Apresentação - Geografia Homem e Espaço - Capítulo (15)

  • View
    360

  • Download
    12

Embed Size (px)

Text of Apresentação - Geografia Homem e Espaço - Capítulo (15)

Geografia Homem & Espao 9 ano Captulo 15 frica o espao socioeconmicoProfessor Bruno Arago

Subdesenvolvimento e contrastesSubdesenvolvimento e pobreza Caracterizam boa parte dos pases africanos. Convivem com a diversidade cultural, tnica e econmica que marca o continente.

Alguns pases do continente tm alcanado crescimento econmico Esse crescimento econmico acaba beneficiando uma camada restrita da populao e acentuando as desigualdades sociais.

Apoiado fundamentalmente na explorao dos recursos naturais.

China Nos ltimos anos intensificou bastante as relaes diplomticas com pases africanos.

Extrao de petrleo em Angola (2006).

Jerome Sessini/Corbis/LatinStock

Pobreza na cidade de Luanda, capital de Angola.

Jeremy Horner/Corbis/LatinStock

A sociedadePopulao africana Em 2006 somava 924,5 milhes de habitantes.

Apresenta, de modo geral, taxas de crescimento demogrfico superiores a 2,2%.

A busca por melhores condies de vida e a fuga de conflitos tnicos provocam migraes no interior do continente.

Observe o mapa.frica distribuio populacional

Fonte: World Atlas. Londres: Dorling Kindersley, 1999. p. 25/Leda sola e Vera Caldini. Atlas geogrfico Saraiva. So Paulo: Saraiva, 2005. p. 108.

IDH dos pases africanosPasIDH/posio Esperana de Taxa de PIB per capita vida (anos) alfabetizao de (em dlares) adultos (%)

Seicheles Egito frica do Sul Camares Senegal Angola Costa do Marfim

0,843/50 0,708/112 0,674/121 0,532/144 0,499/156 0,446/162 0,432/166

72,7 70,7 50,8 49,8 62,3 41,7 47,4 42,8 51,4 41,8

91,8 71,4 82,4 67,9 39,3 67,4 48,7 38,7 23,6 34,8

16,106 4,337 11,110 2,299 1,792 2,335 1,648 1,242 1,213 806

Moambique 0,384/172 Burkina Fasso 0,370/176 Serra Leoa 0,336/177

Fonte: Pnud. Relatrio do Desenvolvimento Humano 2007/2008.

Condies precrias da populaoIndicadores sociais revelam as precrias condies em que vive grande parte da populao: taxas de mortalidade infantil elevadas, atingindo 91,2%, em mdia. esperana de vida nos pases da frica Subsaariana , em mdia, de 46 anos.

Criana subnutrida na regio de Sahel, na frica (2006).

Finbarr OReilly/Reuters/ LatinStock

A composio tnica e as religiesConstituda predominantemente por negros Mas 1/3 do total de brancos, que se concentram, principalmente, na poro setentrional. A populao branca formada em sua grande maioria por povos islmicos, predominantemente, de lngua rabe.

Os brancos do norte da frica subdividem-se em rabes e berberes.

Os tuaregues so um grupo tnico da regio do Saara.

Panoramic Images/Getty Images

Negros

Concentrados principalmente ao sul do Saara.

Apresentam uma grande diversidade de povos, lnguas e religies. Ao lado das diferentes lnguas e dialetos, so falados tambm o francs, o ingls e o portugus.

Os povos negros praticam o islamismo, o cristianismo e o animismo crena segundo a qual tudo o que existe na natureza possui alma, animado por um esprito.

frica grupos tnicos

Fonte: Atlas du continent africain. Paris: Jaguar; 1993. p. 47 (adaptado).

Mrio Yoshida

A urbanizao e as cidadesApresenta ndices de urbanizao relativamente baixos. Na frica Setentrional, o ndice superior, em mdia, a 50%; na frica do Sul de 57,4%; e na frica Subsaariana , em diversos pases, menor que 35%.

As grandes cidades africanas estruturaram-se a partir da formao de portos de exportao dos produtos agrcolas e minerais para os pases desenvolvidos.

Regio porturia em Lagos, na Nigria.

Richard du Toit/Getty Images

Uma economia dependentePara entender os vrios aspectos da economia desse continente deve-se levar em considerao: O longo tempo de colonialismo pelo qual passou.

Em decorrncia disso, o espao geogrfico do continente africano vem sendo organizado de acordo com os interesses de suas ex-metrpoles ou das grandes potncias mundiais.

A agropecuriaAntes do perodo colonial atendia s necessidades alimentares de seus habitantes Depois foi substituda, em boa parte: Pela agricultura comercial de exportao.

Assim, a agricultura na maioria dos pases africanos passou a ser praticada de duas formas: Subsistncia Comercial ou plantation

Images og Africa Photobank/Alamy/Other Images

Plantao comercial de trigo na frica do Sul.

Principais produtos cultivados para subsistncia: mandioca; arroz; milhete; Agricultura de plantation Localizada principalmente nas zonas litorneas. sorgo; inhame; batata. Surgiu com a chegada do colonizador. Sua finalidade a produo de culturas destinadas a abastecer o mercado externo.

Nela predomina a monocultura, que ocupam as melhores terras do continente.

Images of Africa PhotoBank/Alamy/ Other Images

Agricultura de subsistncia na Etipia.

Atividade criatria Praticada principalmente: na regio mediterrnea; nas estepes e savanas do Sudo; na frica do Sul; nas regies s margens dos grandes lagos da parte oriental.

Na frica do Sul encontrado um dos maiores rebanhos de ovinos do mundo, destinado principalmente ao fornecimento de l para as indstrias locais e para exportao.

Peter Titmuss/Alamy/Other Images

Rebanho de ovinos na frica do Sul (2004).

As riquezas minerais e a atividade industrialRiquezas minerais africanas Desde as primeiras descobertas, foram exploradas por companhias estrangeiras.

No fim da dcada de 1960, alguns pases resolveram nacionalizar suas minas Apoiando-se para isso em organismos internacionais que renem vrios pases produtores de minrios.

O petrleo um dos minerais africanos mais significativos Pois uma grande fonte de divisas para vrios pases. Os efeitos de alguns sculos de colonialismo impedem at hoje que os pases africanos possam se desenvolver com base na atividade industrial.

Muitos pases do continente continuam com suas economias fortemente vinculadas s suas antigas metrpoles.

Per-Anders Pettersson/Getty Images

Extrao de cobre na Repblica Democrtica do Congo (2005).