Aula 06 - Organização do Mpe - Aula 01.pdf

  • View
    220

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Aula 06 - Organização do Mpe - Aula 01.pdf

  • 8/11/2019 Aula 06 - Organizao do Mpe - Aula 01.pdf

    1/72

  • 8/11/2019 Aula 06 - Organizao do Mpe - Aula 01.pdf

    2/72

    MINISTRIO PBLICO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (MPE/RJ)ORGANIZAO DO MPE/RJ - TEORIA E EXERCCIOS

    TODOS OS CARGOS (ANALISTA E TCNICO)AULA 1

    PROF: RICARDO GOMES

    QUADRO SINPTICO DA AULA:

    1 . O M i n i s t r i o P b l i c o n a C o n s t i t u i o F e d e r a i d e1 9 8 8 : p r i n c p i o s , g a r a n t i a s , v e d a e s , e s t r u t u r a ef u n e s i n s t i t u c i o n a i s .

    1. O Ministrio Pblico na Constituio Federal de 1988:princpios, garantias, vedaes, estrutura e funesinstitucionais.

    Prezado Aluno,

    Esta parte do Ministrio Pblico na Constituio Federal de 1988certamente a de maior relevncia em seu estudo para o MPE/RJ! Isto porque

    a CF-88 estabelece todas as regras bsicas e estruturais do Ministrio Pblico,que iluminam e determinam a aplicao e interpretao das legislaesinfraconstitucionais (Ex: Lei n 8625/93, e outras Leis Estaduais aplicveis aoMPE/RJ).

    Portanto, antes de qualquer coisa, devemos estudar em detalheseste 1 ponto do edital, que certamente ser o principal alvo do examinador nadistribuio de questes de Organizao MPE/RJ.

    Organizao/Estrutura do Ministrio Pblico na CF-88.

    Retomando nosso estudo iniciado na Aula Demonstrativa, devemosprimeiramente compreender a estrutura geral do Ministrio Pblico, conformepreceitua a Constituio.

    Como j colocado, para a responsabilidade a que foi atribuda, oMinistrio Pblico deveria permear todos os espaos estatais, em todos osEntes Federados (Unio, Estados, DF e Municpios) e todas as JustiasEspecializadas (Justia Federal/Eleitoral, do Trabalho, Militar). Desse modo,seguindo a metodologia de alguns pases estrangeiros, o Ministrio Pblico

    Prof. Ricardo Gomes www.pontodosconcursos.com.br 2

  • 8/11/2019 Aula 06 - Organizao do Mpe - Aula 01.pdf

    3/72

    MINISTRIO PBLICO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (MPE/RJ)ORGANIZAO DO MPE/RJ - TEORIA E EXERCCIOS

    TODOS OS CARGOS (ANALISTA E TCNICO)AULA 1

    PROF: RICARDO GOMES

    brasileiro foi organizado do seguinte modo:a) O Ministrio Pblico da UNIO (MPU), que por sua vez

    compreende os seguintes ramos:

    b) Os Ministrios Pblicos dos ESTADOS (MPE).

    isso o que dispe o art. 128 da CF-88:

    CF-88

    Art. 128. O M I N I S TR I O P B L I CO (GNERO) abrange:

    I - o M i n i s t r i o P b l i c o d a U N I O ( M P U ) , que compreende:a) o Min i s t r io P b l i c o F E D E RA L ( M P F ) ;

    b) o M i n i s t r i o P b l i c o d o T R A B A L H O ( M P T ) ;

    c) o M i n i s t r i o P b l i c o M I L I TA R ( M P M ) ;

    d) o M i n i s t r i o P b l i c o d o D i s t r i t o F e d e r a l e Te r r i t r i o s( M P D F T ) ;

    II - os M i n i s t r i o s P b l i c o s d o s E STA D O S ( M P E STA D U A I S )

    O MP Genrico dividido em 2 (duas) grandes vertentes, de acordocom o Ente Federado envolvido: Ministrio Pblico da UNIO e MinistrioPblico dos ESTADOS. O MP da Unio subdivido em MPF, MPT, MPM eMPDFT. Estes so os MPs com atribuies da Unio.

    Cuidado! O MPDFT da UNIO e no dos ESTADOS! Apesar doDF ter status de um Estado/Municpio, o MP do DF no Estadual, posto a CF-

    88 prev expressamente sua composio dentro do MPU. Juntamente com o

    Prof. Ricardo Gomes www.pontodosconcursos.com.br 3

    1 . M i n i s t r i o P b l i c o F e d e r a l ( M P F ) ;

    2 . M i n i s t r i o P b l i c o d o Tr a b a l h o ( M P T ) ;

    3 . M i n i s t r i o P b l i c o M i l i t a r ( M P M ) ;

    4 . M i n i s t r i o P b l i c o d o D i s t r i t o F e d e r a l e Te r r i t r i o s

    ( M P D F T ) .

  • 8/11/2019 Aula 06 - Organizao do Mpe - Aula 01.pdf

    4/72

    MINISTRIO PBLICO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (MPE/RJ)ORGANIZAO DO MPE/RJ - TEORIA E EXERCCIOS

    TODOS OS CARGOS (ANALISTA E TCNICO)AULA 1

    PROF: RICARDO GOMES

    TJDFT, o MPDFT mantido com recursos da Unio.Observem que NO EXISTE MP MUNICIPAL!

    Como assim, Professor? Mas no tem um Promotor em cadacidade? Sim, tem. No entanto, este Promotor Estadual, com lotao naComarca Municipal. Da mesma forma que no existe Juiz Municipal, tambmno existe Promotor Municipal, ok?

    O Ministrio Pblico ELEITORAL, onde fica? O MP ELEITORAL fazparte das funes do Ministrio Pblico FEDERAL. Por isso que no seencontra entre as classificaes do Ministrio Pblico citadas acima.

    Com efeito, o termo Ministrio Pblico bastante genrico, porisso necessrio que visualizemos estas subdivises constitucionais. Nessecaso, o MPE/RJ faz parte do Ministrio Pblico em sentido amplo como umMinistrio Pblico ESTADUAL (de natureza Estadual - Estado do Rio deJaneiro).

    possvel esquematizar a estrutura do MP nos seguintes termosmais didticos. Notem que o MPE/RJ est fora do MP da Unio, pois faz partedo Ministrio Pblico dos Estados:

    Prof. Ricardo Gomes www.pontodosconcursos.com.br 4

  • 8/11/2019 Aula 06 - Organizao do Mpe - Aula 01.pdf

    5/72

    MINISTRIO PBLICO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (MPE/RJ)ORGANIZAO DO MPE/RJ - TEORIA E EXERCCIOS

    TODOS OS CARGOS (ANALISTA E TCNICO)AULA 1

    PROF: RICARDO GOMES

    Chefia do Ministrio Pblico da Unio.

    O Ministrio Pblico da Unio (MPU) Chefiado pelo Procurador-Geral da Repblica (PGR).

    Como eleito/escolhido esse PGR, Professor?

    O PGR ser nomeado pelo Presidente da Repblica dentre osintegrantes da carreira do MPU (poder ser membro do Ministrio Pblico

    Federal - MPF, Ministrio Pblico do Trabalho - MPT, Ministrio Pblico Militar- MPM ou Ministrio Pblico do DF e Territrios - MPDFT).

    O PGR dever possuir + 35 ANOS de idade e sua nomeaodever ser aprovada pela maioria absoluta do SENADO FEDERAL("sabatina" do Senado). O mandato do PGR de 2 ANOS, permitidasindefinidas recondues, isto , poder ser reconduzido ao cargo quantasvezes desejar o Presidente da Repblica. Ressalte-se que as reconduesdevem respeitar as mesmas formalidades da assuno inicial ao cargo(nomeao do Presidente da Repblica e aprovao da maioria absoluta doSenado).

    E possvel a destituio do cargo de PGR antes do trmino domandato de 2 ANOS, que dever ser iniciada tambm pelo Presidente daRepblica e aprovada pelo Senado Federal.

    Destituio do PGR:

    Prof. Ricardo Gomes www.pontodosconcursos.com.br 5

    Presidente da Repblica + SENADO

    O PGR tem autonomia para nomear os respectivos Chefes do MPTe MPM. O Chefe do MPF ser o prprio PGR, enquanto que o Chefe doMPDFT ser nomeado parte, pelo Presidente da Repblica.

    CF-88

    Art. 128

    1 - O Mi n is t r io Pb l ic o d a Un io tem por c h e f e oP r o c u r a d o r - G e r a l d a R e p b l i c a , nomeado pelo P r e s i d e n t e d aR e p b l i c a dentre integrantes da carreira, maiores de t r i n t a ec i n c o a n o s , aps a a p r o v a o d e s e u n o m e p e l a m a i o r i a

  • 8/11/2019 Aula 06 - Organizao do Mpe - Aula 01.pdf

    6/72

    MINISTRIO PBLICO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (MPE/RJ)ORGANIZAO DO MPE/RJ - TEORIA E EXERCCIOS

    TODOS OS CARGOS (ANALISTA E TCNICO)AULA 1

    PROF: RICARDO GOMES

    a b s o lu t a d o s m e m b r o s d o Se n a d o F ed e r a l , para mandato ded o i s a n o s , p e r m i t i d a a r e c o n d u o .

    2 - A d e st it u io do Procurador-Geral da Repblica, pori n i c i a t i v a d o P r e s i d e n t e d a R e p b l i c a , dever ser precedida dea u t o r i z a o d a m a i o r i a a b s o l u t a d o S e n a d o F e d e r a l .

    Chefia do Ministrio Pblico dos Estados.

    O Chefe do Ministrio Pblico Estadual e do DF o Procurador-Geral de Justia (PGJ).

    Cuidado! O Procurador-Geral do Estado o Chefe daProcuradoria do Estado (que so os Advogados do Estado). No confundir como Procurador-Geral de Justia, que o Chefe do MP Estadual.

    A nomeao do Procurador-Geral de Justia (PGJ) ser com baseem Lista Trplice (Lista de 3 Nomes) dentre os integrantes da carreira. Anomeao ser realizada to somente pelo Chefe do Executivo:

    No caso do PGJ do Rio de Janeiro, a nomeao ser realizada peloGovernador do Estado dentre os 3 integrantes da lista trplice.

    Prof. Ricardo Gomes www.pontodosconcursos.com.br 6

    Governador - nos ESTADOS, ou pelo

    Presidente da Repblica - para o Distrito Federal (DF).

    Importante!

    Como visto, h uma diferena clara na nomeao do PGR e PGJ:enquanto que para a nomeao do PGR necessria a aprovao do Senado,para a nomeao dos Procuradores-Gerais de Justia (PGJ), basta a nomeaodo Chefe do Executivo (Governador ou Presidente da Repblica), nonecessitando da interferncia das Assemblias Legislativas Estaduais ou daCmara Legislativa do DF nas respectivas nomeaes.

    O Mandato do Procurador-Geral de Justia (PGJ) ser de 2ANOS, sendo permitida apenas 1 (uma) nica reconduo!

    Outra diferena importante entre o PRG e PGJ: enquanto o

    mandato do PGR de 2 ANOS, sendo permitidas quantas recondues

  • 8/11/2019 Aula 06 - Organizao do Mpe - Aula 01.pdf

    7/72

    MINISTRIO PBLICO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (MPE/RJ)ORGANIZAO DO MPE/RJ - TEORIA E EXERCCIOS

    TODOS OS CARGOS (ANALISTA E TCNICO)AULA 1

    PROF: RICARDO GOMES

    desejar o Presidente da Repblica, os Procuradores-Gerais de Justia(PGJs) ter mandato de 2 ANOS, mas s podero ser reconduzidos por + 1MANDATO (1 nica reconduo).

    Mandatos do PGR e do PGJ:

    O procedimento de destituio do PGJ tambm diferente do PGR.Enquanto que a destituio do PGR um ato complexo, do Presidente daRepblica + o SENADO, a destituio do PGJ realizada por deliberao daAssembleia Legislativa dos Estados ou do SENADO FEDERAL, no casodo DF! Na destituio do PGJ no h parti