Click here to load reader

Aprecie estas crianças e es- tes olhares... Vá clicando OLHARES & OLHARES

  • View
    229

  • Download
    3

Embed Size (px)

Text of Aprecie estas crianças e es- tes olhares... Vá clicando OLHARES & OLHARES

  • Aprecie estas crianas e es-tes olhares...V clicandoOLHARES&OLHARES

  • Veja como pode ser puro, doce e belo o olhar de uma criana!...

  • Como elas falam ao nosso corao!...

  • Como o mundo pode ser novo e maravilhoso para elas!...

  • Quanta ternura e amor podem existir no mundo infantil!...

  • Que doce inocncia e paz!...

  • Quanto encantamento e sonhos bons!...

  • Quanta alegria de viver!...

  • Como bom gozar de belezae sade...

  • de cuidados, conforto e paz!...

  • Como bom poder olhar para o futuro sem medos e sobressaltos...

  • e docemente sonhar...

  • e ser feliz!...

  • Infelizmente, o olhar de uma criana tambm pode ser...

  • de medo...

  • de dor...

  • de incerteza e splica...

  • de desamparo e abandono...

  • de interrogao...

  • e at mesmo de surda acusao!

  • So olhares to diferentes...

  • Mas todos parecem pedir e cobrar... a mesma coisa:

  • Que no fechemos o nosso!...

  • Coloque a mo na conscincia, pare, pense e descubra que o mundo no precisa ser assim...

  • ...que tanta dor e sofrimento no so queridos por Deus...

  • No so naturais...

  • Nem precisam continuar!...

  • Descubra que grande engano e grande mentira acreditarque preciso ser ri-co e poderoso para se poder fazer algu-ma coisa.

  • Existem culpados maiores e menores, verdade, mas todos temos nossa parcela de culpa... ...assim como todos podemos fazer a nossa parte.

  • Jesus Cristo no estava brincando quando mandou que nos amssemos uns aos outros.

  • H muita gente boa no mundo...Voc pode se juntar a elas!Faa voc tambm a sua parte!

  • Todo homem deve decidir se andar na luz do altrusmo criativo ou na escurido do egos-mo destrutivo. Este o julgamento. A pergunta mais urgente e per-sistente da vida : O que voc est fazendo pelos outros?Martin Luther King So muitas as lutas, e muitas as maneiras de se lutar... O que no se pode no escolher uma delas e permanecer de braos cruzados, numa atitude de fria indiferena. Isso faria de ns rus do inferno!Pe. Luiz Carlos

  • Formatao e texto:Pe. Luiz Carlos (Luigi)Imagens: web e e-mails recebidos1 msica: Dreaming - Cortazar2 msica: YesterdayContato: [email protected]

    *