of 27 /27
As b as e s e s tru tu rais e m o le cu lare s d a co n tra o çã m u s cu lar Kleydson Cândido, Petra Rodrigues, Rayra Mayrla, Rurick Chumacero, Wanessa Kallyne Fisioterapia - UFPB Universidade Federal da Paraíba Bioquímica Prof.: Rômulo Marino

As Bases Estruturais e Moleculares da Contração Muscular

Embed Size (px)

Citation preview

As base s e s truturais e

m ole culare s d a contra o çãm uscular

Kleydson Cândido, Petra Rodrigues, Rayra Mayrla, Rurick Chumacero, Wanessa Kallyne

Fisioterapia - UFPB

Universidade Federal da Paraíba

Bioquímica Prof.: Rômulo Marino

“O ME é capaz de desenvolver trabalho a partir de transdução de energia química em

mecânica.”

Aspectos estruturais do músculo esquelético

Organização do músculo esquelético:

MÚSCULO FASCÍCULO MUSCULAR → →FIBRA MUSCULAR MIOFIBRILA → →

MIOFILAMENTOS

Miofibrilas – unidades contráteis da célula muscular.

1. Miofibrila2. Sarcômero3. Banda I4. Banda A5. Banda H6. Disco Z

Tipos de fibras musculares:

• Tipo I – “lenta vermelha”• Tipo IIa – “rápida vermelha• Tipo IIb• Tipo IIx*

* Apenas o Tipo IIx é expresso em humanos.

“rápida branca”

Estrutura dos miofilamentos

• Filamento grosso- Principal constituinte miosina

Miofilamentos

• Filamento fino- Principal constituinte actina

Representação da molécula de miosina:

Clivagem proteolítica da miosina com tripsina e quimotripsina:

Actina

Modelo de contração muscular

Complexo troponina-tropomiosina

+

Tropomiosina

Troponina

TnT

TnC

TnI

Complexo troponina-tropomiosina

TnCTnTTnI

Actina Tropomiosina

Subunidades da Tma

b

Podem formar um homodímero ou um heterodímero.

Complexo troponina:

Mecanismo de regulação da contração muscular