilibrando os focos na oportunidade e no relacionamento - O vendedor per feito muda de um estilo para outro quando quer. Alguns sentem-se mais confor tveis com um estilo s. Alguns so gregrios e adoram socializar, e tendem venda focada no relacionamento. J aqueles que gostam da estratgia de venda e de um processo de vendas bem def inido e precisamente executado, tendem a focar na opor tunidade. natural que o vendedor tente contrabalanar a tendncia a um estilo e outro sempre que o momento exija.

    Encontrando as oportunidades de vendas - Algumas empresas dizem que no tem opor tunidades de vendas, seus vendedores vendem como consequncia do servio que prestam a seus clientes. Se voc for bom aos seus clientes, ele vai continuar comprando de voc. Concorrncia par te integrante e essencial da opor tunidade de vendas.

    No existe almoo grtis, da mesma forma que no existe venda sem esforo. Quando vendemos, estamos usando nossas habilidades contra uma alternativa oferecida pela concorrncia.

    s vezes, tal concorrncia a prpria inatividade do cliente. O perigo real pressupor que a opor tunidade vir at voc, ao invs de voc ter que ir busc-la. Esta f ilosof ia normalmente resulta em um ciclo de vendas cur to, seguido de uma reao tipo comeamos muito tarde. Quanto mais cedo a opor tunidade de vendas for identif icada, mais cedo se consegue elaborar uma estratgia para venc-la. Na venda competitiva, no h nada melhor que descobrir uma opor tunidade antes da concorrncia.

    Isso s acontecer se houver uma cultura de foco na opor tunidade dentro da equipe.

    Esta equipe est c o n s t a n t e m e n t e caa de sinais de necessidades emitidos por seus clientes que levaro deciso de compras e opor tunidade de vender.

    Encontrando os clientes potenciais - Para a maioria dos vendedores, a prospeco um desaf io recebido com muito pouco entusiasmo, porque geralmente ela feita atrs de uma mesa, num computador, em algum outro lugar, que no na frente de nossos clientes. Claro que todos ns sabemos que a prospeco de clientes potenciais para vendas o mesmo que as sementes so para um jardim. Se no plantarmos sementes, no teremos f lores.

    O mesmo verdade quando se trata da relao entre novas opor tunidades de vendas e clientes satisfeitos. Sem clientes potenciais no teremos relaes comerciais. por isso que a prospeco de clientes to crucial para o nosso sucesso.

    Por que no fazemos prospeco? Quando os vendedores no tm um bom sistema de prospeco e interpretam isso meramente como se fosse uma ligao fria, com frequncia, se deparam com a rejeio. Quanto mais rejeies recebemos, mais difcil torna-se a prospeco. Para muitos, a prospeco de clientes na realidade um jogo de acerto e erro.

    Algumas vezes temos sucesso e outras no e por isso pode ser frustrante. Na realidade, um sistema verdadeiro de prospeco de clientes cria um conjunto de ferramentas que podemos utilizar para criar uma fonte de novas opor tunidades, jorrando bem em nossa por ta. Um bom sistema de prospeco nos traz clientes.

    Administrando nossos contatos - Um dos mais valiosos ativos nossa lista de

    PRECIOSAS DICAS DE VENDAScontatos. Construir e manter relaes atravs do processo de desenvolvimento de vendas requer um padro correto de eventos, aes, comentrios e expectativas de clientes potenciais, de nossos clientes e as nossas. Manter esse padro em um sistema que correto e acessvel fundamental para a relao comercial a longo prazo.

    Pr-abordagem - Se todos concordamos que estamos vivendo na era da informao, por que muitos vendedores preferem manter-se desinformados quando lidam com clientes potenciais?

    Porque tendemos a passar diretamente da descober ta de novas opor tunidades negociao de vendas sem dedicar tempo para conhecer as vontades e necessidades bsicas do nosso cliente potencial?

    Fontes consultadas:Thompson, 2008Carnergie, 2005

    Lair ton Zuza da SilvaGestor de Negcio Weber M&T do Brasil

    +55 31 3269-6600+55 11 2588-7880

    Em breve, mais uma inovao da SISLOC para a sua locadora.

    Novos softwares da SISLOC: a soluo ideal para a sua empresa, seja qual for o tamanho dela.

    Tel/Fax:

    www.sisloc.com.br

  • COMO ATENDER SEUS CLIENTESQual a qualidade de nossas decises?Todos ns, responsveis pela gesto de empresas, passamos o dia tomando decises. Decidimos qual desconto a ser oferecido em uma proposta, se hora de realizarmos novos investimentos, que novas mquinas adquirir, se seguro alugar o volume de mquinas que um cliente solicita e muito mais.

    As perguntas surgem a todo mom