Click here to load reader

ANÁLISE SINTÁTICA.doc

  • View
    30

  • Download
    2

Embed Size (px)

Text of ANÁLISE SINTÁTICA.doc

Anlise Sinttica

ANLISE SINTTICA

CONCEITOS GERAIS

A anlise sinttica constitui-se no estudo da estrutura do perodo, dividindo e classificando as oraes que o compem e reconhecendo as funes sintticas dos termos na orao.

Apresenta, portanto, duas funes distintas:

diviso de um todo em suas partes componentes;

explicao da funo de cada uma dessas partes.

A anlise sinttica tem seu campo de ao assim delimitado: perodo, orao e termos da orao.

A anlise sinttica tem seu campo de ao assim delimitado: perodo, orao e termos da orao.

Frase, orao, perodo

(Frase qualquer enunciado dotado de significao.

A frase pode ser constituda de:

(uma s palavra.

Exemplo: Socorro!

(vrias palavras (com verbo ou no).

Exemplos:O tempo est nublado.

Que calor!

Frase nominal exprime uma viso esttica. Aparece sem verbo ou com verbo de ligao. Exemplo:

VITRIA JUSTA DO CORITIBA.

Frase verbal indica um processo dinmico. Exemplo:

O ATLTICO VENCEU.

(Orao a frase que apresenta verbo ou locuo verbal.

Exemplos: A fanfarra desfilou na avenida.

As festas juninas esto chegando.

Tanto na frase quanto na orao, as palavras obedecem a uma ordem, a uma disposio, para que haja uma clara transmisso da mensagem. Observe:

Quadrinhos aluno em o sala na l revista uma.

O entendimento da mensagem fica impossvel, porque as palavras esto dispostas numa ordem anormal. Se colocadas numa ordem lingstica compatvel com a nossa lngua, entende-se facilmente a mensagem:

O aluno l uma revista em quadrinhos na sala.

Existe, portanto, uma ordem lingstica que devemos seguir na elaborao de uma frase ou orao. A essa ordem d-se o nome de sintaxe.

Quanto ordem, as oraes podem ser diretas ou indiretas.

Oraes diretas so as que apresentam os termos em sua ordem natural (sujeito, verbo, complementos).

Exemplo:

A comitiva presidencial chegou a Curitiba s duas horas.

Oraes indiretas so as que apresentam os termos em ordem inversa, no-natural.

Exemplo:

s duas horas, chegou a Curitiba a comitiva presidencial.

(Perodo a frase estruturada em orao ou oraes.

Termina sempre por um ponto final, ponto de exclamao, ponto de interrogao, reticncias e, s vezes, dois pontos.

O perodo classifica-se em:

simples constitudo por uma s orao, chamada absoluta.

Fui livraria ontem.

composto constitudo por mais de uma orao.

Fui livraria ontem e comprei vrios livros.

A maneira prtica de saber quantas oraes existem num perodo contar os verbos ou expresses verbais.

TERMOS DA ORAO

I. EssenciaisSujeito

Predicado

Objeto direto

Objeto indireto

II. IntegrantesComplemento verbal

Complemento nominal

Agente da passiva

III. AcessriosAdjunto adnominal

Adjunto adverbial

Aposto

IV. VocativoNo pertence estrutura da orao

TERMOS ESSENCIAIS DA ORAO

I. Sujeitosimples

composto

indeterminado

inexistente ou orao sem sujeito

II. Predicadonominal

verbal

verbo-nominal

Predicativo do sujeito PS

Predicativo do objeto PO

As oraes so constitudas, quase sempre, de dois termos que expressam, respectivamente:

o ser (de quem se diz algo) sujeito;aquilo que se diz (do ser) predicado.

Veja:SujeitoPredicado

O alunoestudou a matria.

(Ns)Sabemos toda a matria.

Faz muito tempo.

SUJEITO

o ser de quem se diz alguma coisa. Como termo da maior hierarquia dentro da orao, jamais vem regido por preposio.

MODO DE ENCONTR-LO: fazem-se as perguntas:

O que que+ verbo?

Quem que

Exemplo:O aluno saiu. (Quem que saiu?)

Resposta : O aluno. (sujeito)

Ncleo do sujeito

O ncleo de um termo a palavra mais importante que dele participa.Em geral, o ncleo do sujeito pode ser:

um substantivo:

O lpis novo.

um pronome substantivo (pessoal, indefinido etc.):

Ele est aqui.

uma palavra ou expresso substantivada:

Viver lutar.

uma orao substantiva:

Convm que voc venha reunio.

A Nomenclatura Gramatical Brasileira (NGB) considera somente estes tipos de sujeito:Simples

Possui um s ncleo (no singular ou no plural / claro ou subentendido).

Os sinos silenciaram.

Ningum ousou levantar a voz.

Os nossos guarda-chuvas foram roubados.

Esse qu est bem empregado.

Observao: Em frases como:

Somos os melhores (ncleo: ns, implcito na desinncia verbal), dizia-se antigamente que era um caso de sujeito oculto. Esse termo foi abolido pala NGB, apesar de ser ainda encontrado, inclusive em questes vestibulares. Seria mais prprio cham-lo de sujeito desinencial ou implcito.

Composto

Possui dois ou mais ncleos (no singular ou no plural).

Eu e ela somos adversrios.

Redao e provas coexistem nas preocupaes dos que se preparam bem.

Indeterminado

Aquele que, embora existindo, no se pode determinar.

Ocorre em dois casos:

1.)Quando um verbo est na 3. pessoa do plural, sem que o contexto permita identificar o sujeito. Exemplo:

Roubaram-me a carteira. (Quem roubou?!) A resposta pode ser eles e/ou elas,ou os ladres. H um agente da ao, mas subentendido, no escrito e no dedutvel no contexto.

2.)Quando um verbo (VI, VTI ou VL) est na 3. pessoa do singular acompanhado do pronome SE (partcula ou ndice de indeterminao do sujeito). Exemplo:

Hoje, l-se (VI) mais nos tecidos do que nos livros.

(Quem l?!) A resposta algum ,ou a gente, ou as pessoas... Da mesma forma que o caso anterior, h um agente da ao, mas subentendido, no escrito, no dedutvel.

Falava-se (VTI) de cobras e ndios.

Era-se (VL) feliz naqueles tempos.

Observao:

A indeterminao do sujeito tambm pode ocorrer com VTD + SE, desde que o OD esteja preposicionado.

Exemplo: Admira-se a Machado de Assis.

TD OD prep.

Ateno:

No se confunda o SE (ndice de indeterminao do sujeito / IIS), com o pronome SE (pronome apassivador) ( PA (com verbos TD).

Ouviram-se tiros espaados.

Sujeito: tiros espaados (Tiros espaados foram ouvidos.) O se pronome apassivador.(PA)Inexistente ou orao sem sujeito

Ocorre quando o fato enunciado no se refere a elemento algum. Essas oraes se constroem com os verbos impessoais, isto , usados apenas na 3. pessoa do singular.

H programas para todas as idades nas estaes de frias.

Alguns casos de verbos impessoais:

os que exprimem fenmenos da natureza.

haver ( = existir) ou indicando tempo decorrido.

ser, fazer, estar: indicando tempo passado, clima, horas...

Faz um calor insuportvel.

Hoje so 15 de setembro.

Trovejou muito ontem.

Deve haver boas notcias no jornal de amanh.

Observaes:

1.Alm dos casos anteriores, h outras construes que ocorrem sem sujeito:

Onde lhe di?

2.Com sentido figurado, os verbos impessoais tornam-se pessoais, portanto, com sujeito:

Choveram piadas sobre a atuao do presidente. (suj.: piadas)

Amanheci mal-humorado. (suj.: eu implcito)

PREDICADO

Predicado o que se declara do sujeito. Portanto, retirado o sujeito, o que restar ser o predicado. Pode ser: nominal, verbal e verbo-nominal.

Nominal

Apresenta as seguintes caractersticas:

formado por um verbo de ligao mais o predicativo do sujeito ( VL + PS;

tem um nome (subst. ou adj.) como ncleo;

indica estado ou qualidade.

Exemplo:

O aluno est confiante.

SUJ VL PS( ncleo)

Verbal

aquele que se constitui de verbo intransitivo ou transitivo.

Apresenta as caractersticas:

o ncleo do PV um verbo (VI ou VT);

indica ao.

Exemplo:

O aluno fez as provas calmamente.

Suj. VTD (ncleo=fez)

Verbo-nominal

O turista voltou para casa maravilhado.

Apresenta as seguintes caractersticas:

tem dois ncleos: um verbo e um nome;

tem predicativo do sujeito ou do objeto PS ou PO;

indica ao e qualidade/estado.

constitudo de:

VI + PS (verbo intransitivo mais predicativo do sujeito)

Exemplo: Os atletas chegaram cansados.

Suj. VI + PS

PVN

VT + PO (verbo transitivo mais predicativo do objeto)

Exemplo: O chefe julgou o funcionrio culpado.

Suj. TD + OD + PO

PVN

VT + PS (verbo transitivo mais predicativo do sujeito)

Exemplo: Eu assisti ao jogo confiante.

Suj. TI + OI + PS

PVN

Observao: O predicado da voz passiva analisado como o da ativa.

Exerccios

1.Classifique e sublinhe o sujeito dos verbos destacados nas oraes abaixo: a)Terei a mulher que eu quero... (M. Bandeira)

_____________________________________________________________________

b)No h mais poesia. (M. Bandeira)

_____________________________________________________________________

c)Ficavam correndo o dia todo.

_____________________________________________________________________

d)Cai balo! (M. Bandeira)

_______

Search related