Apicultura - WordPress .único material aceito para exportação (mel fracionado) e também para

  • View
    215

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Apicultura - WordPress .único material aceito para exportação (mel fracionado) e também para

  • 1

    ApiculturaRELATRIO DE INTELIGNCIAAGOSTO | 2014

    A embalagem como ferramenta de marketingpara pequenos negcios do setor de apicultura

    Vista como um fator decisivo, a embalagem transformou-se no principal elemento que diferencia uma empresa

    das demais. Com o intuito de conquistar e fidelizar clientes, usada como uma importante ferramenta de marke-

    ting, que atua diretamente na deciso de compra dos consumidores e aumenta as vendas do pequeno negcio.

    Fonte: A embalagem como ferramenta de marketing. Portal Sobre Administrao. 2011.

    simpatia ao consu-midor em relao marca, alm de cha-mar a ateno por meio de elementos visuais, exibindo o

    produto e destacan-do-o dos demais.

    Gerar

    Influenciar

    Atender

    o consumidor na compra do

    produto e fazer com que mais

    pessoas conhe-am a marca.

    e dar suporte para as aes de marketing do pe-queno negcio.

    como o produto deve ser manipu-lado e informa-

    es legais sobre composio, in-

    gredientes usados, prazo de validade

    entre outras. o contedo do

    produto de conta-minaes externas, principalmente no transporte, entre

    distribuidora e PDV.

    importante estar atento aos componentes e

    elementos usados na criao e desenvolvimento da embala-gem que, na maioria das vezes,

    combina utilidade e praticidade a um visual atraente, agregando valor s necessidades do pro-

    duto, consumidores e ponto de venda.

    Funes da embalagem:

    Proteger

    Informar

    http://www.sobreadministracao.com/a-embalagem-como-ferramenta-de-marketing/

  • 2

    Tendncias e novidadesem embalagens

    Com o passar dos anos o consumidor tornou-se bem mais exigente ao escolher um produto, e essa exigncia

    pode estar diretamente ligada s embalagens. Por isso, as empresas tm procurado inovar e vrias tendncias

    de embalagens vm surgindo, entre elas:

    A diversidade de produtos em um nico segmento impulsiona a tendncia de criao de embalagens menores, proporcionando o aumento de espao nas prateleiras das lojas, por exemplo.

    Ainda em desenvolvimento, e impulsionadas por estudos da Engenharia de Materiais, so embalagens autodestrutveis feitas com polmeros de programao temporrias.

    Com a tendncia de ser reconhecida em todo o mundo, por smbolos e figuras universais, essas emba-lagens sero compostas por poucas palavras e permitiro que as marcas sejam reconhecidas em vrios continentes utilizando uma nica identidade.

    Impulsionados pelo pensamento ecolgico, que vm sendo despertado nas pessoas, as empresas es-to investindo em embalagens ecolgicas, visando a produo sustentvel, com produtos reciclveis, de refis e as compactas, que ocupam menor espao em aterros.

    A principal caracterstica proporcionada por essas embalagens a facilidade que o consumidor tem em manuse-las e encontrar informaes sobre seu contedo, fabricao, fechamento e etc. Com siste-mas de abertura e fechamento eficientes, conseguem garantir uma melhor conservao do produto.

    Fonte: Tendncia das embalagens para o setor alimentcio. Sebrae Mercados. 2013.

    Dimenso

    Autodestrutvel

    Global

    Ecolgica

    Funcional

    http://www.sebraemercados.com.br/tendencias-das-embalagens-para-o-setor-alimenticio/%3Fimprimir%3D1

  • 3

    Produtos apcolase suas embalagens

    H embalagens de diversos tamanhos e tipos, que variam conforme a escolha de cada produtor. Assim, ao

    escolher a embalagem certa para comercializao de mel deve-se estar atento para as que so prprias para

    a conservao de produtos alimentcios. Devem ser cheias e completamente fechadas e vedadas, evitando

    que o contato com o ar e a umidade fermente o mel em um curto perodo de tempo. A embalagem de vidro

    apresenta restries relacionadas ao transporte e armazenagem, no entanto no quesito vedao melhor se

    comparada ao plstico, principalmente em relao as tampas usadas, que garantem maior vedao do produ-

    to. Alm disso, um dos fatores que tambm prejudica o produto a luminosidade, que ao entrar em contato

    com o mel o escurece, por isso deve ser armazenado em ambientes sem a presena de luz, frescos e com a

    temperatura mdia de 25 a 30 C.

    Normalmente so usadas latas e baldes, com capacidade de 25kg e 28kg, respectivamente. Podem ser usados potes menores de barro, plsticos atxicos ou ento de vidro, que garantam um ambiente escuro, seco e com pouco espao entre o mel e a tampa. Fique atento, pois colocar o produto em recipientes molhados ou em contato com o ambiente tambm facilita sua fermentao.

    Para armazenagem Para exportao

    So utilizados recipientes com capacidade superior a 300kg, normalmente um tambor de metal, revestido com verniz especial. Quanto s destinadas ao varejo re-comendado o uso de materiais como o vidro e o plsti-co, desde que seja especfico para alimentos. O vidro o nico material aceito para exportao (mel fracionado) e tambm para a certificao orgnica.

    Informaes importantes para escolha da melhor embalagem para mel

    Fonte: Embalagens: Mel, Plen e Gelia real. Apacame.

    MEL

    No mercado h

    grande quantidade de

    embalagens feitas de plstico,

    como potes e bisnagas, que pe-

    sam de 300g a 1000g. Alm disso,

    pode-se agregar valor ao mel, que

    normalmente puro, acrescen-

    tando produtos como prpo-

    lis ou geleia real, hortel

    e outras ervas.

    http://www.apacame.org.br/mensagemdoce/101/artigo6.htm

  • 4

    Devidamente coletado e selecionado, o plen dever ser colocado em sacos plsticos, vedados e com capacidade que pode variar de 1 a 3kg para a venda atacado, ou ento de 50g a 100g para o varejo.

    Armazenagem em sacos plsticos Armazenagem em grandes quantidades

    Esses tipos de embalagens podem apresentar capacidade entre 30 a 70kg, alm de latas de revestimento sanitrio ou tambor feito de papelo, ambos utilizando sacos plsticos para serem devidamente fechados.

    Quanto ao plen, desde que no seja desidratado tanto como matria-prima quanto produto final, sua conser-

    vao deve ser sob refrigerao. Em cpsulas, se torna prtico para a ingesto, valorizando a qualidade do pro-

    duto que possui minerais, protenas, vitaminas e entre outros elementos fundamentais para que o organismo

    funcione bem. A embalagem o fator determinante na conservao adequada do plen apcola. Em caso de

    armazenagem incorreta pode ocorrer o desenvolvimento de microrganismos que influenciam negativamente

    na qualidade. Alm disso, a estocagem em temperatura ambiente por um perodo de um ano faz com que o

    produto perca a palatabilidade, bem como valor nutritivo. O fechamento decisivo, pois evita que o produto

    sofra alteraes em sua qualidade, alm de possibilitar uma armazenagem segura e que permite que o peque-

    no empresrio aguarde o preo favorvel para comercializ-lo.

    PLEN

    Informaes importantes para escolha da melhor embalagem para plen

    Os materiais mais

    utilizados so vidro mbar e

    plstico, ambos com um sistema

    de vedao eficiente, limpos, secos

    e armazenados sob refrigerao,

    de 2 a 6C.

    Fonte: Embalagens: Mel, Plen e Gelia real. Apacame.

    http://www.apacame.org.br/mensagemdoce/101/artigo6.htm

  • 5

    Comercializada em pequenas quantidades, espessa e cremosa, de cor branco-leitosa, cida e ligeiramente

    forte ao olfato. Sua produo pequena e seu custo elevado. Para a comercializao pode ser conservada

    pura em vidros escuros, transportada em baixa temperatura e conservada preferencialmente com gelo seco.

    Pode ser tambm acrescentada ao mel, ou ento liofilizada entre outras formas. A liofilizada em cpsulas no

    precisa de um armazenamento em baixa temperatura, alm de manter as propriedades da geleia real in natu-

    ra. Em relao a conservao, sensvel a luz, ar e ao contato com metais. Alm disso, sua conservao est

    diretamente ligada refrigerao.

    A embalagem garante a proteo dos produtos, funcionando como uma barreira entre o contedo, no caso o

    alimento e o ambiente. Para os produtos apcolas devem principalmente proporcionar a proteo efetiva em

    relao aos agentes fsicos (luz, temperatura), qumicos (substncias) e biolgicos (seres vivos ou substncias

    produzidas por eles, que podem ser txicas).

    Proteo do produto

    GELEIA REAL

    Existem diversas

    embalagens disponveis

    no mercado, em diversos

    tamanhos, que variam confor-

    me o fornecedor. No entanto, a

    maior incidncia de embala-

    gens de plstico, normalmen-

    te de 20g, devido ao alto

    preo do produto.

    Informaes importantes para a escolha da melhor embalagem para geleia real

    Fonte: Embalagens: Mel, Plen e Gelia real. Apacame.

    http://www.apacame.org.br/mensagemdoce/101/artigo6.htm

  • 6

    Embalagens apcolas

    Projeto Mel Orgnico Floras

    Principais materiais usados

    Vencedor Prmio Sebrae Minas Design 2012 Embalagem para mel

    Os principais materiais utilizados na fabricao de embalagens apcolas so constitudos de plstico atxico e

    vidro. determinado pelas instituies certificadoras que todo material metlico que poder entrar em conta-

    to com produtos apcolas seja confeccionado com ao inox especfico para a indstria de alimentos.

    Quando utilizado em emba-

    lagens apcolas, no interfe-

    re no contedo do alimento

    ali colocado, possibilitando

    uma exposio agradvel

    do produto, tanto em re-

    lao visibilidade quanto

    aparncia externa.

    o mais utilizado para em-

    balagens apcolas. O plsti-

    co altamente resistente,

    com maior espessura e pos-

    sui flexibilidade menor. Ele

    pode ser esteril