ANAIS - 1884 - LIVRO 3 - Transcrição IMPERAL ANNO DE 1884 LIVRO 3 ANAIS DO SENADO Secretaria Especial

  • View
    250

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of ANAIS - 1884 - LIVRO 3 - Transcrição IMPERAL ANNO DE 1884 LIVRO 3 ANAIS DO SENADO Secretaria...

SENADO IMPERAL

ANNO DE 1884LIVRO 3

ANAIS DO SENADO

Secretaria Especial de Editorao e Publicaes - Subsecretaria de Anais do Senado Federal

TRANSCRIO

yuribeloCaixa de texto ANNAES DO SENADO DO IMPERIO DO BRAZIL

Indice de 1 a 31 de Julho de 1884 ACTAS:

Em 2 de Julho Pag. 16. Em 5 de Pag. 26. Em 10. Pag. 163. Em 30. Pag. 254.

ADDITAMENTO:

DO SR. LEO VELLOSO

So bre o t ransportado pela es trada de f erro d e Baturit, e o e xportado p ela alfandega da F ortaleza, n os annos de 1883 1884. Pag. 240. ADDITIVOS:

DA COMMISSO DE ORAMENTO

Ao oramento do ministerio do imperio. Pag. 32:

DOS SRS. CASTRO CARREIRA, PAULA PESSOA E JAGUARIBE

Sobr e o pr olongamento da es trada de f erro d e

Baturit Quixad Pag. 123.

DOS MESMOS SENHORES

Sobre a repartio do correio do Cear. Pag. 123. DO SR. LIMA DUARTE

Aut orizando o governo p ara permittir que a es trada

de ferro Principe do GroPar, no seu prolongamento para a povoao d o R io P reto p ossa utilisar-se d o le ito da e strada Unio e I ndustria, par a as sentamento de s eus t rilhos, a comear de dez k ilometros alm de Pet ropolis at o Ar al, comtanto qu e o f aa d e mo do que no obste a o t rafego da mesma es trada, s endo es ta, nos t rechos a ssim ut ilisados, conservada pela estrada de ferro concessionaria. Pag. 123.

DOS SRS. VIRIATO DE MEDEIROS, PAULA E CASTRO

CARREIRA Aut orizando o go verno a f azer as oper aes de

credito necessarias para a continuao da estrada de ferro de Sobral e construco do aude de Itacolomy. Pag. 184.

DOS SRS. RIBEIRO DA LUZ, FAUSTO DE AGUIAR E OUTROS

Ao oramento de justia, Pag. 252.

AFFONSO CELSO (O SR.) DISCURSOS:

Oramento de ministerio do imperio. (Sesso em 7 de Julho.) Pag. 30.

Oramento de mi nisterio do i mperio. (Sesso em 9. ) Pags. 82 a 84.

Pl anta c adastral da c idade do Ri o de J aneiro. (Sesso em 21.) Pag. 108.

Oramento do ministerio da agricultura. (Sesso em 21.) Pags. 176 a 185.

Explicaes ministeriaes. (Sesso em 31.) Pags. 261 e 262.

BARO DA LAGUNA (O SR.) DISCURSOS:

Mel horamento da b arra do nor te da pr ovincia d e Santa Catharina (Sesso em 24 de Julho) Pags. 219 e 220.

BARO DE MAMOR (O SR.) DISCURSOS: Regul amento da h ygiene pu blica ( Sesso em 3 de

Julho) Pags. 24 e 25. Or amento do mi nisterio do i mperio ( Sesso em 9)

Pags. 75 a 77. Or amento do mi nisterio do i mperio ( Sesso em 9)

Pags. 83 a 84. Assembla provincial do Par (Sesso em 11) Pags.

101 a 104. BARO DE MAROIM (O SR.) DISCURSOS: O passamento do Sr. senador Diniz (Sesso em 4 de

Julho) Pag. 28. CARNEIRO DA ROCHA (MINISTRO DA AGRICULTURA) (O SR.) DISCURSOS:

Cr edito ao mi nisterio da agr icultura par a a construco das l inhas t elegraphicas no Par an ( Sesso em 3) Pag. 19.

Out ro c redito par a a d esobstraco do r io de S. Francisco (Sesso em 3) Pag. 23.

Or amento d o mi nisterio da agricultura ( Sesso em 16) Pags. 128 a 137.

Idem idem (Sesso em 21) Pags. 108 a 201. Idem idem (Sesso em 26) Pags. 228 a 230. Idem idem (Sesso em 25) Pags. 233.

CASTRO CARREIRA (O SR.) DISCURSOS:

Regul amento da h ygiene pu blica ( Sesso em 3 de Julho) Pags. 26.

Or amento do mi nisterio do i mperio ( Sesso em 9) Pags. 79 e 80.

Or amento d o mi nisterio da agricultura ( Sesso em 15) Pags. 119 a 123. CHRISTIANO OTTONI (O SR.) DISCURSOS:

Par ecer da c ommisso de l egislao s obre segurana individual. (Sesso em 1 de Julho.) Pags. 6 a 14.

Oramento do ministerio da agricultura. (Sesso em 17.) Pags. 147 a 150.

Re presentao de negociantes, et c., de S. J os de Porto-Alegre. (Sesso em 28.) Pags. 247.

E xplicaes mi nisterianas. (Ses so em 3 1) Pags . 260 e 261. CONDE DE BAEPENDY (O SR.) DISCURSOS:

A reforma de eleio de camaras municipaes e juizes de paz. (Sesso em 22.) Pags. 201 e 202. CORREIA (O SR.) DISCURSOS:

Cr edito ao mi nisterio da agr icultura par a a construco de linhas telegraphicas no Paran. (Sesso em 3 de Julho.) Pags. 20 a 22.

Regul amento d a hygi ene p ublica. ( Sesso em 3. ) Pags. 26 e 27.

O passamento do Sr. senador Diniz. (Sesso em 4.) Pags. 28.

Repr esentao d a c amara municipal do S. Fi delis, provincia do Rio de Janeiro.(Sesso em 7.) Pag. 30.

Oramento do mi nisterio do i mperio. (Sesso em 7. ) Pags. 32 a 48.

Commisso de emprestimos. (Sesso em 10.) Pags. 80 a 90.

,272 Indice

Oramento do ministro do imperio. (Sesso em 10.) Pags. 91 a 101.

Oramento do ministerio do imperio. (Sesso em 12.) Pag. 107. Planta cadastral da cidade do Rio de Janeiro. (Sesso em 12.)

Pags. 108. Oramento do m inisterio da agricultura. (Sesso em 14. ) Pags.

109 a 113. Idem, idem. (Sesso em 18.) Pags. 153 a 160. Tarifas da estrada de ferro de Baturit. (Sesso em 26.) Pags.

243 e 244. Representao d e n egociantes, l avradores e pr oprietarios d a

villa de S. Jos de Porto-Alegre. (Sesso em 28.) Pags. 245 a 247. Oramento do ministerio da justia. (Sesso em 28.) Pags. 248

a 252. Iseno do imposto de sello. (Sesso em 28.) Pags. 253. Explicaes ministeriaes. (Sesso em 31.) Pags. 256 a 260.

CRUZ MACHADO (O SR.) DISCURSOS: Explicaes s obre a n o publicao do discurso do Sr. S ilveira

da Motta pronunciado na sesso de 3 0 de Jul ho. (Sesso em 1 d e Jul ho) Pag. 4.

Reforma da el eio de camaras municipaes e d e juizes de paz. (Sesso em 14.) Pags. 113 e 114.

Idem, idem (Sesso em 14.) Pag. 117. DANTAS ( PRESIDENTE DO C ONSELHO.) ( O SR.)

DISCURSOS: Parecer da com misso d e l egislao so bre r eclamaes d e

segurana individual.(Sesso em 1 de Julho.) Pags. 4 a 6. Deportao de redactor d e um j ornal i taliano. (S esso em 8. )

Pag. 51. Negocios da Bahia. (Sesso em 9.) Pag. 73. Commisso de emprestimos. (Sesso em 10.) Pags. 90 e 91. Explicao. (Sesso em 25.) Pags. 231 e 232. Explicaes ministeriaes. (Sesso em 31.) Pags. 255 e 256. EMENDAS: Para qu e as representaes so bre s egurana i ndividual s ejo

enviadas ao governo. Pag. 14. Approvao em parte. Pag. 24.

DA COMMISSO DE ORAMENTO Ao oramento do ministro do imperio. Pag. 30. DO SR. CASTRO CARREIRA Ao oramento do Imperio. Pag. 32. DO SR. SOARES BRANDO Idem . Pag. 32. DO SR. CRUZ MACHADO Idem . Pag. 32. DO SR. RIBEIRO DA LUZ E OUTROS SRS. SENADORES

Ao oramento do Imperio. Pag. 79. DO SR. BARO DE MAMOR Autorisando o governo a dar gratificao, no excedente a verba

votada, a os m edicos qu e desi gnar p ara e xercerem q uaesquer a ttribuies no servio sanitario, salvo a direco da Junta de Hygiene Publica, que ser o centro de todo aquelle servio, reunindo-se-lhe a do Instituto Vaceinico, e harmonisando a s a ttribuies dos di versos r egulamentos q ue, pela n ova organizao provisoria, forem inconciliaveis. Pag. 84.

DO SR. BARROS BARRETO Para s upprimir-se o n. 2 dos additivos d a com misso de

oramento que passou em 2 discusso. Pag. 85.

EMENDAS APPROVADAS EM 2 DISCUSSO PELO SENADO Sobre o oramento d a d espeza de m inisterio da j ustia pa ra o

exercito de 1884 1885. Pag. 106. DA COMMISSO DE CONSTITUIO Sobre a eleio de um senador por Minas. Pag. 106. DO SR. CRUZ MACHADO A reform a da el eio de cam aras m unicipaes e de j uizes de

paz. Pag. 114. DO SR. JUNQUEIRA Ao oramento da agricultura. Pag. 145. DO SR. CRUZ MACHADO Para qu e, sem augmento da ver ba consignada pa ra o pess oal

do s ervio tel egraphico d a es trada de fe rro D . P edro II, fiquem d esde j equiparados os vencimentos do c hefe desse s ervio nos vencimentos dos outros chefes de servio da mesma estrada. Pag. 166.

DA COMMISSO Ao oramento da agricultura. Pag. 199. DO SR. JUNQUEIRA Ao oramento da agricultura. Pag. 221.

DO SR. JOO ALFREDO, CUNHA E FIQUEIREDO E OUTROS

Ao oramento de agricultura. Pag. 232. DO SR. CORREIA (ADDITIVO) A pena de destituio comminada aos cor retores e agentes de

leiles na ultima parte do art. 9 de decreto n. 806 de 26 de Julho de 1851 e no art. 13 do decreto n. 858 de 10 de Novembro do mesmo anno, pela falta de a presentao d o co nhecimento d o i mposto d e i ndustrias e pr ofisses para o registro na j unta com mercial, ser t ambem a pplicada em ca so identico aos interpretes do commercio. Pag. 252.

DOS SRS. LEO VELLOSO, VISCONDE DE PARANAGU E MEIRA DE

VASCONCELLOS

Para que o governo seja igualmente autorisado a conceder um anno de l icena com os r espectivos ord enados ao d esembargador da relao d e C uyab A ntonio Jo aquim R odrigues, e ao j uiz d e di reito d a comarca de S anta philomena Jos de Azevedo e S ouza, para t ratarem de sua saude. Pag. 268.

DO SR. FERNANDES DA CUNHA Idem um ann o de l icena c om ord enado em favor do

desembargador da relao de Goyaz, Manoel Carvalho da Costa. Pag. 268.

FAUSTO DE AGUIAR (O SR.) DISCURSOS: Eleio das camaras municipaes e de juizes de paz. (Sesso em

14 de julho.) Pags. 114 e 115. Idem, idem. (Sesso em 18.) Pag. 158.

FERNANDES DA CUNHA (O SR.): Observaes so bre um a l icena a o des embargador Manoel

Carvalho da Costa. (Sesso em 31.) Pag. 268.

FRANCO DE S (MINISTERIO DO IMPERIO) (O SR.) DISCURSOS: Regulamento da hygiene publica