Click here to load reader

Análise de ciclo de vida - · PDF fileAnálise de ciclo de vida. Ferramenta de suporte à criação de valor. Paulo C. Bessa. CORTICEIRA AMORIM. News of our death have been greatly

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Análise de ciclo de vida - · PDF fileAnálise de ciclo de vida. Ferramenta de...

  • capa

    Anlise de ciclo de vidaFerramenta de suporte criao de valor

    Paulo C. BessaCORTICEIRA AMORIM

  • News of our death have been greatly exagerated. Mark Twain

    Perda de charme junto de lderes de opinio

    Grand Central Station, 2002

  • Objectivos

    Objectivo da empresa: Identificar oportunidades de melhoria do desempenho ambiental

    Fornecer informao adicional a clientes e consumidores

  • Anlise de ciclo de vidaImportncia da informao

    Fornecer informao adicional a clientes/consumidores/decisores

    A minha matria-prima proveniente de fontes renovveis.

    Mas os nossos processos recorrem a fontes de energia renovveis

    O meu produto de origem florestal fixa carbono Logo, mais amigo do ambiente

    As minhas matrias-primas esto prximas e as vossas viajam vrios Km menos emisses

    Os nossos processos tambm No sabes o que dizes o meu produto 100% reciclvel.

  • Fornecer informao adicional a clientes e consumidores Clientes/consumidores/decisores

  • Objectivos

    Objectivo do trabalho:Avaliar impactes ambientais das rolhas de cortia em comparao com os vedantes de alumnio e plstico

  • Anlise de ciclo de vidambito do trabalho

    O estudo incidiu sobre vedantes utilizados nas garrafas de 750ml de vinho consumido no Reino Unido (unidade funcional), tendo sido estudados os seguintes:

  • Anlise de ciclo de vidaMetodologia

    De acordo com a norma ISO 14040 e ISO 14044. Sempre que necessrio, os resultados apresentados penalizam a rolha de cortia natural.

    No foram considerados os impactos ambientais associados a:

    processo produtivo para transformar o alumnio em screwcap; transformao das matrias-primas (essencialmente derivados de petrleo) em vedantes de plstico.

  • Anlise de ciclo de vidaCiclo de vida das rolhas de cortia

    gua

    Matrias-Subsidirias

    Combustveis

    Electricidade

    Transporte

    Descortiamento

    Preparaoda cortia

    Produo de rolhasEngarrafamento

    Utilizao

    Fim de vida

    Reciclagem

    Efluentes lquidos

    Emisses gasosas

    Resduos

    AterroBiomassa para a produo de energia

  • Anlise de ciclo de vidaModelo de vedantes para garrafas de vinho

  • Anlise de ciclo de vidaConcluses (valores absolutos)

    Indicador AmbientalTipo de Vedante

    Cortia Alumnio Plstico

    Consumo de energia no-renovvel(MJ/1000 vedantes)

    102,02 441,92 496,75

    Consumo de gua (m3/1000 vedantes)

    25,64 13,48 41,31

    Emisso de GEE (g CO2 eq./1000 vedantes, directas 100 anos)

    1.533,73 37.172,46 14.833,36

    Contribuio para a acidificao atmosfrica (g H+ eq./1000 vedantes)

    1,35 8,30 2,08

    Contribuio para a formao de oxidantes fotoqumicos (g ethileno eq./1000 vedantes, mdia)

    3,45 13,96 5,09

    Contribuio para a eutrofizao da gua(g fosfatos eq/1000 vedantes)

    0,60 0,67 0,92

    Produo de resduos (kg/1000 vedantes)

    3,72 7,39 5,84

    Desempenho inferior em pelo menos 20 % em relao ao melhor desempenho

    Desempenho inferior em menos de 20 % em relao ao melhor desempenho

    Melhor Desempenho

  • Anlise de ciclo de vidaConcluses - desempenho relativo

    Indicador AmbientalTipo de Vedante

    Cortia Alumnio Plstico

    Consumo de energia no-renovvel 1.00 4.33 4.87Consumo de gua 1.90 1.00 3.06Emisso de GEE 1.00 24.24 9.67Contribuio para a acidificao atmosfrica 1.00 6.15 1.54Contribuio para a formao de oxidantes fotoqumicos 1.00 4.04 1.48Contribuio para a eutrofizao da gua 1.00 1.10 1.52Produo de resduos 1.00 1.99 1.57

    1,00

    Desempenho inferior em pelo menos 20 % em relao ao melhor desempenho

    Desempenho inferior em menos de 20 % em relao ao melhor desempenho

    Melhor Desempenho

    O estudo concluiu que a rolha de cortia apresenta vantagens ambientais face aos vedantes alternativos.

  • Anlise de ciclo de vidaConcluses - Emisses GEE

    Cada vedante de plstico emite 10 vezes mais CO2 que uma rolha de cortia e as emisses de CO2 da cpsula de alumnio so 24 vezes superiores s da rolha de cortia.

    No considera por isso o importante sumidouro de CO2 do montado de sobro (4,8 milhes de toneladas s em Portugal no ano de 2006). E se o considerarmos?

  • Anlise de ciclo de vidaTestar a robustez dos resultados

    Anlise de sensibilidade e simulaes: Composio dos vedantes de plstico: Variao do contedo de Polietileno de Alta Densidade (PEAD) e Polipropileno (PP) Quantidade de alumnio secundrio utilizado no processo Comportamento da cortia em aterro Sumidouro de carbono associado floresta Impacte da reciclagem dos vedantes de plstico Impacte da reciclagem dos vedantes de alumnio

    De um modo geral, estas variantes no modificam significativamente as observaes anteriores, no que diz respeito posio das rolhas de cortia em relao aos vedantes de alumnio e plstico. Neste estudo adoptmos sempre o pior cenrio para as rolhas cortia.

  • Anlise de ciclo de vidaValidao por peer review

    Anlise crtica externa por trs entidades independentes:

    Um especialista independente em ACV

    Um especialista independente em cortia

    Associao de Produtores de Plstico da Europa

    Alm destas entidades, foi tambm contactada uma associao de alumnio que no aceitou a colaborao neste processo de

    Os resultados da anlise crtica do ACV foram considerados na verso final do relatrio, juntamente com as respostas da PwC / Ecobilan.Relatrio disponvel em www.corticeiraamorim.com ou www.corkfacts.com

    http://www.corticeiraamorim.com/http://www.corkfacts.com/

  • Anlise de ciclo de vidaResultados Vs. Objectivos

    Identificar oportunidades de melhoria do desempenho ambiental:

    . novos processos (impacto positivo no consumo de gua)

    . promoo da reciclagem de rolhas

  • Anlise de ciclo de vidaComplementada com outra informao

    Impacto do montado de sobro e da cortia No combate desertificao Na conservao da biodiversidade No combate ao aquecimento global sumidouro de carbono

    A extraco regular da cortia do sobreiro (em intervalos de 9 anos) contribui fortemente para a sustentabilidade (ecolgica, econmica e social) das reas rurais da Regio Mediterrnica.

  • Fornecer informao adicional a clientes/ consumidores/decisores Resultados Vs. Objectivos

    Myth 2: Screw caps are the most environmentally friendly closure: 25% of Brits believe this to be true

    Cork's Green Credentials Presented in Study

  • Fornecer informao adicional a clientes/ consumidores/decisores Resultados Vs. Objectivos

    Cork vs. Screw Cap: Some Winemakers and Environmentalists Urge Return to Cork

    Cork debate pits Wine vs. Environment

    Cork vs. screw cap: A fight with a green twist

    Corks, screwcaps and changing attitudes

  • capa

    Anlise de ciclo de vidaFerramenta de suporte criao de valor

  • CORTICEIRA AMORIM, S.G.P.S., S.A.

    Paulo C. [email protected]

    www.corticeiraamorim.comwww.corkfacts.com

    Obrigado!

    Slide Number 1Slide Number 2Slide Number 3Slide Number 4Slide Number 5Slide Number 6Slide Number 7Slide Number 8Slide Number 9Slide Number 10Slide Number 11Slide Number 12Slide Number 13Slide Number 14Slide Number 15Slide Number 16Slide Number 17Slide Number 18Slide Number 19Slide Number 20Slide Number 21

Search related