Apostila de Contabilidade Decisorial - xa.yimg.comxa.yimg.com/kq/groups/...+Apostila+de+Contabilidade+

  • View
    223

  • Download
    1

Embed Size (px)

Text of Apostila de Contabilidade Decisorial -...

  • CONTABILIDADE DECISORIAL

    2 Sem./2010 Prof. Elias Lopes

    UNIVERSIDADE PAULISTA

  • CURSO: Cincias Contbeis SRIE: 8/7 semestres TURNO: Diurno e Noturno DISCIPLINA: Contabilidade Decisorial CARGA HORRIA SEMANAL: 2h/aula I EMENTA Correo Monetria Integral. Converso das Demonstraes Contbeis para moeda estrangeira. II OBJETIVOS GERAIS Desenvolver com os alunos conhecimentos necessrios para as seguintes competncias:

    Desenvolver o conhecimento tcnico acerca do tratamento de tpicos especiais da contabilidade, ligados teoria e desenvolvimento de algumas especialidades.

    Apresentar uma sntese dos principais temas relacionados contabilidade

    avanada, os principais procedimentos relacionados elaborao de demonstraes contbeis em moeda constante e Converso das demonstraes contbeis.

    III OBJETIVOS ESPECFICOS Oferecer ao educando, o conhecimento global de contabilidade examinando os aspectos de sua modernidade no Brasil e no mundo IV CONTEDO PROGRAMTICO

    4.1. Converso das Demonstraes Contbeis para moeda estrangeira

    4.1.1 Converso das Demonstraes Contbeis para moeda estrangeira 4.1.2 Demonstrao do Fluxo de Caixa FAS-95 4.1.3 Statement of Financial Accounting Standards FAS-52

    4.2. Correo Monetria Integral 4.2.1 A questo do reconhecimento das variaes de preos pela

    Contabilidade 4.2.2 O mtodo da correo integral

    4.2.3 Definio 4.2.4 Base utilizada

  • 4.2.5 Ajuste a valor presente 4.2.6 Ganhos e perdas nos itens monetrios. V ESTRATGIA DE TRABALHO

    5.1 Aulas expositivas 5.2 Exerccios de fixao individuais e em grupo 5.3 Exerccios em classe e extra-classe

    VI AVALIAO

    6.1 Provas escritas 6.2 Trabalhos e exerccios desenvolvidos em classe e extra-classe 6.3 Participaes em questionamentos e debates

    VII BIBLIOGRAFIA Bibliografia Bsica FIPECAFI, Fundao Instituto de Pesquisas Contbeis, Atuariais e Financeiras. Manual de Contabilidade Societria: Aplicvel a todas as Sociedades de acordo com as Normas Internacionais e do CPC. 1a ed., So Paulo: Atlas, 2010. PEREZ JUNIOR, Jos Hernandez. Converso de Demonstraes Contbeis para moeda estrangeira. 7a ed., So Paulo: Atlas, 2009. SCHMIDT, Paulo et alii. Fundamentos de Converso das Demonstraes Contbeis. 1a ed., So Paulo: Atlas, 2006. Bibliografia Complementar CARVALHO, Luis Nelson et alii. Contabilidade Internacional. 1a ed., So Paulo: Atlas, 2006. SCHMIDT, Paulo et alii. Manual de Converso de Demonstraes Financeiras. 1a ed., So Paulo: Atlas, 2005.

    Lder da disciplina: Prof. Walter Dominas wdominas@usp.br

  • CONTABILIDADE DECISORIAL

    CALENDRIO 2010 - 2 Semestre

    dom seg ter qua qui sex sab dom seg ter qua qui sex sab dom seg ter qua qui sex sab dom seg ter qua qui sex sab dom seg ter qua qui sex sab1 2 3 4 5 6 7 1 2 3 4 1 2 1 2 3 4 5 6 1 2 3 48 9 10 11 12 13 14 5 6 7 8 9 10 11 3 4 5 6 7 8 9 7 8 9 10 11 12 13 5 6 7 8 9 10 11

    15 16 17 18 19 20 21 12 13 14 15 16 17 18 10 11 12 13 14 15 16 14 15 16 17 18 19 20 12 13 14 15 16 17 1822 23 24 25 26 27 28 19 20 21 22 23 24 25 17 18 19 20 21 22 23 21 22 23 24 25 26 27 18 20 21 22 23 24 2529 30 31 26 27 28 29 30 24 25 26 27 28 29 30 28 29 30 26 27 28 29 30 31

    31

    05 Ago Apresentao da disciplina, ementa e contedo programtico.12 Ago Introduo Converso das Demonstraes Contbeis em moeda estrangeira19 Ago Taxas e mtodos de converso26 Ago Tcnicas, etapas e critrio para converso - Ganhos ou perdas na converso02 Set Exemplo de Converso - Balano, DRE e DFC - modelos direto e indireto09 Set Exerccios16 Set Exerccios23 Set Correo dos exerccios30 Set Semana de Provas - NP107 Out Semana de Provas - NP114 Out Introduo Correo Monetria Integral21 Out A questo do reconhecimento das variaes de preos pela contabilidade - O mtodo da correo integral28 Out Exemplo04 Nov Exerccios11 Nov Correo dos exerccios18 Nov Semana de Provas - NP225 Nov Semana de Provas - NP226 Nov02 Dez Substitutivas09 Dez16 Dez Exame

    DezembroAgosto Setembro Outubro Novembro

  • CONTABILIDADE DECISORIAL

    4.1 Converso das Demonstraes Contbeis para moeda estrangeira

    Converso nada mais que o processo atravs do qual quantias determinadas em uma moeda so expressas em termos de outra moeda. A converso de demonstraes contbeis faz-se necessria por motivos como consolidao das demonstraes contbeis de vrias entidades, quando elas se encontram situadas em pases distintos.

    4.1.1 Converso das Demonstraes Contbeis para moeda estrangeira

    Explicitamente a Lei das Sociedades por Aes no faz meno converso de demonstraes contbeis. de se notar, todavia, que, quando o citado diploma legal trata da avaliao de investimentos relevantes em controladas ou coligadas (artigo 248), ou quando trata da consolidao de demonstraes contbeis (artigo 249), no faz distino quanto ao fato de a investida ser situada no Brasil ou em outro pas.

    Fica dessa forma implcita a necessidade de converter as demonstraes contbeis da investida quando esta se localiza no exterior e a investidora tem a obrigao legal de avaliar o investimento pela equivalncia patrimonial ou de consolidar suas demonstraes contbeis com as de suas investidas.

    J o pronunciamento do IBRACON que trata do tema o "XXV - Investimentos Societrios no Exterior e Critrios de Converso de Demonstraes Contbeis de outras Moedas para Reais". O referido pronunciamento apresenta critrios que devem ser adotados no tratamento contbil de Investimentos no Exterior (quanto adoo do mtodo da equivalncia patrimonial em coligadas ou controladas no exterior) e da Consolidao de Demonstraes Contbeis que incluam as controladas no exterior.

    Com relao determinao da taxa de cmbio a ser utilizada no processo de converso e o tratamento a ser dispensado aos ganhos ou perdas surgidos do processo, destacam-se como problemas principais no tocante converso de demonstraes contbeis.

    Taxas de Converso

    Toda converso para moeda estrangeira, depende de uma taxa de cmbio, e para isto, de acordo com as caractersticas dos itens patrimoniais e de acordo com o CRC-SP, utiliza-se as seguintes tcnicas para converso:

    Taxa Histrica: taxa de cmbio vigente na poca da transao;

    Taxa corrente: taxa de cmbio vigente no momento da transao;

    Taxa de fechamento: taxa de cmbio vigente na data do encerramento do exerccio social;

    Taxa mdia: mdia aritmtica ponderada das taxas de cmbio vigentes durante determinado perodo;

  • CONTABILIDADE DECISORIAL

    Taxa prevista: taxa de cmbio estimada para a data da ocorrncia do fato contbil.

    Para determinar o valor da taxa de cmbio, geralmente utiliza se a taxa de venda de cmbio comercial praticada pelo governo, tambm existe empresas que utilizam taxas praticadas no exterior ou informadas pela matriz.

    O IBRACON recomenda uma "adequada considerao" referente escolha da taxa de cmbio, independentemente do mtodo a ser utilizado na converso de demonstraes financeiras de uma moeda para outra. Tal recomendao decorre do fato de cada pas possuir polticas distintas no tocante ao cmbio, existindo, por vezes, mais que uma taxa de cmbio vigente numa mesma data e afirma, no pargrafo 49 do Pronunciamento, que, "em princpio, devem ser adotadas taxas de cmbio oficiais sempre que representativas e como base das transaes e operaes internacionais, particularmente no que tange remessa ou retorno de capital e remessa de dividendos. Por este mesmo raciocnio, deve-se usar a taxa de cmbio de venda do banco".

    Corroborando esse posicionamento, a Interpretao Tcnica n. 1, emitida pelo IBRACON em 16/01/1990, recomenda que, no caso de a moeda nacional ter conversibilidade oficial no pas em que est sediada a investida, a converso das demonstraes contbeis desta deve ser feita pela taxa de cmbio em que a moeda nacional convertida naquele pas, pois essa taxa que ser a base para retorno/remessa de capital e dividendos.

    Mtodos de Converso

    Vrios mtodos existem para converter demonstraes contbeis expressas na moeda de um pas para a moeda de outro. A opinio do IBRACON, contida no pargrafo 27 do Pronunciamento, no sentido de que o mtodo utilizado produza a apurao de demonstraes contbeis expressas em nossa moeda, refletindo adequadamente sua posio patrimonial e financeira e os resultados de suas operaes de acordo com os princpios contbeis vigentes em nosso pas e com aplicao uniforme entre os exerccios. Dentre as tcnicas existentes para converso de demonstraes contbeis da moeda de um pas para outro, o IBRACON recomenda no pargrafo 28:

    28 A literatura tcnica, os pronunciamentos de entidades profissionais de outros pases e os estudos feitos por profissionais em nosso pas indicam diversas tcnicas e formas de converso de balanos de uma moeda para outra. Para o nosso caso, recomendvel e aplicvel nos referirmos particularmente aos seguintes mtodos:

    Mtodo da taxa corrente;

    Mtodo da taxa histrica.

  • CONTABILIDADE DECISORIAL

    Mtodo da Taxa Corrente

    Esse mtodo consiste na converso de todos os valores constantes das demonstraes contbeis expressas na moeda de um pas, pela taxa de cmbio vigente na data do balano, apurando-se dessa forma os valores correspondentes na outra moeda (pargrafo 29).

    A utilizao do mtodo da taxa corrente pode provocar distores nas demonstraes contbeis convertidas, na opinio do IBRACON, se o pas onde se encontra sediada a investida apresentar inflao e no adotar mecanismos de reconhecimento dos efeitos inflacionrios nas demonstraes contbeis.

    Para o caso da investida em pas com baixa taxa inflacionria ou que adote mecanismos de reconhecimento dos efeitos inflacionrios nas demonstraes contbeis, essas distores tendem a desaparecer. O IBRACON, a esse respeito, afirma no pargrafo 32:

    32 Tais distores, todavi