Apostila conhecimentos bancrios

  • View
    252

  • Download
    28

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Text of Apostila conhecimentos bancrios

  • CONHECIMENTOS BANCRIOS

    www.escolaecia.com.br

  • Escola & Ci@ - CONHECIMENTOS BANCRIOS - www.escolaecia.com.br

    CONTEDO PROGRAMTICO DE CONHECIMENTOS BANCRIOS

    1 Estrutura do Sistema Financeiro Nacional: Conselho monetrio nacional Banco central do brasil Comisso de valores mobilirios Conselho de recursos do sistema financeiro nacional Bancos comerciais Caixas econmicas Cooperativas de crdito Bancos comerciais cooperativos Bancos de investimento Bancos de desenvolvimento Sociedades de crdito, financiamento e investimento Sociedades de arrendamento mercantil Sociedades corretoras de ttulos e valores mobilirios Sociedades distribuidoras de ttulos e valores mobilirios Bolsas de valores Bolsas de mercadorias e de futuros Sistema especial de liquidao e custdia (SELIC) Central de liquidao financeira e de custdia de ttulos (CETIP) Sociedades de crdito imobilirio Associaes de poupana e emprstimo

    2 Sistema de Seguros Privados e Previdncia Complementar: Conselho Nacional de Seguros Privados Superintendncia de Seguros Privados Conselho de Gesto da Previdncia Complementar Secretaria de Previdncia Complementar Instituto de Resseguros do Brasil Sociedades seguradoras Sociedades de capitalizao Entidades abertas e entidades fechadas de previdncia privada Corretoras de seguros Sociedades administradoras de seguro-sade

    3 Sociedades de fomento mercantil (factoring) Sociedades administradoras de cartes de crdito

    4 Produtos e servios financeiros: Depsitos Vista Depsitos a prazo (CDB e RDB) Letras de cmbio Cobrana e pagamento de ttulos e carns Transferncias automticas de fundos Commercial papers Arrecadao de tributos e tarifas pblicas Home/office banking Remote banking

  • Escola & Ci@ - CONHECIMENTOS BANCRIOS - www.escolaecia.com.br

    Banco virtual Dinheiro de plstico Conceitos de corporate finance Fundos mtuos de investimento Hot money Contas garantidas Crdito rotativo Descontos de ttulos Financiamento de capital de giro Vendor finance/compror finance Leasing (tipos, funcionamento, bens) Financiamento de capital fixo Crdito direto ao consumidor Crdito rural Cadernetas de poupana Financiamento importao e exportao: repasses de recursos do BNDES Cartes de crdito Ttulos de capitalizao Planos de aposentadoria e penso privados Planos de seguros

    5 Mercado de capitais: Aes: caractersticas e direitos Debntures Diferenas entre companhias abertas e companhias fechadas Operaes de underwriting Funcionamento do mercado vista de aes Mercado de balco Operaes com ouro

    6 Mercado de cmbio: Instituies autorizadas a operar Operaes bsicas Contratos de cmbio: caractersticas Taxas de cmbio Remessas SISCOMEX

    7 Operaes com derivativos: Caractersticas bsicas do funcionamento do mercado a termo Do mercado de opes Do mercado futuro Das operaes de swap

    8 Garantias do Sistema Financeiro Nacional: Aval Fiana Penhor mercantil Alienao fiduciria Hipoteca Fianas bancrias Fundo Garantidor de Crdito (FGC)

    TESTES

  • Escola & Ci@ - CONHECIMENTOS BANCRIOS - www.escolaecia.com.br

    CONHECIMENTOS BANCRIOS

    SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL:

    Estrutura

    O Sistema Financeiro pode ser conceituado como um conjunto de instituies (instituies financeiras) com o objetivo de propiciar condies satisfatrias para a manuteno de um fluxo de recursos entre poupadores e investidores.

    exatamente o Sistema financeiro que permite que um agente econmico qualquer (seja ele indivduo ou empresa) sem perspectivas de aplicao, em algum empreendimento prprio, da poupana que capaz de gerar, seja colocado em contato com outro, cujas perspectivas de investimento superam as respectivas disponibilidades de poupana.

    Caracterizao legal do Sistema Financeiro Nacional Lei de Reforma Bancria 4.564/64 Art. 17):

    "Consideram-se Instituies Financeiras, para efeitos da legislao em vigor, as pessoas jurdicas publicas e privadas, que tenham como atividade principal ou acessria a coleta, a intermediao ou a aplicao de recursos financeiros prprios ou de terceiros, em moeda nacional ou estrangeira, e a custdia de valor de propriedade de terceiros. "

    Pargrafo nico - "Para os efeitos desta lei e da legislao em vigor, equiparam-se s instituies financeiras as pessoas

    fsicas que exeram qualquer das atividades refendas neste artigo, de forma permanente ou eventual.

    Classificao das instituies financeiras:

    Intermedirios Financeiros x Instituies Auxiliares:

    1. Os Intermedirios Financeiros so Instituies Financeiras que emitem seus prprios passivos, ou seja, captam poupana diretamente do pblico, por sua prpria iniciativa e responsabilidade, para aplicao destes recursos junto s empresas, atravs de emprstimos e financiamentos. Como exemplos dessa classe de instituies temos os Bancos Comerciais, as Caixas Econmicas e os Bancos de Investimentos, entre outros.

    2. Instituies Auxiliares so Instituies Financeiras que no emitem seus prprios passivos, mas apenas colocam em contato os poupadores e os investidores. Como exemplo desta classe de instituies temos a Bolsa de Valores.

    Caracterizao das Instituies Financeiras quanto capacidade de criar ou no moeda escritural:

    A Instituio Financeira que possui a capacidade de criar moeda escritural faz parte do chamado sistema monetrio, que representado pelos bancos comerciais (oficiais e privados) e pelos bancos mltiplos com carteira comercial.

    OBS. a moeda escritural um ttulo representativo da moeda, emitido sem que, no entanto, exista um respectivo lastro em papel moeda (como por exemplo o cheque)

  • Escola & Ci@ - CONHECIMENTOS BANCRIOS - www.escolaecia.com.br

    4

    rgos de Regulao e Fiscalizao Bancos Mltiplos com Carteira Comercial Bancos Comerciais Caixas Econmicas

    Instituies Financeiras Captadoras de Depsitos

    Vista Cooperativas de Crdito Bancos Mltiplos sem Carteira Comercial Bancos de Investimento Bancos de Desenvolvimento Sociedades de Crdito, Financiamento e Investimento Sociedades de Crdito Imobilirio Companhias Hipotecrias Associaes de Poupana e Emprstimo

    Demais Instituies Financeiras

    Sociedades de Crdito ao Microempreendedor Bolsas de Mercadorias e de Futuros Bolsas de Valores Agncias de Fomento ou de Desenvolvimento Sociedades Corretoras de Ttulos e Valores Mobilirios Sociedades Distribuidoras de Ttulos e Valores Mobilirios Sociedades de Arrendamento Mercantil Sociedades Corretoras de Cmbio Representaes de Instituies Financeiras Estrangeiras

    Outros intermedirios ou Auxiliares Financeiros

    Agentes Autnomos de Investimento Entidades Fechadas de Previdncia Privada Entidades Abertas de Previdncia Privada Sociedades Seguradoras Sociedades de Capitalizao

    Entidades Ligadas aos Sistemas de Previdncia

    e Seguros Sociedades Administradoras de Seguro-Sade Fundos Mtuos Clubes de Investimentos Carteiras de Investidores Estrangeiros

    Entidades Administradoras

    de Recursos de Terceiros Administradoras de Consrcio Sistema Especial de Liquidao e de Custdia - SELIC Central de Custdia e de Liquidao Financeira de Ttulos - CETIP

    C M N Conselho Monetrio Nacional

    Banco Central do Brasil

    Comisso de Valores Mobilirios

    Superintendncia de Seguros Privados

    Secretaria de Previdncia Complementar

    Sistemas de Liquidao e Custdia

    Caixas de Liquidao e Custdia

    Como funciona ? (CMN) Conselho Monetrio Nacional:

    responsvel pelas polticas monetria e cambial, pela segurana e eficcia do sistema financeiro. Coordenador da poltica creditcia e da dvida pblica. Transformando-se num conselho de poltica econmica. O CMN a entidade superior do sistema financeiro.

    Composio do CMN: Presidente do Banco Central do Brasil Ministro da Fazenda Ministro do Planejamento

    Atribuies especficas: - autorizar as emisses de papel-moeda; - aprovar os oramentos monetrios

    preparados pelo BACEN; - disciplinar o crdito em suas

    modalidades e as formas das operaes creditcias;

    - estabelecer limites para a remunerao das operaes e servios bancrios ou financeiros;

    - determinar as taxas do recolhimento compulsrio das instituies financeiras;

  • Escola & Ci@ - CONHECIMENTOS BANCRIOS - www.escolaecia.com.br

    5

    - estabelecer normas a serem seguidas pelo BACEN nas transaes com ttulos pblicos;

    - regular a constituio, o funcionamento e a fiscalizao de todas as instituies financeiras que operam no pas.

    (BACEN) Banco Central do Brasil: rgo regulamentador e supervisionador

    das atividades das instituies financeiras no Brasil. responsvel pela regulamentao, exerccio da poltica monetria e pela orientao e fiscalizao do sistema financeiro. Est sediado em Braslia, possuindo representaes regionais em Belm, Belo Horizonte, Curitiba, Fortaleza, Porto Alegre, Rio de Janeiro e So Paulo.

    So de sua privativa competncia: - emitir papel-moeda e moeda metlica

    nas condies e limites autorizados pela CMN;

    - regular a execuo dos servios de compensao de cheques e outros papis;

    - efetuar operaes de compra e venda de ttulos pblicos federais;

    - exercer o controle de crdito sob todas as suas formas;

    - exercer a fiscalizao das instituies financeiras, punindo-as quando necessrio;

    - autorizar o funcionamento de todas as instituies financeiras;

    - vigiar a interferncia de outras empresas nos mercados financeiros e de capitais;

    - controlar o fluxo de capitais estrangeiros.

    (CVM) Comisso de Valores Mobilirios:

    o rgo normativo do sistema financeiro, voltado para o desenvolvimento, a disciplina e a fiscalizao do mercado de valores mobilirios no emitidos pelo sistema financeiro e pelo Tesouro Nacional, basicamente o mercado de aes e debntures.

    uma entidade auxiliar, autrquica, aut