Click here to load reader

apostila embalagens

  • View
    57

  • Download
    2

Embed Size (px)

Text of apostila embalagens

  • Embalagens

    O produto final

    Reviso 2010

  • Massa base para sabonetes / Ricardo Mercadante e Lucilaine de As-

    sumpo.

  • Embalagens

    O produto final

    Nesta apostila sero vistos as tcnicas bsicas para a construo

    de caixas, sacolas e laos decorativos para serem utilizados na

    embalagem de produtos para banho.

    A todos um BOM ESTUDO!

    Reviso

    2010

  • Sumrio

    As embalagens .......................................................................... 1

    Um pouco de histria ............................................................................... 1

    Materiais bsicos ..................................................................................... 1

    As cores ................................................................................................... 2

    Tcnicas bsicas ........................................................................ 3

    Corte e vinco ........................................................................................... 3

    Projetos .................................................................................... 4

    Caixa retangular com tampa .................................................................... 4

    Material ........................................................................................................................................ 5

    Molde 1 ........................................................................................................................................ 5

    Procedimento ............................................................................................................................ 5

    Observao ................................................................................................................................. 6

    Caixa redonda com tampa ....................................................................... 6

    Material ........................................................................................................................................ 6

    Molde 2 ........................................................................................................................................ 6

    Procedimento ............................................................................................................................ 6

    Caixa de gaveta ....................................................................................... 7

    Material ........................................................................................................................................ 7

    Molde 3 ........................................................................................................................................ 8

    Procedimento ............................................................................................................................ 8

    Caixa com tampa fixa .............................................................................. 8

    Material ........................................................................................................................................ 8

    Molde 4 ........................................................................................................................................ 9

    Procedimento ............................................................................................................................ 9

    Caixa almofadada .................................................................................... 9

    Material ...................................................................................................................................... 10

    Molde 5 ...................................................................................................................................... 10

    Procedimento .......................................................................................................................... 10

    Caixa hexalvada com tampa .................................................................. 10

    Material ...................................................................................................................................... 11

  • Molde 6 ...................................................................................................................................... 11

    Procedimento .......................................................................................................................... 11

    Caixa para tortas com tampa ................................................................. 12

    Material ...................................................................................................................................... 12

    Molde 7 ...................................................................................................................................... 12

    Procedimento .......................................................................................................................... 12

    Caixa sacolinha ..................................................................................... 12

    Material ...................................................................................................................................... 13

    Molde 8 ...................................................................................................................................... 13

    Procedimento .......................................................................................................................... 13

    Sacola simples ....................................................................................... 14

    Material ...................................................................................................................................... 14

    Procedimento .......................................................................................................................... 14

    Outras sugestes de caixas ................................................................... 15

    Laos ....................................................................................... 16

    Lao duplo 1 .......................................................................................... 16

    Lao gravata .......................................................................................... 18

    Lao gravata triplo ................................................................................ 18

    Lao montado ........................................................................................ 19

    Lao triplo ............................................................................................. 19

    Materiais Necessrios ........................................................................................................... 19

    Bibliografia .............................................................................. 20

  • Embalagens: o produto final

    1

    AS EMBALAGENS

    Uma boa embalagem precisa chamar ateno para si, alm de atender s

    suas funes bsicas, entre as quais:

    Proteger o produto contra contaminaes e agresses externas.

    Proteger o produto, durante o transporte e o armazenamento, contra

    choques e arranhes.

    Proteger o produto contra perdas ou alteraes de seus ingredientes

    quando em contato com o ar, umidade, luz e outros elementos.

    Informar ao consumidor os componentes do produto, validade e modo

    de usar.

    Divulgar o nome da empresa que o produziu bem como sua marca,

    sendo um diferencial para o consumidor.

    Valorizar o produto, causando no consumidor o desejo de compr-lo.

    Um pouco de histria Na dcada de 1950 iniciou-se uma nova forma de consumo em massa e as

    embalagens passaram a ter um papel fundamental na diferenciao das marcas e

    variantes de produtos. Este fato gerou um grande desenvolvimento das embala-

    gens tendo na cor e a forma como seus principais elementos de comunicao.

    No desenvolvimento de embalagens importante combinar texturas, cores

    e temas para garantir uma harmonia entre o produto, o cliente e a embalagem.

    Diversos complementos podem ser usados nas embalagens, como cordas,

    tecidos, papis reciclados, sementes, telas de arame, plsticos e palhas, entre ou-

    tros. Esses materiais tm como objetivo dar um aspecto moderno, clssico ou te-

    mtico ao produto embalado.

    Materiais bsicos

    Entre os materiais para se fazer embalagens artesanais pode-se citar:

    Rgua e esquadros.

    Lpis.

    Tesoura.

    Estilete.

    Cola branca (PVA).

  • Embalagens: o produto final

    2

    Pistola de cola quente.

    Bastes para cola quente.

    Pincel para espalhar cola.

    Perfurador para papel.

    J em relao a materiais pode-se utilizar:

    Papelo microondulado colorido.

    Papeis de 240 a 500 g/m2 (tipo duplex, papel carto e Kraft, entre

    outros).

    Caneta esferogrfica sem tinta ou boleador para vincar papel.

    Papel fantasia de diversas cores para sacolas.

    Fitas variadas e de diversos materiais, para laos.

    Barbante de juta.

    Papel torcido.

    Cetim.

    Fibras naturais, como as de bananeiras.

    Entre outros tantos que a imaginao permitir ou a necessidade fizer ne-

    cessrio.

    As cores Nas combinaes entre os papis, fitas e outros tipos de acabamento,

    preciso harmonizar as cores de forma a ficarem agradveis.

    Conhecendo os diversos tons de cores, possvel combin-las em Moldes

    predeterminados como: monocromticos, cores em degrade, cores contrastantes

    ou seguindo algum tema, como natal ou pscoa, por exemplo.

    Toda cor possui trs caractersticas: o matiz (como o vermelho, o verde ou

    o azul, por exemplo), o tom (escuro ou claro) e a intensidade (cores vivas ou tons

    pastis).

    As cores podem ser divididas em:

    Cores primrias: so as cores puras, o vermelho, o amarelo e o

    azul.

    Cores secundrias: so aquelas obtidas pela mistura de duas cores

    primrias, assim, o amarelo misturado com o vermelho d a cor la-

    ranja, o amarelo com o azul d o verde e o azul com o vermelho d o

    roxo.

    Cores complementares: so as que se encontram em oposio no

    disco de cores.

    Cores tercirias: so as obtidas pela mistura de uma primria com

    uma ou mais cores secundrias.

  • Embalagens: o produto final

    3

    Cores anlogas: so as que aparecem lado a lado no disco. H nelas

    uma mesma cor bsica. Como por exemplo, o amarelo-ouro e o la-

    ranja-avermelhado tm em comum a cor laranja.

    Cores neutras: ao misturar duas ou mais cores do disco cromtico

    obtm-se uma nova srie de cores chamadas neutras: os amarelos

    acinzentados, os vermelhos amarronzados, e assim por diante.

    Disco cromtico

    TCNICAS BSICAS

    A seguir sero vistas algumas das tcnicas bsicas para a construo de

    caixas e sacolas.

    Corte e vinco O corte o contorno que ser destacado da folha em que foi desenhada a

    embalagem. Uma tesoura amolada ou estilete devero ser usados para esta etapa.

    Se for usado o estilete, o corte dever ser feito de maneira suave e repeti-

    da, de modo a no pressionar demais o estilete contra o papel para no rasg-lo.

    Tambm se deve utilizar um suporte duro, liso e resistente para colocar a folha de

    carto ou papel em cima na hora do corte dando firmeza.

    Nessa apostila as linhas de corte so desenhadas com traos contnuos.

    O vinco uma marca no papel com o uso de um objeto no cortante para

    que o mesmo se dobre com maior facilidade e de forma regular. Poder ser feito

    com uma ponta de caneta sem tinta ou um boleador para vincos.

  • Embalagens: o produto final

    4

    As linhas de vinco so desenhadas com traos pontilhados.

    Uma vez que a caixa esteja cortada e vincada, devem-se colar as partes

    que se sobrepe marcados com letras iguais ou encaixar as abas de fixao para

    que a caixa fique completa.

    As caixas podem ter qualquer formato e maneiras de abertura, mas deve-

    se procurar trabalhar com formatos que permitam uma apresentao de destaque

    da mercadoria e ao mesmo tempo facilite seu empilhamento em um expositor bem

    como seu transporte.

    J nas sacolas devem-se evitar detalhes que se descolem ou se amassem

    ao se juntar vrias delas para o transporte ou armazenagem.

    PROJETOS

    importante ressaltar que as laterais e lingetas de colagem so mais efi-

    cientes quando tem largura entre 0,5 cm a 1,0 cm, facilitando assim a colagem.

    As medidas das caixas podem ser alteradas, mas faa isso com cuidado pa-

    ra que a caixa mantenha suas propores caractersticas e no fiquem defeituosas.

    As larguras das tampas das caixas devem ser um pouco maior que as me-

    didas da caixa para que as mesmas se encaixem. Geralmente os moldes das tam-

    pas so 1 mm a 2 mm maior que a largura da caixa.

    Caixa retangular com tampa Iniciaremos com uma caixa retangular clssica contendo duas peas, a cai-

    xa propriamente dita e a tampa que se fecha por cima.

  • Embalagens: o produto final

    5

    Material

    Papel-carto ou Kraft 300 g ou qualquer outro papel com gramatura

    acima de 240 g.

    Lpis.

    Rgua.

    Tesoura ou estilete.

    Borracha.

    Fita decorativa.

    Caneta para vincar ou boleador

    para vincar.

    Cola para papel.

    Molde da caixa com as medidas.

    Molde 1

    Procedimento

    1. Passe os traos do molde para o papel usando um lpis e uma rgua.

    2. Siga as instrues de corte e vinco. As linhas tracejadas indicam que

    o papel deve ser vincado. Pegue a caneta de vinco e vinque estas li-

    nhas. J as linhas cheias indicam onde o papel deve ser cortado. Pe-

    gue uma tesoura e corte estas partes.

    3. Estando o molde vincado e cortado pegue uma borracha e apague as

    marcas do lpis.

    4. Dobre as linhas vincadas dando o formato da caixa.

    5. Pegue a cola para papel e passe nas partes da caixa onde est indica-

    do com letras para serem coladas. Por exemplo, a ponta A deve ser

    colada na extremidade A sobrepondo-se. Faa este procedimento

    para colar todas as outras partes da caixa.

  • Embalagens: o produto final

    6

    6. Para fazer a tampa pegue o papel j desenhado o molde da tampa e

    siga as instrues anteriores usado para fazer a caixa.

    7. Como sugesto pode-se usar fitas decorativas para enfeitar as late-

    rais da tampa dando uma sofisticao caixa. Pode-se ainda decorar

    com laos e fitas conforme seu gosto.

    Observao

    A diferena na tampa de 1 mm foi deixada para uso com papel-carto ou

    Kraft 300 g.

    Caixa redonda com tampa

    Material

    Papelo microondulado colo-

    rido.

    Papel carto ou kraft 300 g.

    Cola quente.

    Rgua.

    Compasso.

    Lpis.

    Molde da caixa.

    Tesoura ou estilete.

    Molde 2

    Procedimento

    1. Desenhe no papel microondulado, com o auxilio de um compasso, um cir-

    culo de 7,5 cm de dimetro que ser o fundo da caixa conforme o molde.

  • Embalagens: o produto final

    7

    2. Desenhe o mesmo circulo de 7,5 cm no papel carto ou Kraft.

    3. Desenhe no papel micro ondulado usando um compasso outro circulo de

    7,7 cm de dimetro que ser usado para a tampa.

    4. Desenhe o mesmo circulo de 7,7 cm da tampa no papel carto ou Kraft.

    5. Recorte com uma tesoura os dois crculos que sero usados para o fundo.

    Faa o mesmo para os dois crculos da tampa.

    6. Pegue o circulo de papel carto ou Kraft e cole no circulo do papel micro

    ondulado. Isto dar mais firmeza no fundo. Faa o mesmo procedimento

    com os crculos da tampa. Caso seja usado somente o papel microondu-

    lado, sua tampa ou fundo ficar frgil.

    7. Desenhe no papel micro ondulado uma tira seguindo as medidas do mol-

    de para fazer a lateral da caixa.

    8. Pegue a tira de papel recortada e passe cola quente em uma de suas bor-

    das e lateral.

    9. Pegue a tira j com a cola e envolva no circulo destinado para o fundo.

    Lembrando que o papel micro ondulado deve estar para o lado de

    fora da caixa, j que a caixa de papel micro ondulado.

    No pode demorar em colar a lateral ao fundo, seno a cola quen-

    te esfria e fica dura. Sempre usar a cola bem quente e fazer a co-

    lagem o mais rpido possvel.

    10. Fazer o mesmo procedimento de colagem para a tampa, usando a tira

    de papel microondulado e o crculo destinados para a tampa.

    11. Decorar com laos conforme o seu gosto.

    Caixa de gaveta

    Material

    Papel-carto ou Kraft 300 g ou qualquer outro papel com gramatura

    acima de 240 g.

    Molde da caixa.

    Rgua.

    Cola para papel.

    Caneta para vincar ou bole-

    ador para vincar.

    Lpis.

    Tesoura ou estilete.

    Borracha.

  • Embalagens: o produto final

    8

    Molde 3

    Procedimento

    1. Passe para o papel-carto ou Kraft o desenho do molde da tampa gaveta.

    2. Vinque as linhas tracejadas com a caneta para vincar.

    3. Corte as linhas cheias usando a tesoura.

    4. Colar as partes marcadas com as letras na outra parte marcada com a

    mesma letra, sobrepondo-as.

    5. Para fazer a caixa passe para o papel-carto ou Kraft o molde da caixa.

    6. Vinque com a caneta de vinco as linhas tracejadas.

    7. Corte com a tesoura as linhas cheias.

    8. Apague com a borracha as marcas do lpis.

    9. Dobre as linhas vincadas.

    10. Cole as partes marcadas com as respectivas letras nas outras partes so-

    brepondo-as.

    11. Encaixe a gaveta na caixa.

    12. Decore com fitas caso desejar.

    Caixa com tampa fixa

    Material

    Papel-carto ou Kraft 300 g ou qualquer ou-

    tro papel com gramatura acima de 240 g.

    Molde da caixa.

    Rgua.

    Cola para papel.

    Caneta para vincar ou boleador para vincar.

  • Embalagens: o produto final

    9

    Lpis.

    Tesoura ou estilete.

    Borracha.

    Perfurador de alicate para papel.

    Fita estreita de cetim (n 1 ou n2).

    Molde 4

    Procedimento

    1. Passe para o papel o desenho da caixa seguindo o molde.

    2. Use a tesoura para cortar todas as linhas cheias.

    3. Use a caneta para vincar as linhas pontilhadas.

    4. Apague com a borracha as marcas do lpis.

    5. Dobrar as linhas vincadas.

    6. Colar as bordas com as partes das respectivas letras fazendo a sobreposi-

    o das partes.

    7. Faa dois furos da mesma distncia usando o perfurador de alicate na la-

    teral da frente da tampa.

    8. Faa dois furos na caixa similares ao feito na tampa. Para ficar com as

    medidas corretas feche a tampa e marque com o lpis onde os furos cor-

    respondem na caixa, com o perfurador faa os dois furos na caixa.

    9. Passe a fita de cetim pelos furos tampa e na caixa fazendo com que a

    tampa fique fechada.

    10. Faa laos caso desejar.

    Caixa almofadada

  • Embalagens: o produto final

    10

    Material

    Papel-carto ou Kraft 300 g ou qualquer outro papel com gramatura

    acima de 240 g.

    Molde da caixa.

    Cola para papel.

    Caneta para vincar ou boleador para vincar.

    Rgua.

    Lpis.

    Tesoura ou estilete.

    Borracha.

    Molde 5

    Procedimento

    1. Passe para o papel carto ou Kraft o desenho do molde.

    2. Com a caneta de vincar faa os vincos nas linhas tracejadas.

    3. Com a tesoura corte as linhas cheias. Para fazer as alas faa o corte

    usando um estilete.

    4. Apagar as marcas do lpis com a borracha.

    5. Dobrar as linhas vincadas.

    6. Colar as bordas de sobreposio conforme as marcas.

    7. Como sugesto pose-se fazer o desenho de uma ala na caixa.

    8. Decorar a gosto com fitas.

    Caixa hexalvada com tampa

  • Embalagens: o produto final

    11

    Material

    Papel-carto ou Kraft 300 g ou qualquer outro papel com gramatura

    acima de 240 g.

    Cola para papel.

    Molde da caixa.

    Rgua.

    Borracha.

    Caneta para vincar ou boleador

    para vincar.

    Lpis.

    Tesoura ou estilete.

    Molde 6

    Procedimento

    1. Passe o molde da caixa para a folha de papel carto ou Kraft.

    2. Pegue a caneta para vincar e vinque as linhas tracejadas.

    3. Corte as linhas cheias usando a tesoura.

    4. Apague as marcas de lpis com a borracha.

    5. Dobre as partes vincadas da caixa.

    6. Colar as bordas de sobreposio conforme as letras do molde.

    7. Para fazer a tampa siga o mesmo procedimento da caixa usando o molde

    com as medidas para a tampa.

    8. Se desejar pode enfeitar com fitas.

  • Embalagens: o produto final

    12

    Caixa para tortas com tampa

    Material

    Papel-carto ou Kraft 300 g ou qualquer outro papel com gramatura

    acima de 240 g.

    Cola para papel.

    Molde da caixa.

    Rgua.

    Borracha.

    Caneta para vincar ou boleador.

    Lpis.

    Tesoura ou estilete.

    Molde 7

    Procedimento

    1. Passe para a folha de papel carto ou Kraft o desenho do molde da caixa.

    2. Cortar usando a tesoura todas as linhas cheias.

    3. Com a caneta de vincar, vinque as linhas tracejadas.

    4. Apague todas as marcas de lpis com a borracha.

    5. Dobre as partes vincadas da caixa.

    6. Colar as bordas de sobreposio conforme as letras do molde em cada la-

    do da caixa.

    7. Para fazer a tampa da caixa segue o mesmo procedimento da caixa, utili-

    zando o molde para a tampa.

    8. Decorar a gosto.

    Caixa sacolinha

  • Embalagens: o produto final

    13

    Material

    Papel-carto ou Kraft 300 g ou qualquer outro papel com gramatura

    acima de 240 g.

    Cola para papel.

    Molde da caixa.

    Caneta para vincar ou boleador para vincar.

    Perfurador de alicate para papel.

    Borracha.

    Rgua.

    Lpis.

    Tesoura ou estilete.

    Fita estreita de cetim (n 1) ou outro material.

    Molde 8

    Procedimento

    1. Passe para a folha de papel carto ou Kraft o desenho do molde.

    2. Use a tesoura para cortar todas as linhas cheias.

    3. Vincar as linhas pontilhadas com a caneta de vinco.

    4. Apagar com a borracha todas as marcas de lpis.

    5. Dobrar as linhas vincadas.

    6. Colar as bordas de sobreposio conforme as letras respectivas.

    7. Use o perfurador de alicate para fazer dois furos simtricos na tampa.

    8. Feche a caixa e perfure o local onde os furos da tampa alcanar a caixa.

    Fazer os furos com as mesmas medidas para que a tampa no feche tor-

    ta.

  • Embalagens: o produto final

    14

    9. Passe a fita de cetim nos furos fazendo com que a caixa fique fechada.

    10. Decorar a gosto com fitas e laos.

    Sacola simples

    Material

    Papel Kraft 150 g ou outro qualquer de gramatura prxima a 150 g.

    Papel Kraft torcido ou qualquer outro que sirva para compor a ala.

    Molde da sacola.

    Cola para papel.

    Tesoura ou estilete.

    Perfurador de alicate para papel.

    Caneta para vincar.

    Lpis.

    Molde 9

    Procedimento

    1. Passe o desenho do molde na folha de papel Kraft. Fazer as marcaes

    no lado do papel fosco deixando o lado brilhoso para fora.

    2. Corte as linhas cheias com a tesoura.

    3. Vinque as linhas tracejadas com a caneta para vincar.

    4. Corte duas tiras de papel-carto ou Kraft 300 g para fazer o reforo das

    alas. A medida desta tira de papel grosso deve ser a mesma da largura

    da frente da sacola e mais ou menos uns dois centmetros de altura.

    5. Corte uma tira de papel-carto ou Kraft 300 g para fazer o reforo do

    fundo da sacola.

    6. Cole as partes da sacola sobrepondo-as com as mesmas letras do molde.

  • Embalagens: o produto final

    15

    7. Passe cola nas tiras de suporte da ala. Pegue o fio de Kraft torcido e co-

    loque na posio das alas. Cole as tiras de suporte na sacola sobre o fio

    de Kraft torcido para que este fique entre a tira de suporte e a sacola,

    isso dar acabamento e sustentao na ala.

    8. Para reforar o fundo da sacola, cole a tira de reforo no fundo da saco-

    la.

    9. Como sugesto, pode-se colocar um visor na parte da frente da sacola

    para dar um charme. Tambm pode ser enfeitada com recortes de papel

    ou barbantes.

    Outras sugestes de caixas Aqui se tem o formato de outras caixas que podem ser interessantes para

    colocar os produtos de higiene pessoal.

  • Embalagens: o produto final

    16

    LAOS

    Nessa seo ser visto como produzir alguns dos principais tipos de laos

    decorativos. Os laos so importantes complementos no acabamento das caixas e

    sacolas artesanais. Os laos podem ser utilizados como elementos solitrios, em

    conjunto com outros laos ou com fitas.

    Lao duplo 1 Voc vai precisar de 2 pedaos de fita da mesma cor com face simples

    (com avesso) e tesoura.

    1. Faa um crculo com a fita e una o centro. Deixe sobrar um pedao.

    2. Franza o centr.

    3. Para fazer a segunda laada, d meia volta na fita para que ela no fique do avesso.

    4. Tora bem apertado e segure firmemente o torcido para que no solte. 5. Faa a segunda laada por baixo da primeira, s que um pouco maior.

    6. Tora novamente a fita no centro para que o outro lado no saia do avesso. 7. D a ltima laada, segurando centro com a mo.

    8. Pegue o outro pedao de fita, ache o meio e d uma beliscada.

    9. Coloque sobre o centro do lao. 10. Puxe a fita para trs e d um n.

    11. Por ltimo, corte as pontas com a tesoura.

  • Embalagens: o produto final

    17

    Lao duplo 2

    Voc vai precisar de 2 pedaos de fita da mesma cor de face dupla (sem

    avesso) e tesoura.

    1. Faa um crculo com a fita, deixando uma sobra.

    2. Una o centro do crculo. 3. Franza o centro.

    4. Com a fita que sobrou, faa uma laada por baixo um pouco maior que a de cima. Franza o centro.

    5. Faa outra laada por baixo. Franza o centro novamente. 6. Pegue o segundo pedao de fita, d uma beliscada e coloque no centro do

    lao. 7. Puxe a fita para trs e d um n. Quanto mais voc apertar o n, mais ar-

    rumado ficar o lao.

  • Embalagens: o produto final

    18

    Lao gravata

    Voc vai precisar de fitas de cetim com duas larguras diferentes.

    1. Faa um colarinho com a fita mais grossa.

    2. Una o centro do colarinho e franza-o. 3. Coloque a fita menor por cima, puxe para trs e d um n.

    4. Corte as pontas do lao com a tesoura. 5. No corte a fita mais fina, pois ela servir para amarrar o lao na pea dese-

    jada.

    Lao gravata triplo Voc vai precisar de 3 fitas de cetim de cores diferentes, 1 fita de cetim

    mais fina e tesoura.

    1. Faa trs laos como mostrado nos passos 1, 2 e 3 do lao gravata acima.

    2. Coloque um sobre o outro.

    3. Coloque a fita mais fina no centro dos laos. 4. Leve a fita para trs e d um n.

    5. Acerte as pontinhas do lao e deixe um pedao de fita mais fina.

  • Embalagens: o produto final

    19

    Lao montado Voc vai precisar de 3 pedaos de fita de cetim de cores diferentes e tesou-

    ra.

    1. Faa um crculo com um pedao de fita. 2. Una o centro do crculo.

    3. Faa o mesmo agora com a fita de outra cor e sobreponha as duas fitas.

    Franza o centro. 4. D uma beliscada na terceira fita e coloque-a sobre o centro.

    5. Puxe a fita para trs e d um n. 6. Corte as pontas com a tesoura.

    Lao triplo Faa o lao duplo 2, ensinado acima, at o passo 5. Antes de colocar a ou-

    tra fita no centro do lao, d mais uma laada. Termine normalmente.

    Materiais Necessrios

    1. Fitas Progresso ECO2/057/203, ECO3/037/209 e O495E/038/203.

    2. Lao Fcil Progresso.

    3. Tesoura. 4. Embalagem revestida em papel de seda dourado.

    5. Bicos de Papagaio. 6. Folhagens douradas.

    Aps fazer as caixas, sacolas e laos, basta colocar o produto individual-

    mente ou na forma de quites para deixar o produto mais apresentvel e valoriza-

    do, seja para vender ou dar de presente.

  • Embalagens: o produto final

    20

    BIBLIOGRAFIA

    Autores no especificados. Coleo Boa Idia! Artesanato em Casa. Editora Abril Cultural.

    SHANNON, Faith. The art and craft of paper. Mitchell Beazley in association

    with Il Papiro.

    Vrios. Revistas mensais como Faa Fcil , Mos de Ouro e outras. Vrias

    Editoras: Globo, Abril, Nova Cultural.

  • Este o Volume X da coleo de

    apostilas do Projeto Gerart e trata do tema

    embalagens o produto final. Este material

    foi revisado e reeditado em agosto de 2010.

    O projeto Gerart foi criado por profes-

    sores da Unioeste Universidade Estadual

    do Oeste do Paran, e faz parte do progra-

    ma Universidade Sem Fronteiras Extenso

    Tecnolgica Empresarial da SETI (Secretaria

    de Estado da Cincia, Tecnologia e Ensino

    Superior).

    Busca contribuir com a gerao de

    empregos pela transferncia de conheci-

    mentos adquiridos na Universidade. Conhe-

    cimentos estes, da rea de fabricao de

    produtos artesanais de higiene pessoal e

    gesto de empresas.

    O projeto possui parceria com as pre-

    feituras dos municpios participantes:

    Diamante DOeste.

    Iracema do Oeste.

    So Jos das Palmeiras.

    So Pedro do Iguau.

    Vera Cruz do Oeste.

    Como principais objetivos o Projeto

    Gerart busca formar associaes municipais

    e uma cooperativa regional de produo e

    comercializao de produtos para higiene

    pessoal; contribuir com a melhoria da renda

    dos associados, fazendo uso, quando poss-

    vel, de matrias primas regionais para fabri-

    cao dos produtos propostos.