Aula 01.pdf

  • View
    29

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Aula 01.pdf

  • 5/21/2018 Aula 01.pdf

    1/72

    CURSO PREPARATRIO - A.N.T.T. ANALISTA ADMINISTRATIVOPROF. FABIANO PEREIRA DIREITO ADMINISTRATIVO

    ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Prof. Fabiano Pereira www.pontodosconcursos.com.br 1

    Ol!

    Seja bem-vindo (a) primeira aula de Direito Administrativo do curso

    preparatrio para o cargo de Analista Administrativo da ANTT. Doravante,iremos estudar os principais tpicos do Direito Administrativo emconformidade com as questes elaboradas pelo CESPE, que a bancaresponsvel pela organizao do certame.

    Em relao ao nosso curso, tente alcanar o mximo de produtividade.Para isso, necessrio e imprescindvel que voc resolva todas as questesque forem apresentadas, bem como envie para o frumtodas as dvidas quesurgirem. Independentemente de sua experincia em concursos pblicos(iniciante ou profissional), aproveite a oportunidade para esclarecer todosaqueles pontos que no foram bem assimilados durante a aula.

    Para que voc possa se programar, apresento abaixo o novo cronogramade disponibilizao das aulas:

    Aula demonstrativa Poderes da administrao: vinculado,discricionrio, hierrquico, disciplinar e regulamentar. Uso e abuso de

    poder.

    Aula 01 (26/06/2013) - Estado, governo e administrao pblica:conceitos, elementos, poderes, natureza, fins e princpios. Direitoadministrativo: conceito, fontes e princpios. Princpios bsicos da

    administrao.Aula 02 (03/07/2013) - Organizao administrativa. Administraodireta e indireta, centralizada e descentralizada. Autarquias, fundaes,empresas pblicas e sociedades de economia mista.

    Aula 03 (10/07/2013) - Ato administrativo. Conceito, requisitos,atributos, classificao e espcies. Invalidao, anulao e revogao.Prescrio.

    Aula 04 (16/07/2013) - Responsabilidade civil da administrao:evoluo doutrinria e reparao do dano. Controle e responsabilizao

    da administrao. Controle administrativo. Controle judicial. Controlelegislativo. Responsabilidade civil do Estado.

    Aula 05 (19/07/2013) - Agentes administrativos. Investidura eexerccio da funo pblica. Direitos e deveres dos funcionrios pblicos;regimes jurdicos. Lei n 8.112/1990 e alteraes. tica no servio

    pblico. Cdigo de tica Profissional do Servidor Pblico Civil do PoderExecutivo Federal (Decreto n 1.171/1994). Comportamento profissional;atitudes no servio; organizao do trabalho; prioridade em servio.

    Aula 06 (23/07/2013)- Processo administrativo: conceito, princpios,fases e modalidades. Lei n 9.784/1999 e Lei n 9.873/1999.Enriquecimento ilcito. Improbidade administrativa: sanes penais ecivis Lei n 8.429/1992 e alteraes.

  • 5/21/2018 Aula 01.pdf

    2/72

    CURSO PREPARATRIO - A.N.T.T. ANALISTA ADMINISTRATIVOPROF. FABIANO PEREIRA DIREITO ADMINISTRATIVO

    ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Prof. Fabiano Pereira www.pontodosconcursos.com.br 2

    Aula 07 (26/07/2013) - Servios pblicos: conceito, classificao,regulamentao, formas e competncia de prestao. Lei n 12.527/11(lei de acesso a informao).

    Aula 08 (30/07/2013) - Contratos administrativos: noes,caractersticas, garantias, variaes, responsabilidades, extino eprorrogao, inexecuo, principais contratos administrativos. Lei n8.666/1993 e alteraes (licitaes e contratos). Licitao pblica.Modalidades, dispensa e inexigibilidade. Prego. Contratos e compras.Convnios e termos similares.

    No mais, lembre-se sempre de que o curso est sendo desenvolvido paraatender s suas necessidades, portanto, as crticas e sugestes sero

    prontamente acatadas, caso sirvam para aumentar a produtividade das aulasque esto sendo ministradas.

    At a prxima aula!

    Fabiano Pereira

    [email protected]

    Ps.: tambm estou sua disposio no FACEBOOK, s clicar no linkwww.facebook.com.br/fabianopereiraprofessor

    Por vezes sentimos que aquilo que fazemos no seno umagota de gua no mar. Mas o mar seria menor se lhe faltasse uma

    gota.

    Madre Teresa de Calcut

  • 5/21/2018 Aula 01.pdf

    3/72

    CURSO PREPARATRIO - A.N.T.T. ANALISTA ADMINISTRATIVOPROF. FABIANO PEREIRA DIREITO ADMINISTRATIVO

    ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Prof. Fabiano Pereira www.pontodosconcursos.com.br 3

    CONCEITO E FONTES DO DIREITO ADMINISTRATIVO

    1. Conceito de Direito Administrativo

    So vrios os critriosutilizados pela doutrina para conceituar o DireitoAdministrativo. Assim, necessrio que voc conhea as principaiscaractersticas de cada um deles para responder s questes de prova:

    1.1. Critrio legalista ou exegtico

    Por esse critrio, o Direito Administrativo era compreendido comosinnimo de direito positivo, ou seja, um conjunto de leis administrativasque regulam a Administrao Pblica de um determinado Estado.

    Foram vrias as crticas apresentadas contra esse critrio, pois limitava oDireito Administrativo a um conjunto de leis, desconsiderando os princpios,a doutrina e a jurisprudncia.

    Para responder s questes do CESPE: Segundo a Escola Legalista, odireito administrativo pode ser conceituado como o conjunto de leisadministrativas vigentes em determinado pas, em dado momento (PeritoMdico Previdencirio/INSS 2010/CESPE). Assertiva correta.

    1.2. Critrio do Poder Executivo

    Segundo o critrio do Poder Executivo, o Direito Administrativo pode serconceituado como o conjunto de princpios e regras que disciplina aorganizao e o funcionamento do Poder Executivo. Por razes bvias, esseconceito no conseguiu se fixar, pois incontroverso que os PoderesLegislativo e Judicirio tambm exercem funes administrativas regidas peloDireito Administrativo.

    Ademais, importante destacar que o Poder Executivo no se restringe

    ao exerccio de atividades administrativas, tambm exerce funes polticas.

    1.3. Critrio do servio pblico

    Seguido por Duguit, Bonnard e Gastn Jze, o critrio do servio pblicorestringia o Direito Administrativo organizao e prestao de serviospblicos.

    Entretanto, sabido que vrias so as atividades finalsticas exercidaspela Administrao Pblica, a exemplo do fomento, polcia administrativa e

    interveno administrativa, o que tornou esse critrio insuficiente para aconceituao do Direito Administrativo.

  • 5/21/2018 Aula 01.pdf

    4/72

    CURSO PREPARATRIO - A.N.T.T. ANALISTA ADMINISTRATIVOPROF. FABIANO PEREIRA DIREITO ADMINISTRATIVO

    ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Prof. Fabiano Pereira www.pontodosconcursos.com.br 4

    1.4. Critrio das relaes jurdicas

    Define o Direito Administrativo como um conjunto de normasresponsveis por regular as relaes entre a Administrao e os administrados.

    Apesar de ser defendido por Otto Mayer e Laferrire, trata-se de umcritrio muito restritivo e incompleto, pois outros ramos do Direito tambmregulam as relaes entre os particulares e a Administrao, a exemplo doDireito Tributrio, Direito Constitucional, Direito Penal, dentre outros.

    1.5. Critrio teleolgico ou finalstico

    Esse critrio apresenta o Direito Administrativo como o conjunto de

    princpios e regras que disciplina a atividade materialdo Estado (atividadeadministrativa) voltada para o cumprimento de seus fins coletivos.

    Em que pese ter sido defendido inclusive por Oswaldo Aranha Bandeirade Mello (com algumas ressalvas), esse critrio associou o DireitoAdministrativo aos fins do Estado, o que o tornou imprprio.

    1.6. Critrio negativista ou residual

    Tem por objeto as atividades desenvolvidas pela Administrao Pblicapara a consecuo de seus fins estatais, excluindo-seas atividades legislativae judiciria. Tambm insuficiente este critrio, pois restringe o DireitoAdministrativo atividade a ser exercida.

    Para responder s questes do CESPE: Pelo critrio teleolgico, o DireitoAdministrativo considerado como o conjunto de normas que regem asrelaes entre a administrao e os administrados. Tal critrio leva em conta,necessariamente, o carter residual ou negativo do Direito Administrativo(Advogado da Unio/AGU 2009/CESPE). Assertiva incorreta.

    1.7. Critrio da Administrao Pblica

    Pelo critrio da Administrao Pblica, o Direito Administrativo pode serdefinido como um conjunto de princpios e regras que regulam aAdministrao Pblica.

    No Brasil esse critrio foi adotado por Hely Lopes Meirelles, que o utilizouna elaborao de seu conceito de Direito Administrativo, que estudaremos nasequncia.

  • 5/21/2018 Aula 01.pdf

    5/72

    CURSO PREPARATRIO - A.N.T.T. ANALISTA ADMINISTRATIVOPROF. FABIANO PEREIRA DIREITO ADMINISTRATIVO

    ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Prof. Fabiano Pereira www.pontodosconcursos.com.br 5

    Em provas elaboradas pelo CESPE, principalmente para concursos queexigem formao de nvel superior, comum voc encontrar questes exigindoconhecimentos sobre os diversos critriosadotados para conceituaro DireitoAdministrativo. Por outro lado, so poucas as questes abordando asconceituaes tericas do Direito Administrativo, pois cada doutrinador elaboraum conceito diferente. De qualquer forma, em respeito ao princpio da

    precauo, irei apresentar