Apres pibid

  • View
    62

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Apres pibid

1. Bolsista PIBID: Graciele Cardoso LukasakCurso Lincom 2009 2. Ningum educa a ningum,ningum educa a si mesmo, oshomens se educam entre si midiatizados pelo mundo. 3. Atualmente a formao de crianas e jovensvm mostrando a necessidade de serestudada e primeiramente devemos pensarem que contexto contemporneo que estoinseridos? 4. Os ambientes urbanos tm obrigado muitos delesa mudar os espaos de convvio e seuscomportamentos, as ruas, caladas, praas e etc,esto sendo substitudos por escolinhas,condomnios e os comportamentos podem ser asua permanncia em casa na frente de uma telade Tv ou computador. Claro que no podemosnegar que h um maior acesso a informao (asmdias eletrnicas e digitais funcionam 24 horaspor dia) e h transformaes ocorrendo nasociedade (a violncia urbana) fatores quecontribui para esse fatores. 5. Podemos citar um exemplo tpico de umcomportamento desse contexto urbano e digital quando uma criana de aproximadamente 4anos vai um evento com uma cmera digital esai fotografando tudo que v a sua volta, ou umjovem entre 10 14 anos que carrega no bolsoou na mochila um celular com diversos recursostecnolgicos ao ir escola e l utiliza para trocarmensagens durante aula, ver vdeos e etc... Mas oque nos perguntamos se o uso e consumo datecnologia por essas crianas e jovens estinfluenciando na sua formao. 6. Buscamos essa reposta atravs do papel da escola navida deles, pois a que vo para aprender cultura ecompreender o mundo e transform-lo. necessriopensar, estimular a capacidade de raciocnio ejulgamento, tornando essas crianas e jovens crticos eno passivos e o conhecimento da sua "identidade"contribui para a sua reflexo como sujeito e quandoarticulamos com a produo da subjetividade com asrelaes de poder que circulam na mdia vamos faz-los reconhecer e permitir produzir emoeslibertadoras, aliadas criatividade, emancipao dosoutros e deles mesmos. 7. Portanto estamos trabalhando na era da"cultural digital" que aparecem nos espaosinformais como nos espaos formais como aescola. E a nossa preocupao com crianas ejovens educativa com a recepo e umconsumo de mdia equilibrado e responsvel,hoje a preocupao deve ser tambm comuma produo responsvel. 8. Alis, importante lembrar que as mudanas naescola esto relacionadas s mudanas docontexto mais amplo, s mudanas nas famlias eem outros espaos da educao informal. Almdisso, as prticas culturais e miditicasatravessam o cotidiano dessas crianas e jovens ese as tecnologias da "cultura digital" parecemestar naturalizadas noutros espaos, na escolaainda no esto. O que s aumenta o desafio daescola no sentido de propiciar as mediaesnecessrias para tal. 9. E isso tudo significa tambm repensar,planejar as atividades e as diferentes formas da nossa participao nesseprocesso. 10. Gnero Mdia Educao (espaos formais e informais) Agenda Setting (copa- identidade culturalconstruda pela mdia) Corpo (identidade fem/masc e produo dasubjetividade atravs da mdia) Gameficao (mdia na escola- louasinterativas e nas casas games de ultimagerao) Mitologia da produo (Barthes) Revista debeleza e anlise do dircuso-signos 11. Obrigada