Apostila Revisada Brigada de Incendio

  • View
    7.765

  • Download
    4

Embed Size (px)

Text of Apostila Revisada Brigada de Incendio

Curso de Formao de Brigadista de Incndio-

- Pg 1 de 45

INTRODUO E LEGISLAO BSICA SOBRE BRIGADA DE INCNDIO

IMPORTNCIA DA BRIGADA DE INCNDIO PARA O CORPO DE BOMBEIROS E PARA A EMPRESA de fundamental importncia aliar os meios materiais existentes sua perfeita utilizao, necessitando para tanto de pessoas treinadas e em condies de obter o mximo de rendimento e eficincia no emprego de tais materias no combate a princpios de incndio. Tornaria oneroso e invivel para uma empresa manter um efetivo permanente e exclusivo para o combate e preveno de princpios de incndios, surgindo como soluo as Brigadas de Incndios, as quais so desempenhadas pelos empregados da empresa, preparados e treinados para atuar com rapidez e efecincia na extino de princpios de incndios. Os incndios comeam pequenos, crescendo em intensidade e abrangncia medida que o tempo passa sem um combate efetivo. DESENVOLVIMENTO Legislao Bsica: N.R. 23. Proteo Contra Incndio: Dispe sobre as medidas de segurana que as empresas devem adotar contra incndios. Salienta que devero ser realizados exerccios sob a direo de pessoas capazes de prepar-los, estabelecendo um chefe e ajudante em n de 10% do efetivo total da empresa. Item 2. do Art 16 da Tarifa de Seguro Incndio do Brasil (TSIB) Regulamento para concesso de descontos aos riscos que dispuserem de meios prprios de deteco e combate a incndio. NBR 14276 Estabelece as condie mnimas para a elaborao de um programa de Brigada de Incndio, visando proteger a vida e o patrimnio, bem como reduzir as consequncias sociais do sinistro e dos danos ao meio ambiente.

Curso de Formao de Brigadista de Incndio-

- Pg 2 de 45

DA BRIGADA DE INCNDIO 1. Brigada de Incndio: Grupo organizado de pessoas voluntrias ou no treinadas e capacitadas para atuar na preveno, abandono e combate a um princpio de incndio e prestar os primeiros socorros, dentro de uma rea preestabelecida. 2. Prncpios bsicos: Para a eleborao do programa da Brigada de Incndio devem ser atendidos os requisitos de 4.1. a 4.4. da NBR 14276. 3. Planejamento da Brigada de Incndio: Estabelece os parmetros mnimos de recursos humanos e administrativos necessrios para a formao da Brigada. 3.1. A Brigada de Incndio deve ser composta levando-se em conta a populao fxa e o percentual de clculo da tabela 1. da NBR 14276. 4. Critrios Bsicos Para a Seleo de candidatos a Brigada de Incndio: Os candidatos devem atender aos seguintes critrios bsicos: a) permanecer na edificao; b) possuir experincia anterior como brigadista; c) possuir robustez fsica e boa sade; d) possuir bom conhecimento das instalaes; e) ter responsabilidade legal; f) ser alfabetizado. OBS: Caso nenhum candidato atenda aos critrios bsicos relacionados devem ser selecionados aqueles que atendam ao maior numero de requisitos. 5. Atribuies da Brigadas de Incndio a) Combater princpios de incndios, efetuar salvamentos e exercer a preveno de acordo com os planos existentes; b) conhecer os riscos de incndios do prdio; c) promover medidas de segurana, propostas pelo Tcnico de Segurana da Empresa; d) participar das inspees regulares e peridicas; f) conhecer as vias de escape do prdio em que trabalha; g) conhecer os locais de alarme de incdio e o princpio de acionamento do sistema; h) conhecer todas as instalaes do prdio; i) verificar as condies de operacionalidade dos equipamnetos de combate a incndios e de proteo individual;

Curso de Formao de Brigadista de Incndio-

- Pg 3 de 45

j) conhecer o princpio de funcionamento de todos os sistemas de extino de incndio (Sprinkler, CO2, Espuma etc,); l) atender a ocorrncias de sinistros imediatamente a qualquer chamada; m) agir de maneira rpida, enrgica e convincente em situaes de emergncia. OBS: os Brigadistas, aps o trmino do expediente, devero verificar se as portas e janelas foram fechadas; se aparelhos eltricos (ventiladores, ar condicionados mquinas de escrever, somar, motores eltricos, etc) foram desligados; se h pontas de cigarros nos depsitos ou cestos de lixo; se todas as torneiras foram fechadas e se todos os cinzeiros foram esvaziados. 6. Organizao da Brigada de Incndio A Brigada de Incndio deve ser organizada funcionalmente como segue: 6.1. Brigadista Membros da Brigada que executam as seguintes atribuies: 1) Aes de Preveno: a) avaliao dos riscos existentes; b) inspeo geral dos equipamentos de combate a incndio; c) inspeo geral das rotas de fuga; d) elaborao de relatrio das irregularidades encontradas; e) encaminhamento do relatrio aos setores competentes; f) orientar a populao fixa e flutuante; g) exerccios simulados. 2) Aes de Emergncias: a) identificao da situaco; b) alarme e abandono de rea; c) corte de energia; d) acionamento do Corpo de Bombeiros e/ou ajuda externa; e) primeiros socorros; f) combate ao princpio de incndio; g) recepo e orientao ao Corpo de Bombeiros; h) preenchimento do formulrio de registro de trabalhos de bombeiros; 6.2. Lder Responsvel pela coordenao e execuo das aes de emergncia em sua rea de atuao (pavimento/compartimento). escolhido entre os brigadistas aprovados no processo seletivo.

Curso de Formao de Brigadista de Incndio-

- Pg 4 de 45

6.3. Chefe da Brigada de Incndio Responsvel por uma edificao com mais de um pavimento/compartimento. escolhido entre os brigadistas aprovados no processo seletivo 6.3. Coordenador Geral Responsvel geral por todas as edificaes que compem uma planta. escolhido entre os brigadistas que tenham sido aprovados no processo seletivo

ESTRUTURA DA BRIGADA DE INCNDIO ORGANOGRAMA

COORDENADOR GERAL

CHEFE DA BRIGADA

CHEFE DA BRIGADA

Lder Brigadista Brigadista Brigadista Brigadista Brigadista

Lder Brigadista Brigadista Brigadista Brigadista Brigadista

Lider Brigadista Brigadista Brigadista Brigadista Brigadista

Lder Brigadista Brigadista Brigadista Brigadista Brigadista

Lider Brigadista Brigadista Brigadista Brigadista Brigadista

Lider Brigadista Brigadista Brigadista Brigadista Brigadista

OBS: se o prdio for amplo, para cada pavimento, rea, compartimento ou andar, ou ainda demais prdios isolados, deve haver uma Turma de Combate a Incndio (TCI).

Curso de Formao de Brigadista de IncndioPREVENO DE INCNDIO

- Pg 5 de 45

A preveno contra incndio consiste numa srie de medidas que tem por objetivo: 1) impedir o aparecimento de um principio de incndio, 2) dificultar o desenvolvimento de um incndio; 3) proporcionar sua extino; 4) obedincia a legislao em vigor tanto no planejamento como na construo de uma residncia, uma grande fabrica ou at uma cidade; essa legislao traz instrues especificas e pormenorizadas, que fornecem detalhes como: tipo de material; nmero e localizao de sadas de emergncia nos locais de grande afluncia de pessoas; largura e extenso de corredores; portas corta-fogo; escadas e ascensores; tipo, quantidade e localizao de extintores; sistemas de alarmes e de sinalizao etc.; 5) obedincia a legislao em vigor quanto a produo, armazenamento, transporte e utilizao de materiais inflamveis; 6) treinamento de equipes de preveno e de combate a incndios em fbricas, escritrios, condomnios etc.; 7) formao de brigadas contra incndio: 8) conhecer as instalaes fsicas do Prdio em que atua; 9) conhecer as rotas de fugas como: sadas de emergncia, iluminao de emergncia, escadas enclausuradas, portas corta fogo, ante cmara de fumaa, etc; 10) manter as rotas de fuga como: sadas de emergncia, iluminaes de emergncia, escadas enclausuradas, portas corta fogo e ante cmara de fumaa, em condies de funcionamento; 11) conhecer os sistemas fixos e mveis de extino de incndios, como redes de hidrantes e extintores;

Curso de Formao de Brigadista de Incndio-

- Pg 6 de 45

12) observar diariamente, a localizao dos extintores primando para que os mesmos permaneam em seus locais designados; 13)observar a localizao dos extintores e suas condies de carga e manuteno;

Curso de Formao de Brigadista de Incndio-

- Pg 7 de 45

III - TECNICA DO MATERIAL 1. EXTINTORES Os extintores foram criados para eliminar focos de incndio no seu inicio, ou mesmo para extinguir pequenos incndios. Podem ser portteis, quando destinados a serem operados por uma nica pessoa, ou carretas, quando exigem mais de uma pessoa para oper-los. Todo o extintor dever ter em sua face externa uma etiqueta onde conste a data em que foi carregada, a data para recarga e seu nmero de identificao. Esta etiqueta deve estar convenientemente protegida, a fim de evitar danos as informaes nele contidas. Alm disso, todo extintor se obriga a ter um selo da Associao Brasileira de Normas Tcnicas ABNT ou INMETRO, indicando a data de validade de seu teste hidrosttico ou recarga. Os locais em que esto instalados os extintores devero ser assinalados por crculo ou seta vermelha, com bordas amarelas; deve tambm ser pintada uma rea mnima de 1,00 m2 (um metro quadrado) no piso, logo abaixo do extintor. A parte superior do extintor nunca poder ser instalada numa altura superior a 1,60m acima do piso. No se deve instalar extintores em paredes de escadas, pois isso dificultaria o acesso a eles em momentos de emergncia bem como a sada das pessoas do prdio. Existem diversos tipos de extintores, mas, aqui trataremos apenas dos que so mais comumente usados: EXTINTOR DE ESPUMA MECNICA Para formar a espuma mecnica so necessrios a gua, o ar atmosfrico e o extrato (de origem sinttica) que, ao se agregarem, formam um dos mais eficazes agentes extintores. Este extintor age, na classe A, pelo mtodo de resfriamento e, na classe B, por abafamento. importante ressaltar que pode ser normalmente utilizado em produtos como lcool, ter, acetona e seus derivados. fabricado em duas verses:

pressurizao permanente por nitrognio ou ar comprimido pressurizao injetada, com cilindro lateral de dixido de carbono (CO2).

Curso de Formao de Brigadista de Incndio-

-