Angiologia e Cirurgia Vascular - .cirurgia-convencional). Tratou-se da assun§£o plena pela especialidade

  • View
    214

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Angiologia e Cirurgia Vascular - .cirurgia-convencional). Tratou-se da assun§£o plena...

  • Angiologia e Cirurgia VascularInfografia da Especialidade

    by

  • Queremos com este contedo contribuir para um processo de escolha mais informado, que esclarea os estudantes de medicina e mdicos recm-formados

    acerca das caractersticas das diversas especialidades mdicas, sem, contudo, pretender substituir o habitual procedimento de deciso a que os Internos de Ano Comum, ano aps ano, recorrem: a visita aos servios e o contacto com

    diversos colegas.

    A informao aqui apresentada foi recolhida e sistematizada pela nossa equipa editorial. Salientamos que as informaes circunstanciais sobre a formao especfica so de difcil sistematizao dada a sua escassez e variabilidade

    consoante o local e no tempo.No fim poders encontrar as fontes das informaes aqui prestadas.

    Esperamos que te sejam teis!

  • Categoria

    *Categorizao inspirada em Actuais e Futuras Necessidades Previsionais de Me dicos (SNS). Administrao Central do Sistema de Sade. Setembro, 2011 Categorizao sobre simplifica a complexidade das especialidades. Salienta-se valncias ao nvel da dor, Cuidados Intensivos, Paliativos e Medicina de Emergncia

  • Viso geral do programa da especialidade (Consultar Portaria em Dirio da Repblica*)

    *Dados obtidos e resumidos da Portaria n766/2009, de 16 de julho do Ministrio da Sade. Dirio da Repblica: I Srie, n 136 (2009)

    Estgios obrigatrios (69M) Estgios opcionais (3M)

    Cirurgia Geral (12M) 1 ano

    Cirurgia Vascular (53-56M) 2-6ano

    Cuidados Intensivos (2M) 3ano

    Cirurgia Cardiotorcica (2M) 4 ano

    Contemplam sobretudo:- Execuo de

    tcnicas endovasculares;

    - Execuo de tcnicas endoscpicas;

    Intervenes de pequena cirurgia do pescoo e

    membros;Intervenes em cirurgia da parede abdominal (hrnias);

    Atos cirrgicos nas cavidades abdominal,

    torcica e cervical;

    Cirurgia arterial direta, eletiva e urgente - 150x

    Cirurgia neurovascular - 10xCirurgia venosa - 100x

    Acessos vasculares para hemodilise - 35x

    Cirurgia endovascular - 25xAjudas em cirurgia arterial e

    venosa - 300xDoppler - 100x

    Ecodoppler - 230xAngiografias - 65x

    Prtica em execuo tcnica de diagnstico,

    reanimao e suporte em cuidados intensivos

    Participao em intervenes cirrgicas no trax

    Total: 72 Meses (6 ANOS)

    Constitudo por quatro estgios obrigatrios, com durao total de 69 meses, com a possibilidade de realizao de 1 estgio opcional com durao total de 3 meses, podendo este ser substitudo por um prolongamento de 3 meses do estgio de Cirurgia Vascular

  • Dados concurso IM de 2018 (Apresentam-se as notas de PNS da ltima vaga escolhida por hospital)

  • 85% 451

    80% 465

    * Dados concurso IM 2017 e 2018

    7vagas

    7vagas

  • * Dados concurso IM 2017 (Obtidos do mapa capacidades formativas para incio especialidade em 2018)

  • * Dados concurso IM 2017 (Obtidos do mapa capacidades formativas para incio especialidade em 2018)

  • satisfao

    Bigotte Vieira M., Godinho P, Gaibino N., Dias R., Sousa A., Madaleno I. Satisfao com o Internato Mdico em Portugal.Acta Med Port 2016 Dec;29(12):839-853

  • Martins MJ, Lans I, Brochado B, Oliveira-Santos M, Teixeira PP, Brando M. Satisfao com a Especialidade entre os Internos da Formao Especfica em Portugal.Acta Med Port 2015 Mar-Apr;28(2):209-221

  • Representa-se a oferta de especialistas, ou seja, o nmero de especialistas (global e novos especialistas) em 2025, num cenrio sem limitaes formao ps-graduada e num cenrio com limitaes (definiu-se como limite: 1550 vagas de acesso ao internato mdico/ano).

    Em baixo, representam-se as necessidades de especialistas de acordo com um cenrio de manuteno do actual ra cio de especialistas / populac a o e um cenrio desejvel de acordo com a recomendao pelos Colgios das Especialidades.

    Da anlise, prev-se um excesso considerando um cenrio de manuteno e uma situao de dfice considerando o cenrio desejvel.

    Estudo de evoluo prospectiva de mdicos no Sistema Nacional de Sade. Relatrio produzido pela Universidade de Coimbra para a Ordem dos Me dicos. Junho, 2013Consultar tambm: Actuais e Futuras Necessidades Previsionais de Me dicos (SNS). Administrao Central do Sistema de Sade. Setembro, 2011

  • A Angiologia e Cirurgia Vascular a especialidade mdico-cirrgica dedicada preveno, diagnstico e tratamento das doenas vasculares, excluindo a circulao intracraniana e a circulao coronria, como definido pela UEMS.

    A Cirurgia Vascular emergiu das especialidades de Cirurgia Geral e Cirurgia Crdio-torcica, a partir de meados do sculo XX, em face da necessidade de dar respostas a solicitaes crescentes das populaes e, de tal facto, exigir especificidade e conhecimento prprios. Portugal, provavelmente fruto de uma escola cirrgica vascular muito ativa, na qual pontuaram pioneiros mundiais, como Reinaldo dos Santos e Joo Cid dos Santos, criou as bases que levaram tambm de forma pioneira, em 1987, criao da especialidade autnoma de Cirurgia Vascular.

    A Cirurgia Vascular dispunha, nos seus primrdios, da angiografia como mtodo diagnstico fundamental e da cirurgia aberta como possibilidade teraputica.

    Resposta a "O que diria a um estudante interessado em ingressar na especialidade de Angiologia e Cirurgia Vascular?"

    testemunho de um especialista

  • O sentimento da necessidade da existncia de mtodos diagnsticos menos invasivos, de forma a difundir o estudo da doena vascular e o seu diagnstico, levou ao desenvolvimento da ultrassonografia associada ao doppler, como mtodo de diagnstico primrio e prioritrio no diagnstico da doena vascular perifrica aguda (trombose venosa, isquemia aguda, acidente vascular cerebral) e crnica (varizes, sndrome ps-trombtico, doena arterial obstrutiva perifrica, aneurismas arteriais). O doppler contnuo e o ecodoppler so hoje um meio complementar de diagnstico incorporado no ensino da especialidade durante o internato, e usado de forma rotineira pelo especialista.

    Resposta a "O que diria a um estudante interessado em ingressar na especialidade de Angiologia e Cirurgia Vascular?"

    testemunho de um especialista

  • Na evoluo da angiografia diagnstica tambm pela especialidade surgiram inovaes teraputicas: na dcada de 60, com Charlles Dotter, a dilatao arterial coaxial; nos anos 70, com Gruntzig, a dilatao arterial com balo; nos anos 80, com Julian Palmaz, a dilatao arterial com stent; e na dcada de 90, com Juan Parodi, o tratamento endovascular da doena aneurismtica artica. Posteriormente, o tratamento endovascular estende-se ao sector venoso, com a recanalizao e stenting do sistema venoso profundo e o tratamento trmico e qumico das varizes dos membros inferiores. A revoluo endovascular mudou a teraputica da doena vascular, assumindo uma preponderncia notvel com tendncia crescente e totalmente incorporada na pratica quotidiana portuguesa.

    Em 1996, a especialidade assume o nome de Angiologia e Cirurgia Vascular para incorporar, de forma inequvoca, a preveno, o diagnstico no invasivo e invasivo e as diferentes formas teraputicas da doena venosa, arterial e linftica (mdica, cirurgia-endovascular, cirurgia-endoscpica e cirurgia-convencional). Tratou-se da assuno plena pela especialidade do seu caracter mdico-cirrgico.

    Resposta a "O que diria a um estudante interessado em ingressar na especialidade de Angiologia e Cirurgia Vascular?"

    testemunho de um especialista

  • Esta especialidade vive uma evoluo tcnica e tecnolgica notvel no qual o Interno se integrar e realizar de forma plena na preveno, diagnstico clinico e imagiolgico e no tratamento medico e cirrgico da doena nas suas diferentes variantes (endovascular, convencional e endoscpico ) utilizando as mais diferenciadas e evoludas tecnologias Mdicas. Portugal est na frente dos pases mais evoludos em termos formativos, como atesta o sucesso total que tem sido obtido na realizao do exame do European Board of Vascular Surgery. Assim a especialidade satisfar integralmente um Interno exigente na sua formao, em troca de uma dedicao plena.

    Em termos de servio nacional de sade h ainda necessidade de criao de vrios servios da especialidade em cidades como Vila Real, Covilh, vora e Faro entre outras.

    Professor Doutor Rui MachadoColgio da Especialidade de Angiologia e Cirurgia Vascular

    Resposta a "O que diria a um estudante interessado em ingressar na especialidade de Angiologia e Cirurgia Vascular?"

    testemunho de um especialista

  • Servio de Urgncia:1) N de horas2) Noites/fins de semana3) Autonomia? A partir de que ano?

    Idoneidade em todas as valncias? Ou alguma em falta? Qual/quais?

    Investigao

    Dada a alta variabilidade entre locais de formao e a grande mutabilidade ano aps ano, sistematizar toda esta informao seria incompatvel com o formato adoptado para esta infografia.

    Assim, aqui ficam algumas sugestes de informaes a obter pelos alunos/IACs com internos/especialistas dos diversos locais de formao.

    Esforo do servio na formao

    Horrio-tipo semanal

    Facilidade em fazer estgios fora

    Ambiente no servio: entre internos, entre especialistas

    Liberdade para definio subespecialidade

    Perguntas a fazer

    Qual o acompanhamento durante o internato?- A partir de quando asseguram salas de bloco sozinhos? Ou consulta?- Como funciona relao com o tutor? Os estgios so com tutor fixo ou sempre acompanhando especialistas diferentes?