Appleton Nota Historica

  • View
    217

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Appleton Nota Historica

  • 8/8/2019 Appleton Nota Historica

    1/18

    1

    CONSTRUES EM BETO Nota histrica sobre a sua evoluo

    Jlio Appleton

    Professor Catedrtico de Beto Armado e Pr-Esforado do IST

    O beto e as argamassas so utilizados como materiais de construo h milhares de

    anos, sendo ento produzidos pela mistura de argila ou argila margosa, areia, cascalho e

    gua. H registos de que os materiais eram, quando necessrio, transportados a

    distncias de centenas de quilmetros, como o exemplo de um pavimento de beto

    simples datado de 5600 AC em Lepenskivin {1}.

    Nas antigas civilizaes estes materiais eram utilizados essencialmente em pavimentos,paredes e suas fundaes. Os Romanos exploraram as possibilidades deste material

    com mestria em diversas obras casas, templos, pontes e aquedutos, muitos dos quais

    chegaram aos nossos dias e so exemplos do elevado nvel atingido pelos construtores

    Romanos. A ttulo de exemplo referem-se o Panteon de Roma (com uma cpula de 50m

    de dimetro, de beto de inertes leves, realizado no ano 127 DC (Figura 1), o Aqueduto

    da Pont du Gard em Nimes (realizado em 150 DC no qual se utilizou o beto no canal de

    gua e no interior do forro das cantarias Figura 2) e diversas pontes de alvenaria e beto

    ainda existentes em diversos pases de que se salientam em Portugal a Ponte de VilaFormosa na N369 e a Ponte de Trajano sobre o Rio Tmega em Chaves {3a e 3b}.

    Figura 1 Panteon de Roma {2}

  • 8/8/2019 Appleton Nota Historica

    2/18

    2

    Vista Geral Pormenor das Alvenarias

    Figura 2 Aqueduto da Pont du Gard em Nimes

    H registos de que os Romanos fizeram tentativas para armarem o beto com cabos de

    bronze, experincias no bem sucedidas devido aos diferentes coeficientes de dilatao

    trmica do bronze e do beto.

    Posteriormente e at ao sculo XVIII o beto tem uma utilizao reduzida, quase

    exclusivamente limitada s fundaes e ao interior de paredes de alvenaria.

    com o desenvolvimento da produo e estudo das propriedades do cimento (Smeaton

    em 1758, James Parker em 1976, Louis Vicat em 1818) que culminou com a aprovao

    da patente do cimento Portland (nome dado por a cor do cimentos ser parecida com a da

    rocha Portland) apresentada por Joseph Aspdin em Leeds em 1824 que se vai dar o

    grande desenvolvimento na aplicao do beto nas construes. Em 1885 concebem-seos fornos rotativos (Frederick Ransome) que permitiriam baixar substancialmente o preo

    do cimento.

    Em Portugal a Industria do cimento inicia-se em 1894 com a fbrica de cimento Tejo em

    Alhandra.

    As utilizaes do beto ganham ento nova dinmica, no s em fundaes como em

    pavimentos trreos e paredes, estas com uma textura concebida por forma a imitar apedra (Osborn House em 1845, Axmouth Bridge em 1877, Sway Tower com 66m de

    altura em 1885).

  • 8/8/2019 Appleton Nota Historica

    3/18

  • 8/8/2019 Appleton Nota Historica

    4/18

    4

    Em 1852 Francois Coignet e em 1854 William Wilkinsen iniciaram a realizao de

    pavimentos de beto armado (lajes e vigas) os quais se tornaram na maior aplicao

    deste material at poca actual.

    No final do sculo XIX so j vrios os estudos publicados sobre o beto armado

    (Coignet, Considre, Mesnager) teorizando o comportamento flexo, tendo em 1897

    sido criada a primeira disciplina de Beto Armado na ENPC cole National de Ponts et

    Chausses (Paris) de que foi primeiro professor Rabut. As patentes tornam-se tambm

    numerosas (Cottancin, Monnoyer, Hyatt, Coignet).

    Em 1906 so publicadas as primeiras instrues francesas (Regulamento), traduzidas epublicadas em 1907 pela Revista de Obras Pblicas e Minas da Associao Portuguesa

    dos Engenheiros Civis, com o ttulo As Instrues Francesas para o Formigo Armado

    (5).

    Neste perodo e nos anos seguintes as designaes mais correntes para o que

    actualmente se designa Beto Armado eram o Formigo Armado (semelhante ao

    Hormigon, em espanhol) e Cimento Armado (semelhante ao Cemento Armato ainda hoje

    usual em Itlia). Outras designaes como o Beton Armado, o Siderocimento, o Beton deCimento Armado encontram-se em publicaes da primeira metade do sculo XX. A este

    propsito refira-se que a origem da palavra concreto concretus que significa composto

    e a origem da palavra beto bitumen.

    O princpio do sculo XX caracterizado por um desenvolvimento extraordinrio na

    utilizao e compreeno do funcionamento e possibilidades do beto armado. Esse

    desenvolvimento est associado realizao de numerosas patentes onde se indicam as

    bases de clculo e as disposies de armaduras adoptadas para diversos elementos

    estruturais.

    De entre essas patentes distingue-se o Sistema Hennebique datado de 1892 e que vem a

    ser aplicado em numerosos pases (em 1910 a empresa Hennebique, com sede em

    Paris, tem j 40 000 obras realizadas de edifcios, pontes, reservatrios e navios em

    beto armado, espalhadas pelo mundo). O seu sistema estrutural caracterizado pela

    introduo de estribos nas vigas, ligando os vares traccionados zona de beto

    comprimido (Figura 5). Os estribos eram constitudos por chapas de ao de seco

    rectangular dobradas em forma de U.

  • 8/8/2019 Appleton Nota Historica

    5/18

    5

    Seco vertical

    Estribo

    Estribo

    Seco AB

    A

    B

    Figura 5 Vigas do Sistema Hennebique Pormenor de Armaduras e Fotografia de

    Vigas de um Armazm em Lisboa

    O sucesso de Hennebique esteve associado a uma concepo e preparao da

    execuo das obras que lhes permita atingir uma rapidez e qualidade extraordinrias,

    aliada a custos competitivos quando comparados com os obtidos para outros materiais.

    Desse perodo e desse sistema construtivo referem-se o Weavers Mill em Swansea

    (1898), o Meyrick Park Water Tower em Bournemouth (1900), a Ponte del Risorgimento

    em Roma (1904, uma ponte em arco sobre o rio Tigre com um vo superior a 100m) e

    em Portugal merecem especial referncia o Edifcio de moagem de trigo do Caramujo

    (Cova da Piedade) realizado em 1898 {4} e {6} e onde depois funcionou uma moagem da

    Sociedade Industrial Aliana e a Ponte Luiz Bandeira de Sejes na EN333-3 sobre o rio

    Vouga (Figura 5). Esta ponte em arco de 44m de vo foi realizada em 3 meses e 4 dias

  • 8/8/2019 Appleton Nota Historica

    6/18

    6

    em formigo de cimento armado {7} Figura 6 (ver notcia da execuo da ponte no Anexo

    1).

    Figuras 6 Ponte de Sejes na EN333-3 Sistema Hennebique, 1907

    Em 1911 so entretanto criadas em Portugal as Universidades de Lisboa e Porto e em

    1918 aprovado o 1 Regulamento Portugus no domnio do beto armado Instrues

    Regulamentares para o Emprego do Beton Armado, realizadas com base nas normas

    francesas de 1906 e nos desenvolvimentos posteriores (8), Dec. 4036 de 3/4/1918.

    Importa tambm destacar neste perodo o contributo dado por Freyssinet ao desenvolver

    o sistema de vibrao mecnica para compactao do beto (1917) e os estudos

    realizados sobre os efeitos diferidos do beto e aplicao do pr-esforo (1928) (9).

    Como curiosidade refere-se que durante a primeira grande guerra realizaram-se grandes

    navios em ferrocimento, alguns com mais de 100m de comprimento.

    Nas dcadas seguintes h a referir grandes realizaes do Suo Maillart (2) como a

    famosa Ponte de Salginatobel (1930) e os seus estudos e obras sobre lajes fungiformes;

    do Francs Eugne Freyssinet como a Ponte Villeneuve-Sur-Lot com 96m de vo (Figura

    7) (1919), os Hangares de Orly com um vo de 90m (1921) e a Ponte de Plougastel com3 arcos de 186m de vo (1930), do Espanhol Eduardo Torroja como a Cobertura do

    Hipdromo de Zarzuela em Madrid (1935) com uma consola de 12.6m, e do Italiano Pier

  • 8/8/2019 Appleton Nota Historica

    7/18

    7

    Nervi como o Estdio Comunal de Firenze (1932) com uma consola de 17.0m e mais

    tarde com um conjunto extraordinrio de obras, nomeadamente de coberturas de

    restaurantes e estdios.

    Figura 7 a) Pont de Prairal sur La Besbre (arco de 26m). Uma das primeiras Pontes de

    Beto Armado de Freyssinet, 1907 {10}

    Figura 7 b) Ponte Villeneuve-Sur-Lot de Freyssinet, 1919 {10}

    Em Portugal a 1 disciplina de Cimento Armado foi criada em 1922 na Faculdade Tcnica

    da Universidade do Porto (o Eng Theotonio Rodrigues foi o seu 1 professor) e em 1935

    publicado o Regulamento do Beto Armado dec. 25948 de 1935 (11) que sintetiza o

    estado do conhecimento neste domnio. O 1 Congresso Internacional do Beto e do

    Beto Armado foi realizado em 1930.

  • 8/8/2019 Appleton Nota Historica

    8/18

    8

    Na primeira metade deste sculo muitas so as realizaes em beto armado em

    Portugal. Destacam-se o Canal do Tejo (executado de 1932 a 1940 e que envolveu a

    realizao de tneis, pontes canal e tubagens de 2.5m de dimetro, tendo sido utilizada a

    vibrao mecnica pela primeira vez no nosso pas), numerosas pontes de que se

    salienta o Viaduto Duarte Pacheco em Lisboa (concludo em 1944 com um

    desenvolvimento total de 505m tendo o arco central um vo de 91.97m) e edifcios de

    que se salienta o conjunto dos edifcios do IST (1936). Deve no entanto referir-se que

    neste perodo era ainda usual realizar a estrutura dos edifcios com paredes de alvenaria

    e o beto armado era aplicado na estrutura dos pisos em alternativa a solues de

    estrutura de madeira.

    Figura 8 Viaduto Duarte Pacheco, B. Carmona, 1944

    Fotografia da obra e pormenor de armaduras

    No Brasil {12} destaca-se a contribuio de Emlio Boumgart quer como professor quer

    como construtor (Ponte Paranaba