Click here to load reader

Antes da primavera - ão.pdfPDF fileAugusto ajuda seu pai, o Baiano, na manutenção de um ferro-velho no distrito vizinho. Sua mãe faleceu há alguns anos, então ele abriu mão

  • View
    1

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Antes da primavera - ão.pdfPDF fileAugusto ajuda seu pai, o Baiano, na...

  • 1

  • 2

    ANTES DA PRIMAVERA, METADE DE MIM FICÇÃO | 15 MINUTOS | HD

  • 3

    Fotografias e projeto gráfico: Marco Túlio

    Textos: Ana Luisa Bambirra

  • 4

    SINOPSE Antes da primavera, metade de mim, narra o dilema de Vitor, um jovem que, ao se formar no ensino médio, planeja terminar o namoro com Augusto e ir embora do interior para a capital.

    OBJETIVOS • Produzir, visando todas as etapas, um curta-metragem de 15minutos, finalizando-o em HD, DVD, Blu-Ray e DCP;

    • Propor uma reflexão sobre o fenômeno da juventude que tem suas peculiaridades num contexto de mudança cultural pouco explorado e por vezes subestimado;

    • Desvencilhar dos estereótipos de “caipira” (matuto, pobre e analfabeto) e de homossexual (afetado, reprimido, marginalizado) sem dar interpretações definitivas ou uma fórmula de projeto de realização pessoal.

  • 5

    APRESENTAÇÃO “Antes da Primavera, metade de mim” é um projeto de curta-metragem de 15 minutos, e será filmado nas cidades de Viçosa e São Miguel do Anta, em Minas Gerais.

    Numa comunidade rural vivem quatro jovens amigos. Vítor, dezoito anos, é sonhador, tímido, inseguro e inocente. Augusto, vinte anos, é o namorado de Vítor, alegre, gentil e criativo. Cida tem a mesma idade de Vítor, é extrovertida, prática e romântica. E Rogério, namorado de Cida, vinte e cinco anos, é romântico como ela, sensível, mas impaciente.

    Vítor é filho único e mora com os pais, católicos e políticos fervorosos. Trabalha fazendo pequenos serviços para outros sitiantes. Ele tem juntado dinheiro para poder ir embora para a capital e não sabe como contar isso para o namorado. Augusto ajuda seu pai, o Baiano, na manutenção de um ferro-velho no distrito vizinho. Sua mãe faleceu há alguns anos, então ele abriu mão de ir embora para a capital com o irmão mais velho para ficar e cuidar do pai que sofre de epilepsia. É apaixonado por Vítor, mas tem percebido que o namorado não tem demonstrado a mesma paixão por ele.

    Cida vive com a numerosa família de agricultores. Ela é a confidente de Vítor, mas está empolgada com seus próprios planos para o casamento com Rogério.

    Rogério é gerente da fazenda onde trabalhou desde criança. Por ser o filho mais velho, assumiu a liderança da família ainda adolescente depois que o pai faleceu. Há pouco tempo, perdeu o irmão caçula num acidente de motocicleta. Rogério sabe do plano de Vítor e não concorda que ele esteja postergando para contar a Augusto que quer ir embora. No aniversário de Cida, entretanto, Rogério deixa escapar para Augusto o segredo de Vítor. Logo depois, Baiano falece. Augusto, então, vai embora para a capital morar com seu irmão e deixa Vítor para trás.

    É um projeto sobre a juventude, sobre os limites entre o urbano e o rural, e sobre a ligação entre o lugar que estamos e o desejo de sermos quem queremos ser.

  • 6

    SOBRE O PROJETO

    Francisco Barbosa, diretor do projeto, nasceu em uma comunidade rural próxima de Governador Valadares. Sua experiência no ambiente rural e sua mudança para o urbano são motivadores que o levaram a iniciar este projeto.

    Antes da Primavera, metade de mim é o projeto de Trabalho de Conclusão de Curso – TCC de alunos do curso de Cinema e Audiovisual do Centro Universitário UNA (Belo Horizonte/MG).

    Para darmos sequência a este projeto, buscamos recursos vindos do Imposto de Renda, via Lei Rouanet (Lei 8.313/1991). Por meio dela, parte do imposto devido poderá ser direcionado ao nosso projeto. Em caso de pessoa física, a doação poderá ser de até 6% do imposto; e em caso de pessoa jurídica, 4% do imposto.

    O projeto já se encontra aprovado na Lei Rouanet: PRONAC 1412893, com 10% do orçamento já captado.

  • 7

  • 8

  • 9

  • 10

  • 11

    ORÇAMENTO

    • Pré-Produção: R$10.200,00

    • Produção: R$38.580,00

    • Pós-Produção: R$19.100,00

    Total: R$67.880,00

  • 12

  • 13

  • 14

    CONTRAPARTIDA

    Para apoios de até R$150,00: - Nome nos créditos + cartão postal do filme

    Para apoios de R$150,00 a R$300,00 - Nome nos créditos + cartão postal do filme + 02 fotos do filme no tamanho 20x20 impressas em papel fosco

    Para apoios de até R$300,00 a R$500,00 - Nome nos créditos + cartão postal do filme + 02 fotos do filme no tamanho 20x20 impressas em papel fosco + desenho exclusivo em tamanho ½ A4

    Para apoios acima de R$500,00 - Nome nos créditos + cartão postal do filme + 02 fotos do filme no tamanho 20x20 impressas em papel fosco + desenho exclusivo + DVD do filme

    Para apoios de até R$5.000,00: - Inserção do nome da empresa nos créditos finais do filme como Agradecimentos Especiais; - Convites para sessão especial (banca de apresentação)

    Para apoios entre R$5.001,00 e R$9.900,00: - Inserção da logomarca nos créditos finais do filme como Apoio Cultural, assim como em todo material gerado a partir do produto (exemplo: cartazes, fotografias, cartões postais, DVDs); - Convites para sessão especial (banca de apresentação);- Uma cópia do DVD.

    Para apoios acima de R$10.000,00: - Inserção da logomarca nos créditos iniciais do filme como Patrocínio, assim como em todo material gerado a partir do produto (exemplo: cartazes, fotografias, cartões postais, DVDs); - Convites para sessão especial (banca de apresentação);- Uma cópia do DVD

    No caso de Pessoa Jurídica: No caso de Pessoa Física:

  • 15

    CURRÍCULO DA EQUIPE

    Francisco Barbosa, Ana Luisa Bambirra, Marco Túlio, Álvaro Domingues e Fernanda Kalil são estudantes de Cinema e Audiovisual no Centro Universitário UNA, em Belo Horizonte (MG). Juntos, produziram o curta universitário “O Alienista”, selecionado como Melhor Trabalho Interdisciplinar Dirigido do curso de Cinema e Audiovisual no segundo semestre de 2013. O curta também compõe o catálogo do Festival Internacional de Televisão (FITV) do Rio de Janeiro.

    Álvaro foi designer de som de outros dois curtas universitários: “Eternos” (2012) e “O Telegrafista” (2013), ambos selecionados como Melhor Trabalho Interdisciplinar Dirigido do curso de Cinema e Audiovisual. Ele, juntamente com Marco Túlio, Ana Luisa e Francisco, trabalharam no curta-metragem “José Baleia” de Júlio Cruz, que foi selecionado para a mostra Panorama do Festival de cinema de Tiradentes de 2015.

    Ana Luisa foi produtora do documentário “A cidade que vive em mim” (2014), que ganhou o prêmio de Melhor Documentário no Festival MoveMundo, em Betim, e foi selecionado na Mostra Curta Audiovisual, em Campinas, e no Festival Imagem-Movimento, em Macapá. Atualmente, Ana Luisa trabalha na Anavilhana, como assistente de produção de Luana Melgaço.

  • 16

  • 17

  • 18